Arquivo da tag: funk

Gabriel Jardim cria a Turma do Morro, uma releitura ao clássico do Mauricio de Sousa

turma-do-morro
O jovem artista de nacionalidade alemã, mas criado nos costumes brasileiros, de João Pessoa, na Paraíba, o ilustrador Gabriel Jardim, de 24 anos, ganhou a internet nas últimas semanas ao publicar uma versão funkeira da Turma da Mônica. Continuar lendo Gabriel Jardim cria a Turma do Morro, uma releitura ao clássico do Mauricio de Sousa

[Caixa de Som] Emblues Beer Band: Da mesa do bar, para as ruas da grande cidade

17910_429925010511967_1978262287936640612_n
Foto por: Priscila Requena

Eles começaram nas ruas de Embu das Artes, durante o carnaval de 2013, mas apenas em maio, que eles se oficializaram como banda. Com uma sonoridade que vai do jazz ao funk, eles propagam esse ritmo pouco difundido na cultura popular brasileira.

11022627_419565914881210_6220567284256238101_nEmblues Beer Band tem forte influência das bandas de rua de Nova Orleans, como uma mistura da cultura caipira e região paulista e brasileira. Se apresentando nas ruas, levando ao público ao redor muita alegria, ritmo e diversão, com suas letras espontâneas e peculiares, que nascem de uma mesa de bar sobre cotidiano, relacionamentos, além de cantarem o amor a música e a arte.

12788_360878567416612_6517289638915932583_n
Foto por: Ellen Ricarte

Tocando nas ruas, a banda pode não só divulgar seu som gratuitamente ao seu público, como dar mais musicalidade a megalópole inquietante e estressante, que quase não tem tempo para parar e observar os sons, as cores e os momentos. E por isso, a Emblues Beer Band convida a todos para mais uma apresentação na praça.

A banda se apresenta nesta sexta-feira (10), na Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiro, mais conhecida como Praça do Pôr do Sol no Alto de Pinheiros, às 17h28, com um setlist exclusivo para começar o fim de semana com muita luz, música, alegria e canções que vão do jazz ao rock, blues, funk e um pouco e regionalidade para aquele momento.

Assista abaixo uma das apresentações da EBB pelas ruas de São Paulo:

SERVIÇO

Emblues Beer Band na Praça do Pôr do Sol
Data: 10/ Abril/2015
Hoário: 17h28
Local: Praça do Pôr do Sol
End: Pça. Coronel Custódio Fernandes Pinheiros, s/n – São Paulo/ SP
Ingresso: GRÁTIS! Basta apenas levar sua canga, seu cooler e a contribuição do chapéu do artista, afinal é da sua diversão e alegria que eles sobrevivem.

1922312_259133544257782_1913261800_n

Além do mais, nesta sexta-feira a banda fará uma pré-venda da nova cerveja do Emblues Beer Band. Uma Red Lager de 6,2% produzida pela a Microcervejaria Embu. São apenas 10 garrafas e com o rótulo antigo. Sem reservas e encomendas, apenas amanhã na Por do Sol, o valor por unidade é de R$25.

Conheça mais sobre a Emblues Band Beer em:
Facebook | Youtube

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Quem disse que Bahia é só axé? Shalin e os Attemporais

shalin

Eles levam um balanço muito dançante, pulsante, com raízes soul, funk, pegadas rock, mais outros ritmos que bebem nas fontes africanas, como o ijexá, o samba, o jazz, o reggae e ainda transitam pela embolada, o maracatu, chula, ragga, dub, capoeira, enfim, a proposta é não se fixar em um só estilo, reproduzindo o caldeirão cultural que existe na Bahia – que tem muito mais do que o axé e o arrocha dos carnavais.
bloga_shaShalin Way, nascida em Salvador em 1977, é filha de Jacks Wu, cantor e compositor, parceiro da patota de Tim Maia e seus Velhos Camaradas (Hyldon, Cassiano, Fábio, entre outros), que a influenciou a seguir a linha soul music. É de Wu a música “Deus, a Natureza e a Música”, que dá nome ao segundo disco de Hyldon, de 1976. Shalin estudou canto erudito na Universidade Federal da Bahia e, em 1998, estreou como solista do coral Acbeu, sob a regência do maestro
Cícero Alves Filho.

