Arquivo da tag: filme

[Cantinho Literário] A luta pela sobrevivência em “O Regresso”, de Michael Punke

4_4

Já que não podemos falar diretamente sobre o Oscar, afinal aqui é a editoria de literatura, mas podemos falar um pouco indiretamente, ou seja, dos livros que foram inspirações aos filmes, que estavam concorrendo ao Oscar 2016, que aconteceu neste domingo, dia 28, em Los Angeles. Como o filme “O Regresso”, que estava concorrendo em 12 categorias e foi baseado no livro, de Michael Punke.

O filme estreou na primeira semana de fevereiro, no dia 4, e teve o ator Leonardo DiCaprio como o protagonista, mas uma pena que não podemos falar da emoção que sentimos ontem ao ver DiCaprio ganhando seu primeiro Oscar e também, levou na categoria de melhor diretor, para o cineasta e produtor mexicano, Alejandro Iñarritu. Mas, sem delongas e vamos focar no livro, afinal somos o Cantinho Literário e não o Cabine da Pipoca… hehe

Também fazia tempo que não falávamos de um livro por aqui, estávamos mais promovendo eventos e nos projetos literários, que também são bem legais e uteis para o nosso Cantinho, mas é sempre bom falar de uma obra literária, e ultimamente são poucos livros bons que viram filmes, como este em questão, que nos chamou bastante atenção.

“O Regresso” é baseado na vida do caçador Hugh Glass, aonde ele foi atacado brutalmente por um urso e abandonado por seus colegas, mas sobreviveu por seu desejo de vingança e pela sua sobrevivência. O caçador Glass, teve ferimentos graves por todo seu corpo, até mesmo no couro cabeludo quase separou seu crânio, cortes muito profundo nas costas e teve sua garganta quase toda aberta pelas garras do animal.

regresso_2-750x380

O livro se refere de como o Hugh Glass superou o ataque pelo urso e sobreviveu pelo longo caminho que percorreu, e por ser deixado por seu grupo de expedição e ter que continuar a caçada sozinho, enfrentando até mesmo um ataque de um animal selvagem e quase ter morrido.

“O Regresso” mostra que por mais dificuldade que passamos, tudo pode ser superado, mesmo que esteja sozinho e seja atacado por animais selvagens, no livro era um urso, mas pode até ser o mosquito da dengue, mas se formos fortes, conseguimos superar tudo.

A narrativa do livro é toda em terceira pessoa, mas a dimensão da vida de Hugh Glass pode sentir como se fosse em primeira, pois é só a vingança de ter sido deixado para trás por seus colegas de expedição e a sua vontade de viver, eram maiores que tudo, então mesmo todo ferido e sozinho aquele homem conseguiu seguir seu caminho.

revenant-leo-banner-1280jpg-9b4220-1280w_rqfb

Sinopse
Em 1823, os caçadores da Companhia de Peles Montanhas Rochosas desbravavam as terras inexploradas dos Estados Unidos, enfrentando diariamente o clima implacável, as feras selvagens e a ameaça constante de confronto com os índios, que defendiam suas terras da invasão dos homens brancos.

Em uma das missões da companhia, Hugh Glass, um dos melhores e mais experientes caçadores do grupo, fica frente a frente com um urso-cinzento, é atacado e termina gravemente ferido, claramente sem chances de sobreviver. Os homens que deveriam esperar sua morte e lhe oferecer um funeral apropriado o abandonam, levando consigo as armas e os suprimentos.

Entre delírios, Glass os observa fugindo e é tomado por um único desejo: vingança. Uma determinação cega que o torna capaz de atravessar quase cinco mil quilômetros de terras intocadas e selvagens, fugindo de predadores, sobrevivendo à fome e à agonia dos ferimentos mais terríveis, a fim de concluir seu objetivo.

