Arquivo da categoria: 2013

[Cabine da Pipoca] Luz, câmera, ação e Hollywood

Nesta semana, como é a última semana letiva aqui no OBC, depois só em 2014, afinal, somos filhos de Deus e também merecemos descanso, apesar de não ganhar milhões, trabalhamos tanto ou até mais, daqueles que vivem esfregando seus recibos, holerites e 13º salário na cara dos outros. Mas deixa essa história para lá e vamos falar de algo mais útil, que é sobre cultura.
Que para os amantes de cinema, principalmente os hollywoodianos, irão adorar a pauta desta sexta-feira, na qual é sobre a história da capital do cinema nos Estados Unidos, a cidade de Hollywood, que antes não passava de uma cidade praiana como qualquer outra.

Hollywood é um distrito da cidade de Los Angeles na Califórnia de grande importância na constituição da identidade cultural dos Estados Unidos, e está situado a noroeste de Downtown Los Angeles. O distrito se tornou famoso mundialmente pela concentração de empresas do ramo cinematográfico e pela influência que exerce na cultura global. Os produtores de cinema se destacaram em Hollywood em busca de luz natural disponível no local.
Com o passar das décadas, Hollywood se tornou símbolo do poderoso e fantástico cinema estadunidense, sediando premiações e abrigando homenagens públicas para os mais destacados artistas de cinema e musicais do mundo. O local também é famoso pelo grande letreiro chamado Sinal de Hollywood e pela enorme concentração de pessoas ricas e famosas que moram no distrito ou distritos próximos.
Mas dois motivos atraíram os primeiros produtores da indústria cinematográfica americana para Los Angeles, o clima californiano e a distância de Nova York.
O primeiro era perfeito para filmagens, o sol brilhava o ano todo e as paisagens podiam ser facilmente adaptadas às mais variadas tramas há ali tanto deserto quanto mar e montanhas para serem utilizados como cenários naturais. 
O segundo motivo explica-se pelo fato de os cineastas e produtores tentarem escapar do controle de patentes que o inventor americano Thomas Edison (1847-1931) tentava impor em Nova York.
Hollywood se tornou símbolo do poderoso e fantástico cinema estadunidense, sediando premiações e abrigando homenagens públicas para os mais destacados artistas de cinema e musicais do mundo. O local também é famoso pelo grande letreiro chamado Sinal de Hollywood e pela enorme concentração de pessoas ricas e famosas que moram no distrito ou distritos próximos.
Devido à sua fama e identidade cultural como o centro histórico de estúdios e astros de cinema, a palavra “Hollywood” é frequentemente usada como uma metonímia do cinema americano, e é muitas vezes usada alternadamente para se referir à Grande Los Angeles em geral. As alcunhas StarStruck Town e Tinseltown referem-se a Hollywood e sua indústria cinematográfica. 
Atualmente, grande parte da indústria do cinema se dispersou em áreas vizinhas, como a região de Westside, entretanto, significativas indústrias auxiliares, tais como empresas de edição, efeitos, adereços, pós-produção e iluminação permanecem em Hollywood, como o backlot da Paramount Pictures.
Veja abaixo o quadro de ascensão e glória da meca cinematográfica:
1887:  Horace Wilcox, um milionário do setor imobiliário, tenta transformar uma região de campos de cevada, nos arredores de Los Angeles, em comunidade religiosa. Sua mulher, Daeida, é quem batiza o povoado de Hollywood, em homenagem à casa de campo de amigos da família em Chicago
1903:  As terras de Hollywood são compradas por uma organização dirigida pelo general Moses Hazeltine Sherman. Empreendedor nato, Sherman – que, no futuro, seria sócio dos proprietários do jornal Los Angeles Times – foi um grande incentivador da expansão das ferrovias na região, dando impulso ao crescimento urbano
1907:  Fugindo de uma tempestade em Chicago, a equipe de O Conde de Monte Cristo termina o filme em Los Angeles. O astro Francis Boggs gosta do clima e fica por lá, criando o primeiro estúdio californiano. No mesmo ano, The Power of the Sultan (O Poder do Sultão) seria o primeiro filme todo rodado em Hollywood
1909:  O diretor Charles French – que também atuou em mais de 200 filmes até a década de 40 – bate um recorde. Ele produz, para a Bison Company, mais de 185 curtas-metragens em apenas oito meses! É um sinal inequívoco de que a indústria cinematográfica local começa a esquentar para valer
1914:  É fundado o primeiro grande estúdio, a Paramount, que teve origem num estúdio chamado Famous Players Film Company, comandado por Adolph Zukor. Em 1925, surge a Metro-Goldwyn-Mayer, ou MGM. Ambos representam a consolidação definitiva da capital do cinema mundial
Hollywood sempre será sempre lembrada como a cidade do cinema, por proporcionar grandes filmes, com histórias e elencos magníficos, sempre buscando trazer a magia do arte cinematográfica, para todos, mostrando que todos podem sonhar, pensar e sentir, através das telonas dos cinemas. Essa é Hollywood, a cidade da magia do cinema.

