Arquivo da categoria: Gloria

[Caixa de Som] Domingo não é dia de sofá e sim de rock!

No dia seis de novembro aconteceu a décima edição do Sampa Music Festival no Espaço Victory, na Penha. Entre os destaques dessa edição temos Rancore, Gloria e CPM 22, porém, um de seus muitos diferenciais é exatamente o contrário: trazer várias bandas para o conhecimento do público.

O festival começou cedo e, bem antes das bandas principais começarem a chegar ao local, já demonstrava muitos sinais de que não tardaria a lotar a casa. Foi exatamente o que aconteceu, por volta de 18h já começavam a formar várias filas e vários grupos já lotavam as grades dos dois palcos do festival.

Desde o primeiro acorde o som não parou! A energia não acabava devido ao sistema de dois palcos: enquanto uma banda se apresentava a próxima já preparava os últimos detalhes do seu palco e já começava a tocar assim que a banda anterior deixava o palco. Nesse momento havia o corre-corre geral do público de um lado para o outro. Esse esquema – utilizado em grandes festivais que trazem bandas internacionais, como, por exemplo, o Lollapalooza que reveza nos seus dois palcos principais esse esquema de organização enquanto os outros palcos seguem programações mais independentes e reservadas – demonstra a qualidade de organização, não é fácil montar e desmontar tão rapidamente um palco. Isso agrada o público que não precisa ficar esperando a cada banda.

O festival se orgulha de ser uma vitrine para as bandas menos conhecidas aproveitarem a estrutura e o público que o evento atrai para conquistar novos fãs, reconhecimento e oportunidades. Nesse ano, entre as bandas menores podemos destacar como apostas nacionais as bandas Elloz e John Wayne, que já haviam tocado em edições anteriores e demonstram o quanto cresceram e evoluíram ao longo dos festivais, sendo as bandas imediatamente anteriores às bandas principais.
Quando começou a primeira música do Rancore já percebemos à que eles vieram. O som contagiante fez todo o lugar pular. A energia era muito positiva assim como a música e, claramente, ninguém parecia disposto a deixar o show acabar. Infelizmente, os shows em festivais pedem que as bandas não toquem todo seu setlist, o que rendeu um show um pouco mais curto ao público que está acostumado a shows completos do Rancore. Para compensar o tempo reduzido, temos a oportunidade de em seguida de um show ótimo ver logo outro. Quando o Rancore estava saindo do palco, o Gloria já estava pronto. A galera “guerreira” já estava postada fazia algumas horas na frente do segundo palco – no qual a única banda principal a se apresentar na noite seria o Gloria – e aguardava ansiosamente que começasse a porradaria. O Gloria – que está acostumadíssimo a tocar em festivais – demonstra o quanto se sente em casa no SMF, com muita disposição que deixou todo mundo muito satisfeito.
A banda principal e mais aguardada da noite era o CPM 22. A galera aproveitou o show com as últimas forças que restaram dos outros shows e da longa espera depois de um dia inteiro, pulou e gritou todos os sucessos da banda – que são vários ao longo de muitos anos de carreira – a plenos pulmões, e como se não houvesse amanhã. Realmente não havia: segunda-feira de muita ressaca, muito cansaço e muitas dores no corpo só preocuparam mesmo no dia seguinte!

[Caixa de Som] Sampa Music Festival 10

Em sua décima edição, o Sampa Music Festival promete fazer um festival pra gringo nenhum botar defeito.

No dia 06 de outubro, bandas nacionais escolhidas a dedo sobem ao palco do Sampa Music Festival no Espaço Victory.
As principais bandas do festival se reuniram na coletiva de imprensa para divulgar o festival. Num clima descontraído e de muitas risadas, com assuntos variando desde o começo das bandas, a origem dos nomes, o final da MTV e a legalização da maconha, as bandas Rancore, Glória e CPM 22, atenderam aos fãs na última sexta-feira (20), na Fnac Pinheiros em São Paulo.
Rancore, banda que está encerrando sua mais recente turnê do CD “Seiva“, disse que o momento é muito importante para a banda. Será um dos últimos shows da turnê em São Paulo – cidade da banda – e ressalva que como cada show é único, esse será um show memorável, uma excelente oportunidade de aproveitar a excelente apresentação da banda antes da reclusão do estúdio e do tempo em que darão distância nos palcos. O vocalista, Teco Martins, fala como o festival foi importante na história da banda, essa é a sétima vez que o Rancore sobe nos palcos do Espaço Victory para tocar no festival. Além de dar uma oportunidade para as bandas novas, o festival trouxe para o Rancore ainda mais reconhecimento na qualidade de seus shows.
Gloria, banda que já tocou em grandes festivais com bandas gringas como o Rock in Rio e o SWU, mostra quanto o Sampa os agrada. Todas as bandas concordam como o Sampa é o festival “mainstream das bandas underground” e que é o que continua a manter a seriedade e respeito com o trabalho dos artistas brasileiros ao decorrer de suas edições. A turnê atual do Gloria marca o lançamento de seu DVD 
(Re)nascido em chamas“, que foi gravado no mesmo palco ao qual subirá no mês que vem e promete fazer jus à sua última apresentação no festival. Com a produção do DVD e também o começo da criação de um novo CD, o Gloria promete um novo repertório para o festival.
CPM 22, banda aclamada que já emplacou vários hits ao longo dos anos afirma “O legal desse festival é que só tem bandas de verdade”. Com esse comentário do Badauí, vocalista, já fica claro o que podemos esperar: um show cru e sincero, com todo o sentimento e emoção da banda, sem a preocupação de agradar ninguém, fica mais fácil agradar exatamente quem mais precisa ser agradado: o fã que comparece ao evento e traz a energia que a banda precisa para dar o seu melhor. Mesmo com o novo CD sendo um projeto acústico, promete fazer um show de peso e agitado, do estilo CPM de sempre.
Agora é contar ansiosamente os dias que faltam para o Sampa #10!

