Arquivo da tag: musical

[Total Flex] Musical “Aut 3” traz inclusão e diversão em um musical exclusivo

aut 3

Oficina Menestréis apresenta nos dias 2 e 3 de Abril com direção de Deto Montenegro “AUT 3” no Tetro Dias Gomes. Com muita animação, músicas divertidas, e apresentações inusitadas do elenco. “AUT 3” é um musical que prende atenção da platéia do inicio ao fim do espetáculo.aut

O musical que é dirigido por Deto Montenegro expõe de maneira engraçada a realidade dos jovens portadores do espectro autista. São 27 alunos que compõem o elenco com idade entre 12 e 28 anos, com intuito de desenvolver e experimentar novas características aos seus alunos, Deto Montenegro Adaptou seu meto de treinamento ao jovens portadores de do espectro autista.

Foto por: Gui Correa
Foto por: Gui Correa

Em entrevista ao site, Marta de 46 anos que assistiu o espetáculo no último dia 19, a convite de uma amiga afirma ter gostado muito, ” É muito divertido, já havia assistido outros espetáculo. Mas nenhum que fosse rico de alegria e boas energias com esse, afirma Marta que que voltará outras vezes.

O espetáculo fica em cartaz em São Paulo até o próximo fim de semana, com sessões sábados e domingos, respectivamente às cinco e dois e trinta da tarde.

Assista abaixo o teaser do musical:

SERVIÇO

OFICINA MENESTRÉIS – AUT 3

Datas: 02 (sábado, às 17h) e 03 (domingo, às 14h30)
Local: Teatro Dias Gomes
Endereço: Rua Domingues de Morais, 348, vila Mariana
Telefone: (11)5575-7472
Duração: 60 minutos
Classificação etária: Livre
Ingressos: R$60,00 (inteira), R$30,00 (meia) e R$25,00 (promocional).
Mais informações: Site | Facebook

Por: Lucas Alves

[Total Flex] Oficina dos Menestréis apresenta o espetáculo “Filhos do Brasil – Maturidade”, no Teatro Dias Gomes

filhos do brasil

A Oficina dos Menestréis realiza nos dias 5, 6, 12 e 13 de Março no teatro Dias Gomes em São Paulo, o espetáculo musical “Filhos do Brasil – Maturidade”, de Oswaldo Montenegro.

O musical é composto por atores com idade acima dos 55 anos e dirigido por, Deto Melo; Sua estreia realizada no Rio de Janeiro em 2009, e conta com uma banda de músicos paulistanos.

“Filhos do Brasil – Maturidade” aborda diversos temas do dia a dia, com variados estilos de musicas, iluminação e coreografias inusitadas, canções e texto da autoria do próprio cantor.

O espetáculo foi ganhador de cinco prêmios da universidade de Veigas de Almeida no XVI festival de teatro.

Entre outros ganhados pelo espetáculo de Oswaldo Montenegro está melhor trilha sonora e “melhor iluminação”, “melhor espetáculo” por voto popular, além de ser eleito o espetáculo súpero pelo voto do júri oficial, ademais, direção.

A Oficina dos Menestréis tem o interesse de realizar uma grande inclusão social atingindo todos os públicos.

SERVIÇO

OFICINA MENESTRÉIS – FILHOS DO BRASIL – MATURIDADE
Datas: 05, 06, 12 e 13 de Março
Horários: 21h (Sábado) | 20h (Domingo)
Local: Teatro Dias Gomes
Endereço: Rua Domingues de Morais, 348. Vila Mariana/ SP.
Telefone: (11) 5575-7472
Duração: 70 minutos
Classificação etária: Livre
Ingressos: R$60,00 (inteira), R$30,00 (meia) e R$25,00 (promocional).
Mais informações:  Site | Facebook

Por: Lucas Alves

[Total Flex] Música, interpretação e inclusão no novo espetáculo estrelado pela “Oficina dos Menestréis”

up6

Com a ideia de incluir os deficientes as artes, o diretor Deto Montenegro iniciou um grande projeto em sua carreira após realizar um projeto na Universidade Dulcina de Morais, onde estava uma amiga em reabilitação no Hospital Sara Kubichek, após ficar paraplégica.