Inspirado em fatos reais e escrito em uma prosa arrebatadora, O Regresso é uma notável história de obsessão, um romance sobre um homem cuja vida foi ao mesmo tempo salva e condenada pela sede de vingança.

untitledO Regresso
idioma: Português
encadernação: Brochura
formato: 16 x 23
páginas: 272
ano de edição: 2015
edição: 1ª
autor: Michael Punke
tradutor: Maria Carmelita Dias

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] Deadpool: O herói que desmistifica os heróis

2b8ede58f0e5221abc5f585e52e82ed651388299

O herói-vilão mais “fofo” e direto dos quadrinhos ganha as telonas no próximo mês. “Deadpool” é o oitavo longa-metragem da franquia dos X-Men e estreia no Brasil no dia 11 de fevereiro.

deadpool-movie-2015-thumbs-up-mditd0fn2czy3ps40jx65quje2tgdkslj5zcgyqd4oDirigido por Tim Miller, o filme é estrelado pelo ator Ryan Reynolds que interpretará o protagonista da trama é baseado na história original da Marcel, cujo tem o mesmo nome da película.

Além de Reynolds, o filme traz um grande elenco, como Morena Baccarin, Ed Skrein, Gina Carano, T. J. Miller, Brianna Hildebrand e Leslie Uggams, e também Stefan Kapičić, que fará uma participação especial como Colossus, papel dado anteriormente a Daniel Cudmore.

650x375_deadpool_1547005“Deadpool” mostra a trama do ex-militar e mercenário, Wade Wilson, que após ser diagnosticado com câncer em estado terminal, encontra a cura em uma sinistra experiência científica, onde lhe dá poderes e um humor um tanto que sarcástico, buscando a vingança contra os que destruíram sua vida, Deadpool traz seu “carisma e sensualidade” das histórias em quadrinhos às telonas.

O filme gerou um certa polêmica, pois alguns pais alegaram que será um pouco despudorado para que seus filhos possam assistir, todavia a distribuidora do longa, a Fox alegou que por mais que há boatos da classificação será 14 anos, nada é verdade, já que o mesmo assim como nos Estados Unidos onde ganhou “classificação R”, ou melhor “Restricted” – equivalente no Brasil a “censura 18 anos” -, pois há “excesso de violência, linguagem imprópria e conteúdo sexual”.

new-deadpool-promo-images-offer-hints-on-movie-s-unconventional-tone-492440

Sinopse:

Ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.

Trailer:

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] O cinema falado completa 88 anos desde a exibição do pioneiro do gênero

the-jazz-singer

Neste mês de outubro o cinema falado completo 88 anos, após a primeira exibição do musical “O Cantor de Jazz”, no dia 6 de outubro de 1927, em Nova Iorque.

O filme de grande duração, com falas e cantos sincronizados ao disco de acetato, foi um marco no cinema mundial, substituindo os filmes mudos, sendo o grande ápice na sétima arte.

Um dos maiores atores na época foi Al Jolson, sendo pioneiro e um dos melhores atores a cantar e atuar nos longas, sucesso na Broadway.

Apesar de que, as falas sempre existiram dentro dos filmes, já que em várias projeções os atores e atrizes cantavam escondidos atrás da tela em forma de dublagem, assim como os pianistas ficavam frente as telas improvisando a sonoplastia das películas.

A trama de “O Cantor de Jazz” retrata um jovem que desafia as tradições de sua família judia tradicional, onde ele cantarolava numa casa de diversões estadunidense canções populares da década, mas seu pai o punia por isso, então ele foge de casa e anos depois se torna um grande cantor de jazz, todavia seu conflito familiar permanecia e sua herança cultural também.

180px-The_Jazz_Singer

Sinopse:

A história de O Cantor de Jazz começa com o jovem Jakie Rabinowitz desafiando as tradições de sua família judia tradicional, cantando numa casa de diversões norte-americana canções populares da época. Punido por seu pai, um Chazan ou cantor litúrgico da sinagoga, que queria ver seu filho seguir seus passos, Jakie foge de casa. Anos depois se torna um cantor de jazz de sucesso, mas sempre em conflito com as relações com sua família e herança cultural.

