Arquivo da tag: músico

Novo personagem de Thundercats Roar ganha apresentação especial durante a Comic-Con@Home 2020

390b86905274fcc1660e6ab4b6c5f731

A série Thundercats Roar teve um painel com os produtores Victor Courtright e Marly Halpern-Graser, além dos atores que dublam os personagens, Chris Jai Alex, Erica Lindbeck, Patrick Seitz e Max Mittelman, nesta quinta-feira (23), respondendo perguntas sobre a animação, que ainda contou com a apresentação de um novo personagem, Grune the Destroyer. Continuar lendo Novo personagem de Thundercats Roar ganha apresentação especial durante a Comic-Con@Home 2020

Cantor catarinense lança novo trabalho repleto de romance e belas paisagens naturais

simao

O cantor catarinense Simão, que é conhecido nas festas e bares de Santa Catarina pelo seu timbre de voz doce e marcante e suas composições serenas, está levando seu trabalho e seu som irreverente para todo o Brasil. Simão tem apenas 25 anos e se prepara para conquistar corações e ocupar seu lugar no mundo pop, o músico está lançando seu primeiro single “Seu Nome“, essa é a primeira série de novidades e surpresas que preparou para este ano de 2020. Continuar lendo Cantor catarinense lança novo trabalho repleto de romance e belas paisagens naturais

Sávio – Um artista que canta os amores e o cotidiano de maneira harmônica e inerente

92637994-229085978462817-791542934846570496-o

Uma nova faceta nasce na cena pop nacional da atualidade, o cantor, compositor e instrumentista Sávio, acaba de lançar seu EP de estreia, intitulado “Moletom“, um projeto que visa criar momentos e ambientes, para que o autor possa se entregar e deixar levar pelas canções interpretada de maneira inerente e singular pelo artista, trazendo conforto e bem-estar aos ouvidos de que escuta a cada faixa. Continuar lendo Sávio – Um artista que canta os amores e o cotidiano de maneira harmônica e inerente

MIS celebra os 80 anos de John Lennon com uma grande exposição do mestre da fotografia Bob Gruen

john-lennon-monalisa
Foto por Patrícia Visconti

Começou nesta sexta-feira (13), a nova exposição totalmente imersiva e pela primeira vez no Brasil e no MIS – Museu da Imagem e do Som em São Paulo, a mostra “John Lennon em Nova York por Bob Gruen“, em celebração aos 80 anos de nascimento do e 40 anos de legado do eterno Beatle, John Lennon, que faleceu em dezembro de 1980 em um fatídico crime em que ele foi baleado e morto na frente de seu prédio em Manhattan três semanas após o lançamento do álbum. Continuar lendo MIS celebra os 80 anos de John Lennon com uma grande exposição do mestre da fotografia Bob Gruen

Riot Games traz Toa Dunn – líder da Riot Music, para a CCXP 2019

cropped-Lo-L-True-Damage-1

A Riot Games uma das maiores desenvolvedoras de jogos eletrônicos do mundo, escolheu a CCXP para comemorar os 10 anos do game mais jogado atualmente, League of Legends e também consolidar sua posição mercado de entretenimento, com investimentos em quadrinhos, música, vídeos e etc. Continuar lendo Riot Games traz Toa Dunn – líder da Riot Music, para a CCXP 2019

BGS 2019 – Al Lowe é o quinto convidado internacional para a maior feira de games da América Latina

allowe

A Brasil Game Show 2019 anunciou nesta terça-feira (28), mais um novo convidado, esse já é o quinto internacional para a 12ª edição da maior convenção de games da América Latina. Continuar lendo BGS 2019 – Al Lowe é o quinto convidado internacional para a maior feira de games da América Latina

Odair José convida à todos para seu último show do ano em São Paulo

Para encerrar a temporada de shows de 2017, o grande Odair José finaliza sua turnê em grande estilo, seu último show do ano, que será no Centro Cultural São Paulo – CCSP, mas a turnê Três Gatos e Ratos não acabou, ela volta no próximo ano, com muito mais shows e novidades por aí, afinal esse já é o 34º álbum (leia mais) da carreira de Odair, que já tem 47 anos de estrada, que ainda está com muita força e energia, prometendo um som ainda mais parecido com uma banda de garagem, para nunca deixar seu lado ‘underground’ morrer. Continuar lendo Odair José convida à todos para seu último show do ano em São Paulo

[Cantinho Literário] Nobel de Literatura 2016 vai para… Bob Dylan!

47fd1c75830c421cc37fa38abba22986_xl

E aí tripulação vamos lá para mais uma semana aqui no boletim informativo mais cultural na internet, não um dos, pelo menos no cenário alternativo, pois tentamos buscar o bom da cultura, para repassar a toda galera que acessa nosso site. 

Nesta semana, tivemos que dar a vez para falar do Nobel de Literatura, que por uma falha mecânica (esqueci de subir semana passada), mas aqui estamos para contemplar um dos prêmios mais importantes da literatura mundial, o Nobel de Literatura 2016.

Continuar lendo [Cantinho Literário] Nobel de Literatura 2016 vai para… Bob Dylan!

[Caixa de Som] Jethro “Alonestar” Sheeran traz urbanidade para a música pop

10155031_10152627430876631_42560709416412441_n

Ele é britânico, londrino de Bristol, já fez participações com grandes nomes da cena pop atual e recentemente ganhou dois prêmio de suma importância para sua assessão profissional, entre eles o “Exposure Music Awards” nas categorias, “Melhor Artista Masculino” e “Melhor Música Urbana”.

