Todos os posts de Priscila Visconti

Sou uma jornalista, blogueira, produtora de eventos e produtora Cultural. Amo o que faço, pois faço o que amo da minha vida, que é escrever, ler e ver a as coisas de uma visão diferente dos demais seres humanos.

[Cabine da Pipoca] Débi & Lóide voltam as telas de cinema após 20 anos

20140611113341760667u

Os idiotas mais queridos de todo o mundo estão de volta, com muita diversão, animação e claro, muita mais muita idiotice. O filme que foi sucesso há 20 anos atrás,  ‘Dumb & Dumber’, ou ‘Débi & Lóide’, na versão brasileira, estreia nesta quinta-feira (13), nos cinemas em todo o Brasil, o filme “Débi & Lóide: Dois Idiotas em Apuros”, estrelado por Jim Carrey e Jeff Daniels. O filme foi escrito e dirigido pelos irmãos Farrelly, Petter e Bobby e essa foi a estreia de ambos como diretores.

A história de Débi & Lóide, começou no dia 16 de dezembro 1994, quando foi lançando o primeiro blockbuster, mesmo que a recepção a confusão de Dumb & Dumber, havia sido misturado, foi um sucesso comercial, chamando vários públicos para assistir o filme, pois o sucesso foi tanto, que os irmãos Farrelly se uniu com Jim Carrey e resolveram a dar continuidade com o Débi e Lóide 2. Mas antes do segundo filme, o Débi e Lóide, também gerou uma série animada de televisão, no ano de 2003.

Debi-e-Loide-2-cartaz-02

Sinopse
Estrelado por Jim Carrey e Jeff Daniels. O filme conta a história de dois rapazes extremamente estúpidos. Débi Dunne recentemente perdeu o emprego e desde então não tem nenhuma motivação, por isso, quase nunca sai de casa; Lloyd Christmas trabalha em um aeroporto, mas é certamente atrapalhado e indisciplinado, por isso vive arrumando confusão; Os dois são melhores amigos. Quando Lloyd leva até o aeroporto Mary Swanson (Lauren Holly), uma bela mulher que vai para Aspen, Colorado, acredita que Mary perdeu uma mala.

Na verdade ela “esqueceu” no saguão, pois dentro dela está uma grande soma para pagar o resgate do marido, mas antes que os sequestradores peguem a maleta, Lloyd a recupera e tenta lhe entregar. Mas como o voo já partiu e ele se sente atraído por Mary sem nem saber que ela é casada, acaba convencendo Débi para irem até Aspen para devolver o dinheiro. Na viagem se envolvem em várias confusões, se encrencando com caminhoneiros valentões e conhecendo garotas perigosas ao longo do caminho, além de serem perseguidos pelos sequestradores, liderados pelo ex-namorado de Mary.

Elenco
Jim Carrey …. Lloyd Christmas, um perdedor, travesso, que trabalha como motorista de limusine até que ele é demitido por deixar a cena de um acidente de carro que ele causou. Como Harry, Lloyd pretende abrir uma loja especializada na venda de fazendas de “vermes” (semelhante a fazendas de formigas).

Jeff Daniels …. Harry “Débi” Dunne, melhor amigo e companheiro de quarto de Lloyd. O esteticista de cães de boa índole que tem uma van em forma de cão, ele é demitido de seu emprego depois de alimentar cães com fast food em seu caminho para uma exposição de cães. Ele também era dono de um periquito de estimação chamado Petey até que ele foi morto por Mental, que Harry não sabia e só pensava que sua cabeça tinha “caído” por causa da velhice.

Lauren Holly …. Mary Swanson, uma rica herdeira cujo marido, Bobby, foi raptado. Sem saber que ela é casada, Harry e Lloyd são romanticamente atraídos por ela (sobretudo Lloyd, que nutre uma espécie de amor platônico por ela) e vê-la como alguém que pode elevar seus status na sociedade.

Charles Rocket …. Nicholas “Nick” Andre, um ganancioso, residente rico de Aspen, Colorado e o cérebro por trás do seqüestro de Bobby. Ele gosta de viver bem e é um confidente de longa data da família igualmente rica de Aspen, os Swansons, uma vez em que foi o último namorado de Mary antes desta se envolver com o atual marido, o que prova que possivelmente um dos motivos do sequestro de Bobby foi por Nick ainda ser apaixonado por sua ex-namorada e querer abrir caminho para reconquistá-la ou senão tomá-la de seu atual marido.

