Arquivo da tag: Jansen Serra

[Total Flex] Toneladas de humor

unnamed (6)

Nascido no Rio de Janeiro, dito carioca da gema, aos sete anos de idade foi morar em São Paulo porque o pai havia sido transferido da empresa em que trabalhava. No auge dos seus 36 anos de idade, o ator e humorista Jansen Serra é formado como ator e graduado em Rádio e TV. Iniciou-se sua carreira profissional em 2002, na escola de teatro “Incena” além de atuar em espetáculos adultos, infantis e filmes publicitários, o ator tomou gosto pelo Stand Up no projeto “Microfone Aberto” que acontecia em São Paulo, e de lá pra cá não parou mais.

Atualmente, integra o elenco no canal “O meio é Mole”, onde escreve e atua em alguns dos roteiros. Com muito humor o irreverente ator bateu um papo em nossa embarcação, contando um pouco da sua carreira e projetos futuros.

jansen gravandoO Barquinho Cultural – Já passou por situações engraçadas ou inusitadas?

Jansen Serra – Já rolou coisas engraçadas sim, por exemplo: Em 2012 eu estava em um Bar no ABC Paulista falando sobre o refrigerante Dolly e no meio da plateia tinha um cara que era distribuidor desse refrigerante. Ele se identificou e na mesa dele todos estavam rindo muito, ele falou: “ Ei cara! Eu vendo Dolly! Sabia?!” o Bar ficou em silencio e eu respondi; Nossa! E na sua Biqueira, quais os outros tipos de drogas que você comercializa? Tem crack? Cocaina? E Dolly?. Todos acabaram rindo muito inclusive

OBC – Sua praia de atuação é Stand up, ou considera que como ator encara qualquer personagem?

JS – Minha praia é a arte. Sou apaixonado por atuar, escrever e dirigir. Amo Stand Up Comedy sempre gostei desde que assistia Seinfield nos anos 90. Mas, gosto de desafios, por exemplo: Nunca fiz uma peça de humor, no teatro quase sempre fiz coisas mais intensas. O mais próximo de humor que cheguei foi com Ionesco, interpretando o Capitão dos Bombeiros em “ A Cantora Careca”. Procuro sempre me preparar para sair da zona de conforto.

10577170_10202580159685164_6895439652506602720_nOBC – No stand Up você tem um grupo ou segue um trabalho solo?

JS – Tenho um grupo de humor “Máfia Comedy” que fundei em Abril de 2012 junto com Rafael Molina. Posteriormente agregamos ao grupo dos comediantes, Gustavo Boleiro e Rafael Facina. E tenho meu trabalho solo um deles é o “ Toneladas de Humor” participei com ele da Virada Cultural Paulista desse anos de 2014, em São João da Boa Vista e Santa Barbara do oeste. Sempre focado em entretenimento mesmo e fazer as pessoas rirem. E a outra frente são minhas apresentações em Empresas, onde direciono os textos para motivação, liderança e fidelização dos humanos, esse projeto é chamado de “ Tudo Vale a Pena”, pois misturo palestra com Stand Up Comedy e tenho que passar uma mensagem para os espectadores, preciso deixar tudo bem amarrado… rs

OBC – Quais suas metas na sua carreira como comediante?

JS – Como comediante eu me considero ainda em desenvolvimento, começando, são apenas quatro anos de experiência, mas engrenei mesmo faz um ano e meio.
Minha meta é sempre divertir as pessoas e buscar a minha satisfação. Sair dos shows satisfeito com o que fiz e com a plateia rindo, feliz. Se isso me levar para algum lugar ótimo. Caso não leve. Tudo bem também. Continuarei trabalhando duro para evoluir ao máximo e fazer essa arte para o resto da vida. Quero ainda escrever e dirigir um espetáculo de humor alem de escrever roteiros (nãonecessariamente de humor) e quem sabe um dia, dirigir um curta metragem e de pouco em pouco, adquirindo conhecimentos para um dia produzir e dirigir um longa-metragem. E ainda quero escrever dois livros, os assuntos prefiro deixar em segredo…rs.

unnamed (8)

OBC – Tem Alguma dica pra que quer fazer Standup Comedy? Ou para alguém que queira seguir a carreira artística?

JS – A dica para quem quer viver e arte, seja stand up comedy, teatro, Tv, Cinema, dramaturgia, publicidade, etc..etc..etc. É: seja Forte! Determinado! Organizado!.
Tenha certeza do que quer, busque e esteja preparado para receber muita resposta negativa. Infelizmente a Arte em nosso país não é encarada profissionalmente como deveria ser e ainda hoje temos que enfrentar obstáculos, preconceitos e aproveitadores.
Mas, tenha em mente que, se é isso mesmo que você ama, a satisfação de cada conquista é inexplicável!. Estude, procure adquirir o máximo de conhecimento possível e se entregue a cada trabalho como se ele fosse mudar seu destino, pois nunca sabemos quando chegará nossa hora e precisamos estar preparados!.

Trabalhos realizados pelo Humoristas:

“A Mulher que Matou os Peixes” de Clarice Lispéctor;
“ Devorando Shakespeare”;
“ A cantora Careca” De Ionesco e “ O Natal de João e Maria”;
Curtas – “ Mulheres veste Almodovar”, “ Fortunato”, “Desacordes” e “ Uma Mulher e uma Arma”;
Em Publicidade Atuou em Campanha para Gilette e Atualmente está na Campanha de Fungicida Fox da Bayer;

Confira um episódio do canal “ O Meio é Mole”, onde o humorista faz parte do elenco:

Para mais info sobre a websérie ou sobre Jansen:
Youtube | Facebook | Twitter | Blog

Por: Tito Martins