Arquivo da tag: lançamento

[Cabine da Pipoca] Os Minions estão de volta

2013_despicable_me_2_minions-wide

As bananinhas mais adoradas de todo o mundo estão de volta, os Minions vem com mais aventura, embarcando em uma emocionante, nos levando a conhecer o novo mestre dos Minions. Mas nesse filme Kevin, Stuart e o pequeno Bob, vão fazer diversas parcerias mal sucedidas que vão desde T. Rex a Napoleão.

Mas depois de uma profunda depressão entre os fofinhos, o Minion Kevin tem um plano, junto com os outros dois (Bob e Stuart), de sair pelo mundo e buscar o novo chefe malvado para ele e seus irmãos.

Então o trio embarca em uma jornada, que vai levá-los a conhecer a vilã Scarlet Overkill, que é uma das primeiras supervilã de todo o mundo, o trio viaja da Antártica para Nova York, em 1960 e terminam em Londres, onde irão enfrentar o grande desafio de suas vidas, que é salvar todos os Minions da aniquilação.

Minions é uma animação que deve ínicio em outro filme Meu Malvado Favorito, no ano de 2010, que foi produzido pela Illumination Entertaiment e distribuído pela Universal Pictures e foi escrito por Brian Lynch, dirigido por Pierre Coffin e Kyle Balda, e produzido por Chris Meledandri e Janet Healy.

A animação das bananinhas mais amadas de todo o mundo já pode ser conferida nos cinemas em todo o mundo, principalmente aqui no Brasil, que foi estreado algumas semanas atrás, na sexta-feira dia 25/junho de 2015.

cute-minions-wallpaper-741195

Confira abaixo o elenco da animação na versão em inglês e também em português

Minions: Pierre Coffin

Chris Renaud: Guilherme Briggs

Herb Overkill: Jon Hamm – Vladimir Brichta

Scarlet Overkill: Sandra Bullock – Adriana Esteves

T-Rex: Jorge Vasconcelos

Drácula: José Santa Cruz

Gru: Steve Carell – Leandro Hassum

Dr. Nefario: Luiz Carlos Persy

Antonio: Arthur Aguiar

Genghis Khan: Pedro Bismarck

Napoleão Bonaparte: Renato Aragão

Walter Nelson: Michael Keaton – Jorge Lucas

Professor Flux: Steve Coogan – Claudio Galvan

Rainha Elizabeth Segunda: Jennifer Saunders – Mabel Cezar

Madge Nelson: Allison Janney – Angélica Borges

Guarda do Relógio: Ronaldo Júlio

Narrador: Geoffrey Rush – Élcio Romar

Sinopse

Minions são seres multicelulares amarelos que existiram desde o início dos tempos, evoluindo de amarelos organismos unicelulares em seres que têm apenas um propósito: Servir os vilões mais ambiciosos da história. Porém, depois que sua inépcia destrói todos os seus mestres, incluindo um T. Rex, Genghis Khan, Napoleão e o Drácula, eles decidem isolar-se do mundo e começar uma nova vida na Antártida.

Em algum momento na década de 1960, a falta de um mestre dirige-los em depressão, então Kevin e outros dois Minions (Stuart e Bob) partiram para encontrar um novo mestre. Eles chegam na convenção de vilões, onde eles competem pelo direito de ser capangas para Scarlet Overkill, uma vilã elegante e ambiciosa determinada a dominar o mundo e se tornar a primeira super-vilã mulher.

Assista o trailer do filme abaixo

Minions-Wallpaper-4

Por Priscila Visconti

[Caixa de Som] HL Arguments: Harmonia e perfeição fazem o casamento perfeito em cima do palco

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

No último sábado a banda paulistana de pop-rock liderada pelo vocalista, instrumentista e compositor, Hélio Lima, a HL Arguments, se apresentou no Feeling Music Bar, sediado na Vila Mariana, zona sul da capital paulista.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

Uma noite fria de inverno, só que ficar em casa não estava em nossos planos, pois o novo nos cativa e move, para agregar algo inovador na cultura musical brasileira.

A banda formada pelos músicos Amanda Labruna (backvocal), Fernando Silvestre (guitarra), Marcos César (bateria), Wesley Lima (baixo) e o Hélio na liderança coordenando e dando a harmonia nos vocais.

