Arquivo da tag: amor

[Cantinho Literário] Operação Caipiroska – Maria Claudia e Ivan, dois opostos que passeiam pelos lugares mais incríveis de São Paulo

Hoje é dia de literatura e então é isso que vamos falar, mas vamos dar um toque bem paulistano nesta literatura, com o romance da advogada e escritora Cindy Stockler, em Operação Caipiroska, que conta a aventura da brasileira e paulistana Maria Claudia e o misterioso russo Ivan Ivanovitch, que ao decorrer que juntos vão viver uma história de amor, ação, dor e arte, pelas ruas da capital de São Paulo. Tendo sensações de um morador, que muitas vezes não tem tempo para saborear esses momentos, e também demostrar como um turista se sente ao experimentar cada gosto e cheiro desta frenética cidade. Continuar lendo [Cantinho Literário] Operação Caipiroska – Maria Claudia e Ivan, dois opostos que passeiam pelos lugares mais incríveis de São Paulo

[Cantinho Literário] “O Amor em Primeiro Lugar” traz a intrigante relação familiar de duas irmãs com personalidades distintas

“O tempo é uma coisa complicada. Quando você quer aproveitar algo, o tempo passa voando. Quando você quer superar algo, ele se arrasta eternamente.”

o-amor-em-primeiro-lugar-4

Após uma grande tragédia a vida de uma família pode mudar repentinamente, ainda mais quando duas irmãs de personalidades tão distintas, fazendo que a tristeza seja algo recorrente, porém devem seguir em frente e continuar com suas vidas. Continuar lendo [Cantinho Literário] “O Amor em Primeiro Lugar” traz a intrigante relação familiar de duas irmãs com personalidades distintas

[Caixa de Som] Lítera traz amor e poesia ao caos mundano

literarock

Quem anda diariamente pela região central de São Paulo e Porto Alegre, pode notar stickers pelo chão, postes e muros com o dizeres “Você já viveu um amor impossível?”, aonde todos fotografam e publicam em suas redes sociais com a hashtag #CasoReal, encontrando-se mais de três mil publicações apenas no Instagram. Todavia, alguns postam por achar uma frase poética e uma propagação do amor, mas não sabe o que aquilo realmente significa a quem pertence. Mas, cá estamos para apresentar os românticos a moda antiga da banda Lítera.  Continuar lendo [Caixa de Som] Lítera traz amor e poesia ao caos mundano

[Total Flex] “Magali em Outras Vidas” rompe as barreiras do tempo quando o assunto é o amor

magalividas1
Divulgação

Sabe daquela sensação de quando você olha para uma pessoa, e parece que vocês já se conhecem há tempos? Mesmo que vocês nunca tenham se visto nesta vida… Parece mais algo de outra vida, almas íntimas de outras épocas, que se encontram com nossos corpos terrenos atuais. Continuar lendo [Total Flex] “Magali em Outras Vidas” rompe as barreiras do tempo quando o assunto é o amor

[Cabine da Pipoca] Gabriel Opeck lança seu primeiro curta-metragem em Dezembro

1508654_1050913328266923_2241036259013331902_n

O músico, fotógrafo e videomaker, Gabriel Opeck está prestes a lançar seu primeiro curta-metragem, com data de lançamento em Dezembro.

O filme “Uma Carta Sem Destino” é baseado em fatos reais, escrita pelo próprio Opeck, que conta a história de um casal que após o término do relacionamento Bruno – personagem de Gabriel Opeck – se sente culpado pelo final do namoro, então ele tenta reverter a situação escrevendo à Júlia – interpretada pela atriz Bruna Estokero -, mas ela não mora mais onde ela vivia quando eles namoravam, então começa a jornada de Bruno, com apenas uma mochila nas costas, seus arrependimentos e muito amor para encontrar sua amada e perdoa-la.

12088113_1047763198581936_9166720820829434937_n

Uma história de amor e perdão, onde o amor é o protagonista da história e o orgulho não tem vez, para pedir perdão dos erros cometidos durante um longo relacionamento que acabou por motivos banais de um achar que estava sempre certo, enquanto o outro tinha que engolir os sapos da relação.