Integrou como cantora, de 1995 a 1999, a banda Naum, que atuava no circuito alternativo de Salvador. Em 2005, cantou a faixa “Talismã”, de Alexandro Videro, no projeto Balaio Atemporal, pela gravadora carioca Guitarra Brasileira, dirigido por Renato Piau. O CD tem participações, além de seu pai, de Tim Maia, Luiz Melodia, Armandinho, Fábio, Léo Gatti e Fernanda Morais e um time de músicos e arranjadores da pesada.

bloga_tavisNo mesmo ano, com o instrumentista e diretor musical Tavis “Black” Magalhães, concebe a banda Attemporais (nome inspirado no CD do Balaio), com o qual se apresenta desde então. Já se apresentou em diversos espaços pela Bahia e outros estados. Segundo diz, o som da Attemporais tem “uma concepção bem brasileira, mas com uma linguagem universal com identidade e personalidade construída ao longo do tempo”.

Tavis Black começou a estudar violão clássico aos 13 anos na Federal da Bahia, onde aprimorou o conhecimento musical e instrumental em diversos cursos e workshops. Concluiu o curso técnico de música em 1998, mas, apesar da formação erudita, pendeu para a música popular, produzindo outros artistas no estúdio Tríade, de sua propriedade. Por ali passaram nomes como Léo Gandelman, Luiz Melodia, Nico Assumpção, Márcio Montarroyos, Arthur Maia, Peninha, Beto Guedes, entre outros, que forneceram a bagagem diversificada que hoje imprime nas músicas e produções do Attemporais.

sha_tav

Neste sábado (28), Shalin e os Attemporais estreiam novo show, o “Viagens Attemporais”, que será realizado na Livraria e Espaço Cultural Porto dos Livros, em Salvador. Além do pocket-show, o evento terá exposição do artista visual Edson Ferrer e o relançamento do livro “Quando o amor faz feliz”, de Cymar Gaivota. O show começa às 20h, com ingressos a R$ 15. O Porto dos Livros fica no Largo Porto da Barra, loja 2.

Neste vídeo, Shalin e os Attemporais cantam “Bahia com H”, de Hyldon e Jacks Wu, gravada por Hyldon em seu disco “Soul Brasileiro”, lançado em 2009:

Enquanto Shalin e os Attemporais não pintam por aqui, conheça o trabalho deles pelos seus canais no Youtube e no Soundcloud.

YouTube | SoundCloud | Facebook

Ouça aqui o disco “Balaio Atemporal”!

Por: Carlos Mercuri, do Blog por Bloga

[Caixa de Som] COSMOGUM: Harmonia e emoção completa um único som

300540_295815853776119_392877275_n

Batida rock, blues, soul, funk e letras que ditam sobre relacionamentos, emoção e amor, esse é a COSMOGUM. Banda paulistana formado pelos amigos, Eddu Ferreira, Luiz Junior e Sam Tiago Almeida.

Um som nada comercial quão ouvido nas rádios atualmente, e por isso nos chamou atenção, pela originalidade e essência musical do grupo em produzir música de verdade, sem se importar com fama ou grana. Fazendo música com emoção, e transmitindo essa sensação àqueles o que escutam.

O primeiro álbum da banda – divulgado apenas em EP – foi lançado no ano passado, e foi uma produção árdua durante todo o ano de 2012 no apartamento 603, que por coincidência leva o nome do disco pela veracidade dos acontecimentos. Um disco que sintoniza a verdadeira essência e harmonia da banda, tão harmonioso que soa perfeito aos ouvidos mais apurados, uma única sensação que impressiona pela audição.

Mas, sem mais delongas e vamos ao finalmente e apresentar que são de verdade a COSMOGUM. Confira abaixo o videoclipe do single ‘Regra de 3’, presente do álbum de estreia dos garotos:



Quer conhecer mais sobre a COSMOGUM, se liga nos endereços da banda abaixo:

Site | Youtube | Twitter | Facebook

1489099_740119986012368_472600285_n
Apresentação da banda no Puxadinho da Praça. – Foto de: Daniel Moura


E quem quiser ouvir e baixar o álbum dos garotos, pode ‘downloadar’ e escutar no site oficial da banda, o disco na íntegra e inteiramente gratuito para ouvir quando quiser.

Por: Patrícia Visconti