Aquele dia frio era mais especial para o grupo, já que a HL Arguments lançava com exclusividade seu primeiro DVD ao vivo, da temporada de shows que realizaram em 2014, além de promoção de singles novos, qual eles cantaram durante a apresentação e está presente dentro material promocional. A casa não foi escolhida por acaso, já que naquele lugar onde havia sido gravados as apresentações da HL.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

A HL é uma banda onde a perfeição e a harmonia são muito preservadas por seus integrantes, cantando composições autorais, seja elas em português ou inglês, o perfeccionismo de Hélio é ímpar para que o show seja o melhor não apenas para a banda, mas para o público presente se divertir e curtir ao máximo aquele som.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

Com suas letras que remetem ao cotidiano de uma grande metrópole, suas músicas falam de relacionamentos e objetivos a serem alcançados, tendo diretrizes singular e autêntica, bem distinta das bandas fora do eixo alternativo, onde apenas visam agradar os produtores e esquecem do artista principal sob os holofotes dos palcos, a música.

Todos os músicos estão sempre na mesma sintonia, harmonizando e dando ritmo as canções, equilibrando o som com suas batidas, sempre afiadas e as vozes excepcionais a cada faixa da setlist.

O público aprovou e ainda pediu BIS, porém como a casa determina um tempo para cada performance e haviam outras bandas a se apresentarem, acabou não acontecendo, porém o gostinho de quero mais ficou para que a galera confira o DVD, que além de apresentações ao vivo, conta com videoclipes, faixa bônus e fotos inéditas da HL.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

Para saber mais sobre o DVD acesse a fanpage oficial no Facebook da HL Arguments, e saiba como adquirir. E para quem ficar ligado em nossa embarcação, iremos sortear um DVD exclusivo em breve para os admiradores do bom e velho pop-rok autêntico e original. Não percam!

Confira abaixo um trecho retirado do material inédito da banda:

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Voz em Dó apresenta seu novo DVD com uma grande festa em São Paulo

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

No último domingo, 21, a banda paulistana Voz em Dó voltou ao Espaço Alma D’Alma, no Ipiranga, zona sul de São Paulo para lançar oficialmente o DVD ao vivo “Voz em Dó – N’alma”.

Um projeto que os rapazes estavam tão ansiosos na gravação, mas com a expectativa elevada no lançamento.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Na apresentação eles mostrarem que é ao vivo e no palco, em que a música faz o artista, apresentando um repertório 100% autoral e autêntico, com sua própria essência e um estilo que contagiou todos os presentes.

Antes dos rapazes subirem ao palco, Caíque Bordão, outra revelação da música popular brasileira mostrou toda sua originalidade e sutileza aos presentes daquela grande festa de lançamento.

No palco, a atitude e entrosamento entres os integrantes era inigualável, e a relação com a plateia fez toda a diferença no show, onde o público cantou e vibrou e até pediu BIS.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Uma energia transmitida por todas as filas da plateia, por cada pessoa presente daquela casa de show era tão intimo que pareciam irmãos ou velhos amigos, que se encontram para tomar uma cerveja no bar e jogar conversa fora.

Mas, os garotos estavam focados e determinados em apresentar aquele novo projeto, que era como um filho que eles estivessem “parido”, um bebê que estava pronto para propagar e compartilhar a essência da música pop-rock autoral brasileira, em suma a qualidade proliferava ao invés da quantidade.

Porque não adianta ter muito, se a particularidade é comum e banal, e não acrescentar em nada na percepção dos ouvintes, sem agregar sentimentos, emoções e entusiasmo em seu público, há de haver um equilíbrio entre o artista e o público, um trazendo qualidade artística,  e outro, discernimento em multiplicar o novo.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

A Voz em Dó traz esse âmago em suas músicas, melodias e entrosamento entre seus integrantes, que visam a irmandade e união entre eles e seus familiares, não apenas para interpretar as canções, mas também para compôr e ensaiar suas performances.

Uma dessas harmonizações foi a hora que o irmão do vocalista Kio Olivieri, o também músico, Gilles Olivieri subiu ao palco cantando uma música que foi composta pelo irmão do baterista da banda, Vitor Quintano, sendo mais que apenas colegas de grupo, mas sim uma grande família que ultrapassa as barreiras dos ensaios e palcos, e casam-se numa intimidade familiar e singular.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Há também a família que eles encontram durante a estrada artística onde eles passam, como a performance com o vocalista da HL Arguments, Hélio Lima, que mostrou bastante energia e vitalidade em cima do palco.