Assista abaixo um trecho do filme “O Cantor de Jazz”:

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] “Se Você Olhar Pra Mim” mostra que o amor não marca hora para acontecer

1506909_1481985075427070_1306171741651653368_n

Quebrando paradigmas o curta-metragem “Se Você Olhar Pra Mim” traz como protagonista um casal da terceira idade, que mostram que a vida não para depois que você chega nela, e as paixões e anseios continuam ao seu redor, ou na sua frente. Como a história de Nico e Teresa, que se conhecem e se apaixonam através de suas janelas, que ficam uma de frente para outra, porém para que o encontro aconteça não vai ser fácil.

Nico tem a vida controlada pela família e por seu relógio de pulso, já Teresa, vive de mal humor e não tem coragem de nem mesmo olhar para janela. Duas pessoas solitárias, mas não assumidas, e redescobre o amor bem na frente de seus apartamentos, então abandonam algumas paradigmas para reencontrar as relações.

Dirigido por Chris Sevla e estrelado pelos atores, Walter Breda, Thaia Perez, Jairo Mattos, Roberto Rezende, Teca Pinkovai e apresentando Inaê Nóbrega. A trama trata do renascimento do amor, e que não há época ou hora para ele reflorescer, basta estarmos vivos e prontos para nos apaixonar, para que nossos corações sejam aquebrantados, mostrando de forma delicada e sútil.

11760054_1497291260563118_7398354872223946118_n

Porém, para que filme seja produzido os produtores de “Se Você Olhar pra Mim” precisam de sua ajuda, contribuindo no crowdfunding para que a produção saía do papel e ganhe as telonas, e você pode ter seu nome nos créditos do curta-metragem ou então, até sua marca no projeto.

Confira o vídeo promocional do curta:

Mais info: Facebook | Twitter

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] As animações dos anos 80, atacam a Terra no filme Pixels

20150727pixels-share-logo

Na última quinta-feira (23) no Brasil, estreou o filme para que curte animação, ficção e gosta de dar boas risadas. A produção cinematográfica Pixels foi baseado no curta-metragem que tem o mesmo nome da trama, de Patrick Jean, que foi lançado na internet no ano de 2010.

O filme que tem a direção e produção de Chris Columbus, e Adam Sandler, como um dos protagonistas do longa, além de grande elenco como Kevin James, Michelle Monaghan, Peter Dinklage, Josh Gad, Brian Cox, Ashley Benson e Jane Krakowski.

Pixels é baseado nos jogos de videogame da década de 80, como Pac-Man, Donkey Kong e Centipede, os três maiores recordistas desses jogos terão a missão de combater as animações, pois eles saem de seus receptivos jogos, para combater contra os humanos e dominar o Planeta Terra e os combatentes e recordistas dos mesmos, além da ajuda da NASA, para ajudar eliminação das animações.

maxresdefault

O filme foi originalmente programado para ser lançado em 15 de maio de 2015, mas em 12 de agosto de 2014, a data de lançamento foi adiado para 24 de julho de 2015, nos Estados Unidos.

Comercialização e o primeiro trailer foi lançado em 19 de março de 2015 e recebeu 34,3 milhões de pontos de vista globais em 24 horas, quebrando o recorde anterior da Sony detida pela The Amazing Spider-Man 2 (22 milhões de pontos de vista em 2014) e o segundo trailer foi lançado em dia 13 de junho de 2015.

pixels-regposter-brazil_p1jaSinopse
Em 1982, 33 anos antes, na esperança de estabelecer uma comunicação pacífica com vida extraterrestre, a NASA lança uma cápsula no espaço que contém as imagens e filmagens da vida na Terra.

Atualmente, em 2015, a mensagem foi em contato da maneira incorreta. Quando aliens interpretam mal os vídeos de jogos clássicos que o homem criou, como uma declaração de guerra, eles atacam a Terra usando os jogos como modelos para os seus vários ataques, incluindo Pac-Man, Donkey Kong e Centipede.