As adaptações das peças foram de bastante superação e inclusão, por meio de intervenção de compartilhar a arte para todos e desenvolver um teatro musical con deficientes.

O primeiro espetáculo foi o musical “Noturno” de Oswaldo Montenegro, e também o primeiro dos menestréis paulistas, carro-chefe da “Oficina dos Menestréis”, adaptado e rebatizado de “Noturno Cadeirante”, que em 2015 completa 12 anos.

Neste clima exitoso, a oficina criou outros projetos sociais, atendendo e promovendo novos conceitos para promover a inclusão social, interagindo-os com a arte. E então, surgiram vários projetos e espetáculos, desde 2009 a oficina recebe apoio institucional do Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo Fiscal – Rouanet.

Na empreitada de integrar os cidadãos especiais à sociedade, a “Oficina dos Menestréis” apresento um espetáculo só com jovens com Síndrome de Down no elenco da nova performance, o musical “UP 6”.

O Projeto UP é dirigido por Deto Montenegro, e após oito meses de treinamento com 38 anos alunos, mostrará ao público o resultado desta nova missão do projeto. Com uma roteirização leve e divertida, com a presença da banda e convidados especiais.

O musical estreia dia 9 de agosto no Teatro Dias Gomes. Serão seis apresentações ao longo do mês de agosto, os dias 9, 16, 22, 23, 29 e 30, aos sábados e domingos. Além do mais, haverá ainda a temporada do espetáculo “Aldeia dos Ventos – Mix”, de Oswaldo Montenegro, trazendo elenco formado por cadeirantes e deficientes visuais.

FICHA TÉCNICA
Direção e roteiro: Deto Montenegro
Assistente de direção: Evelyn Klein
Dramaturgia: Juliana Sanches
Elenco: alunos do Projeto UP da Oficina dos Menestréis

SERVIÇO
UP 6
Temporada: 9, 16, 22, 23, 29 e 30 de Agosto.
Horário: sábados às 17h30 e domingos às 16h30
Classificação: 10 anos
Duração: 60 minutos
Capacidade: 400 lugares

Ingressos: R$60,00 (inteira), R$30,00 (meia) e R$25,00 (promocional). Os ingressos promocionais podem ser adquiridos mediante apresentação da carteirinha da Oficina dos Menestréis, que pode ser impressa pelo site.

Local: Teatro Dias Gomes
End: Rua Domingos de Morais, 348. Vila Mariana próximo a Estação Ana Rosa do Metrô.
Tel: (11) 5575-7472

Site: www.oficinadosmenestreis.com.br
Facebook: facebook.com/oficinadosmenestreis

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Projeto MOPRI: Poetizando a realidade e somando qualidade

10294346_1479618862267861_559429609810532097_n

Já que nesta semana foi “comemorado” o dia que a Princesa Isabel assinou a Lei Área, no dia 13 de Maio de 1888, onde abolia a escravidão entre os negros, mas isso foi apenas na teoria, pois a situação dos mesmo, não mudou muita coisa, para não dizer que as chibatas dos capataz ordenados pelos senhores doía menos que as discriminações que eles iriam enfrentar perante a sociedade. Aonde a maioria dos negros encontrou grandes dificuldades para conseguir empregos e manter uma vida com o mínimo de condições necessárias, e isso ocorre ainda hoje, mesmo após 127 anos da abolição ainda existe este preconceito.

E baseado nessa ideia, um trio de rappers do Projeto MOPRI estreou nesta semana o videoclipe “Sem Massagem”, onde eles cantam uma realidade distinta daquela periferia mostrada nas telenovelas, onde todo mundo entra sem bater e todos andam sorrindo e saltitando, mas sim uma verdade que nem mesmo os jornais mostram, onde mais de 70% dessas pessoas são negras e vivem as margens da sociedade, recebem muito menos do que os brancos e ainda, tem de ouvir piadinhas pejorativas e medíocres de seres irracionais que acham que estão fazendo piadas.