A Voz em Dó, são quatro garotos que sonham alto, mas sempre com os pés no chão.

São além de rostinhos bonitos que aparecem na TV, mas sim, artistas que querem mostrar que o autoral está em qualquer lugar, basta desligarmos do modo convencional e abrirmos nossas mentes para visar quão a cultura autêntica e de qualidade é forte e perspicaz no mundo em que vivemos hoje.

Foto por: Gabriel Caprioli
Foto por: Gabriel Caprioli

E para quem quiser adquirir o DVD “Voz em Dó – N’Alma”, basta entrar em contato pela página oficial dos meninos na web, além de conferir fotos e teasers do que foi a apresentações de lançamento do grupo.

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Voz em Dó apresenta seu novo DVD autoral e inédito, no Espaço Alma D’Alma

Foto por: Gabriel Caprioli
Foto por: Gabriel Caprioli

A banda que teve o show eleito o melhor do ano aqui em nossa embarcação, lança o DVD “Voz em Dó – N’alma”, remetendo onde foi gravado, no Espaço Alma D’Alama, no dia 8 de novembro de 2014.

Com uma energia positiva e verídica de que a música rompe qualquer fronteiras, os garotos estão ansiosos para esse grande evento, que além da apresentação dos singles do primeiro álbum da banda, contará quatro canções inéditas, participações especiais, entrevistas exclusivas e um repertório totalmente autoral.

Além do mais o espetáculo conta com a abertura do cantor e compositor Caíque Bordão, com seu ritmo urbano e literário, e também os garotos apresentará canções inéditas, entre outras surpresas.

Para esquentar um pouco sobre o que irá rolar no próximo sábado, no Espaço Alma D’Alma, ouça o single “Nosso Filme”, em uma performance no Hangar 110:

SERVIÇO

Data: 21 de Junho
Horário:17h
Local: Espaço Alma D’Alma
End: R. Saturnino dos Santos, 74 Ipiranga
(Próximo a estação Santos Imigrantes)
Entrada: R$20,00
INGRESSOS ONLINE PELA LIKESTORE: AQUI
Confirme sua presença a página de eventos do espetáculo!

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Caique Bordão leva a música à alma das pessoas

11206078_775119059268927_594147801165361982_n

Ele é cantor, compositor e vive em São Paulo, nesta megalópole inquietante que em cada esquina surge um artista, sendo ele da música, da literatura, da música, etc.

Caique Bordão, está divulgando o pré-lançamento do seu primeiro EP “Musicantarolando”, no próximo mês, na abertura do show de lançamento do DVD da banda Voz em Dó, no Espaço Alma D’Alma, no dia 21. Estudou regência na Escola Técnica de Artes de São Paulo, com sua voz doce e sutil, seu estilo poderia ser definido como música pop, já que a guitarra e a percussão batem na mesma sintonia e harmonia.

10898006_702888489825318_8451587932131644907_nUm artista que respira e vive música 24 horas por dia, se apresenta nos grandes palcos, nos bares, nas estações de metrô ou na rua, onde a democracia é verídica e real, e as pessoas dizem na cara o que acham do seu trabalho, sem meias palavras ou vírgulas em excesso, mostrando a voz e o instrumento, o artista nu e cru, como ele realmente é, sem efeitos de estúdios nem nada, apenas sendo ele mesmo.

Levando a arte para quem mais precisa, em um mundo onde é correria domina o ser das pessoas, apresentar um novo som, é alegrar o dia daquele que às vezes só precisa de uma inspiração para compartilhar um sorriso.

10445953_694426084004892_5058507071942763296_n

Confira esse talento em ação, no vídeo abaixo do single “Minha Menina”:

Para conhecer mais sobre o Caíque acesse:
Facebook | Youtube | Instagram

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Planeta D, uma banda desperta, lança o primeiro CD

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O primeiro CD da banda Planeta D será lançado nesta sexta-feira, 29 de maio, no Teatro Lauro Gomes – rua Helena Jackey, 171, no Rudge Ramos, São Bernardo do Campo. O show começa às 20h e os ingressos custam 20 reais (inteira) e 10 reais para quem tem direito à meia-entrada.