[Cantinho Literatura] Última semanas dos eventos literários

Como estamos nas últimas semanas de trabalho aqui em nosso barco, pois semana que vem será as retrospectivas e premiações de O Barquinho Cultural e também, nesta semana serão as últimas que haverá atrações culturais, depois só ano que vem.
Nós da equipe do OBC, decidimos unir o útil ao agradável e colocar alguns eventos literários, que acontecerão nesta, por isso quem quiser ir em alguma celebração, aproveita esta semana, porque quem não for, só em 2014, para se entreter nas diversões e lançamentos da arte da literatura.
Se liga neste eventos, pois semana que vem aqui no OBC será só retrospectiva e premiações…

Nesta segunda-feira (9/12) discutiremos o livro Caturra, do poeta Fuzzil, com entrada gratuita e a roda aberta para que cada um exponha suas percepções, dúvidas e críticas sobre a obra. Ao término, sortearemos uma camiseta Sobrenome Liberdade e um exemplar do livro Caturra.
O “Ninguém Lê” surge de uma conversa e uma preocupação sobre o nosso movimento de saraus e literatura periférica/marginal/independente e afins. 
Acreditamos que esse evento pode fortalecer e trazer muito mais qualidade pra nossa cena nessa cidade em que ninguém lê, pra que as nossas próprias obras se conversem e que a gente conheça melhor o que andamos fazendo.
Já discutimos três livros e agora continuamos com a pulga atrás da orelha achando que Ninguém lê “Caturra”, do poeta Fuzzil. Quem chega junto pra provar o contrário? Existe leitor em SP?

Onde: Galeria Ólido
Endereço: Avenida São João, 473 – São Paulo/SP
Mais informações aqui;
Facebook do poeta Fuzzil
Blog pessoal do poeta
_____________________________________________________________

