Felipe D’Orazio canta o amor e a diversidade, refletidas em letras autorais e viscerais

64536279-2336457879975613-5783506779295973376-n
Foto por Patrícia Scavone

O paulistano Felipe D’Orazio, artista revelação da genuína pop music, tem conquistando diversos seguidores ao longo de sua pequena e excepcional jornada diante ao universo musical.

Em tempos que todos vão para onde da fama instantânea, para chegar logo aos holofotes, D’Orazio segue seus instintos e inspirações mais inerentes, fazendo o que toque profundamente na sua alma, e nos ouvidos mais singulares, fazendo com que cada refrão, ritmo e poesia toque diretamente no cotidiano e rotina das pessoas.

60363846-2310694449218623-5328722119775748096-nA música pop é muito especial pra mim! Cresci ouvindo, admirando e aprendendo com artistas desse universo, que é tão diversificado, e te dá tantas possibilidades de ir e vir em um processo de criação! Isso é umas das coisas que me faz amar tanto o pop music, essa diversidade toda dentro de infinitas possibilidades“; comenta o cantor.

E assim, ele vai produzindo e lançando projetos intrínsecos e característicos, com composições autorais, quase que retiradas de páginas de seu diário, com baladas comovente, emocionante e bastante contagiante, que carregam consigo um âmago respectivo, por isso seu novo EP ganhou o título de “Prisma”, que “significa ponto de vista, perspectiva. Escolhi esse nome porque, diversidade, amor universal e espiritualidade, são os principais temas presentes nesse EP”, completa o artista.

67548763-2858762850805231-1999972317614047232-n

“Prisma” saiu na última sexta-feira, dia 2 de agosto, contendo seis faixas autorais, e faz o ouvinte mergulhar diante ao ritmo harmônico e afetivo que Felipe traduz em cada canção, transmitindo amor e espiritualidade a cada música executada, expandindo os horizontes e mostrando que algo simples pode difundir numa igualdade de ideias e barrar os males incumbidos na sociedade atual, em que apenas visa o próprio umbigo e julga sem ao menos entender os ‘por quês’ da vida.

Prisma foi um ato de auto imersão total e visceral! Escolhi esse nome porque, diversidade, amor universal e espiritualidade, são os principais temas presentes nesse EP. Diversidade e amor universal sendo representados pelas cores do espectro, e espiritualidade pela difusão da cor branca em diversas cores, como uma consciência que se expande. Todas as músicas mostram um pouco de quem eu sou, da minha história, da minha ótica sobre o mundo e sobre a vida, e das coisas pelas quais eu acredito e luto“; explica D’Orazio sobre o contexto de seu novo EP.

Um álbum essencial aos dias de hoje, pois num mundo onde falar de amor é um tabu, cantar sobre é fundamental para que as pessoas possam amar de verdade, de coração puro e mentes abertas, respeitar as opiniões e decisões, mesma que seja distinta a sua.

“Prisma” encontra-se disponível nas principais plataformas digitas, e o primeiro videoclipe deste projeto, o single ‘Espero’, está no canal oficial do artista no Youtube.

 

Por Patrícia Visconti

Nota do crítico: 🌟🌟🌟🌟🌟

Uma consideração sobre “Felipe D’Orazio canta o amor e a diversidade, refletidas em letras autorais e viscerais”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s