Formada há três anos por Gustavo Vervloet (vocal e violão), Lucas Ferletto (guitarra e vocal) Rafael Fernandes (baixo) e Leo Prieto (bateria e vocais), a banda junta rock, pop e música brasileira, com letras que abordam temas existenciais, o cotidiano e relações afetivas, tudo sob uma “perspectiva positiva”, define o cantor Gustavo.

O capixaba de Vitória Gustavo Vervloet começou a tocar aos 15 anos e, aos 23, teve outra banda, a Nave S/A, em sua cidade natal, com a qual participou de festivais de rock. Em São Paulo desde 2011, Gustavo é o integrante da banda com mais bagagem no meio musical.

Sobre o nome da banda, diz Gustavo: “No Planeta D, o ‘D’ significa ‘desperto’, mas também pode ser de ‘drama’ ou ‘desejo’, situações vividas em nosso dia a dia. A ideia é a de acordar de uma ilusão na qual vivemos. Estarmos conscientes do que cada um carrega dentro de si. Esse autoconhecimento tem um poder de expansão da consciência, num mundo tão automático. É tentar viver melhor. Uma só realidade, um só planeta e uma mesma sintonia”.

O álbum foi produzido por Rodrigo Castanho, responsável por álbuns de bandas como CPM 22, Tihuana, O Surto e Planta & Raiz. Ganhador de dois Grammys Latinos, ambos na categoria de melhor disco de rock brasileiro, com as bandas CPM 22 (Cidade Cinza , de 2008) e NX Zero (Agora, de 2009).

Sobre influências, o Planeta D bebeu em diversas fontes: de Beatles até o também inglês Munford and Sons, passando por Mutantes, Pearl Jam, Tom Jobim, Lenine, Incubus, Gilberto Gil e Nando Reis. Gustavo também gosta de ressaltar suas referências literárias como Fernando Pessoa, Hermann Hesse, Eckhart Tolle e Vinicius de Moraes.

Veja abaixo a faixa “Se ao Menos”, que abre o CD e fala sobre como é importante para as pessoas, antes de qualquer coisa, conhecerem a si mesmas;

Além do show de lançamento, a banda tem agendada apresentação em 26 de julho, às 18h, no Parque Salvador Arena (Av. Caminho do Mar, 2.980 – Rudge Ramos, São Bernardo do Campo), com a Trupe Chá de Boldo.

Para saber mais sobre a Planeta D e ouvir o CD:

Site | Spotify | iTunes | Instagram | SoundCloud | YouTube | Facebook

Por: Carlos Mercuri, do Blog por Bloga

[Caixa de Som] Bárbara Ohana: O pop nacional, com potencial!

10630699_744403605625796_6896083378787200504_o

Com influência de ícones da música pop, como David Bowie, Madonna, Lykke Li, Radiohead, New Order, Fleetwood Mac e Lana Del Rey, Bárbara Ohana trabalha nesta vibe, caminhando pelo Dream Pop e Indie Glam.

Foto por: Ariela Bueno
Foto por: Ariela Bueno

Cantora, compositora, carioca, mas radicada em São Paulo, ela inciou sua trajetória na música cantando no Meninas Cantoras dos Canarinhos de Petrópolis, cantando em latim, francês e português. Na adolescência, foi estudar nos Estados Unidos, passou uma período por Nova Orleans, Louisiana, onde ela se firmou como cantora e compositora, pois foi a partir daí que ela inciou a compôr em inglês.

Foto por: Ariela Bueno
Foto por: Ariela Bueno

Já na fase adulta, ela regressou ao Brasil, mas especificamente na capital paulista, e peregrinou no Bar Riviera, Cidade Matarazzo, Serralheria, Bar Secreto, além de outros bares e teatros pelo mundo a fora, como Leblon Jazz Festival, Teatro Solar, Nublu (NY), Bossa Lounge (DC), Teatro Candido Mendes e outros.

Bárbara também fez backing vocal de Gilberto Gil, gravando no álbum banda larga Cordel e singles do cantor.
Mas, foi em 2014 que ela chamou atenção pelo seu pop soul, com o lançou o single “Golden Hours”. Com sua voz doce e sutil, mas com muita imponência e suas letras que remetem ao cotidiano, falando de amor, sonhos e realizações.

Assista o primeiro videoclipe de Bárbara, “Golden Hours”:

E na próxima sexta-feira, 29, a cantora se apresenta o lançamento do seu primeiro EP, lançado no começo deste ano, “Dreamers”, na Casa do Mancha, em São Paulo. Uma oportunidade para o público conferir ao vivo toda essência e sutileza que Bárbara expressa artisticamente em suas composições musicais.

