Elon e a colonização do Planeta Marte

this-group-is-collecting-designs-for-a-martian-city

O cofundador e CEO da Space X, Elon Musk, anunciou em outubro de 2020, que sua empresa fará uma exploração espacial, enviando uma espaçonave tripulada para Marte no ano de 2024. Esse é um dos sonhos do bilionário, de ir ao Planeta Vermelho, Musk já argumentou que a única salvação para a vida na Terra é de colonizar no espaço, então nesta ocasião, ele chegou a dizer que gostaria de ser enterrado em Marte.

elon-musk-mars-768x494

Esse destaque acabou ganhando destaque na revista Entrepreneur, gerando algumas conversas nas redes sociais, causando um certa curiosidade histórica referindo ao livro do alemão Wernher von Braun, Projeto Marte – escrito pelo autor em 1953, em que na obra há “previsto” que uma pessoa chamando Elon seria responsável por levar humanos a Marte pela primeira vez. Apesar de curiosa, é provável que a conexão entre o romance de von Braun e o fundador da SpaceX seja mera coincidência.

Eqdl5wp-Uc-AAQU55

O livro Projeto Marte, é uma obra cientifica de não ficção, que foi traduzido do alemão original por Henry J. White e publicado pela primeira vez em inglês pela University of Illinois Press em 1953. Wernher von Braun desenvolveu um O escritor baseou seu Projeto Marte nas grandes expedições antárticas da época, como a Operação Highjump (1946–1947) foi um programa da Marinha dos Estados Unidos que incluiu 4.700 homens, 13 navios e 23 aeronaves, e o fascínio pelo voo interplanetário enquanto ainda estava na escola na Alemanha.

514-TP9-S8-PPL

O Projeto Marte é uma especificação técnica para uma missão humana ao Planeta Vermelho, em que o engenheiro começou a escrever no final da década de 40, em que ele imaginou uma “enorme expedição científica” envolvendo uma frota de dez espaçonaves com 70 tripulantes que passaria 443 dias na superfície de Marte antes de retornar à Terra. A espaçonave, sete navios de passageiros e três navios de carga seriam todos montados na órbita da Terra usando materiais fornecidos por 950 lançamentos de veículos lançadores de carga pesada reutilizáveis de três estágios.

34565572-8854781-image-a-23-1603101902164

Uma vez na órbita de Marte, a tripulação usaria telescópios para encontrar um local adequado para seu acampamento base perto do equador. Uma nave alada tripulada se desprenderia de uma das naves em órbita e planaria até um dos polos de Marte e usaria esquis para pousar no gelo.

image-20160930-9902-zwb04d

A tripulação então viajaria 6.500 km por terra usando rastreadores até o local do acampamento base identificado e construiria uma pista de pouso. O resto da equipe de terra descerá da órbita até a pista de pouso em planadores com rodas. Uma tripulação mínima permaneceria para trás nas naves em órbita. Os planadores também serviriam como nave de subida para devolver a tripulação às naves-mãe no final da missão terrestre.

Por Priscila Visconti

Uma consideração sobre “Elon e a colonização do Planeta Marte”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s