Sinopse:

Um casal se separa depois de alguns meses de um relacionamento sério e a culpa desse término é toda de Bruno(Gabriel Opeck) por sempre achar motivos para brigas e discussões do casal. Essa culpa pesa muito na consciência dele e agora ele tenta reverter tudo escrevendo uma carta de desculpas e indo entregar a ela, porém, Júlia(Bruna Estokero) já não vive mais no mesmo lugar onde ela vivia quando eles ainda estavam juntos e Bruno tenta encontra-la deixando toda sua vida para trás, pegando uma mochila e viajando sem um destino certo, tentando encontra-la.

Assista abaixo o primeiro teaser do curta:

Por: Patrícia Visconti

[Cantinho Literário] “Padma”: Um reencontro de um amor perdido

1797530_346340052171011_1373333920_n

Quando o amor chega à nossa vida, nada há de barrar, dinheiro, beleza ou classe social, é algo forte e impactante, como se fosse relações de outras vidas.

10644451_432087700262912_7424408068098646910_nHá uma centena de livros que tratam o amor juvenil de forma lúdica e romântica, assim como no novo livro da autora paulistana, Kelly Hamiso, “Padma”, da Editora Novo Século, aonde ela apostou na narrativa em terceira pessoa, de forma onisciente e onipresente, mostrando dois jovens distintos que transmite suas essências da trama aos leitores, fazendo-os com que eles mergulhem dentro da história.

Jéssica é uma uma garota rica, bonita, famosa e frágil, já Beto, é um rebelde, desprovido de esperança e envolvido em uma organização criminosa.

Além de trazer temas de sonhos e almas, onde a protagonista têm visões sobre um casal morto tragicamente, que foi separado pela morte, e ao passar dos anos ela descobre que não era apenas sonhos, mas que após a tragédia teve uma segunda oportunidade em reencontrar seu grande amor.

A história que envolve anjos e demônios num plano físico, incorporados à história de uma maneira natural, como uma uma oração com Deus todas as noites antes de dormir, transcendendo os sonhos com a vida real, alçando uma questão peculiar entre as almas e os humanos.

“Padma” tem sido muito bem recebido entre os blogueiros do Brasil, com êxito em suas resenhas, fazendo com que os leitores adquirem o livro físico, que encontra-se a venda nas melhores livrarias do país, se enquadrando entre os melhores romances literatura fantástica do país atualmente.11554_345892495549100_767676909_n

Kelly Hamiso, é paulistana, tem 37 anos e escreve desde os 13. Sempre criando histórias e personagens, ela compartilha aventuras e amigos imaginários. Cursou Letras na UNIFEO,  “Padma” éo primeiro livro de Kelly, mas ela já possuí dois contos publicados, como “Chocolate e Água Mineral” e “Segredo de Lourdes”, que podem ser lidos no site oficial da escritora.

11889557_572123402926007_7504808861503896064_n

Sinopse:

“Nós oferecemos amor,
eles oferecem o poder;
de que lado você ficaria?”

Jéssica é uma garota de dezessete anos, estudiosa, bonita e rica, que havia ganhado uma segunda chance.
Numa visita à casa de sua avó, em São Paulo, conhece um grupo de amigos e Beto, rapaz rebelde que, entre cigarros, bebedeiras e rock’n’roll, está longe de ser o homem ideal, mas sua indiferença o torna irresistivelmente fascinante.

Tinha tudo para ser mais uma história de amor, exceto por um detalhe: os dois não sabiam que essa união os transformaria em peças de um jogo entre membros de uma organização e um homem ambicioso; todos manipulados por Arimã, o anjo corrompido.

Para que consigam ficar juntos, Jéssica e Beto precisarão revelar segredos, aprender a perdoar, interpretar sonhos e acreditar que não estão sozinhos.

Entre vícios, brigas, uma flor que inspira e seres sobrenaturais, está Padma, em busca da luz.

SERVIÇOpadma

“Padma”
Autora: Kelly Hamiso
Editora: Novo Século
Páginas: 511
Ano: 2014
Gênero: Ficção
Preço: R$ 39,90

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Beto Soul apresenta uma nova vertente a MPB

910_267032423446200_2122295670_n

Com sua voz potente e repleta de ritmo, o paulista de São Caetano do Sul, criado na zona leste de São Paulo, Beto Soul descobriu sua ânsia pela música ainda na infância, inspirado pelo avó materno, mas foi após sua irmã mais velha dar um violão à ele que as primeiras poesias e canções começaram a serem criadas.