Mike Starr …. Joe “Mental” Mentaliano/Homem do Gás, um criminoso que trabalha como capanga para Nicholas Andre, possivelmente sendo o braço direito deste. Ele sofre de uma úlcera no estômago e regularmente toma uma medicação para ele. Harry e Lloyd costumam chamá-lo de “Homem do gás” em uma carta escrita para ele, pois confundiram-o como um cobrador de dívidas, que veio ao seu apartamento para pegar sua fatura de gás.

Karen Duffy …. J.P. Shay, cúmplice de Mental.

Victoria Roswell …. Agente do FBI Beth Jordan (creditada como “Beleza Atlética”), uma agente do FBI disfarçada como uma jovem mulher tagarela que está se movendo para Aspen para ficar longe de seu namorado.

Cam Neely …. Sea Bass, um caminhoneiro alto, forte e metido a valentão que se mete em confrontos frequentes com Lloyd e Harry em seu caminho para Aspen.

Joe Baker …. Barnard

Brad Lockerman … Bobby Swanson, o marido de Mary, que é raptado por um resgate das Swansons. Durante o filme quase todo, Lloyd desconhece sua existência, já que pensa que Mary é solteira, mas sabe que ela é uma moça bem sucedida e por isso pretende salvar sua vida afim de conquistar seu coração.

Lin Shaye …. Mrs. Neugeboren

Teri Garr …. Helen Swanson

Hank Brandt as Karl Swanson

Harland Williams …. Soldado de cavalaria do Estado da Pensilvânia
Brady Bluhm …. Billy em (Apartamento) 4C, uma criança cega a quem Lloyd vende um número de itens diversos (incluindo o
periquito morto de Harry) para arrecadar dinheiro para a sua viagem para Aspen.

Rob Moran …. Garçom

Lisa Stothard …. Mulher bonita austríaca no ônibus

Connie Sawyer …. Mulher idosa

Fred Stoller …. Homem ansioso no telefone

Felton Perry …. Detetive Dale

Assista abaixo o trailer de ‘Débi & Lóide 2’:

Debi-e-Loide-2-21jan2014-01

Por Priscila Visconti

[Cyber Cult] iClound – Suas Fotos nas Nuvens

imagem

Com a falta de seguranças que alguns aparelhos – principalmente os móveis – vem passando, a Apple continua com incrementando seu serviço de armazenamento e gerenciamento em nuvem.

Depois do lançamento do aplicativo de fotos na iClound, agora a empresa da maçã, lançou um aonde os usuários enviam arquivos para as nuvens.

Isso é bem simples, pois basta ir na aba Fotos há o botão “Enviar” ao lado de “Selecionar fotos”. Ao mandar arquivos por ali, eles ficam sincronizados com todos os produtos da marca.

O recurso por enquanto só está disponível na versão beta do serviço, que pode ser acessada pelo endereço beta.icloud.com.

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] 100 anos da morte do poeta Augusto dos Anjos

augusto-dos-anjos

Não é só na Casa das Rosas que irá homenagear o poeta, escritor e professor Augusto dos Anjos, aqui no OBC, também terá homenagem a este grande poeta de brasileiro, de Cruz do Espírito Santo, que sempre identificou do simbolista ou parnasiano, que era movimentos entre a era pré-moderna e o modernismo.

Augusto dos Anjos era um dos poetas mais críticos da sua época e sua obra ainda é bastante admirada por críticos literários atuais e também leigos, em relação a literatura.

A poesia brasileira estava dominada por simbolismo e parnasianismo, dos quais o poeta paraibano herdou algumas características formais, mas não de conteúdo. A incapacidade do homem de expressar sua essência através da “língua paralítica” (Anjos, p. 204) e a tentativa de usar o verso para expressar da forma mais crua a realidade seriam sua apropriação do trabalho exaustivo com o verso feito pelo poeta parnasiano. A erudição usada apenas para repetir o modelo formal clássico é rompida por Augusto dos Anjos, que se preocupa em utilizar a forma clássica com um conteúdo que a subverte, através de uma tensão que repudia e é atraída pela ciência.

Sua obra pode ser dividida não com rigor, em três fases, a primeira sendo muito influenciada pelo simbolismo e sem a originalidade que marcaria as posteriores. A essa fase pertencem Saudade e Versos Íntimos.

A segunda possui o caráter de sua visão de mundo peculiar. Um exemplo dessa fase é o soneto Psicologia de um Vencido. A última corresponde à sua produção mais complexa e madura, que inclui Ao Luar.

Augusto foi o patrono da cadeira número 1 da Academia Paraibana de Letras, que teve como fundador o jurista e ensaísta José Flósculo da Nóbrega e como primeiro ocupante o seu biógrafo Humberto Nóbrega, sendo ocupada, atualmente, por José Neumanne Pinto e patrono da Academia Leopoldinense de Letras e Artes.

