Arquivo da tag: pop-rock

[Caixa de Som] Leo Richter é o que faltava no Pop-Rock nacional

16508364_1051795518299123_693510967900927269_n

Vamos lá para mais uma semana musical aqui no OBC, e como todos já sabem hoje é dia de música, e estamos aqui para passar só o ‘top’ dessa área que todo mundo curte e uma das mais acessadas aqui no site, por isso muito obrigada a toda tripulação por nos apoiar e compartilhar, estamos sempre prontas para divulgar os bons artistas que tanto lutam para ter seu lugar ao sol a promoverem seu trabalho, que eles fazem com todo amor e carinho. Continuar lendo [Caixa de Som] Leo Richter é o que faltava no Pop-Rock nacional

[TOTAL FLEX] JOTA QUEST APRESENTA SHOW DA NOVA TURNÊ “Pancadélico Tour” em Santos

Um dos principais representantes do pop rock nacional se apresenta na 4ª edição do Festa Show Caiçara.

Jota-Quest---set2015175136_digital
Jota Quest – Divulgação.

O Jota Quest, banda mineira de pop rock está rodando o País com a turnê Pancadélico Tour que estará de volta a São Paulo para realizar o show da turnê na cidade de Santos no próximo dia 22 de julho (sexta-feira), com a promessa de não decepcionar os fãs mais ansiosos e afoitos por esse evento. Continuar lendo [TOTAL FLEX] JOTA QUEST APRESENTA SHOW DA NOVA TURNÊ “Pancadélico Tour” em Santos

[Caixa de Som] HL Arguments: Harmonia e perfeição fazem o casamento perfeito em cima do palco

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

No último sábado a banda paulistana de pop-rock liderada pelo vocalista, instrumentista e compositor, Hélio Lima, a HL Arguments, se apresentou no Feeling Music Bar, sediado na Vila Mariana, zona sul da capital paulista.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

Uma noite fria de inverno, só que ficar em casa não estava em nossos planos, pois o novo nos cativa e move, para agregar algo inovador na cultura musical brasileira.

A banda formada pelos músicos Amanda Labruna (backvocal), Fernando Silvestre (guitarra), Marcos César (bateria), Wesley Lima (baixo) e o Hélio na liderança coordenando e dando a harmonia nos vocais.

Aquele dia frio era mais especial para o grupo, já que a HL Arguments lançava com exclusividade seu primeiro DVD ao vivo, da temporada de shows que realizaram em 2014, além de promoção de singles novos, qual eles cantaram durante a apresentação e está presente dentro material promocional. A casa não foi escolhida por acaso, já que naquele lugar onde havia sido gravados as apresentações da HL.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

A HL é uma banda onde a perfeição e a harmonia são muito preservadas por seus integrantes, cantando composições autorais, seja elas em português ou inglês, o perfeccionismo de Hélio é ímpar para que o show seja o melhor não apenas para a banda, mas para o público presente se divertir e curtir ao máximo aquele som.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

Com suas letras que remetem ao cotidiano de uma grande metrópole, suas músicas falam de relacionamentos e objetivos a serem alcançados, tendo diretrizes singular e autêntica, bem distinta das bandas fora do eixo alternativo, onde apenas visam agradar os produtores e esquecem do artista principal sob os holofotes dos palcos, a música.

Todos os músicos estão sempre na mesma sintonia, harmonizando e dando ritmo as canções, equilibrando o som com suas batidas, sempre afiadas e as vozes excepcionais a cada faixa da setlist.

O público aprovou e ainda pediu BIS, porém como a casa determina um tempo para cada performance e haviam outras bandas a se apresentarem, acabou não acontecendo, porém o gostinho de quero mais ficou para que a galera confira o DVD, que além de apresentações ao vivo, conta com videoclipes, faixa bônus e fotos inéditas da HL.

Foto por: Marcelo Buck
Foto por: Marcelo Buck

Para saber mais sobre o DVD acesse a fanpage oficial no Facebook da HL Arguments, e saiba como adquirir. E para quem ficar ligado em nossa embarcação, iremos sortear um DVD exclusivo em breve para os admiradores do bom e velho pop-rok autêntico e original. Não percam!

Confira abaixo um trecho retirado do material inédito da banda:

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Voz em Dó apresenta seu novo DVD com uma grande festa em São Paulo

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

No último domingo, 21, a banda paulistana Voz em Dó voltou ao Espaço Alma D’Alma, no Ipiranga, zona sul de São Paulo para lançar oficialmente o DVD ao vivo “Voz em Dó – N’alma”.