O Presidente William Cooper (Kevin James) apela para que seu melhor amigo de infância, ex-campeão de videogame de 1980, Sam Brenner (Adam Sandler), que agora é um instalador de home theater e tinha um relacionamento anterior com a esposa de William (Jane Krakowski), lidere uma equipe de jogadores de arcade (Eddie Plant-Peter Dinklage e Ludlow Lamonsoff-Josh Gad) para derrotar os alienígenas e salvar o planeta.

Elenco
Adam Sandler como Sam Brenner
Kevin James como Presidente William Cooper
Josh Gad como Ludlow Lamonsoff
Peter Dinklage como Eddie Plant
Michelle Monaghan como Vanessa “Van” Pattern
Brian Cox como Almirante Porter
Ashley Benson como Lady Lisa
Jane Krakowski como Carolyn Cooper
Thomas Ridgewell as Fred
Sean Bean como o General do Exército

url

Direção
Chris Columbus

Produção
Chris Columbus
Adam Sandler
Allen Covert
Mark Radcliffe

Roteiro
Tim Herlihy
Timothy Dowling

Baseado em: História por Tim Herlihy

Gênero
Ficção científica
Comédia de ação

Música
Henry Jackman

Cinematografia
Amir Mokri

Edição
Hughes Winborne

Companhia produtora
Happy Madison Productions
1492 Pictures

Distribuição
Columbia Pictures

Trailer

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] Homem-Formiga – O menor super herói da Marvel estreia nos cinemas

homemformiga_4-650x400Essa semana aqui na nossa Cabine da Pipoca, terá herói, pequeno mais é um grande herói. Pois nesta quinta-feira (16), estreia em todo o Brasil o filme O Homem-Formiga (Ant-Man), que assim como Os Vingadores, também tem produções da poderosa Marvel.

Para dar uma refrescada na memória e informar aos desligados e que não conhecem esse super herói, o Homem-Formiga é um herói ligado aos Vingadores, que teve sua primeira aparição na história Tales to Astonish, o número 27 dos Vingadores, do ano de 1962, mas que no quadrinho ele se chama Henry Pym, mas no filme será Scott Lang, que será vivido pelo ator Paul Raud, o Pym será o ator Michael Douglas, já que ele não pode ter aparecido em Os Vingadores.

Os poderes do Homem-Formiga, são as partículas que dão a capacidade de alteração de tamanho, no caso, encolher era sua especialidade, mantida a força-física de quando estava no tamanho normal, e seu capacete permite controlar e se comunicar com insetos, principalmente as formigas, na maioria das vezes ele voa em cima da formiga rainha, ele também pode crescer e ficar do tamanho de um prédio porem ele fica mais forte e não pode se comunicar com insetos quando fica gigante.

Esse filme encerrará a segunda fase cinematográfica do Universo Marvel, logo após o filme Os Vingadores: A Era de Ultron, o filme será o primeiro estrelado pelo Homem-Formiga, um dos fundadores dos Vingadores nos quadrinhos, que passou de ladrão a heróis. Scott Lang, era o ladrão mestre e aceitou a ser um herói interior e ajudar seu mentor, o Dr. Hank Pym, a proteger o segredo por trás de seu especular traje do Homem-Formiga de uma nova geração de grandes ameaças.

url

Sinopse
Munido com uma habilidade incrível de encolher em escala mas aumentar em força, o magistral ladrão Scott Lang deve abraçar o seu herói interior e ajudar seu mentor, Dr. Hank Pym, a proteger o segredo por trás de seu espetacular uniforme de Homem-Formiga de uma nova geração de ameaças crescentes. Contra obstáculos aparentemente insuperáveis, Pym e Lang devem planejar e executar um assalto que salvará o mundo.