Augusto dos Anjos
Nascimento: 20 de abril de 1884
Sapé, Paraíba
Morte: 12 de novembro de 1914 (30 anos)
Leopoldina
Nacionalidade: Brasileiro
Ocupação: Poeta e professor
Escola/tradição: Pré-modernismo, Modernismo

1012941_710334929019830_540809977335031665_n

Para quem conhecer mais sobre as obras de Augusto dos Anjos e está na capital paulista, pode ir até a Casa das Rosas e prestigiar abertura da Exposição Esdruxúlo! 100 anos da morte de Augusto dos Anjos.

Que terá cinco espaço dedicado ao poeta brasileiro, contando um pouco de sua história de vida, sobre sua carreira como literário, além de informações e curiosidades, apresentando também seus poemas como Versos íntimos; Budismo Moderno; As cismas do destino; Idealismo; Monólogo de uma sombra; Os doentes; A ideia; O Deus-verme; O Lamento das coisas; Poema negro, Psicologia de um vencido, Soneto, Último credo, entre outros. A exposição tem curadoria do Júlio Mendonça e expografia de Ivanei Silva e arte de Angela Kina. E o melhor a entrada é gratuita!

Data: Abertura (12/11/2014)
Horas: 19h
Local: Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Av. Paulista,37 – Bela Vista – São Paulo-SP
Telefone: (11) 3285-6986

Mais informações acesse a página de eventos no Facebook;

Site | Facebook | Twitter | Instagram

Por Priscila Visconti

[Total Flex] Exposição ao ar livre na Zona Norte de São Paulo

art_77.1

Quem já passou pela Avenida Cruzeiro do Sul, na zona norte de São Paulo, com certeza já viu as obras do MAAU Museu Aberto de Arte Urbana de São Paulo). Que constitui 66 paínéis de grafite instalaos nas pilastras que sustentam o trecho elevado da linha 1-Azul do Metrô, entre as estações Santana e Portuguesa-Tiête.

A região norte da capital é consididerada o berço do grafite paulistano, desde 1980 e 1990 e também de acordo com os organizadores do MAAU. Os grafites foram elaborados por 11 grafiteiros do mesmo local.

O projeto tem aprovação da Secretaria do Estado de São Paulo, parceria do Metrô, Paços das Artes e a Galeria Choque Cultural. A Secretaria do Estado de São Paulo e o Metrô, contribuíem com tinta, spray e revitalizaram as estruturas, para futuros painéis, que deverão ter cerca de 4 metros de altura.

museu-do-ar-aberto-da-arte-urbana-em-sao-paulo-26432316

Informações sobre o MAAU:
Tipo: Arte urbana, grafite
Inauguração: 9 de outubro de 2011 (3 anos)
Visitantes: Transeuntes da Avenida Cruzeiro do Sul
Curador: Binho Ribeiro e Chivitz
Localidade: Centro de Santana – São Paulo, SP Brasil

Para mais informações acesse o Facebook oficial do MAAU;

Por Priscila Visconti

[Cyber Cult] O iPhone 6 está chegando ao Brasil

iphone-6-iphone-6-plus

Essa vai para os ‘Applemaníacos’ de plantão, que estão aguardando ansiosamente o novo iPhone 6, parece que daqui umas semanas o novo aparelho da marca da maçã está desembarcando em terras brasileiras. Pois segundo o site “Blog do iPhone”, o smartphone deve chegar próximo ao fim de semana que vem, dia 14 de novembro, mas o produto já tem pré-venda, como ocorreu em outros países.

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), já aprovou a bateria do aparelho e começou o processo de homologação, ou seja: autorizar a venda dos aparelhos. Os modelos aceitos são os: A1549 (iPhone 6) e A1522 (iPhone 6 Plus), os mesmos vendidos nos Estados Unidos.

Mas o valor do novo iPhone 6 será um tanto salgado, o preço deve ser em torno de R$ 3.199,00, mil reais a mais de quando chegou o iPhone 5S, em dezembro de 2014, que custava R$ 2.799,00 reais.

Ao que se sabe, apenas a Claro e Vivo, compraram os direitos do iPhone 6 e do iPhone 6 Plus, mas tem indícios de que a Tim, estava negociando a compra do smartphone, pois segundo o Twitter oficial da operadora, eles já haviam publicado fotos do aparelho e de que os telefones estariam chegando às lojas. Mas vamos aguardar até a próxima semana e esperar a chega do no smartphone Apple, os iPhone 6 e iPhone 6 Plus.

Veja abaixo o trailer sobre o iPhone 6 e Plus 6:

Para mais informações sobre os novos aparelhos da Apple,
clique aqui;

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] Verão, Piscina e Literatura para toda tribulação

trechos_livros_para_jovens

Vamos ao que interessa e começar a distribuição de ideias no mundo da literatura, pois temos diversas pautas para repassar à nossa tripulação e o ano já está acabando.

Então vamô, que vamô, porque não podemos enrolar, pois estamos com dois escritores que irão agradar bastante à todos, principalmente o público juvenil e os jovens-adultos, pois são dois autores começaram escrever para as crianças, mas viram que o grande ápice em suas vidas, eram os adolescentes e jovens.

O primeiro livro é da norte-americana Sarah Ockler, com o livro “Vinte Garotos no Verão”, que trata de como as pessoas lidam de quando alguém morre, buscando afirmações de que o outro está bem e qual apreciação e preocupação delas, para elas descobrirem de que a vida continua. Que na verdade, as coisas não vão embora. Elas se transformam em algo diferente, com algo mais bonito.

SinopseVinte Garotos no Verão 2
Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua.

Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá).

As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não.

Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Para mais informações sobre outros livros da Sarah, basta acessar seu site oficial www.sarahockler.com;

O próximo livro é o “Piscina Já”, do carioca, Luiz Antonio Aguiar, que trata das épocas da ditadura,que eram épocas de chumbo grosso e o Brasil vivia na escuridão total.

Mas mesmo assim havia uma garotada que só queria se divertir e foi a luta contra a repressão, atrás de aventuras inesquecíveis, que fará qualquer um voltar ao tempo e ver várias maneiras que as pessoas faziam pela sua liberdade.

Piscina-jaSinopse
Era um Brasil bem diferente. Um país debaixo de Ditadura. Tem gente que não conheceu esses tempos e nem imagina como foi.

Era dureza, chumbo grosso. O Brasil estava um breu na época. E mesmo assim a garotada do Condomínio da Colina partiu para a briga contra a repressão. E foi uma aventura dessas que quem viveu nunca esquece! Como foi? No que deu?…

Está contado aqui… em Piscina Já! Uma viagem para um tempo em que gente como a gente lutou – de várias maneiras – pela liberdade!

Mais informações sobre o escritor Luiz Aguiar, clique em seu site oficial www.luizantonioaguiar.com.br
e veja mais de seu trabalho;

Até semana que vem, com mais literatura aqui na nossa embarcação.

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] O Prêmio Nobel de Literatura 2014 vai para o francês Patrick Modiano

modiano

Antes de continuarmos a saga de promoção e divulgação de novos escritores, livros e obras literárias, temos que noticiar o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 2014, que aconteceu no começo do mês de outubro, no dia 9, na sede da Academia Sueca em Estocolmo, na Suécia.

O 15º autor eleito pela Academia, sucedendo a canadense Alice Munro, foi o escritor e roteirista francês Patrick Modiano, de 69 anos, que é autor de Missing Person (1978), escreveu um argumento de Lacombe Lucien (1974) com co-autoria com o realizador Louis Malle e venceu em 1972 o Grande Prêmio de Romance da Acadêmia Francesa, com os livros Les Boulevards de ceinture, e em 1978 o Prémio Goncourt com o livro Rue des boutiques obscures.

No ano de 2010, foi distinguido com o Prêmio Mundial Cino Del Duca, atribuído pelo Instituto de França, e dois anos depois, em 2012, venceu o Prêmio Austríaco de Literatura Europeia.

As obras de Modiano são centradas a se aproximar de uma forma de auto-ficção pela busca da juventude perdida, contando a vida de indivíduos desconhecidos confrontados aos horrores da história, com cenários na maioria das vezes da Segunda Guerra Mundial e a ocupação na França, pela Alemanha nazista, atribuindo os destinos humanos e a vida do mundo depois da ocupação alemã.

Patrick Modiano é francês, nascido nos subúrbios de Paris, filho de um comerciante judeu e uma atriz da Flandres, que ambos se conheceram na ocupação alemã na França. Mas ele viveu com seus avós e depois foi para o internato, onde viveu sua infância por lá, passando por uma barra dura, aos 10 anos, que foi a morte de seu irmão, isso foi um choque para Patrick.

Modiano vai receber da Acadêmia Sueca, pelo Prêmio de Literatura de 2014, oito milhões de coroas suecas (878,000 euros, 1,1 milhão de dólares). As obras dele são centradas em temas como a memória, o esquecimento, a identidade e a culpa.