Um projeto que os rapazes estavam tão ansiosos na gravação, mas com a expectativa elevada no lançamento.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Na apresentação eles mostrarem que é ao vivo e no palco, em que a música faz o artista, apresentando um repertório 100% autoral e autêntico, com sua própria essência e um estilo que contagiou todos os presentes.

Antes dos rapazes subirem ao palco, Caíque Bordão, outra revelação da música popular brasileira mostrou toda sua originalidade e sutileza aos presentes daquela grande festa de lançamento.

No palco, a atitude e entrosamento entres os integrantes era inigualável, e a relação com a plateia fez toda a diferença no show, onde o público cantou e vibrou e até pediu BIS.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Uma energia transmitida por todas as filas da plateia, por cada pessoa presente daquela casa de show era tão intimo que pareciam irmãos ou velhos amigos, que se encontram para tomar uma cerveja no bar e jogar conversa fora.

Mas, os garotos estavam focados e determinados em apresentar aquele novo projeto, que era como um filho que eles estivessem “parido”, um bebê que estava pronto para propagar e compartilhar a essência da música pop-rock autoral brasileira, em suma a qualidade proliferava ao invés da quantidade.

Porque não adianta ter muito, se a particularidade é comum e banal, e não acrescentar em nada na percepção dos ouvintes, sem agregar sentimentos, emoções e entusiasmo em seu público, há de haver um equilíbrio entre o artista e o público, um trazendo qualidade artística,  e outro, discernimento em multiplicar o novo.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

A Voz em Dó traz esse âmago em suas músicas, melodias e entrosamento entre seus integrantes, que visam a irmandade e união entre eles e seus familiares, não apenas para interpretar as canções, mas também para compôr e ensaiar suas performances.

Uma dessas harmonizações foi a hora que o irmão do vocalista Kio Olivieri, o também músico, Gilles Olivieri subiu ao palco cantando uma música que foi composta pelo irmão do baterista da banda, Vitor Quintano, sendo mais que apenas colegas de grupo, mas sim uma grande família que ultrapassa as barreiras dos ensaios e palcos, e casam-se numa intimidade familiar e singular.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Há também a família que eles encontram durante a estrada artística onde eles passam, como a performance com o vocalista da HL Arguments, Hélio Lima, que mostrou bastante energia e vitalidade em cima do palco.

A Voz em Dó, são quatro garotos que sonham alto, mas sempre com os pés no chão.

São além de rostinhos bonitos que aparecem na TV, mas sim, artistas que querem mostrar que o autoral está em qualquer lugar, basta desligarmos do modo convencional e abrirmos nossas mentes para visar quão a cultura autêntica e de qualidade é forte e perspicaz no mundo em que vivemos hoje.

Foto por: Gabriel Caprioli
Foto por: Gabriel Caprioli

E para quem quiser adquirir o DVD “Voz em Dó – N’Alma”, basta entrar em contato pela página oficial dos meninos na web, além de conferir fotos e teasers do que foi a apresentações de lançamento do grupo.

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Buscai a Coroa: Músicas para tocar na alma do mundo!

1800308_1423203044585532_2110052707_n

Já que estamos nas prosperidades natalinas, onde todos rementem seus pensamentos a paz, amor e união, nada mais justo do que compartilhar músicas que nos permita uma reflexão sobre tal. E justamente isso a banda de pop-rock Buscai a Coroa tenta mostrar em suas canções.

De princípio achamos que é apenas uma banda de igreja, como tantas que existem por aí, mas os garotos que vivem de música e fazem disso o seu ganha pão, apenas utiliza-se do nome de Jesus para propagar e transmitir paz e o amor, e não apenas para divulgar igreja A ou B.

Afinal, paz, amor e união estão tão escassos atualmente, em um mundo onde cada um olha para seu próprio umbigo e apenas procura o outro quando já está submerso sobre seu próprio ego e arrogância.

10574337_1507299829509186_8820753567358184845_nFormada em Itaquera, zona leste de São Paulo e liderada por Andersonn Lopes, e integrada pelos músicos Israel Allan, Leandro Brisa e Diógenes Lemos (Dó), a Buscai a Coroa faz músicas que trazem paz a alma, reflexão sobre o mundo atual, compartilhando o amor e a esperança.

