Arquivo da tag: argentina

[Cabine da Pipoca] Rapha Moraes estreia web série pelo sul das Américas, em seu site oficial

10414492_625341294224387_5486689754554071821_n

O músico paranaense Rapha Moraes está em produção de seu segundo álbum, mas enquanto ele não é lançado, o artista estreou em seu site oficial nesta semana a série, “A Viagem La Buena”.

10931339_757125514379297_4870001785647499934_nEssa série surgiu a partir de uma viagem de carro que Rapha fez no início de 2015, passando pelo litoral sul do Brasil, costa do Uruguai, centro e norte da Argentina.

Cada episódio traz uma nova história com entrevistas e relatos de residentes nas cidades que ele passou, além da experiência que o músico absorveu durante essa aventura pelo sul das Américas.





11110283_816806601744521_6482557783695820412_nE por falar em novidades, o primeiro compacto autoral do Rapha, “La Buena Onda”, lançado em maio de 2014, agora está disponível para streaming e download nas plataformas digitais, facilitando ainda mais os fãs do músico a curtir e se deleitar de canções de qualidade em apenas um clique. Basta acessar o site oficial de Moraes!




Por: Patricia Visconti

[Cantinho Literário] A capital mundial do livro mora ao lado

el-ateneo_jpg

Não é de hoje que nossos “hermanos” argentinos são mais aculturados que nós brasileiros, um dos tópicos listados desta crescência cultural são as livrarias, além dos gosto pela leitura dos nossos vizinhos e o governo frisa e incentiva esse feito para que novos escritores também possam propagar sua obra.

O governo argentino sancionou uma lei que presa o preço fixo dos livros desde 2001, intitulada “Lei de Defesa de Atividades Livreira”, visa dar estabilidade ao mercado mesmo em tempos de crise, e também sendo um empecilho para que o Amazon apodere na Argentina, como faz a tempos aqui no Brasil em outros países no mundo. Tanto que Buenos Aires é muito famosa pelo grande número de livrarias, sendo eleita em 2011 como a “Capital Mundial do Livro pela UNESCO”, com o maior número de livrarias por quarteirão, há uma estimativa de uma loja para cada seis mil habitantes, apenas comprometer a propagação do livro e principalmente, da leitura.

Além do mais, a prefeitura da capital da Argentina promove na badalada avenida Corrientes, situada na região central da cidade, “A Noite das Livrarias”, onde todas ficam abertas até a meia noite enquanto bares e restaurantes promovem atividades culturais relacionadas a livro, onde também acontece encontros literários e divulgação de novos escritores compartilhando suas obras.

Uma efervescência cultural acontecendo bem ao nosso lado, enquanto o Brasil se preocupa em comprar TVs de LED, smartphones de última geração – mesmo alguns nem sabendo usar – e veículos particulares, para entupir as vias da cidade e enriquecer o efeito estufa, que já está em sua conta máxima de gases.

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] Celebrando os 50 anos da argentina mais famosa dos HQs

13169958

Como foi dissemos na segunda-feira, no Cantinho Literário [veja aqui], que teria mais Mafalda aqui no OBC, aqui estamos falando sobre seu filme que foi lançando no ano de 1982, baseado todo nas tirinhas do escritor argentino Quino.

Pois a festa dos seus 50 anos, ainda vai rolar até o fim deste ano, afinal são poucas animações que chegam a meia década, com a mesma carinha menina, só a Mafalda e a nossa Mônica, que estão com cinquentinha, mas continuam tão fofas como como quando eram crianças.

A personagem principal das tirinhas, Mafalda é uma menina de mais ou menos sete anos de idade, odeia sopa , adora os Beatles e os desenhos do Pica-Pau. Comporta como uma típica menina na sua idade, mas tem uma visão aguda da vida e vive questionando o mundo à sua volta.

Um filme divertido, no qual poderá desfrutar de suas aventuras mais desmiolada. Uma visão crítica do mundo dos adultos que nos fará passar por um momento engraçado.

Título Original: Mafalda – La Película
Ano de Lançamento: 1982
País: Argentina
Audio: Espanhol
Legenda: Português
Direitos reservados ao Canal 7 (TV Publica Argentina)

Assista abaixo o filme completo de Mafalda:

mafalda_foto

 

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] 50 anos da pequena Mafalda

mafalda_50_aniversario

A garota mais famosa da Argentina, Mafalda completou este ano de 2014 meio século de vida, 50 anos, mas ainda continua com a mesma carinha de menininha, assim como a gorducha da Mônica, que também completou 50 anos este ano.

MAFALDA 50 AÑOS BAJAA personagem da Mafalda começou como uma tira escrita e desenhada pelo cartunista argentino Quino, que teve o nome inspirado pela novela Dar la cara, de David Viñas, e alguns outros, foi criada em 1962 para um cartoon de propaganda que deveria ser publicado no diário Clarín. No entanto, Clarín rompeu o contrato e a campanha foi cancelada. Mas Mafada só se tornou um cartoon de verdade sob a sugestão de Julián Delgado, na época o editor-chefe do hebdomadário Primera Plana e
amigo de Quino.

Mafalda começou a aparecer diariamente no Mundo de Buenos Aires, permitindo ao autor cobrir eventos correntes
mais detalhadamente. As personagens Manolito e Susanita foram criadas nas semanas seguintes, e a mamãe de Mafalda estava grávida quando o jornal faliu em 22 de Dezembro de 1967.

A publicação recomeçou seis meses mais tarde, em 2 de Junho de 1968, no hebdomadário Siete Días Illustrados. Como os quadrinhos tinham que ser entregues duas semanas antes da publicação, Quino era incapaz de comentar as notícias mais recentes. Ele decidiu acabar com a publicação das histórias em 25 de Junho de 1973.

MAFALDA - QUINO

A obra mais famosa de Quino é a tira cômica Mafalda, publicada entre os anos 1964 e 1973, editada em tiras nos jornais, Mafalda questionava todos os problemas políticos, de gênero, e até científicos que afligiam sua alma infantil e, ao mesmo tempo, refletia o conflito que as pessoas da época enfrentavam, sobretudo com a progressiva mudança dos costumes e a já incipiente introdução da tecnologia no cotidiano.

Por isso nós d’O Barquinho Cultural, queremos desejar um feliz aniversário a Mafalda e que ela continue mais 50, 60, 80 e 100 anos, animando, incentivando a leitura e também mobilizando a sociedade para tentar mudar o mundo, ficando livre de qualquer violência.

Felicidades Mafalda!!!

IMG-E97-Mafalda-Nina-50-Anos

PS: Ainda terá mais Mafalda por aqui no OBC.

Por Priscila Visconti