O Hussardos Clube Literário ocupa o 2º andar de um tradicional prédio do centro de São Paulo, na Rua Araújo, nº. 154. Com acesso fácil, tem ao lado e à frente estacionamentos 24 horas e está a menos de 50 m do Metrô Pça. da República. Qualquer pessoa com interesse em literatura e poesia pode associar-se.
Ao associar-se ao Clube Literário você pode utilizar o espaço como escritório, para criação e produção de seus textos e edições de livros e revistas e fazer uso de um ateliê de impressão, acabamento e encadernação. Tendo auxílio à produção gráfica de livros ou revistas, usufruindo de hardware e softwares específicos para editoração, com a consultoria de editores e designers. 
Além destas vantagens, você também tem descontos na Livraria Hussardos; no Hussardos Café e Bar e cursos de produção gráfica e acabamentos manuais de livros; nas oficinas literárias e também terá preferência na utilização do Clube para lançamentos e apresentação de sua produção. 
O Hussardos Clube Literário abriga:
– Os escritórios e sede dos selos literários Demônio Negro, Edith e Dobra Editorial. 
– A Agência Literária Hussardos, especializada na negociação de autores brasileiros com editoras na Itália. 
– O Hussardos Bar e Café.
– A Oficina Gráfica dos Hussardos, onde o associado do Clube pode solicitar exemplar(es) de um catálogo raríssimo de fac-símiles e edições para colecionadores, montados e encadernados manualmente, com a gravação do seu nome no exemplar, podendo acompanhar pessoalmente o acabamento (Ex.: Un coup de dés, de Stéphane Mallarmé — provas de impressão saídas da prensa de A. Volart, em 1897, revisadas e anotadas pelo autor). 
– Livraria Hussardos, que recebe clientes também até a madrugada. Para as editoras, a Livraria Hussardos trabalha com desconto de 25%, e não 50% e prazo de pagamento de 30 dias e não de 90 dias. Com isso, tem à disposição dos frequentadores e sócios, um catálogo de títulos mais amplo de poesia e literatura contemporâneas, também das pequenas e micro editoras, dispondo aos leitores livros com preços mais baixos. 
Para associar-se, envie seu nome, atividade, RG, endereço e telefone para: hussardos@gmail.com
Mensalidade: R$ 50,00
Semestralidade: R$ 250,00
Anuidade: R$ 400,00 — em São Paulo.
O quê: Inauguração da Livraria Hussardos
Onde: Livraria Hussardos
Endereço: Rua Araujo, 154 – 2º Andar – São Paulo SP
Horas: 19:00 
Dia: 12/12/2013 – Quinta-feira
Mais informações aqui;
_____________________________________________________________
Fruto de ampla pesquisa e uma longa série de entrevistas realizada pela jornalista Ana Maria Ciccacio, a edição conta a história da Casa das Rosas, desde sua origem no processo de formação da avenida Paulista, na década de 1930, como projeto do escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, até se tornar o espaço de criação e difusão de literatura com presença marcante no cenário cultural da cidade.
O LIVRO SERÁ DISTRIBUÍDO GRATUITAMENTE AOS 500 PRIMEIROS LEITORES
O quê: Lançamento do livro “O Jardim das Resistências – Uma história da Casa das Rosas”
Onde: Casa Das Rosas
Endereço: Avenida Paulista, 37, 01311-902 São Paulo
Data: 14/Dezembro/2013 – Sábado
Horas: 17:00
Mais informações aqui;
Perfil oficial do Diretor da Casa das Rosas – Frederico Barbosa
Isso ai pessoal, boa semana e bons preparativos para o Natal e até segunda-feira que vem, com mais Cantinho Literário.

[Cabine da Pipoca] 5ª edição do Festival de Cinema de Paulínia

Salve salve tripulação da nossa linda embarcação, em especial os amantes de cinema, que por forças maiores não tivemos o Cabine da Pipoca na última semana, mas para alegria de todos, nesta nesta sexta estamos aqui com o nosso texto semanal sobre o mundo cinematográfico. 
Que é uma honra para toda a equipe do site, noticiar isso, pois o que mais sonhávamos, irá voltar, que é o Pólo de Cinema de Paulínia, tem tudo para voltar a ser a ‘Hollywood brasileira’.
Pois na próxima semana acontece a 5ª edição, que no último ano foi cancelada, por motivos financeiros, mas os organizadores, prefeitura e a secretária do município já tem planos para as próximas edições de um dos maiores festivais nacionais de cinema.

Na próxima semana será realizada a 5ª edição do Festival de Cinema de Paulínia, que já a cidade volta a sua posição de prestígio no país como o pólo nacional de cinema. O prefeito atual, Edson Moura Junior, através da Secretaria Cultura do Município, dá início, na próxima quarta-feira (11) e já com planos da realização da próxima edição, que deve acontecer no mês de julho de 2014.
O V Paulínia Festival de Cinema terá uma programação enxuta, com cinco longas, incluindo o que será  exibido para escolas da rede municipal de ensino e neste ano, o festival, que não terá mostra competitiva, vai homenagear os profissionais premiados nas edições anteriores. Sessões são abertas ao público e terão entrada franca.

