Arquivo da tag: artes

[Total Flex] São reveladas as artes das credenciais da 4ª edição da CCXP 2017

Finalmente um dos objetos mais desejados da maior Comic Con do planeta com um recorde de 196 mil pessoas em 2016, apresentou nesta sexta-feira (4), em parceria da Rede Telecine, as credenciais da quarta edição do evento, e as artes levam alguns personagens mais icônicos da saga Star Wars, como Stormtrooper (quinta-feira), Kylo Ren (sexta-feira), Chewbacca (sábado), Rey (domingo), BB-8 (quatro dias), Darth Vader (Full Experience) e Princesa Leia (Epic Experience). Continuar lendo [Total Flex] São reveladas as artes das credenciais da 4ª edição da CCXP 2017

Anúncios

[TOTAL FLEX] FILE O MAIOR FESTIVAL DE ARTE E TECNOLOGIA PROMOVE 18º EDIÇÃO EM SP

hArquivo.ashx
Foto: Divulgação

O Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE), teve inicio em 2000 na cidade de São Paulo, é um evento que reuni arte, tecnologia, vídeos e games. File, já passou esse ano por Vitória – ES, São Luís – Maranhão, agora chegou a vez de São Paulo receber esse evento. Com o tema “O Borbulhar de Universos“, o evento acontece a partir de 18 de julho a 3 de setembro com três categorias. Continuar lendo [TOTAL FLEX] FILE O MAIOR FESTIVAL DE ARTE E TECNOLOGIA PROMOVE 18º EDIÇÃO EM SP

[OBC AWARDS] Os melhores de 2016 se encontra aqui!

c539e-trofeu

Mais um ano chega ao fim, um ano que teve seus altos e baixos, tristezas e alegrias, como outro qualquer, algumas perdas insubstituíveis e momentos únicos, épicos e inesquecíveis.

Continuar lendo [OBC AWARDS] Os melhores de 2016 se encontra aqui!

[Total Flex] Descanse em paz, Tomie Ohtake

Tomie-Ohtake-Monumento-ao-Trabalhador-2013-credito-Denise-Andrade--size-598

Nesta quinta-feira (12), o Brasil e o mundo das artes acordou mais triste, pois a artista plástica japonesa, naturalizada brasileira, faleceu aos seus 101 anos no Hospital Sírio-Libanês, após diversas paradas cardíacas que teve durante a noite. Estamos falando da “dama das artes plásticas brasileira”, segundo o crítico Ichiro Hariu.

Tomie Nakakubo, filha de Inosuke e Kimi Nakakubo, chegou ao Brasil em 1936 para visitar um irmão. Conheceu o engenheiro agrônomo Ushio Ohtake, também japonês, com quem se casou e teve dois filhos, Ruy e Ricardo, sua família estabeleceu-se no bairro da Mooca, na capital paulista.

No ano de 1952 ela inicia na pintura, junto com o artista Keisuke Sugano e no ano seguinte se integra ao Grupo Seibe, passando tempos produzindo obras no contexto da arte figurativa, a artista define-se pelo abstracionismo, apenas a partir dos anos 1970, passou a trabalhar com serigrafia, litogravura e gravura em metal.

Tomie se destacou com o trabalho de esculturas em grandes dimensões em espaços públicos, sendo que na 23ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1995, teve uma sala especial de esculturas, atualmente há 27 de suas obras são obras públicas, as quais estão em algumas cidades brasileiras.

Na cidade de São Paulo já faz da metrópole, se tornaram marcos paulistanos, como os quatro grandes painéis da Estação Consolação do Metrô de São Paulo, a escultura em concreto armado na Avenida 23 de Maio e a pintura em parede cega no centro, na Ladeira da Memória.I357031M

A artista participou de Salões nacionais e regionais, tendo sido premiada na maioria deles, sendo convidada a participar da Bienal de Veneza em 1972, pela própria instituição. Recebeu o Prêmio Panorama da Pintura Brasileira do Museu de Arte Moderna de São Paulo.

Tomie escreveu junto com Alberto Goldin, o livro “Gota d’Água”, no qual foi escolhido pela Jugend Bibliothek de Munique, na Alemanha, como um dos melhores livros editados no Brasil no ano de 1995, no mesmo ano recebeu o Prêmio Nacional de Artes Plásticas do Ministério da Cultura – Minc e em 2000 foi criado o Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.

Tomie Ohtake se foi, mas sua obra ficará para sempre, espalhadas por todo o mundo, principalmente pela capital paulistana, onde há mais obras gigantesca da artista e também onde fica o museu com seu nome na região Pinheiros de São Paulo, no qual nesta sexta-feira (13), acontece a última homenagem à Tomie.

tomie_ohtake_060813

Mais informações acesse o site oficial do Instituto Tomie Ohtake;

Descanse em paz Dama das Arte Plásticas, pois suas obras serão para sempre para todos os amantes da arte.

Por Priscila Visconti

[Caixa de Som] A música e poesia em um único “Movi…mento”

389933_254411644623553_187644680_n

Influenciada pela poesia e literatura brasileira, Lika Rosa lançou seu primeiro álbum em 2012, intitulado “Movi…mento”, um disco com 13 faixas de uma mescla de suas influências somadas ao diversos ritmos musicais, entre eles a MPB, Maracatu, Samba, Jazz, Bolero, Pop Rock, Hip Hop e Eletrônico.

Lika é uma artista nata de música e palco969287_521885621209486_1572998850_n, pois ela interpreta e musica seus poemas com mistura ritmada e encenações únicas e exclusivas, interagindo diretamente com o público que contempla suas performances, dedicando- se de corpo e alma em suas apresentações, além de mostrar uma verdade distinta das ruas e da periferia, onde a mídia convencional não traz essa mesma visão humana e verídica.

Iniciou sua carreira através do projeto desenvolvido pela Cia Estável, surgindo mais tarde duas contemplações do projeto do VAI (valorização de iniciativa culturais) de criação de um espetáculo e desenvolvimento de aulas com foco em interpretação, circo solo, aéreo e musica, com dois grupos seguidos dos Projeto Amigos da Multidão: Mentecorpos do Balaio, com espetáculo “Numa Roda” e “Colcha de Retalho” com contos infantis entre outros.

6325_493688547362527_1991655902_nDesde então, ela busca agregar conhecimento e musicalidade a cada performance, obtendo êxito passo-a-passo em uma carreira promissora e gratificante quando atingido o objetivo, mas tão difícil de chegar neste desenlace almejado, em que todos o admiram hoje, mas amanhã se não tiver um alicerce forte, ninguém o reconhece mais.

Conheça uma pouco quem é Lika Rosa, uma cantora, compositora, poeta e interpretadora da autêntica arte que mescla ritmos e estilos em um, mas nunca perdendo a sua própria essência.

Mais info: Facebook | Twitter | SoundCloud | Youtube

Por: Patrícia Visconti