No começo de novembro, o grupo lançou o single oficial, intitulado “Esperança”, e estará no primeiro compacto da BAC, ainda sem previsão de estreia.

Mas, enquanto não chega o CD, confira abaixo a primeira música de trabalho dos garotos;

Para conhecer mais sobre a Buscai a Coroa, acesse o Facebook oficial da banda e confira as novidades sobre lançamentos, shows, além de aforar músicas que remetem a reflexão do mundo, e não apenas visa a alienação e imodéstia.

10155595_1532559626983206_4533850512602313449_n

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Sampa e suas nuances no pop-rock nacional

14701323091_41e0522a73_b

Não é de hoje que São Paulo é o centro do cenário pop-rock no país, principalmente da cena alternativa, que vem crescendo em exorbitância atualmente, não apenas no pop-rock, mas de diversos outros gêneros, são relativamente várias bandas se formando por toda a capital paulita. Como os paulistanos da Banda Judith, que uniu professor e alunos em uma única paixão, a música.

14732417214_63f9b091fb_zNos vocais apresentando o professor universitário, Antonio Pires e na sequencia integram a banda os seus alunos, Nadia Pannaroni (bateria) e Marcelo Silva (guitarra), além dos jovens músicos Rock Barbieri (baixo) e Camilla Fidelis (backing vocal).

A banda foi formada em 2013, com um propósito de mostrar uma nova gradação a música popular brasileira, com canções de rimas significativas e com conteúdo, em refrões e letras com temas atuais, e que refletem na vivência de cada ouvinte ao escutá-la, pois música boa é aquela que entra pelos ouvidos e entra diretamente em seu consciente, e não vira chiclete impertinente.14702102964_728808bcea_z

O repertório do grupo são todos em português, com composições próprias e vários estilos interligados ao gosto pessoal da banda, entre eles estão, o pop, rock, R&B, MPB, etc, mostrando um novo frescor, com uma eferverscência contagiante e marcante em suas canções, transbordando arte e poesia por onde passam.

Conheça um pouco da Banda Judith no primeiro videoclipe, “Popstar”:


Para saber mais sobre a Banda Judith acesse o site da banda, ou então siga-os nas redes sociais, e lá poderá conferir agenda, lançamentos de singles, fotos e vídeos da galera.

Site | Facebook | Youtube | SoundCloud

14548332807_c081690b32_b

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] A Voz popular e autoral da música brasileira

oe

Como prometido(veja +), conversamos com o Kio Olivieri, voz e violão da banda Voz em Dó, e ele nos contou um pouco sobre a banda, o início, as influências, carreira, prospectivas para o futuro, e claro, muita música, afinal esse é nosso assunto favorito.

Confira abaixo a nossa entrevista com o Kio:

1- A quanto tempo existe a banda?
A banda existe a apenas 9 meses. Uma gestação musical.

O Barquinho Cultural – Quais as influências do Voz em dó? Por que?

Kio Olivieri: Cada integrante tem suas influências, que vão desde a MPB até o Heavy Metal. As que predominam em nosso contexto geral são: Engenheiros do Hawaii, O Teatro Mágico, Los Hermanos, entre tantos. Acredito que são nossas influências por serem, naturalmente, também o que gostamos de ouvir.

10559292_667557319993448_272722784_nOBC – Vocês já possuem singles lançados, quantos e quais? E quanto ao álbum, já há previsão de lançamento?
KO: Sim. Em março deste ano lançamos o nosso primeiro EP, chamado ‘Voz em Dó – menor’. Um trocadilho bem colocado, acredito. O EP conta com cinco canções que estão disponíveis para download em nossa página no Soundcloud.
Quanto ao álbum, estamos com um pouco mais de calma. A ideia inicial era lançá-lo em Novembro deste ano, mas preferimos deixá-lo para o ano que vem. Queremos fazer algo grandioso, completo. Algo que converse com nossos shows em questão de estética, cenário e etc.
Não há prazo exato, mas para gerar manchete, Junho de 2015. (rs)

OBC – Vocês compõem as próprias canções, certo… Vocês acreditam que para um músico que está começando agora, é mais fácil cantar covers, para serem reconhecidos primeiro, ou já apresentar seu repertório próprio, para agregar a uma determinada nuance musical, antes de ingressar a um estilo próprio?