A programação do V Paulínia Festival de Cinema vai apresentar os longas: Confie em Mim, de Michel Thikhomiroff; Entre Vales, de Philippe Barcisnki; O Lobo Atrás da Porta, de Fernando Coimbra e Serra Pelada, de Heitor Dhalia, que encerra o evento no sábado, dia 14. Uma História de Amor e Fúria, de Luiz Bolognesi, será exibido diariamente na programação infanto-juvenil, antecedido por filmes dos alunos da escola de stop motion. Além da exibição de filmes, o festival terá seis mesas debatedoras com personalidades do meio cinematográfico nacional e internacional.
Abaixo confira a programação da 5ª edição do Festival de Cinema de Paulínia:
Dia 11 de dezembro, quarta-feira

19h: Cerimônia de Abertura V Paulínia Film Festival
Theatro Municipal Paulo Gracindo
20h: exibição do longa-metragem CONFIA EM MIM (presenças confirmadas do diretor e elenco)
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
Brasil, 2013, XX min
Direção: Michel Tikhomiroff
Elenco: Antonio Saboia, Bruno Giordano, Fernanda D`Umbra, Fernanda Machado, Geraldo Rodrigues, Mateus Solano
Distribuição: Dowtown Filmes / Paris Filmes
Sinopse: Mari, uma promissora chef de cozinha talentosa e insegura, envolve-se com o carismático empresário Caio, que propõe sociedade em um restaurante. O conto de fadas chega ao fim quando, pouco antes da abertura da casa, um estelionatário some com o dinheiro que Mari havia pedido à mãe.
22h: Coquetel de abertura
Local: Estúdios Paulínia
Dia 12 de dezembro, quinta-feira
11h – 13h: Workshop: A Experiência do Pólo Cinematográfico de Paulínia
Local: Auditório Carlos Tontoli – Paço Municipal
14h – 16h: Mostra Infantojuvenil Stop Motion
Exibição de curtas produzidos por alunos da Escola Stop Motion de Paulínia seguida do longa-metragem UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
Brasil, 2012, 74 min
Direção: Luiz Bolognesi
Distribuição: Europa Filmes
Sinopse: A história narra o amor entre Janaína e um guerreiro indígena que, ao morrer, assume a forma de um pássaro. Durante seis séculos, a história do casal sobrevive, atravessando quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravidão, o regime militar e o futuro, em 2096, quando haverá uma guerra pela água. Em todos estes períodos, os dois lutam contra a opressão.
15h – 17h: Workshop: Processo Criativo em efeitos especiais para cinema
Apresentação de making of de efeitos visuais em computação gráfica (vfx) produzidos para os filmes mais recentes, como Homem-Aranha, Branca de Neve, Oblivion, etc.
Exibição de artes conceituais, matte painting e storyboards para a produção de filmes e as necessidades de conceito, direção de arte e desenvolvimento da história e como eles funcionam juntos. Como criar o seu próprio estilo e onde buscar inspiração e assim construir um portfólio de sucesso.
Local: Top Cine Plex – Paulínia Shopping
19h: Homenagens aos profissionais premiados nas edições anteriores
Theatro Municipal Paulo Gracindo
20h: exibição do longa-metragem ENTRE VALES (presenças confirmadas do diretor e elenco)
Theatro Municipal Paulo Gracindo
Brasil, 2012, 80 min
Direção: Philippe Barcinski
Elenco: Ângelo Antônio, Daniel Hendler, Inês Peixoto, Matheus Restiffe, Melissa Vettore
Distribuição: Europa Filmes
Sinopse: Vicente é economista, pai de Caio e marido de Marina, uma dedicada dentista. Ele tem uma vida comum em casa e no trabalho até que uma perda seguida da outra o levam a assumir uma outra identidade, passando a viver em um lixão, ao lado de outros catadores.
Dia 13 de dezembro, sexta-feira
11h – 13h: Workshop: Pólos de Cinema  – relatos de experiências fora do país
Local: Auditório Carlos Tontoli – Paço Municipal
14h– 16h: Mostra Infantojuvenil Stop Motion
Exibição de curtas produzidos por alunos da Escola Stop Motion de Paulínia e do longa-metragem UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
15h – 17h: Workshop: Trabalhando com Holywood
Convidado: Carlos Arguello
Local: Top Cine Plex – Paulínia Shopping
Um dos pioneiros na criação de imagens de computador para a nova indústria de entretenimento, Carlos continua a abrir caminhos de inovação com a sua própria empresa, STUDIO C. Seu desenvolvimento profissional levou-o a reunir jovens de diversos lugares e inserí-los com sucesso no mundo desafiante dos efeitos especiais de grandes produções de Hollywood.
19h: Homenagens aos profissionais premiados nas edições anteriores
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
20h: exibição do longa-metragem O LOBO ATRÁS DA PORTA (presenças confirmadas do diretor e elenco)
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
Brasil, 2013, 100 min.
Direção: Fernando Coimbra
Elenco: Antonio Saboia, Fabiula Nascimento, Juliano Cazarré, Leandra Leal, Milhem Cortaz, Tamara Taxman, Thalita Carauta
Distribuição: Imagem Filmes
Sinopse: Depos que uma criança é raptada, três pessoas envolvidas no caso são interrogados na delegacia. Sylvia e Bernardo são os pais da vítima. Rosa é a principal suspeita e amante de Bernardo. Os três prestam depoimentos contraditórios e, aos poucos, nos levam aos recantos mais obscuros dos desejos, mentiras, carências e perversidades do relacionamento desses três personagens conturbados.
Dia 14 de dezembro, sábado
11h – 13h: Workshop: Co produção e conteúdos de TV
Local: Auditório Carlos Tontoli – Paço Municipal
15h – 17h: Workshop: De Jurassic Park à Garfield
Convidado: Mark Dipeé
Mark, diretor americano e supervisor de efeitos especiais, mostrará os bastidores de filmes precursores da era digital, de Jurassic Park à Garfield: Um Super-Herói Animal,  explicando todo o processo de direção.
Local: Top Cine Plex – Paulínia Shopping
19h: Homenagens aos profissionais premiados nas edições anteriores
Theatro Municipal Paulo Gracindo
20h: exibição do longa-metragem SERRA PELADA (presenças confirmadas do diretor e elenco)
Local: Theatro Municipal Paulo Gracindo
Obs: Haverá tradução simultânea nas mesas com profissionais estrangeiros.
Por Priscila Visconti  (bastante feliz, pela volta do festival de Paulínia)