Um país onde a população é miscigenada como o Brasil, seria inadmissível algo deste parâmetro, porém a cor da pele, a raça, a religião e o quanto você possuí em sua conta bancária contam mais do que o seu caráter, que na maioria das vezes é ignorado e defasado dentre tantas outras “prioridades” diante a sociedade politicamente correta.

O Projeto MOPRI tem influências de vários gêneros musicais, como Rock, funk, Soul, Hardocore Heavy metal, Chilltrap, Trap Chillstep, Dubstep, apesar da base da banda ser o RAP. Com letras que apresentam uma realidade oculta pela grande mídia, mas muito presente na sociedade, principalmente aquela que corre, que luta e tá na labuta diária par conquistar seu espaço, sua dignidade e não deixar e engolem seu caráter.

10308104_1479618635601217_1025530431118213002_n

A banda é formada pelos músicos Eri Q.I., Lucas Beatmaker e Luciano Mello, que tinham uma química tão forte musicalmente que a interligação foi imediata, e assim se entregando de corpo e alma, os músicos foram somando suas influências musicais com a rotina cotidiano, surgindo um som autoral e verídico, o projeto MOPRI.

Conheça mais do Projeto MOPRI nas redes sociais do trio:
Facebook | Youtube

Por: Patrícia Visconti

[Total Flex] Menino Maluquinho – O Musical em São Paulo

1962701_1383782028527082_842068530_n

Essa vai para quem gosta do garoto mais maluco criado pelo tio Ziraldo, pois quem leu o livro, assistiu o filme e também o seriado, não pode deixar ver o musical, O Menino Maluquinho, no Teatro Bradesco, que estreou no último sábado (19), em curta temporada e só aos fins de semana.

O texto do musical é o mesmo há mais de 30 anos, escritor por um dos escritores infanto-juvenil, mas populares do Brasil e do mundo, o mestre Ziraldo. O livro que virou filme, série, gibi e peça teatral, foi transformado agora em musical numa grande produção da 4ACT Entretenimento e Clic Entretenimento, em parceria com Ziraldo.

A adaptação do musical foi de Juliano Marceano, direção geral de de Daniela Stirbulov, direção musical de Paulo Nogueira, coreografias de Kátia Barros e canções originalmente compostas por Paulo Ocanha e Daniel Carvalho.

O espetáculo conta a história do menino que tinha o olho maior que a barriga, vento nos pés e macaquinhos no sótão, conhecido como Maluquinho. De forma leve e divertida, a trama abordará as traquinagens do garoto e sua turma: Bocão, Junim, Lúcio, Julieta, Carol, a importância da relação com a família e conflitos comuns à infância.

Em cena, 14 crianças entre 8 e 11 anos e adultos atuam juntos, acompanhados por uma orquestra composta por 12 músicos profissionais e 5 mirins.

Fique maluquinho com essa audição, momentos incríveis, jovens talentos com um elenco para interpretar a vida e obra de Ziraldo, Menino Maluquinho o Musical.

10001294_1384460765125875_1842210497_n

VALORES DOS INGRESSOS

Frisas 3º andar (1ª fila)
R$ 30,00 (vendas apenas na bilheteria do teatro)

Balcão Nobre
R$ 50,00

Frisas 2º andar
R$ 50,00

Frisas 1º andar
R$ 70,00

Plateia (filas de O a W)
R$ 80,00

Plateia (filas de A a N)
R$ 100,00

Camarote
R$ 100,00

Mais informações acesse os endereços abaixos:

Site: http://www.teatrobradesco.com.br/programacao.php?

id=512&evento=MENINO%20MALUQUINHO%20O%20MUSICAL

Twitter: https://twitter.com/Maluquinho4Act

Facebookhttps://www.facebook.com/MeninoMaluquinhoOMusical

Por Priscila Visconti