Jethro Sheeran, ou melhor o Alonestar é um artista que sabe mixar o hip hop perfeitamente com a música pop, fazendo com que a música fique leve e atraente ao ouvinte novato que ainda não conhece seu trabalho, fazendo com que as pessoas se prenda ao escutá-lo, querendo ouvir outras faixas de seu trabalho.

Recentemente, Alonestar lançou seu sexto EP, “Warrior”, que contou com colaborações de Ed Sheeran, Rosie Ribbons, Ja Ja Soze and Lifford, e pode ser conferido no iTunes, e também está sendo um dos EPs mais tocados no verão londrino, com muito entusiasmo em cada performance do músico.

Além de cantor, Alonestar é também compositor e produtor, tanto que maioria de suas canções são produzidas pelo próprio, que sempre agrega experiência pessoais as letras, mostrando um pouco de sua intimidade para seu público. Como por exemplo a faixa “Lost and Taken”, qual ele escreveu falando sobre um sequestro que sua filha Skyla Rain sofreu com sua mãe, quando estava indo à Trinidad, e também a respeito de lembranças de quando ele era garotinho, e havia se perdido de sua mãe.

Confira um trecho de “Lost and Taken” abaixo:

I love you my baby, you take my air, I’m outta control, I want to escape this feelin, cos my life is nothin without you, I miss you my darling, you take my breath You’re living inside me, Can’t control my feelings, I’m so lost without you.

Como Alonestar mesmo disse, sua música é sua terapia, e escrever por isso que transcende as barreiras da produção convencional, pois ele acrescenta sentimentos e ações pessoais a suas canções, e não apenas faz música para vender discos e ganhar fama instantânea, sendo cru e honesto, refletindo suas realizações e frustrações, algo recorrente na vida de qualquer pessoa no mundo, em que corre, trabalha, se apaixona, ama e vive, construindo seu próprio tempo.

Assista abaixo o videoclipe “Skyla Rain”, single escrito e produzido por Jethro ALONESTAR Sheeran:

Para conhecer mais o trabalho de Alonestar acesse:

Facebook | Twitter | SoundCloud | Youtube

Por: Patrícia Visconti

[Cantinho Literário] Mario de Andrade – O poeta paulistano que marcou A Semana de Arte de 22

mario-de-andrade

O problema com o Explore ainda continua, por isso estou aceitando ajuda com meu PC, para não atrasar os posts aqui no Cantinho Literário, pois tenho muitas  pautas para caçar e muitos novos escritores para descobrir, que estão espalhados por esse mundão chamado INTERNET e por esses motivos, vamos no clássico da literatura e falar um pouco sobre o poeta, escritor, crítico literário, musicólogo, folclorista e ensaísta, Mário de Andrade.

Mário Raul de Moraes Andrade, era paulistano e foi um dos pioneiros da poesia moderna ao lado de Oswald de Andrade, Tarsíla do Amaral entre outros, sendo uma das figuras principais do movimento de vanguarda de São Paulo, A Semana Arte Moderna de 22, se tornando o polímata nacional do Brasil.

Andrade fazia ensaios fotográficos, no qual ele cobria para ampla variedade de assuntos, desde literatura, história e até no cenário musical, que eram divulgados  nos pequenos e grandes veículos da imprensa da época.

Ele já trabalhou como professor de música e colunista de jornal, publicou seu maior romance, Macunaíma, em 1928, mas continuou a publicar obras sobre  música popular brasileira, poesia e outros temas de forma desigual, sendo interrompido várias vezes devido a seu relacionamento instável com o governo brasileiro.

Sempre polêmico em suas obras, como Amar (1927) e Macunaíma (1928), ele foi um dos primeiros escritores a gerar um escândalo na época, contando a história de  um adolecente e uma mulher madura, uma alemã contratada pelo pai do jovem. O segundo, desde sua primeira edição, é apresentado pelo  autor como uma rapsódia, e não como romance, é considerado um dos romances capitais da literatura brasileira.

Já Macunaíma vem do trabalho etnográfico do alemão Koch-Grünberg, conforme relata o próprio autor. Koch-Grünberg, no livro Von Roraima zum Orinoco, recolheu lendas e histórias dos índios taulipangues e arecunás, da Venezuela e Amazônia brasileira.

A partir desses materiais, Andrade criou o que ele chamou rapsódia, um termo ligado a tradição oral da literatura. O livro editado por Tele Ancona Lopes possui  extenso material sobre o intertexto deste livro.

Mas no final de sua vida, se tornou o diretor-fundador do Departamento Municipal de Cultura de São Paulo formalizando o papel que ele havia desempenhado durante muito tempo como catalisador da modernidade artística na cidade e no país.

Mário de Andrade deixou um legado de poesia, música e muita cultura, não só para a cidade de São Paulo, mas para todo o Brasil, pois a Biblioteca Municipal  de São Paulo, foi trocado de nome na década de 60, se tornando Biblioteca Mário de Andrade de São Paulo.

Além de vários poemas, no qual ele sempre marcava seu
amor pela cidade na qual ele nasceu e morreu. O escritor faleceu em sua casa em São Paulo, no dia 25 de fevereiro de 1945, aos 51 anos, devido a um enfarto no coração.

frase-ja-nao-tenho-tempo-para-mediocridades-mario-de-andrade-107206

Por Priscila Visconti
(só espero que até semana que vem,
eu esteja com um navegador descente.
)