P.S. Aguarde que logo mais publicaremos as fotos da coletiva de imprensa de SMF 10, que acontece no último dia 20 de setembro, na Fnac de Pinheiros em São Paulo.

[Caixa de Som] Sampa Music Festival traz as principais bandas do rock nacional atual

Foto de: Marina Gimenez

No último domingo (25), rolou o Sampa Music Festival, no Espaço Victory, na Penha, zona leste de São Paulo.

Na 8ª edição o público, a maioria adolescentes, curtiram o som de suas bandas favoritas, como Rancore, Vowe, Scracho, Vivendo o Ócio, Esteban Tavares (ex Fresno) e a atração mais aguarda da noite, o Glória. Além de 17 bandas do cenário underground paulista.

                                                                   Foto de: Marina Gimenez

Na saída do metrô Penha, já encontrava-se com fãs das bandas, de camiseta e bandana, a maioria dos presentes estavam lá para ver a banda Glória, já que este show foi gravado o DVD do grupo e comemoração aos dez anos de carreira. Além do mais, os meninos começarão a maratona de shows em divulgação do novo álbum, (Re)nascido.

Todas as apresentações foram marcadas pelo mais puro Hard Core da atualidade, letras reveladoras ao universo do público, que colocaram todos à cantar, pular e curtir ao extremo as bandas que se apresentaram no SMF.

A atração principal cantou com um ‘Q especial’, pois além de comemorar os dez anos desde o início da banda, eles gravaram o primeiro DVD, que deve chegar às lojas em meados de março de 2013, e contará com participações especiais, como o vocalista da Fresno, Lucas Silveira.

E por falar em Fresno, o ex integrante da banda, Esteban Tavares, também subiu ao palco do SMF e colocou todos para cantar seus hits e canções de seu novo disco, “¡Adiós, Esteban!“, lançado em agosto deste ano.

Foto de: Marina Gimenez

Depois da performance de Tavares, quem subiu ao palco do festival, foi a galera do Rancore, que agitou e mostrou porque foi escolhida pelos jovens uma das melhores bandas de rock nacional da atual geração, além de ter três singles entre os mais pedidos na programação da MTV Brasil.

Mas não parou por ai, o SMF ainda contou com os cariocas do Scracho e o VOWE, que regressou pela segunda vez ao evento, para marcar o lançamento da turnê “Nossa Verdade“, primeiro álbum da banda lançado pela Midas Music e produzido por Rick Bonadio.

Enquanto o Vivendo Ócio, fez sua estreia no SMF, com performances de canções do seu segundo disco do grupo, “O Pensamento é um Imã“, lançado este ano.

                                                                    Foto de: Marina Gimenez

O SMF, foi um evento para fechar 2012 com o ápice do rock nacional da atualidade, mostrar os lançamentos, além de apresentar muita gente nova e com talento em excesso, que pode ser que no próximo festival esteja junto aos seus ídolos, já que na estrada do rock nacional é ampla e tão repleta de novidades, já que a oportunidade abre-se para todos, basta saber pegá-la e atingir o alvo certo para o sucesso.

[Dica Cultural] Glória em Juiz de Fora

Neste fim de semana os mineiros de Juiz de Fora vão curtir muito Rock and Roll com a banda Glória, que se apresenta do Space Club neste sábado a partir das 3 da tarde.

Para os Glória maníacos de Minas Gerais, vale a pena dar uma conferida, pois é a banda estará lançando o seu novo álbum ‘Renascido’.

Abertura do show com as bandas: 15zer01, Amaranto, Blood Tears, Del Bueros, Shaver e Universe.

Ingressos

1º lote: R$ 15,00 (esgotado)
2º lote: R$ 20,00 (esgotado)
3º lote: R$ 25,00

Promoção: quando chegar a 1.000 confirmados estaremos sorteando duas cortesias!

Pontos de vendas:

com as bandas
Ethereal (Galeria General Roberto Neves, lj 110 – Centro)
Fórum do Rock (Rua Marechal Deodoro, nº 162 | lj 32 – Centro)
Galera Music (Rua Batista de Oliveira, nº 239 | lj14 – Centro)

Serviço

Glória em Juiz de Fora
Data: 10/11/2012
Local: Space Club (Avenida Barão do Rio Branco, nº 1303 – Centro)
Cidade: Juiz de Fora – MG