[Cantinho Literário] Prêmio Nobel de Literatura premia escritora canadense

A Fundação Nobel, premiou entre os dias 7 a 14 de outubro, os ganhadores do Prêmio Nobel de 2013, com as condecorações concedidas em seis áreas do conhecimento, Medicina, Física, Química, Literatura, Paz e Ciências Econômicas. O prêmio de Ciências Econômicas se trata da realidade do Banco Central da Suécia em Memória à Alfred Nobel, visto que não havia nenhuma menção a este prêmio no testamento de Alfred Nobel que deu origem à premiação.
Os pesquisadores das áreas deste ano foram, em medicina, J. E. Rothman, R. W. Sheckman e T. C. Südhof pelas descobertas relacionadas à regulação do transporte vesicular, importante processo celular, na área da física, F. Englert e P. W. Higgs, pelas descobertas teóricas do mecanismo que contribui ao entendimento da origem da massa nas partículas subatômicas, na química, Química: M. Karplus, M. Levitt e A. Warshel, pelo desenvolvimento de modelos computacionais para a interação complexa de sistemas químicos.

O prêmio Nobel da paz, foi para a OPAQ (Organização para a Proibição de Armas Químicas), pelo extensivo esforço de eliminação de armas químicas, assunto que voltou aos noticiários devido ao uso deste tipo de armamentos no conflito da Síria, em que deve a presença da jovem Malala Yousafzai, de 16 anos, que parabenizou a OPAQ, por vencer o Prêmio Nobel deste ano, lembrando que a garota foi vítima de um ataque do Talibã no ano passado por defender o direito das mulheres à educação, era uma das mais cotadas para receber o prêmio.

Agora na nossa área da literatura, quem ganhou o Prêmio Nobel de Literatura, do ano de 2013, o prêmio foi a canadense Alice Munro, por suas curtas histórias contemporâneas.

A escritora de 82 anos, ficou encantada e bastante agradecida ao receber ao prêmio, dizendo a seguinte sentença, Em declarações divulgadas pela Penguin House, editora de Alice Munro, a escritor afirma estar encantada e muito grata. “Fico particularmente contente pelo prazer que muitos canadianos terão por eu receber este prémio. Agrada-me também que o prêmio traga maior atenção para a literatura do Canadá”.