Foto por: Lucas Mielnik
Foto por: Lucas Mielnik

Para conhecer mais sobre o trabalho da Bárbara Ohana, acesse:
Site | Facebook | SoundCloud | Youtube | Instagram

Ouça abaixo o single do EP “Dreamers”, “Ordinary Piece”:

SERVIÇO

barbaraBarbara Ohana
Lançamento do EP “Dreamers”
Local: Casa do Mancha
End: Rua Filipe de Alcaçova, s/n – Vila Madalena/ SP.
Data: 29 de maio – sexta-feira
Horário abertura da casa: 19h
Horário show: 21h
Ingresso: R$ 20,00
Capacidade: 100 pessoas
Obs: pagamento apenas em dinheiro e débito
Evento no Facebook: AQUI

Por: Patrícia Visconti

[Cantinho Literário] O Penhasco, da jovem escritora Carine Raposo

11165242_884445454962208_1754843917549780846_n

Estamos atrasadas, mas não desatualizada, pois essa semana aqui no Cantinho Literário, vamos falar de um livro recém lançado, no último final de semana, na cidade, na Livraria Saraiva, no Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro, que é o livro O Penhasco, da carioca Carine Raposo.

Carine é apaixonada por literatura e sempre sonhou em ter um livro publicado, esse ano ela tornou seu sonho realidade, em publicar sua obra, ela é uma aquariana de 28 anos, que é apaixonada por romances e mistérios, mas sua paixão não são só pelos livros, mas também por séries e filmes, mas é claro que o amor pela literatura fala mais alto e de tanto ver, ler e assistir, ela adquiri uma bagagem literária para escrever e criar suas obras.

11259631_966050996762509_52090875968742375_nA escritora já publicou seu primeiro livro, mas na internet, no site Wattpad, que é um site especializado em livros digitais, tipo uma biblioteca ou livraria na WEB, o desempenho foi tanto, chegando a 130 mil leituras, que em outubro do mesmo ano, ela assinou contrato com a Editora Cadmo, e no dia 21 de maio de 2015, ela realizou seu sonho de ter sua primeira publicação física lançada para todo o Brasil.

O Penhasco é um romance, com suspense e fantasia, que busca encontrar na outra pessoa, tudo que não tem em si mesmo, mas o medo e a desconfiança, é maior que tudo, pois o medo se encontra em tudo, mas o desejo ainda é maior que tudo.

Sinopse
“Teria sido uma noite como qualquer outra,
se ele não tivesse aparecido.
Um estranho, no Penhasco.
E eu estava sozinha.
Sequer lembrava como fui parar ali.
Me assustei quando se materializou na minha frente.
Ele tinha os olhos verdes, como esmeraldas.
Meu medo se tornou ainda maior com meu próprio desejo,
que me preencheu naquele segundo.
Alguma coisa muito ruim estava acontecendo.
Foi o que seus olhos me disseram.
Mas demorei a me convencer.
No início, pensei que estivesse sonhando.
Quando acordei, já era tarde.”
Liza

11024736_861054893956103_5694559657435850225_n

Mais informações sobre a autora Carine Raposo:
Site: http://www.carineraposo.com.br/
Instagram: @carineraposoautora
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCeeClD9-LpTH7j2i4P2gl8w
Facebook O Penhasco: https://www.facebook.com/openhasco
Facebook Carine: https://www.facebook.com/escritoracarineraposo

Book Trailer:

11128267_966051500095792_7696012687311555433_n

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] Mad Max 4 volta às telonas com novo Max Rockatansky

mad-max_bfue.1920

Nesta semana no Cabine da Pipoca, vamos fala de um lançamento atual, que tantos outros veículos já falaram ou vão falar ainda, que do filme de ação, que a continuação da saga de Mad Max.

O filme que foi dirigido por George Miller, se passa na Austrália, em que um membro de uma gangue de motociclistas Crawford “Nightrider”, escapa de sua custódia policial roubando um Especial de Perseguição, embora inicialmente ele consiga escapar de seus perseguidores novatos, o melhor em perseguição, Max Rockatansky envolve Nightrider em uma perseguição em altíssima velocidade, que resulta na morte de Nightrider e sua acompanhante em um violento acidente.

