Arquivo da tag: Mamonas Assassinas

Marília Gabriela – Uma banda divertida e com a inquietude do velho Rock and Roll

39993737-2152014881502995-387501149265068032-n

A Rádio Rock sempre me abrindo caminhos para divulgar novas bandas do cenário do rock nacional, por isso adoro escutar a rádio mais rock and roll do mundo, porque além de tocar só ‘musicão’, nos abre a mente e ilumina nossas ideias para novos grupos do cenário musical brasileiro. Continuar lendo Marília Gabriela – Uma banda divertida e com a inquietude do velho Rock and Roll

[Total Flex] Mamonas Assassinas – Durou pouco, mas será para sempre!

23154048530076

Nesta quinta-feira (2), a banda mais cômica que o Brasil e que o mundo já viu, completou 21 anos que nos deixou, são os meninos de Guarulhos, que eles sempre deixaram claro a origem deles, os Mamonas Assassinas. Continuar lendo [Total Flex] Mamonas Assassinas – Durou pouco, mas será para sempre!

[Caixa de Som] Duas décadas sem a autenticidade e originalidade dos Mamonas Assassinas

60f2fa15bc2829637c5a56fb852fe3a63b221d7c

Há duas décadas atrás, o Brasil perdia não apenas uma banda de rock, mas um grupo de rapazes que fizeram a diferença na música popular brasileira, em pouco menos de um ano, os Mamonas Assassinas mostraram que carisma, letras fácies e amor, faz toda discrepância para o êxito eterno e por gerações.

mamonasOs Mamonas Assassinas começou oficialmente em junho de 1995, quando foi lançado o primeiro compacto, homônimo o nome da banda.

Formado pelos músicos, Dinho, Bento Hinoto, Júlio Rasec, Samuel Reoli e Sérgio Reoli, todos residentes da cidade metropolitana de Guarulhos. Lugar onde conheceram o produtor musical Rick Bonadio, e fez com que o som dos Mamonas propagasse por todo o território nacional e também, internacional. Todavia, até antes os Mamonas Assassinas não existiam, foi após a gravação de “Pelados em Santos” e “Robocop Gay”, que fizeram mudar o perfil do grupo e transforma-los não só em mais uma banda de rock, como tantas que já sucedem, mas algo épico e excepcional, conquistando fãs mesmo após seu término trágico.DI01974

Sim, trágico pois em 2 de março de 1996, um acidente de avião na Serra da Cantareira ocasionou na morte cruel de todos os integrantes do grupo, trucidando e encerrando a carreira meteora de um das maiores bandas na história da música brasileira, que vendeu mais de três milhões de cópias em todo o país, com discos de diamante, ouro, platina e platina dupla, sendo um sucesso exorbitante para uma banda que apenas lançou um único álbum, mas no tempo certo para marcar, apesar do curto período, marcar por décadas e por gerações.

Por: Patrícia Visconti