Arquivo da tag: nova geração

Michelle Rezende – Uma conexão ímpar e inerente com o mundo das artes

michellerez_.jpg

Essa mineira de Belo Horizonte, radicada em São Paulo, mas que já passou por diversos estados do país, tem na arte um estímulo ímpar em seus objetivos mais empíricos. Michelle Rezende, tem 34 anos e sua paixão pelos quadrinhos, animação e ilustração veio desde a infância, sendo um refúgio da realidade. Continuar lendo Michelle Rezende – Uma conexão ímpar e inerente com o mundo das artes

As mulheres nas ciências, uma jornada árdua, mas promissora para a humanidade

unnamed

Hoje em dia as mulheres tomam suas próprias decisões e escolhas, e decidem por si próprias quais caminhos seguir em sua carreira, seja ser dona de casa e cuidar dos filhos, ou a área artística e da comunicação, e também para o das ciências. E neste dia de hoje, Dia Internacional das Mulheres e Garotas na Ciência, não mais justo do que enaltecer diferentes mulheres que fizeram e fazem a diferença para incentivar outras garotas a adentrarem neste âmbito científico. Continuar lendo As mulheres nas ciências, uma jornada árdua, mas promissora para a humanidade

PLAYMOBIL – A Magia dos bonecos Playmobil, nos anos atuais

20190710025025-1200-675-playmobil-o-filme

Playmobil – O Filme, do diretor e roteirista Lino DiSalvo, que foi escolhido para abrir o Festival de Cinema de Animação da Annecy (edição 2019), chega nos cinemas nas próximas semanas, repleto de aventura, emoção e nostalgia. Continuar lendo PLAYMOBIL – A Magia dos bonecos Playmobil, nos anos atuais

[Caixa de Som] Rapper paulistano ‘pede perdão’ em seu novo videoclipe

12042679_855971971185610_2962154216952456968_n

O músico paulistano Yannick, lançou nesta semana seu novo videoclipe, “Peço Perdão”. Um single que fala sobre um homem que perdoa a mulher qual teve mais que um namoro,mas uma amizade, que mesmo após o término do relacionamento, aceitou sem mágoas e ressentimentos, pois nada que é obrigado há de ser fiel e feliz.

Cantada em primeira pessoa, ele diz dos perdões cometidos, e incentiva o outro que já esteve ao seu lado para seguir seu caminho, sendo junto dele, com outro ou sozinha.12047018_855964731186334_1045573095587225351_n

A música desmistifica toda a cena do RAP nacional atual, aonde retrata a imagem feminina de forma ostensiva e pejorativa, mostrando a mulher apenas como um desejo de líbido. Formando assim, uma nova geração de rapper e MCs, mas não fugindo da essência do gênero em pautar algo em que a sociedade necessita ouvir, falar e debater.

O vídeo foi gravado num cenário bastante familiar do artista, a Rua Augusta. Dirigido pelo produtor Augusto Takeshi e interpretado pelo próprio artista e a estudante Marina Barbosa.


Yannick é paulistano, tem 31 anos e desde a adolescência soube que seu propósito era propagar a arte e a cultura alternativa através da música. Criador e curador da festa OBRIGAAAH, ele traz artistas da cena independente aos olhos dos grandes centros, compartilhando o que cada um tem de melhor a oferecer.

Recentemente, ele está em processo de produção de seu primeiro compacto, aonde terá um compilado de canções inéditas e autorais.

Por: Patrícia Visconti

[8 Bits] Mortal Kombat X – Uma nova era para um velho game

MortalKombatX_Scorpion

2015 nos surpreendendo com suas estreias, e temos nesta lista um velho conhecido nos bons árcades e consoles. Estamos falando do tão esperando Mortal Kombat X.

Novas mecânicas de luta, quebra pau para todos os gostos e uma cachoeira de sangue. Realmente,Mortal Kombat repete na fórmula mas sempre agradou as massas dos fãs de um bom jogo de luta brutal, onde a morte é a única escolha.

Suas novidades são até poucas, se contar com seus gráficos perfeitos, quase beirando a realidade, golpes fantásticos que
são capazes de quebrar colunas, maxilares, e braços, além de novos cenários que podem interagir com seus golpes, causando mais dor ao coitado de quem o decidiu enfrentar.

Mortal Kombat X vem para as novas gerações de consoles, logo logo nas estantes dos gamers apaixonados por essa franquia.

Get Over Here!

Por: Daniel Barris