Elenco
Paul Rudd como Scott Lang / Homem-Formiga
Michael Douglas como Hank Pym
Evangeline Lilly como Hope Van Dyne
Corey Stoll como Darren Cross / Jaqueta Amarela
Bobby Cannavale como Paxton
Michael Peña como Luis
T.I. como Dave
Woody Harris como Gale
David Dastmalchian como Kurt
John Slattery como Howard Stark
Jordi Mollà como Castillo
Vanessa Ross como Jogger
Hayley Atwell como Peggy Carter
Judy Greer como Maggie
Abby Ryder Fortson como Cassandra Lang
Lyndsi LaRose como Emily
Gregg Turkington como Dale
Martin Donovan como Mitchell Carson
Ricki Noel Lander como TBA
TBA como William Cross
TBA como Janet van Dyne
Chris Evans como Steve Rogers / Capitão America
Sebastian Stan como Bucky Barnes / Soldado Invernal
Anthony Mackie como Sam Wilson / Falcão

Direção: Peyton Reed
Produção: Kevin Feige
Roteiro: Adam McKay
Paul Rudd
Edgar Wright
Joe Cornish
Baseado em: Homem-Formiga de Stan Lee, Jack Kirby e Larry Lieber

homen-formiga

Assista o trailer do Homem-Formiga:

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] Nick Carter aterroriza em “Dead West”

medium.3Mu9h8gvzryUxT9N12dois9MrF6kZ5ikNtu8-un2KGo

O Backstreet Boy Nick Carter ataca nos cinemas como diretor, roteirista e também como ator, todos já o conhecemos como músico e sabemos quão ele manda muito bem, mas em parceria com a produtora Asylum, uma empresa que já trabalha com produções cinematográficas, mas com o lado B da sétima arte, ou seja, nem pense que esse filme do Carter vai passar em grandes redes de cinema.

Mas, em compensação para quem curte história de terror, principalmente de zombie irá gostar bastante, pois tem uma pegada de horror, suspense e um pouco de comédia, afinal todo filme desse gênero, tem um ar cômico na trama.

Nick anunciou seu filme durante uma entrevista que dava na divulgação do documentário, “Show ‘Em What You’re Made Of”, dos Backstreet Boys, lançando em janeiro desse ano, aonde Carter revelou que estava produzindo, dirigindo e havia escrito um filme sobre zombie, intitulado de inicio “Dead West” (Formerly “Evil Blessings”), cambiado por “Dead 7” pelo seu criador e roteirista, Nick Carter que conta com a produção da Asylum.

11705301_940108412715722_2087947107793238855_n

Confira que o Backstreet Boy disse em uma entrevista sobre seu filme;

“É chamado Dead West [Risos.] É um filme ocidental ‘zombie horror’. É um filme híbrido. Eu criei a história, co-escrevi a como escritor, e apenas fez nossa reunião na semana passada com Asylum. Eles são o mesmas pessoas que fizeram a película ‘Sharknado’, por isso é definitivamente é um filme B, mas como este filme é algo da minha criatividade.

É muito louco, eu vou te dizer, e nós estamos muito, muito animado. Eu sou apaixonado sobre isso, e eu gosto de estar artística em uma espécie de maneira peculiar que é incomum. É por isso que eu estou colocando juntos o elenco, há alguns nomes que flutuam em torno de como Joey Fatone de N * SYNC, ou um velho amigo meu Shaquille O’Neal. Apenas uma coisa fora da caixa. “

11705242_1626166550974422_5107347198421780298_nO filme começou a ser filmado em março desse ano, porém não tem data de estreia, mas nessa semana, no dia 9 de julho, Nick Carter, AJ McLean e Joey Fatone (N*Sync), estiveram na Comic Con, em San Diego para promover o filme e falar um pouco mais sobre o primeiro longa do astro como diretor.

AJ e Joey também participam da história, não sabemos exatamente seus personagens, mas com certeza deve ser algo bem horripilante e sombrio, já que McLean assim como Nick, também curte histórias de zombie, terror e coisas do gênero.

