Arquivo da tag: mulheres

100 Mulheres: O primeiro livro de contos da autora Marina Hadlich

100936319-114733300255368-3267209290246520832-o

A autora e educadora catarinense de 34 anos, Marina Hadlich lançou na Bienal do Rio no ano passado, seu primeiro livro de contos sobre mulheres, a jovem escritora, sempre gostou muito de ler, uma apaixonada pela arte literária, começou escrever em seu blog, na qual escrevia contos sobre mulheres.

Nestes contos, traz histórias de mulheres que não existiram, mas sendo fácil encontrar no imaginário de que qualquer café, dobrar qualquer esquina, entrar em qualquer sala, frequentar qualquer bar, ler em qualquer biblioteca, balançar em qualquer barco, esperar em qualquer aeroporto, basta estar em qualquer lugar. Continuar lendo 100 Mulheres: O primeiro livro de contos da autora Marina Hadlich

“Flor de Gume” – Poesia precisa em busca das lutas e anseios das mulheres paraenses

75491757-3391337030910603-4613797313326078038-n

A autora paraense Monique Malcher acaba de lançar seu primeiro livro, aonde ela traz um compilado de contos, prosas e poesias escritas de forma intensa e inerente, em que transita pelas ruas e águas do Pará, mostrando todas as dores de meninas, mães e avós, que são diferentes gerações, mas com uma ânsia ímpar em lutar pelo que se almeja e acredita para o mundo, entre as narrativas descritas em “Flor de Gume”. Continuar lendo “Flor de Gume” – Poesia precisa em busca das lutas e anseios das mulheres paraenses

“Mulheres & Quadrinhos” – Uma obra para difundir e ampliar as ideias na cultura quadrinhística

Mina-De-HQ1

Desde que o mundo é mundo, as mulheres ouvem que quadrinhos não é coisa de mulher, nem para ler, e tampouco para produzir, afinal desenhos másculos, sensualizados, objetivando e vitimando personagens femininas para agradar o ego dos homens, não pode ser uma boa influência às mulheres. Todavia, a cena está mudando, e hoje em dia há tanto mulheres que leem quanto que produzem, numa relação significante e até superior ao público masculino. E para demonstrar que as minas estão chegando com tudo (na verdade elas sempre estavam por aqui… mas, desenvolveremos isso, no decorrer do texto) e fazendo trabalhos impecáveis, representativos e únicos, seja nas artes, no roteiro ou na pesquisa. Continuar lendo “Mulheres & Quadrinhos” – Uma obra para difundir e ampliar as ideias na cultura quadrinhística

As mulheres nas ciências, uma jornada árdua, mas promissora para a humanidade

unnamed

Hoje em dia as mulheres tomam suas próprias decisões e escolhas, e decidem por si próprias quais caminhos seguir em sua carreira, seja ser dona de casa e cuidar dos filhos, ou a área artística e da comunicação, e também para o das ciências. E neste dia de hoje, Dia Internacional das Mulheres e Garotas na Ciência, não mais justo do que enaltecer diferentes mulheres que fizeram e fazem a diferença para incentivar outras garotas a adentrarem neste âmbito científico. Continuar lendo As mulheres nas ciências, uma jornada árdua, mas promissora para a humanidade

O Escândalo – Um drama real que abalou o império das mídias norte-americana

img-agenda-OEsc-ndalo-1200-X630-min

Estreou nesta quinta-feira dia 16 de janeiro, o filme O Escândalo – em inglês Bombshel, uma trama baseado em casos reais sobre o ocorrido na Fox News, em que várias mulheres sofreram abuso pelo CEO da empresa, Roger Ailes e que elas acabam com a vida dele o denunciando de assédio sexual. O longa mostra que a carreira na televisão não são flores, principalmente para as mulheres, que além de ganhar menos que os homens, ainda tem que passar por casos de assédios (moral e físicos), assim o fazendo a ficarem mais vulneráveis perante à todos na empresa. Continuar lendo O Escândalo – Um drama real que abalou o império das mídias norte-americana

A conquista das mulheres ao universo

nyberg-moon

A representativa feminina anda forte em todas as áreas do conhecimento, mulheres mostrando seu reconhecimento, instintos e valores, e isso se reflete também em áreas que antes eram extremamente dominadas por homens, aonde elas estão chegando de mansinho e conquistando seu espaço, e neste caso, literalmente indo ao espaço. Continuar lendo A conquista das mulheres ao universo

“Quando Descobri Que Era Menina” – O livro ideal para as eternas meninas molecas

capinha-catarse

O hoje vamos falar de um livro ideal para as “mocinhas molecas”, trata-se do álbum, “Quando Descobri Que Era Menina”. Essa obra é ideal para todas as meninas que quando pequena adora fazer coisas de moleque e só depois de adulta que se descobre uma garota, mas mesmo assim ainda esquece que o que é, acaba fazendo as coisas como uma eterna criança, como não gostar de passar uma maquiagem no rosto, o único adorno que usa é um brinco e olha lá, ou então se vestir como uma moleca de calça e camiseta, porque vestidos são coisas fora de questão de seu armário. Continuar lendo “Quando Descobri Que Era Menina” – O livro ideal para as eternas meninas molecas

Cris Camargo desprende dos rótulos e rasga o verbo em seu novo livro

19106061-1296360033765614-5327657217671749147-n

Já parou para pensar quantas mulheres fazem um trabalhos incríveis, mas poucas são valorizadas, por conta de uma sociedade patriarcal, que visa enobrecer obras feitas por homens, e peneirar apenas o que interessa, em relação àquelas produzidas por mulheres? Continuar lendo Cris Camargo desprende dos rótulos e rasga o verbo em seu novo livro

As Donas da Rua vão invadir o Conjunto Nacional na Paulista

53786425-1500615803403212-6780830788523917312-n

Começou nesta sexta-feira (08), Dia Internacional das Mulheres, a exposição Donas da Rua da História, com as meninas da Turma da Mônica interpretando grandes protagonistas, no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista.

Essa mostra é para celebrar o Dia Internacional das Mulheres e comemora o terceiro ano do projeto Donas da Rua, criado para fomentar o empoderamento de meninas, que conta com o apoio da ONU Mulheres.

Continuar lendo As Donas da Rua vão invadir o Conjunto Nacional na Paulista

O Conto da Aia – Um romance totalitário, cristão e opressivo nos direitos às mulheres de Gilead

valkirias-o-conto-da-aia-maternidade

Um sucesso no mundo literário é a obra O Conto da Aia, da escritora canadense Margareth Atwood, que é um romance distópico de 1985, situado na Nova Inglaterra em um futuro próximo, que agora é parte de uma teonímia totalitária fundamentalista cristã que derrubou o governo dos Estados Unidos. A história tem um cenário uma república onde não existem mais jornais, livros nem filmes tudo fora queimado. Continuar lendo O Conto da Aia – Um romance totalitário, cristão e opressivo nos direitos às mulheres de Gilead