A história do filme começou na década de 80, com o ínicio de sua trilogia, mas muitos se falava de continuação, mas não havia projetos concretos, a volta de tarzer Mad Max, para as telonas, surgiu no começo do anos 2000, no ano de 2003, em que Mel Gibson e George Miller, resolveram que estavam prontos para continuar a gravar a continuação da trilogia, que foi grande sucesso em anos atrás. Foi então que começou as gravações de Mad Max 4.

Mas no meio do percusso, teve alguns problemas, como as dificuldades de filmar na Austrália, acabou adiando a produção, fazendo com que o ator principal saísse do filme, mas depois de 10 anos, as gravações voltaram as filmagens, mas agora com Tom Hardy e Charlize Theron como atores principais.

Mad Max foi sucesso de bilheteria da época e foi creditado por uma abertura em produções de cinema na Austrália, sendo também notável por seu um dos primeiros filmes australianos a ser filmado com uma lente widescreen anamófica, tendo duas sequências de Mad Max 2 : The Road Warrior em 1981 e Mad Max Beyond Thunderdome em 1985 e agora 2015, o quarto filme da saga, Mad Max: Fury Road, que teve lançamento nesta semana, com o ator Tom Hardy, como Max Rockatansky.

Mad-max-6_zps88226f54Sinopse

Em um futuro não muito distante e pós apocalíptico, a Lei e Ordem da Austrália começam a ruir. Um membro de uma gangue de motociclistas Crawford “Nightrider” Montizano escapa de sua custódia policial roubando um Especial de Perseguição (Holden Monaro). Embora inicialmente ele consiga escapar de seus perseguidores novatos, o melhor em perseguição, Max Rockatansky envolve Nightrider em uma perseguição em altíssima velocidade, que resulta na morte de Nightrider e sua acompanhante em um violento acidente.

A gangue de motociclistas de Nightrider, liderados por Toecutter e Bubba Zanetti chega em uma cidade vandalizando propriedades, roubando combustível e aterrorizando a população. Max e o oficial Jim “Goose” prendem um jovem protegido de Nightrider Johnny “The Boy” Boyle, quando Johnny, muito drogado e incapaz de pilotar sua moto, fica para trás após a gangue violentar um jovem casal. Quando não aparece testemunhas para seu julgamento, os tribunais arquivam seu caso e Johnny é liberado.  Um furioso Goose ataca Johnny e ambos são contidos por outros policiais e trocam juras de vingança entre si. Depois que seu advogado arrasta Johnny para longe, o capitão Fred “Fifi” McPhee diz a seus oficiais que façam o que for preciso para pegar as gangues, mas tudo dentro da legalidade.

Pouco tempo depois Johnny sabota a motocicleta de Goose, que trava em alta velocidade e joga Goose pra fora da estrada. Goose escapa ileso mas sua moto fica bastante danificada. Ele pega uma camionete emprestada para levar sua motocicleta de volta. No entanto Johnny e Toecutter estão esperando Goose em uma emboscada. Johnny lança  um tambor de freio no pára-brisas do carro em que Goose está o fazendo sair da estrada e capotar. Toecutter instrui Johnny a jogar um fósforo aceso na gasolina que
vaza do carro onde Goose está preso. Johnny inicialmente recusa e Toecutter verbalmente e fisicamente insiste e Johnny joga o fósforo aceso nos destroços do carro,  que irrompe em chamas.

Goose é gravemente queimado. Depois de ver seu corpo queimado no hospital, Max se desilude com a Força Policial. Preocupado com que pode acontecer a ele se continuar trabalhando para a MFP – e que ele está desfrutando da insanidade – Max diz a seu Capitão Fifi que está renunciando à MFP. Fifi, no entanto, o convence a tirar férias  antes de tomar sua decisão final.

Enquanto no litoral, a esposa de Max, Jessie e seu filho pequeno fogem da gangue de Toecutter, que tentou estuprá-la. Ela foge, mas a gangue encontra- os em uma fazenda remota onde ela e Max estão hospedados. Eles atropelam Jessie e seu filho quando eles tentam escapar deixando seus corpos esmagados no meio da estrada. Max chega tarde demais para salvá-los.