Cantando seu cotidiano, suas letras podem ser alocadas na vida de qualquer habitante de uma metrópole caótica e apaixonante como São Paulo, dividindo ideias e repartindo sentimentos, mesmo não ditos da boca para fora, mas apenas vistos nos olhares de cada um.

10806261_432963823519725_5877905244125049169_nBeto já participou de diversos festivais e circuitos culturais, entre eles o festival “Ultra Som”, promovido pela extinta MTV, qual ele conquistou o primeiro lugar, e incluiu uma música na coletânea lançada pela emissora em parceria com a Abril Music, além de outra participação importante no Projeto “Rumos Musicais”, realizado pelo Itaú Cultural, reunindo canções de diversas parte do Brasil em diversas vertentes.

1888569_412848408864600_8600222899063933695_nSeu primeiro foi lançado em 2002, intitulado “Gema do Mundo”, sob a direção e produção musical de Julinho Teixeira, e Beto apresentava em seu repertório releituras de grandes nomes da MPB, entre eles Caetano, Gil, Djavan, Clube da Esquina, João Bosco e Marisa Monte, entre outros, na noite paulistana.

Cinco anos depois, em 2007 o segundo disco do artista, o “Mais Além” saía do forno, mais livre e maduro em suas criações, Beto faz um tour pelo pop, jazz, soul e MPB. Este projeto ele rompeu as fronteiras e atravessou o oceano para propagá-lo, indo à Espanha e Itália mostrar um pouco de seu trabalho autoral e qualitativo para a música mundial.

10450518_334974579985317_772229661597965345_n

Com uma carreira solidifica e ciente do que ele quer apresentar ao seu publico, Beto irá lançar seu terceiro álbum, mas dessa vez ele escolheu apenas uma versão eletrônica, já que o disco será apenas lançado em EP com apenas seis faixas, dentre essas quatro em parceria com o produtor musical Ricardo Parronchi.

Beto Soul traz uma nova faceta para a música popular brasileira, abordando assunto que falam de amor, medos, cotidiano, verdades e mentiras que martelam na cabeça de qualquer pessoa sobre o mundo em que vivemos, além de músicas dançantes e descompromissadas, para agregar até mesmo os ouvidos mais seletos musicalmente.

Assista abaixo o primeiro videoclipe “A cidade das esquinas pouco iluminadas”:

Para conhecer mais sobre o Beto Soul, acesse:
Site | Facebook | Instagram | Youtube

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] “Se Você Olhar Pra Mim” mostra que o amor não marca hora para acontecer

1506909_1481985075427070_1306171741651653368_n

Quebrando paradigmas o curta-metragem “Se Você Olhar Pra Mim” traz como protagonista um casal da terceira idade, que mostram que a vida não para depois que você chega nela, e as paixões e anseios continuam ao seu redor, ou na sua frente. Como a história de Nico e Teresa, que se conhecem e se apaixonam através de suas janelas, que ficam uma de frente para outra, porém para que o encontro aconteça não vai ser fácil.

Nico tem a vida controlada pela família e por seu relógio de pulso, já Teresa, vive de mal humor e não tem coragem de nem mesmo olhar para janela. Duas pessoas solitárias, mas não assumidas, e redescobre o amor bem na frente de seus apartamentos, então abandonam algumas paradigmas para reencontrar as relações.

Dirigido por Chris Sevla e estrelado pelos atores, Walter Breda, Thaia Perez, Jairo Mattos, Roberto Rezende, Teca Pinkovai e apresentando Inaê Nóbrega. A trama trata do renascimento do amor, e que não há época ou hora para ele reflorescer, basta estarmos vivos e prontos para nos apaixonar, para que nossos corações sejam aquebrantados, mostrando de forma delicada e sútil.

11760054_1497291260563118_7398354872223946118_n

Porém, para que filme seja produzido os produtores de “Se Você Olhar pra Mim” precisam de sua ajuda, contribuindo no crowdfunding para que a produção saía do papel e ganhe as telonas, e você pode ter seu nome nos créditos do curta-metragem ou então, até sua marca no projeto.