Munro, que vive em Cinton, Ontario, tinha anunciado ao The Toronto Globe and Mail que deixaria de escrever após “Amada Vida”, o seu 14.º volume de contos.

O pronunciamento do prêmio Nobel de literatura, foi na manhã de quinta-feira (10), na Cidade de Estocolmo, na Suécia e a escritora ganhou também 8 milhões de coroas suecas (US$ 1,25 milhão).
Segundo o comitê da premiação, Munro é “mestre da narrativa breve contemporânea” e “aclamada por sua narrativa afinada, que é caracterizada pela clareza e pelo realismo psicológico”. Alguns críticos a consideram “a Chekhov canadense”, em referência ao escritor russo Anton Chekhov, por seus contos serem centrados nas fraquezas da condição humana.

“Eu sabia que estava na disputa, sim, mas nunca pensei que venceria”, disse Munro à agência The Canadian Press, em Victoria. Ela disse que sempre considerou a possibilidade de vencer o Nobel como “um sonho impossível, algo que poderia acontecer, mas que provavelmente não ocorreria”. “Estamos no meio da noite aqui e havia esquecido totalmente”, contou.
Confira abaixo a biografia da nova condecorada do Prêmio Nobel de Literatura:

A escritora Alice Munro nasceu em 10 de julho de 1931 em Wingham, no Canadá. Ela é autora de diversos livros de contos, traduzidos para mais de dez idiomas. 

Entre os numerosos prêmios literários recebidos ao longo de sua carreira, destaca-se o Man Booker Prize, em 2009. Entre suas obras mais conhecidas estão “Fugitiva” (2006), “Felicidade demais” (2010) e “O amor de uma boa mulher” (2013).
Ela começou a estudar Jornalismo e Inglês na University of Western Ontario, mas interrompeu os estudos quando se casou em 1951. Junto com seu marido, ela se mudou para Victoria, em British Columbia, onde o casal abriu uma livraria. Seu primeiro livro foi publicado em 1968, com o título “Dance of the happy shades”, que recebeu bastante atenção no Canadá.
Em 1971, Munro publicou uma coleção de histórias chamada “Lives of girls and women”, que os críticos descreveram como um “Bildungsroman”, isto é, um romance de formação. Sua obra “Ódio, Amizade, Namoro, Amor, Casamento” (2001) foi inspiração para o filme “Longe dela” (2006), dirigido por Sarah Polley.

No Brasil, a escritora, lançou três livros de  ainda inéditos no Brasil, que serão lançados em português em 2014 no país. Além da reedição, em dezembro, do livro de contos “Ódio, Amizade, Namoro, Amor, Casamento”, publicado em 2004, a Globo Livros lançará “Selected stories” (1996), “Runaway” (2004) e 

“The View of Castle Rock” (2006) – os dois últimos publicados em Portugal como “Fugas” e “A Vista de Castle Rock – pelo selo Biblioteca Azul.

Alice Munro é a 13ª mulher a ganhar o Nobel de Literatura. Em 2009, a escritora romena Herta Müller recebeu o prêmio. Esta é a primeira vez, em 112 anos, que a academia sueca premia um autor que escreve apenas contos. A cerimônia de entrega acontecerá em Estocolmo, no dia 10 de dezembro, aniversário da morte do fundador do prêmio, Alfred Nobel.

Em 2012, o vencedor do Nobel de Literatura foi o chinês Mo Yan, que já havia ganhado diversos prêmios anteriormente, entre eles o Prêmio Newman para literatura chinesa em 2009 e, em 2011, o Mao Dun, que desde 1982 é entregue a escritores chineses a cada quatro anos.
Veja a lista das mulheres que já receberam o Nobel de Literatura:

2013: Alice Munro (Canadá)
2009: Herta Müller (Alemanha)
2007: Doris Lessing (Grã-Bretanha)
2004: Elfriede Jelinek (Áustria)
1996: Wislawa Szymborska (Polônia)
1993: Toni Morrison (EUA)
1991: Nadine Gordimer (África do Sul)
1966: Nelly Sachs (Suécia)
1945: Gabriela Mistral (Chile)
1938: Pearl Buck (EUA)
1928: Sigrid Undset (Noruega)
1926: Grazia Deledda (Itália)
1909: Selma Lagerlöf (Suécia)
Alguns livros de Alice Munron, serão destaque na Feira Literária de Frankfurt, na Alemanha, logo após a escritora ser nomeada vencedora do Prêmio Nobel de Literatura 2013.