3033642-poster-p-1-first-look-mad-max

Mais informações

Direção
George Miller

Produção
Doug Mitchell
P.J. Voeten
George Miller

Roteiro
George Miller
Brendan McCarthy
Nico Lathouris

Elenco
Tom Hardy
Charlize Theron
Nicholas Hoult
Hugh Keays-Byrne
Zoë Kravitz
Rosie Huntington-Whiteley

Gênero
Ação
Aventura
Ficção científica

Música
Junkie XL
Hans Zimmer (produção musical)

Cinematografia
John Seale

Edição
Jason Ballantine
Margaret Sixel

Companhia produtora
Village Roadshow Pictures

Distribuição
Warner Bros

Mais informações acesse as paginas de Mad Max, na Web

Site | Facebook | Twitter

Assista o trailer do filme abaixo

Por Priscila Visconti

[Caixa de Som] O mineiro alto-astral Mauai lança o DVD “Vitória”

Foto: Divulgação

Mineiro de Cruzília, Mauro Henrique Toledo, o Mauai – junção da primeira sílaba de seu nome com a famosa interjeição mineira “uai” – faz o lançamento de seu primeiro DVD, “Vitória”, nesta sexta-feira, 15 de maio, no Bar Brahma Aeroclube, no qual contará com a participação da banda paranaense Rhass, que mistura o som do sertanejo com a vaneira (dança típica do Rio Grande do Sul).

O DVD foi gravado em 2014, em uma turnê de dez apresentações, com o repertório de seu último CD, “Encantado Pop’N’Roll” – 13 composições próprias em uma pegada pop-rock, ou, como ele mesmo define, “uma MPB com arranjos mais divertidos”, na tradição da boa canção brasileira. As canções trazem também nuances do jazz e do blues.

mauai-pbMauai começou a cantar em bandas de baile ainda adolescente em sua cidade e, ao vir para São Paulo, aos 18 anos, cantou na noite, fez jingles e, por meio da música, entrou no teatro, se formando dramaturgo e atuou como ator e diretor. É também fundador e professor de comunicação pessoal, teatro e canto na Teatrês, empresa especializada em Teatro Coach, coaching e treinamento corporativo com música, artes cênicas e técnicas teatrais.

Sua formação musical vem do melhor da canção brasileira, com influências dos grandes nomes da MPB, como Caetano, Gil, Alceu, Raul, os mineiros do Clube da Esquina, e suas composições buscam traduzir as sensações, as percepções da vida de uma forma poética, bem-humorada. A intenção é fazer músicas positivas, para levantar o astral das pessoas. A experiência em teatro o leva a compor de uma maneira narrativa, sem se esquecer de falar de amor, da paixão, das dificuldades que se tem de superar as coisas da vida.

Mauai produziu quatro álbuns, além de diversas composições publicitárias. Teve duas músicas dele incluídas no CD da cantora Flavia de Lucca, com produção do ex-tecladista do RPM Luiz Schiavon, uma delas, “Apaixonada”, que dá nome ao disco (Assista ao vídeo abaixo). O último CD é uma produção dele e do guitarrista e produtor Fred Berlowitze.

O show de lançamento do DVD “Vitória” é uma produção da Prismma, com o patrocínio da Sociedade da Cerveja-AmBev e apoio do programa de incentivo capa_vitória _8da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, o ProAC SP. A direção artística do DVD e do show é de Alzira Andrade. A direção musical é do próprio artista mineiro.

O DVD traz, além do repertório do CD “Encantada Pop’N’Roll”, mais canções inéditas compostas especialmente para o trabalho. É acompanhado pela banda Boralá, com Mauai no vocal e violão, Fred Berlowitz (quitarras), Valmir Rodrigues (Bateria), Marcelo Ávilla (baixo) e Marcelo Konkowski (teclados).

Clipe do show e DVD “Vitória”:


Saiba mais sobre Mauai:  Site | Facebook | Youtube

SERVIÇO

Mauai e banda – Show de lançamento do DVD “Vitória”
Participação especial da banda Rhass

Data: 15/ Maio/ 2015
Horário: 21h
Local: Bar Brahma Aeroclube
Endereço: Avenida Olavo Fontoura, 650 – Santana (Em frente ao Anhembi)
Entrada gratuita até 21h. (Após esse horário será cobrado R$ 20 de ingresso)
​​Reservas: reservas@fabricadebares.com.br
Site: www.barbrahmaaeroclube.com

Por: Carlos Mercuri, do Blog por Bloga