Informações
Título: Dead 7
Status: Filming in March 2015
Genêro: Horror_Zombie_Western
Diretor/ Roteirista: Nick Carter (Backstreet Boys)
Notas: produzido por b-movie production company, The Asylum

Mais informações:
nickcarter.net
Twitter: @nickcarter
Instagram: @nickcarter

Assista abaixo a crítica de Natalia Mongelos, sobre o longa-metragem de terror de Nick Carter:

Essa não é a primeira vez que Carter se arrisca nas telonas, com a película “The Hollow” (“O Halloween Macabro”) – lançado no ano de 2004. Um filme também de terror, que fala um pouco sobre a lenda do cavaleiro sem cabeça, dirigido por Kyle Newman, escrito por, Hans Rodionoff e Kevin Zegers, Kaley Cuoco, Nick Carter, Stacy Keach e grande elenco dando vida aos personagens da trama.

Confira o trailer deste longa abaixo:

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] Roteiro da quarta saga do filme As Crônicas de Nárnia está pronto

20622224

Essa vai para quem curte a trilogia da saga As Crônicas de Nárnia, pois tudo indica que o próximo filme deve ser começado a rodar em breve, já que o roteiro final de As Crônicas de Nárnia – A Cadeira de Prata, inspirado no quarto livro da série, está pronto.

Essa afirmação veio do próprio roteirista, David Magee, que também escreveu As Aventuras de Pi e Em Busca da Terra do Nunca, pois ele passou mais de um ano trabalhando no projeto, pois essa produção começou em 2013, quando a C.S. Lewis Company fechou um acordo com a produtora The Mark Gordon Company para desenvolver a adaptação.

Vale lembrar que nessa trama de As Crônicas de Nárnia – A Cadeira de Prata, não conta com os três irmãos Pevensie e foca na volta de Eustáquio, vivido por Will Poulter no terceiro filme de Nárnia, ao lado de sua amiga Jill Pole.

Mas ainda não tem data do inicio das gravações do longa, pois ele terá que passar por revisões e ser aprovado, pois ainda vai ter todo o processo de escalação de elenco e diretor, afinal ainda não se sabe se algum dos três atores dos três primeiros filmes da saga, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (2005),  Príncipe Caspian (2008) e A Viagem do Peregrino da Alvorada (2010), vão retornar.

Mas vamos aguardar mais informações ansiosos pelo filme da saga, pois quem esperou por quase cinco anos, pode esperar por mais algum tempo para sair oficialmente o filme da quarta saga de Nárnia, As Crônicas de Nárnia – A Cadeira de Prata.

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] “Estação Liberdade” mostra os dilemas de um sansei no Brasil

estacao-liberdade-filme

Já que estamos próximos do aniversário de São Paulo, então nada mais justo do que falar de filmes nacionais, de preferência que trazem a capital paulista como plano de fundo aos tramas cinematográficos.

Baseado nisso, traremos uma resenha produzida pelo fotógrafo e colunista do Tela Larga, Pierre Cortes. Assista abaixo a crítica do Pierre:

Sinopse:

Mario Kubo, 35 anos, brasileiro e terceira geração de descendentes de japoneses (sansei), não tem nenhum contato com a cultura de seus avós. Não fala japonês, não segue filosofias orientais e quase não come sushi. Em crise no trabalho e no casamento com Elvira, neta de italianos, Mario não tem filhos nem planos. Totalmente ocidentalizado, o protagonista se depara com um dilema: não se sente brasileiro, muito menos japonês. No entanto, logo após o terremoto de 2011 que assolou o Japão com uma tsunami, Mario recebe uma carta. Toda escrita em ideogramas japoneses, o que o impede de saber seu conteúdo, ele a carrega a todo canto sem saber o motivo. Nesse momento, Mario parece despertar de um longo sono… Pensativo, ele encontra um universo fértil para sua busca de identidade que o levará até Tóquio, no Japão.

Por: Pierre Cortes