Arquivo da tag: Daniel Bárris

[8 Bits] Assassin’s Creed Rogue – O inimigo agora é outro!

Rogue

Novembro é um ano conhecido pelos games, e isso se deve as novidades que chegam às lojas prontas para serem adquiridas.

A novidade agora se refere ao Assassin’s Creed – Rogue, novo jogo desenvolvido pela Ubisoft, exclusivo para consoles da antiga geração (enquanto que AC Unity sairá apenas para os da nova geração). E desta vez, o enredo passou a ser bem mais diferente neste como os anteriores.

Aos fãs mais antigos, a disputa milenar entre os Assassinos e Templários sempre foi o centro dos jogos da franquia Assassin’s Creed, mas o novo Rogue, você se torna um ser “neutro” diante de toda essa confusão.

No enredo, o Assassino Shay é traído pela ordem e jura a si que caçaria todos os integrantes da Ordem, sem deixar um passar livre por sua mira.

Algo totalmente novo, pois estamos mais acostumados a caçar os templários malvados e seus aliados. Será um capítulo sombrio nesta belíssima franquia!

Assassin’s Creed – Rogue, chegará às lojas dia 11 de Novembro.

E ai, ansiosos para um novo capítulo desta incrível saga?

Confira abaixo o trailer de Assassin’s Creed Rogue:

Por: Daniel Barris

[Cabine Bits] Cinema e Games – Unindo Artes

AC-3

E começando aqui mais um debate com algo relacionado a nosso querido mundo dos games, e hoje com algo que agrada muitos fãs, principalmente com expectativas fervorosas. Filmes feitos com base em histórias de games: é possível?

A resposta é mais que óbvia: Mas é claro que sim! Como não lembrar filmes do Resident Evil? Ou até da franquia Mortal Kombat?

A questão é: Bons filmes. Não tenho nada contra com quem gostou das séries citadas acima, mas me refiro a filmes que tragam com mais seriedade a trama já encontrada nos games que possam ser passado das telinhas para às telonas.

Um exemplo claro (e com grandes rumores sobre isto acontecer) é a franquia Assassin’s Creed, da Ubisoft. Há rumores de um filme estar sendo encabeçado e com “previsão” para 2016. Mas, novamente, a questão é: Será um filme bom?

Não só trazer para o cinema, uma adaptação bem feita, mas também um enredo coerente (lembra-se do fiasco de Double
Dragon, em 1991?) e que se encaixe como uma luva com o enredo do game. É trabalho duro, e convenhamos, quem fizer isso merece aplausos e prêmios.

Cortando fora toda essa conversa, o texto ficou curto, mas deixa uma questão muito importante para nós gamers, que tem o sonho de ver nossos heróis e vilões preferidos nas telonas (e com grande estilo!). Você tem vontade de ver seus games favoritos no cinema? Se sim, quais?

Por: Daniel Barris

[8 Bit] O que esperar da nova geração?

 photo 10703431_10202468492226248_130199913_o_zps839c642f.jpg

Nossos tão aguardados videogames foram revelados com capacidades acima do esperado, e ainda mais, superaram e muito a expectativa de seus fãs, mas nem todos foram assim, e não vamos citar exemplos. Mas, o mais importante foi que nossas ansiedades foram sanadas, porém mais delas foram criadas.

Pudera! Jogos com temáticas já antigas, mas com novas mecânicas de jogo, tendo um excelente exemplo Assassin’s Creed Unity, onde agora não só teremos a saudosa campanha solo, mas uma nova e bela campanha em grupo, onde é possível concluir o jogo com quatro amigos. Algo que já foi visto em tantos outros jogos, e agora marcando presença nesta franquia de peso da Ubisoft.

Não vamos esquecer da nova sequência de Far Cry, onde agora novos campos serão explorados, mais precisamente no Himalaia, além de uma leve mudança na mecânica do jogo, o que faz o antigo parecer novo. E não para por ai!

Para os fãs da lendária série da Rocksteady, chegará em julho de 2015 (com um delay já dito pela empresa) a conclusão épica desta sequencia: Batman Arkham Knight. Que deve chegar contudo às lojas, e além do mais importante: trará aos fãs do jogo as respostas que tanto aguardavam. Quem será o misterioso Arkham Knight? O que enfim houve com Batman após a morte de seu famoso inimigo? Que planos e alianças nosso Cavaleiro das Trevas encontrará ao longo da trama? Mais e mais perguntas, e a ansiedade crescendo cada vez mais.

E não só os jogos que prometem nesse ano, mas os consoles ficaram cada vez mais poderosos e a maioria aqui já possui uma clara noção das qualidades que cada um traz.

Wii U trazendo clássicos para um mundo HD, Ps4 entregando aos fãs um console inovador,e o Xbox One com seu logo “All In One”, com várias funções em um único aparelho.
Com tudo isso, temos uma ideia de que esta será uma das gerações mais marcantes, mas também nos faz sonhar com as próximas que vivenciaremos.

Por: Daniel Barris

[Cyber Cult – 8 Bits] Jogos Portáteis: O futuro do entretenimento?

mobile_gaming

Atualmente o mercado de games vem crescendo assustadoramente. E pudera: como não gostar de gastar uns minutos resolvendo quebra-cabeças ou derrotando os tão famigerados “chefões” nas horas vagas do trabalho? Mas uma coisa anda mudando no costume dos gamers atuais.

Com freqüência uma pessoa, ao entrar em um ônibus lotado, pode reparar pessoas mexendo em seus celulares, e isto chega a ser uma cena um tanto repetitiva: pessoas com suas mensagens de texto, redes sociais ou os raros que ouvem uma boa estação de rádio em seus smartphones.

Mas outra cena também chega a ser comum, que é o fato de pessoas terem vários jogos em seus celulares. Mas não são simples jogos, como os antigos jogos de Copas ou “Cobrinha”, tão famosos e relembrados, por muitas pessoas com saudade e nostalgia. Hoje vemos jogos complexos, moldados com a mais alta tecnologia digital, semelhante aos grandes  blockbusters que arrasam nos consoles. Desde pássaros que são atirados por um estilingue gigante, até grandes jogos de luta com gráficos e lutas brutais. E até o mais longe, aqueles quem conseguem adaptar jogos de consoles para o celular, como emuladores do famoso Nintendo 64 ou Game Boy Advance.

A tecnologia dos games mais uma vez nos surpreende, e mostrando que, cada vez mais eles fazem parte de nossas vidas, se tornando mais um grande passatempo para nossos dias corridos e noites sem fim.

Por: Daniel Bárris