Confira o vídeo promocional do curta:

Mais info: Facebook | Twitter

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Buscai a Coroa: Músicas para tocar na alma do mundo!

1800308_1423203044585532_2110052707_n

Já que estamos nas prosperidades natalinas, onde todos rementem seus pensamentos a paz, amor e união, nada mais justo do que compartilhar músicas que nos permita uma reflexão sobre tal. E justamente isso a banda de pop-rock Buscai a Coroa tenta mostrar em suas canções.

De princípio achamos que é apenas uma banda de igreja, como tantas que existem por aí, mas os garotos que vivem de música e fazem disso o seu ganha pão, apenas utiliza-se do nome de Jesus para propagar e transmitir paz e o amor, e não apenas para divulgar igreja A ou B.

Afinal, paz, amor e união estão tão escassos atualmente, em um mundo onde cada um olha para seu próprio umbigo e apenas procura o outro quando já está submerso sobre seu próprio ego e arrogância.

10574337_1507299829509186_8820753567358184845_nFormada em Itaquera, zona leste de São Paulo e liderada por Andersonn Lopes, e integrada pelos músicos Israel Allan, Leandro Brisa e Diógenes Lemos (Dó), a Buscai a Coroa faz músicas que trazem paz a alma, reflexão sobre o mundo atual, compartilhando o amor e a esperança.

No começo de novembro, o grupo lançou o single oficial, intitulado “Esperança”, e estará no primeiro compacto da BAC, ainda sem previsão de estreia.

Mas, enquanto não chega o CD, confira abaixo a primeira música de trabalho dos garotos;

Para conhecer mais sobre a Buscai a Coroa, acesse o Facebook oficial da banda e confira as novidades sobre lançamentos, shows, além de aforar músicas que remetem a reflexão do mundo, e não apenas visa a alienação e imodéstia.

10155595_1532559626983206_4533850512602313449_n

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] O drama entre a Família x a Profissão

aebd09cf4cad1d7f1600c529db2d932c37028350

Você largaria sua família, para viver 24 horas sua profissão?

A Rebecca, do filme “Mil Vezes Boa Noite”, abandonou seu marido e sua filha para vivenciar todo o tempo seu trabalho. Ela é uma fotografa renomada de guerra em atividade, e seu marido a deu um ultimato, fazendo-a escolher entre sua família e sua profissão. Apesar de amar sua família, ela tem uma verdadeira adoração pela fotografia.

Os primeiros quinze minutos deste drama são espetaculares: a fotógrafa Rebecca (Juliette Binoche) começa a acompanhar um estranho ritual de mulheres em um país africano. Após a simulação de um funeral, elas cuidam de uma integrante em particular, lentamente prendendo dezenas de bombas ao seu corpo.

Em poucos minutos, o público descobre junto da protagonista que esta é a preparação de um ato terrorista. Rebecca segue os atos até a inevitável explosão, incrivelmente bem filmada. Ferida e sangrando, ela ainda se aproxima dos corpos para tirar novas fotos. Assista abaixo o trailer de “Mil Vezes Boa Noite”:

Assista abaixo o trailer de “Mil Vezes Boa Noite”:

 

SINOPSE
Rebecca (Juliette Binoche) é uma das melhores fotógrafas de guerra em atividade e precisa enfrentar um turbilhão de emoções quando seu marido (Nikolaj Coster-Waldau) lhe dá um ultimato. Ele e a filha do casal não suportam mais sua rotina arriscada e exigem mudanças, mas ela, apesar de amar a família, tem verdadeira adoração pela profissão.

20140924-poster-mil-vezes-boa-noiteMil Vezes Boa Noite (Tusen Ganger God Natt) Gênero: Drama Classificação Etária: 14 anos

Direção: Erik Poppe
Elenco: Juliette Binoche, Nikolaj Coster – Waldau, Chloë Annett
Países: Noruega, Irlanda e Suécia. (2013)
Tempo: 118 minutos

 

 

Veja abaixo 3 boas razões para assistir!
– Vencedor do grande prêmio especial do júri do 37° Festival Internacional de Cinema de Montreal.
– Teve sua primeira aparição no Brasil no Festival do Rio deste ano.
– Com uma das grandes atrizes do cinema francês contemporâneo, Juliette Binoche.

Por Priscila Visconti