Arquivo da categoria: bandas novas

[Caixa de Som] Domingo não é dia de sofá e sim de rock!

No dia seis de novembro aconteceu a décima edição do Sampa Music Festival no Espaço Victory, na Penha. Entre os destaques dessa edição temos Rancore, Gloria e CPM 22, porém, um de seus muitos diferenciais é exatamente o contrário: trazer várias bandas para o conhecimento do público.

O festival começou cedo e, bem antes das bandas principais começarem a chegar ao local, já demonstrava muitos sinais de que não tardaria a lotar a casa. Foi exatamente o que aconteceu, por volta de 18h já começavam a formar várias filas e vários grupos já lotavam as grades dos dois palcos do festival.

Desde o primeiro acorde o som não parou! A energia não acabava devido ao sistema de dois palcos: enquanto uma banda se apresentava a próxima já preparava os últimos detalhes do seu palco e já começava a tocar assim que a banda anterior deixava o palco. Nesse momento havia o corre-corre geral do público de um lado para o outro. Esse esquema – utilizado em grandes festivais que trazem bandas internacionais, como, por exemplo, o Lollapalooza que reveza nos seus dois palcos principais esse esquema de organização enquanto os outros palcos seguem programações mais independentes e reservadas – demonstra a qualidade de organização, não é fácil montar e desmontar tão rapidamente um palco. Isso agrada o público que não precisa ficar esperando a cada banda.

O festival se orgulha de ser uma vitrine para as bandas menos conhecidas aproveitarem a estrutura e o público que o evento atrai para conquistar novos fãs, reconhecimento e oportunidades. Nesse ano, entre as bandas menores podemos destacar como apostas nacionais as bandas Elloz e John Wayne, que já haviam tocado em edições anteriores e demonstram o quanto cresceram e evoluíram ao longo dos festivais, sendo as bandas imediatamente anteriores às bandas principais.
Quando começou a primeira música do Rancore já percebemos à que eles vieram. O som contagiante fez todo o lugar pular. A energia era muito positiva assim como a música e, claramente, ninguém parecia disposto a deixar o show acabar. Infelizmente, os shows em festivais pedem que as bandas não toquem todo seu setlist, o que rendeu um show um pouco mais curto ao público que está acostumado a shows completos do Rancore. Para compensar o tempo reduzido, temos a oportunidade de em seguida de um show ótimo ver logo outro. Quando o Rancore estava saindo do palco, o Gloria já estava pronto. A galera “guerreira” já estava postada fazia algumas horas na frente do segundo palco – no qual a única banda principal a se apresentar na noite seria o Gloria – e aguardava ansiosamente que começasse a porradaria. O Gloria – que está acostumadíssimo a tocar em festivais – demonstra o quanto se sente em casa no SMF, com muita disposição que deixou todo mundo muito satisfeito.
A banda principal e mais aguardada da noite era o CPM 22. A galera aproveitou o show com as últimas forças que restaram dos outros shows e da longa espera depois de um dia inteiro, pulou e gritou todos os sucessos da banda – que são vários ao longo de muitos anos de carreira – a plenos pulmões, e como se não houvesse amanhã. Realmente não havia: segunda-feira de muita ressaca, muito cansaço e muitas dores no corpo só preocuparam mesmo no dia seguinte!

[PLANTAO OBC] Banda Sensus

Conheçam a banda Sensus, um grupo formado dia 02/Junho/2008, por quatro garotos, Marcel Kesseler “Cel” – Vocal, Peter Maia “Pitt” – Guitarra, Saulo Mansur – Guitarra e Heron Barros – Baixo, todos da cidade de Niterói/Rio de Janeiro.


O estilo da banda é rock alternativo e também são independetes na auto promoção de seu trabalho, já que eles são uma banda de cunho alternativo e independente.

Uma fã do meninos, entrou em contato consoco para que ajudassemos a promover a banda e também o novo video clipe, Hoje não dá.

Então confira o video logo abaixo e também conheça um pouco a banda, através de seus contatos.

Site (indisponível no momento) Facebook Youtube E-mail

Créditos: Camila Sensus (Dona do FC da banda)
por: @pii_littrell

Caixa de Som

Olá pessoal, tudo bem com vocês?
Bem, hoje é quinta-feira, dia de muita música por aqui, mas já adiantamos algumas novidades sobre o mundo pop da música ontem, no entanto hoje queremos apresentar alguns artistas super bacanas e talentosíssimos também.]
Afinal, faz tempo que não publicamos caras novas no cenário da música por aqui, não é?!
Então, sem mais delongas e vamos ao que interessa…

O primeiro que iremos apresentar a vocês, são os garotos do Rio da banda Most.
Banda formada em janeiro de 2010, os meninos tem influências do hip hop ao pop, com um som dançante e que faz balançar qualquer pessoa, fazendo de um simples encontro de amigos em uma grande festa.
Formado por Luccas Marra (Vocalista), Fer Andrew (Guitarrista), Cae Gonçalves (Baixista) e Dann Lessa (Baterista).
Confira o som dos meninos e depois diga-nos o que achou:


E para quem quiser conhecer a banda e ainda participar de um webshow dos meninos, poderá participar até sábado, 24,  do pocket show que a banda Most fará neste domingo, 25, no Studio live.Para concorrer é simples, basta ‘Curtir’ a  fanpage do O Barquinho e morar na cidade do Rio de Janeiro. Portanto cariocas, não deixem de participar, pois esses garotos prometem, hein?! ;)Curtiu o som dos caras, então se conecte a rede dos meninos e fique ligado nas demais novidades da banda Most, em seu site oficial.

A outra novidade que queremos mostrar a vocês é uma garota que apesar de muito jovem já tem um repertório musical bem extenso.Laura Rizzotto, carioca (também), com apenas 16 anos já tem 34 canções em seu currículo, que começou sua carreira fazendo versões do português para o inglês, de música de Ivete Sangalo, composta por Hebert Vianna, que foram um enorme sucesso por aqui no Brasil, agradando um grupo de adolescentes em Edina, estado de Minnesota, nos Estados Unidos, onde uma brasileirinha compôs uma versão para o inglês e foi animou a balada dessa turma.O primeiro vídeo clipe da garota foi um presente de aniversário que Laura pediu ao seu pai e depois disso, foi um abre portas e ela conheceu o diretor da gravadora Universal Music.Confira o vídeo de ‘Friend in Me’:

Para mais informações sobre essa menina com voz de mulher, acesse o site oficial e siga as redes sociais de Laura por lá. Espero que vocês tenham curtindo e até próxima com mais novidades sobre o mundo da música.E vocês já sabem, sugestão, críticas, elogios ou desabafos, basta nos escrever, pois suas ideias somadas as nossas, fará com que O Barquinho só ganhe êxito no cenário cultural.Beijinhos@nickacarter