BzgBF2QCEAAETpl

Confira abaixo as obras de Patrick Modiano
La Place de l’Étoile (1968)
La Ronde de nuit (1969)
Les Boulevards de ceinture (1972) (Grand prix du roman de l’Académie française);
Lacombe Lucien (1974); roteiro coescrito com Louis Malle;
Villa triste (1975)
Livret de famille (1977)
Rue des boutiques obscures (1978) (Prix Goncourt);
Une Jeunesse (1981)
Memory Lane
De si braves garçons (1982)
Quartier Perdu (1984)
Dimanches d’août (1986)
Catherine Certitude (1988) (Ilustrado por Sempé);
Remise de Peine (1988)
Vestiaire de l’enfance (1989)
Voyage de noces (1990)
Fleurs de Ruine (1991)
Un Cirque passe (1992)
Chien de printemps (1993)
Du plus loin de l’oubli (1995);
Dora Bruder (1997);
Des inconnues (1999)
La Petite Bijou (2001)
Accident nocturne (2003)
Un pedigree (2004)
Dans le café de la jeunesse perdue (2007)
L’Horizon (2010)
L’Herbe de nuit (2012)
Pour que tu ne te perdes pas dans le quartier (2014)

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] “O Juíz” – O drama da convivência entre pai e filho

The-Judge-700x352

Essa é para quem gosta de assistir um bom drama familiar nas telonas do cinema, pois vai curtir o filme “O Juiz”, dirigido por David Dobkin e estrelado pelo eterno Homem de Ferro, Robert Downey Jr. e também pelo Robert Duvall e o filme trata de um drama familiar, baseado na obra do escritor John Grisham.

A trama tem enfoque na família Palmer, liderada pelo Juiz Joseph Palmer, na cidade de Carlinville no estado da Indiana e a conturbada convivência com seus filhos, principalmente com o do meio, Henry Palmer.

O Juiz Palmer é um pai durão e segue sempre a boa-conduta e ética em uma sociedade que “não liga para essas coisas”, e que trata os filhos com punho de ferro mas começa a sentir o peso da velhice. Já seu filho Henry, é todo do oposto de seu pai.

O filme acaba tratando também de um caso jurídico, estilo filmes de tribuna (no melhor estilo “12 Homens e uma Sentença”), mas o veredito final positivo considerando os excelentes diálogos e como dito antes a interação entre os personagens e ainda possuí belos cenários, típicos da região e mostra de uma forma simples e profunda o relacionamento entre pai e filho.

Sinopse
A trama gira em torno de um advogado de muito sucesso (Downey Jr.) que volta à cidade em que cresceu para o velório de sua mãe. No local, acaba descobrindo que seu pai, que sofre do Mal de Alzheimer, é apontado pela polícia como um dos suspeitos pelo assassinato da mãe. Ele, então, decide defender o pai no tribunal.

Assista abaixo o trailer de “O Juíz” e confira um pouco do drama familiar da trama

10151179_850074998344141_693019864470282651_n

Ficha Técnica
Elenco: Robert Downey Jr., Robert Duvall, Leighton Meester
Direção: David Dobkin
Gênero: Drama
Duração: 141 min.
Distribuidora: Warner Bros
Classificação: 12 Anos

Por Priscila Visconti

[8 Bits] Far Cry 4 – Um novo começo para uma velha franquia

1402458380-fc4-art-wide

Mais jogos, mais expectativas e mais comentários a serem feitos, desta vez Far Cry é o escolhido da semana. E o que dizer então desta franquia que vem ganhando espaço no coração e na prateleira dos games?

Far Cry é mais uma daquelas franquias ambiciosas da Ubisoft, famosa pela monstruosa série Assassin’s Creed, criadora de Watch_Dogs, e dona da crescente franquia de Far Cry. Mas o que ela planeja trazer de novo a uma velha amiga nossa?

Far Cry 4 pretende ser algo muito além do tão aclamado antecessor. A trama, com muito mais enredo e missões secundárias, se passa agora nas terras desconhecidas do Himalaia, onde o jogador dele contar com arsenais de armas e estratégia, trazendo consigo mecânicas novas de RPG.

A ideia, é a mesma: Mire, atire, e seja astuto nas missões, mas desta vez, em um mundo totalmente aberto, com inúmeras opções de missões secundárias, e seguido de uma trilha sonora bem produzida.

Far Cry 4 pretende trazer uma nova experiência aos jogadores, sejam eles novos ou já antigos. Vale a pena esperar e conferir!

Por: Daniel Barris