É isso ai pessoal, uma mulher ganhando um prêmio de grande importância para o mundo literário, uma pena não ter ainda uma brasileira nesta lista, mas quem sabe no futuro, a lista de mulheres recebendo o prêmio Nobel aumenta e uma grande escritora é descoberta aqui em nossa país, para que a literatura brasileira, tem sua vez de mostrar ao mundo, suas ricas histórias do cotidiano de cada canto do Brasil.

Boa semana e boa leitura a todos
[estudando pra um dia chegar lá… 
Prêmio Nobel de Literatura, aqui vou eu!]

[Cantinho Literário] XVI Bienal do Livro Rio 2013

A Bienal do Livro do Rio de Janeiro, é um dos maiores eventos literários do Brasil, pois é um encontro de principais autores com seus leitores, pois é uma oportunidade de ambos se encontrarem para transformar o Riocentro, local onde será a feira, durante os 11 dias, em uma grande festa da literatura e da educação, atraindo diversas pessoas e tendo diversão para toda a família.

A Bienal do Livro Rio 2013 contará com a participação de mais de 100 escritores, grandioso time do qual farão parte nomes dos mais variados segmentos da literatura nacional, que se distribuirão em espaços de bate-papos e interação com o público como Café Literário, Mulher e Ponto, Conexão Jovem, Encontro com Autores e os inéditos Placar Literário e Acampamento na Bienal.
Com 950 expositores, a Bienal ocupará três pavilhões em uma área de 55 mil m² do Riocentro. Ao longo de 11 dias, o evento espera receber 600 mil pessoas, sendo 170 mil estudantes e com 28 autores estrangeiros já confirmado, além dos autores nacionais e uma delegação de 11 escritores da Alemanha, pois será o país homenageado, que completam o elenco internacional desta edição.
Para mais informações acesse o site da Bienal do Livro Rio;
Serviço
XVI Bienal Internacional do Livro Rio
Dias: 29 de Agosto a 08 de Setembro de 2013
Local: Riocentro
Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca 
Rio de Janeiro – RJ
Twitter @bienaldolivro
Página de evento [Facebook] 
Mas para quem não for do Rio de Janeiro, ou então não puder ir à Bienal do Livro deste ano, já tem data para a edição de São Paulo, que será dos 22 a 31 de agosto de 2014, vejam o banner promocional da Bienal do Livro de São Paulo.
Mais informações, confira os endereços da Bienal Internacional do Livro de São Paulo;

Bienal do Livro – SP
Site http://www.bienaldolivrosp.com.br/
Twitter @bienaldolivrosp
Facebook https://www.facebook.com/Bienaldolivrosp

[Total Flex] A Jornada da União

O Rio de Janeiro em Julho será a capital mundial da Juventude, o Brasil sediará a JMJ – a Jornada Mundial da Juventude. O encontro é um evento internacional  que reúne a juventude de todo o mundo, unidas pelo mesmo sentimento: A fé em Jesus Cristo.

Em 1984 o Papa João Paulo II foi o primeiro pontífice a celebrar junto à juventude esse momento, o encontro foi celebrado no Vaticano na Praça de São Pedro: o Encontro Internacional da Juventude, neste  mesmo evento o papa entregou aos jovens uma cruz que a partir de então se tornaria o símbolo da jornada, e passou a ser chamada como a cruz da jornada.

No ano de 1985 a ONU (Organização das Nações Unidas) instituiu o ano da Juventude, e ainda em 1985 o Papa anunciou a instituição da Jornada Mundial da Juventude.

A jornada acontece a cada dois a três anos e reúne uma multidão de jovens do mundo inteiro que se concentra em uma cidade sede, onde estes mesmos jovens tem um encontro com o papa, e este ano o encontro será com o Para Francisco, eleito pontífice no inicio do ano após a renuncia do então Papa emérito Bento.

Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (MT 28,19), esse é o lema da jornada deste ano, o lema convida toda a juventude a ser protagonista da sua própria história, convidando a caminhar anunciado a palavra do Cristo, que segundo a o Cristianismo,  Jesus Cristo tem o anseio de ter a juventude anunciado a boa nova a todos os povos.

Esse encontro proporciona ainda os participantes e as comunidades do mundo inteiro um momento de reflexão, de repensarei seus valores e cuidados com os jovens, possibilita uma nova visão do mundo, conhecimento de novas culturas e leva todas as pessoas a se reconhecerem como jovens e únicos responsáveis para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável, economicamente estável e lutadora pelos seus direitos, fazendo também cumprir os seus deveres.

[Cabine da Pipoca] O festival que aproxima a França do Brasil

Para os cinéfilos de plantão, principalmente para os apreciadores da sétima arte francesa, irão curtir o festival que chega no próximo mês ao Brasil.

Acontece do dia 1º a 16 de maio em 45 salas, somando em 33 cidades brasileiras, contando com 17 filmes em exibição, o Festival Varilux de Cinema Francês 2013, apresentará ao público brasileiro uma nova edição mais ambiciosa do que nunca, visando ultrapassar o sucesso das edições passadas e ampliar ainda mais cultura cinematográfica francesa no Brasil.

E para os apreciadores de cinema de São Paulo e do Rio de Janeiro, ainda irão receber delegações de artistas franceses e encontros com profissionais da área cinematográfica, propagando o intercâmbio experimental entre as culturas brasileira e francesa.

O festival é produzido pela Bonfilm Audiovisual, com a realização da Unifrance Film International com apoio da Embaixada da França e da Aliança Francesa, presente em todo o país.

É ai vai perder?

Confira no site oficial a programação do festival para cada estado participante.

Serviço

 Festival Varilux de Cinema Francês 2013
1 a 16/maio
Site: www.variluxcinefrances.com
Facebook
Twitter
Flickr

Em breve iremos publicar novidades sobre o festival.
Aguardem!

Até a próxima com mais uma dica, matéria ou entrevista exclusiva aos nossos navegantes cinéfilos de plantão.

[Caixa de Som] Depeche Mode e o novo álbum Delta Machine!

2013 está sendo desde o seu inicio, um ano musicalmente lindo!

David Bowie e Justin Timberlake já lançaram seus (otimos) novos trabalhos mas não para por aí … os dinossauros do Depeche Mode também são outros a nos dar a felicidade de lançarem um álbum de inéditas.

E assim como David Bowie , o Depeche Mode não dá sinais de cansaço. Chegou essa semana ao mercado o 13º álbum de estúdio da banda intitulado Delta Machine. Produzido por Ben Hiller que já trabalhou com o Depeche Mode nos 2 últimos álbuns da banda -respectivamente Sounds Of The Universe(2009) e Playing The Angel(2005)- e a parceria parece estar dando muito certo.

O álbum começa num clima denso com “Welcome To My World” que predomina por grande parte do álbum em faixas como “Angel”,”Heaven”,”Slow” e “Broken” mas em meio a isso há momentos mais intensos em músicas como em “Soft Touch Raw Nerve”, “Should Be Higher”,”Alone”, e “Soothe My Soul” até a chegada da ultima faixa, intitulada “Goodbye”.

O álbum já tem 2 singles lançados : “Heaven” e “Soothe My Soul”.


O clipe de “Heaven” foi dirigido por Tim Saccenti .O vídeo  foi filmado em uma espécie de igreja abandonada e mostra cenários, no mínimo, intrigantes!


O clipe de “Soothe My Soul” foi dirigido por Warren Fu e mostra cenas bem sensuais que ficaram perfeita com a letra e clima da música.



O álbum é excelente para ser curtido em dias nublados ou chuvosos pois carrega com sigo a identidade típica e maravilhosa que o Depeche Mode tem desde o inicio da carreira.

Em breve eles começam a tour para a divulgação do álbum e para que o publico mate as saudades da banda ao vivo ao redor do mundo. As possibilidades de virem ao Brasil são GRANDES!

Para quem quiser ouvir o álbum na íntegra segue o link abaixo: