Arquivo da tag: incentivo

“Fim de Semana em Família no Itaú Cultural” – Um projeto para incentivar a criatividade das crianças e adultos

Neste fim de semana tem oficina de desenho e espetáculo de O Livro de Ouro, no Itaú Cultural, comandada pelo ilustrador Gustavo Rinaldi, que tem o intuito de estimular a criatividade para as crianças, permitindo que não só os pequenos, mas também os adultos possam criar seus personagens por meio de uma mancha colorida. Continuar lendo “Fim de Semana em Família no Itaú Cultural” – Um projeto para incentivar a criatividade das crianças e adultos

Anúncios

“Além da Meia-Noite” – Um projeto que visa incentivar cultura e sonhos às crianças do Brasil

Um dia você terá idade suficiente para ler os contos de fadas outra vezC. S. Lewis

Todo mundo, menina ou menino já leu ou leram um conto de fadas na vida, e todo jornalista sonha em um dia ter suas publicações expostas para todos lerem numa livraria e compartilharem essa leitura com seus amigos e entes queridos. E basicamente essa é a história do novo livro do ator e escritor Victor Delboni, “Além da Meia Noite“.

Continuar lendo “Além da Meia-Noite” – Um projeto que visa incentivar cultura e sonhos às crianças do Brasil

[Cantinho Literário] A capital mundial do livro mora ao lado

el-ateneo_jpg

Não é de hoje que nossos “hermanos” argentinos são mais aculturados que nós brasileiros, um dos tópicos listados desta crescência cultural são as livrarias, além dos gosto pela leitura dos nossos vizinhos e o governo frisa e incentiva esse feito para que novos escritores também possam propagar sua obra.

O governo argentino sancionou uma lei que presa o preço fixo dos livros desde 2001, intitulada “Lei de Defesa de Atividades Livreira”, visa dar estabilidade ao mercado mesmo em tempos de crise, e também sendo um empecilho para que o Amazon apodere na Argentina, como faz a tempos aqui no Brasil em outros países no mundo. Tanto que Buenos Aires é muito famosa pelo grande número de livrarias, sendo eleita em 2011 como a “Capital Mundial do Livro pela UNESCO”, com o maior número de livrarias por quarteirão, há uma estimativa de uma loja para cada seis mil habitantes, apenas comprometer a propagação do livro e principalmente, da leitura.

Além do mais, a prefeitura da capital da Argentina promove na badalada avenida Corrientes, situada na região central da cidade, “A Noite das Livrarias”, onde todas ficam abertas até a meia noite enquanto bares e restaurantes promovem atividades culturais relacionadas a livro, onde também acontece encontros literários e divulgação de novos escritores compartilhando suas obras.

Uma efervescência cultural acontecendo bem ao nosso lado, enquanto o Brasil se preocupa em comprar TVs de LED, smartphones de última geração – mesmo alguns nem sabendo usar – e veículos particulares, para entupir as vias da cidade e enriquecer o efeito estufa, que já está em sua conta máxima de gases.

Por: Patrícia Visconti

[Cantinho Literário] Projeto “Leitura no Vagão”, incentiva usuários do metrô lerem nos trens

10599570_313716548802702_5556975984330048794_n

Salve salve galerinha, dessa vez não vou indicar nenhum autor, nem dar dicas de livros e tampouco falar sobre cursos literários, mas sim quero apresentar um projeto que está incentivando cada vez mais os usuários do metrô a largarem o celular e lerem mais nos trens, afinal quem lê estimula o cérebro e mexer toda hora no telefone, sem proposito algum, só para não olhar na ‘cara’ dos outros, só aliena e estimula o egoísmo nas grandes metrópoles.
Por isso, se liguem nessa ideia, pois com certeza os amantes da literatura, vai aderir ao projeto e participar da troca dos livros.

Quem pega metrô nos grandes centros das capitais brasileiras, está sempre com o livro dentro da bolsa para distração da viagem, e foi pensando nisso que o desenvolvedor de Software Luís Fernando Tremonti, teve a ideia de criar o projeto “Leitura no Vagão”, que pretende incentivar os usuários do Metrô a deixar o celular de lado para ler um livro em seus deslocamentos.

A ideia do projeto também é que os leitores usuários do metrô, tiram selfies com seus livros e compartilhem em suas redes, como Twitter, Facebook ou talvez no Instagram, com a hastag #leituranovagão e contar um pouco do livro que estiver lendo. O curador do projeto, o Luís Fernando, também espalha livros pelos bancos dos trens, além de sortear algumas publicações para os seguidores das páginas, esperando que, depois da leitura, os contemplados “esqueçam” o livro dentro de um vagão para que outras pessoas tenham acesso a ele.

O “Leitura no Vagão” chega no mesmo momento em que outro projeto de leitura foi desativado. Em 2004, o “Embarque na Leitura”, coordenado pelo Instituto Brasil Leitor, inaugurou uma pequena biblioteca na Estação Paraíso. Em que emprestava livros gratuitamente aos usuários do transporte público. A ideia deu certo e outras cinco unidades foram abertas (Tatuapé, Linha 12 – Safira; Luz, Linha 4 – Amarela; Largo Treze, Linha 5 – Lilás; Santa Cecília, Linha 3 – Vermelha e na estação Brás, da CPTM). O Metrô contabilizou 700 mil empréstimos para 50 mil usuários cadastrados. Mas todas as unidades foram fechadas em dezembro do ano passado.

Pois segundo o gerente do projeto, “Embarque na Leitura” acabou por falta de incentivo e patrocínio dos grandes, como os governantes e empresários. Por isso quem quiser participar do projeto “Leitura no Vagão”, pode entrar em contato com Luís, através das páginas oficiais e conferir quais livros serão deixados nos trens do metrô e como pode participar para deixar livros, afinal é melhor fazer trocas de livros e renovar sua cultura literária, pois assim incentiva a leitura em sua cidade.

10592986_313942348780122_6799504124294263689_n

Para mais informações acesse as redes do Leitura no Vagão:
E-mail: leituranovagao@gmail.com
Twitter: https://twitter.com/leituranovagao
Facebook: https://www.facebook.com/leituranovagao

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] Projeto literário promove incentivar a leitura no Brasil

428257_122016441301519_616379474_n

Como essa semana já estou atrasada com o Cantinho da Literário e também bastante ‘zuada’ de gripe, pois estou espirrando tanto que daqui uns dias eu causo um terremoto no país. Mas vamos a literatura, porque aqui não é meu diário, para falar o que acontece comigo, e sim sobre o mundo cultural.

Vamos ao que interessa e falar sobre um projeto bastante interessante que estará participando da primeira edição da Comic Con, aqui no Brasil, a Comic Con Experience, que acontece na primeira semana de dezembro deste ano de 2014, no Centro de Exposição do Imigrantes.

O projeto, Leitura Alimenta foi desenvolvido com a intenção de criar o hábito da leitura em pessoas que têm acesso restrito aos livros.

O intuito do projeto é doar livros que já foram lidos, para incentivar a leitura no país, já que o Brasil é um dos países que menos lê em todo o mundo, por isso idealizadores se uniram com livrarias e ONGs literárias, para arrecadar o maior número possível de livros.

Mas como e onde doar, muitas pessoas devem estar pensando?

Basta levar seus livros a uma das unidades da Livraria da Vila e entregar seu livro, que pode ser novo ou usado, o que importa é incetivo à leitura. Mas se você não quiser se desfazer de sua coleção, também pode colaborar comprando um livro virtual, cuja renda será revertida inteiramente para a compra de livros reais.

O Projeto Leitura Alimenta tem a preocupação de que o conteúdo selecionado seja relevante para as famílias que receberão o material, por isso, ao escolher seu livro para doação, deixe de fora assuntos como: didático ou técnico, religioso ou político, erótico ou pornográfico, fotográfico, de língua estrangeira ou com conteúdo ofensivo.

O projeto Leitura Alimenta estará recebendo doações na CCXP 2014, por isso que foi ao evento, pode levar seus livros para doação. Lembrando a CCXP acontece nos dias 04 a 07 de dezembro de 2014, no Centro de Exposição do Imigrante, que fica as margens a Rodovia do Imigrantes, em São Paulo.

Para mais informações sobre o projeto Leitura Alimenta, acesse as redes abaixo:

http://www.leituraalimenta.com.br/
https://www.facebook.com/LeituraAlimenta/
https://twitter.com/LeituraAlimenta

Mais informações sobre a CCXP 2014:

http://www.ccxp.com.br/
https://www.facebook.com/comicconexperience
https://twitter.com/ComicConXP
http://instagram.com/comicconxp
https://plus.google.com/109526500879887076954

Boa semana a todos e até semana que vem
Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] A adolescente que compartilha e influencia outras crianças na leitura

409458_10151413504812704_362794276_n

Ela tem apenas 17 anos, mas já é uma escritora premiada de prestígio e influencia outras crianças à leitura e a escrita.

Adora Svitak, a jovem escritora e palestrante nascida em Springfield, Oregon é uma criança prodígio, que aos sete anos já havia lançado seu primeiro livro, “Flying Fingers” – em português intitulado “Dedos voadores”, e mesmo com a pouca idade já influenciava outras crianças a ânsia na leitura, sendo até avançada de sala durante este período, incentivando ainda mais pessoas, para que conheçam melhor quem é Adora, fazendo com que os leitoras saiba mais o que há embaixo da manga desta garota. Seus objetivos, seus anseios, suas virtudes, sua duvidas e certezas.

8361_10151612599247704_1623074684_nComeçou a ler aos três anos e meio, e também foi considerada a pessoa influente mais jovem do mundo – The Century for Young People – no meio literário, recebendo a comanda das mãos de Peter Jennings, e ainda com os dizeres do próprio de que ela é o futuro.

Em 2007, ganhou um laptop de sua mãe e o que fascinava a garota era dissertar seus textos do Word. Após disso, seus tios mostraram outras funções na máquina, e ela ficou bastante ansiosa para experimentar e descobrir as outras ferramentas. Com a ajuda dos programas “JumpStart Typing for Kids” e DK’s “Creative Writing”, Adora já digitava 60 palavras por minuto.

Desde então, sua paixão pela escrita só aumentou, assim ela já poderia redigir sozinha cada programa instalado em seu laptop, além do mais, aprendeu novas palavras, enriquecendo seus textos fazendo-os que ficassem mais conjuntos e emocionantes.534135_10151611875387704_1340455852_n

Recentemente a jovem escritora e educadora começou a trabalhar em seu novo livro ‘History Tips for Kids‘ – “Dicas de histórias para crianças”. Um projeto que ajudará outras crianças a perceberem que a leitura pode ser mais legal, do que elas imaginam.

Seus livros favoritos são sobre batalhas e armas, de preferência que estejam recheados de ação e história, e essa essência que Adora pretende passar para as crianças de hoje.

Adora Svitak new children in the worldAlém do mais, a garota é editora do jornal da sua escola, escreve sobre ficção contemporânea, e está terminando seu épico pirata intitulado ‘The Ship Danger‘ – previsto para ser lançado em Outubro, que reúne um compilado de histórias de Adora emparelhados com seus próprios exercícios de aprendizagem e dicas de escrita.

O mais válido e ideal de Adora, é que a escritora apoia em suas próprias ideias, em seu estilo rebelde, sua escrita é impulsionada por um desejo de compartilhar com outros, fazendo-o com que elas pensam sobre a pauta em questão, formando suas próprias personagens femininas tem a tornado libertadora e educativa.

Além do mais, a criação de uma personagem própria, sendo ela a protagonista e no futuro ser ‘inteligente, forte, carinhosa e compassiva, e mais tarde involuntariamente escaninhos si mesma quando ela admite uma inclinação natural que tem atormentado os escritores ao longo dos séculos; “Muitas vezes eu dou os meus protagonistas minhas próprias características.

adora_12Transformando sua imaginação fértil e criativo, para capacitar a destilação de sua vasta erudição em prosa dinâmica, a coragem para explorar diferentes gêneros, com sabedoria e maturidade para aceitar com as críticas, e um desejo incansável para melhorar seu ofício, escrevendo e revisando todos os dias. Uma grande escritora, mas antes de tudo, um gênio na literatura no século 21.

Para conhecer mais sobre o trabalho de Adora, acesse suas redes na web, desfrute um pouco desta menina, que mesmo com pouca idade, já disseminou sua breve sabedoria a outras crianças.

reading

Site | Facebook | Twitter | Youtube | Ustream

Por: Patrícia Visconti