KO: Olha, a pergunta é boa e fácil de ser respondida.
Sim, é mais fácil o músico começar a caminhada fazendo covers e versões. Mais do mesmo para garantir o coro da canção.
Nós optamos pela música autoral porque não queremos atalhos. Nunca apresentamos um cover em nossos shows. Nem sequer temos algum ensaiado. Respeitamos quem o faz, mas preferimos ir contra a corrente.

10563082_274021889473339_3423339289967116828_nOBC –  Como um artista se mantêm firme e forte, em uma carreira tão volátil quão essa que vocês vivem, que hoje vocês podem estar por cima, amanhã já há outro neste lugar? Por quê?

KO: O mercado independente é muito complicado, mas muito amplo. Engana-se quem acha que ele está abandonado. Bandas se ajudam e se comunicam. Há uma relação bacana. O maior problema é achar lugares para se apresentar e ser respeitado como profissional.
Temos que nos manter sempre atualizados e sempre com novas ideias. Manter uma relação bem próxima ao nosso público e fazer com que isso seja agradável para todos.
Ascensão e queda dependem muito de qual lado você está. Às vezes não estar na grande mídia não quer dizer que você está indo mal. Assim como estar na grande mídia não significa que você está bem. Relativo.

OBC – Quais são as expectativas da banda para o futuro? Shows, singles, EPs, álbuns…

KO: Este ano faremos nosso primeiro aniversário e estamos planejando um espetáculo lindo. Será dia 8 de Novembro, no teatro Alma D’alma, em São Paulo. Vai rolar gravação de DVD e outras surpresas.
O álbum fica para 2015. Poderíamos fazer algo para este ano, mas acho que antes, temos muita gente para alcançar com nosso EP. Um passo por vez.
Quanto a agenda, nos apresentaremos sábado agora (09.08) no Feeling Music Bar, na Vila Mariana em SP. O Show será às 18h. Mais informações estão em nossa página oficial no Facebook.

_________________________________________________________

Assista abaixo a gravação do show de lançamento do EP ‘Voz em Dó – menor’, que aconteceu em Março/2014, no Hangar 110, em São Paulo:


Como o Kio comentou acima em nosso bate-papo, o grupo se apresenta neste sábado (9), no Feeling Music Bar, sediado na Rua Domingo de Morais, Vila Mariana, zona sul de São Paulo.

Os meninos foram uma performance mostrando seus singles, sucessos e novidades da banda. Além da Voz em Dó, também rolará shows com as bandas Depois do Fim, Persia, Trimotor, Flutue, ForLove e Arcade.

SERVIÇO

10567378_667494793333034_1696907122_n

Voz em Dó de volta a Feeling
Data: 09/Agosto/2014
Horário: a partir das 17h
Local: Feeling Music Bar
End: Rua Domingo de Morais, 1739 – Vila Mariana
São Paulo/ SP
Entrada: R$20,00 (antecipado) | R$25,00 (na porta)
Mais info: AQUI

E para conhecer mais sobre a Voz em Dó,  acesse as redes da banda e interaja com os garotos, pois além de ouvir um som de primeiro conhecerá artistas natos, que vivem fazem arte com amor e dedicação aos seus fãs.

FACEBOOK | SOUNDCLOUD | YOUTUBE

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] A Voz da emoção!

1507611_222891704586358_1631826971_n

O pop rock é muito comum baladas com letras melosas e sentimentais, reunindo ambos os gêneros, com uma pegada mais forte nas guitarras e solos exclusivos de bateria.

Pensando por esse lado, os paulistanos da zona leste de São Paulo, da banda “Voz em Dó”, se encaixariam perfeitamente ao estilo, assim como qualquer outra banda, porém os garotos se destacam, pois além de falarem sobre amor e relacionamentos, eles apostam num encalce peculiar e próprio, pois além de produzirem e compôr suas canções, eles escrevem tocando diretamente para seu público, mesmo que involuntariamente. Uma banda que faz música com a alma, para almas e cabeças pensantes, que visam a música em primeiro plano, e não a fama, como muitos por aí.

“Voz em Dó” é mais do que um grupo de garotos que cantam, mas sim um conjunto de músicos que expressam arte e vivem isso 24 horas, mesmo tendo outras atividades paralelas, eles respiram e mantêm essa paixão e a chama sempre acesa, para que sua música seja propagada e compartilhada, tocando não apenas os mais próximos, mas a todos que apreciam a arte a musicar uma poesia.

Confira abaixo o novo single dos meninos, “Dezoito do Seis”:


Aguarde em breve a entrevista faremos com garotos do “Voz em Dó” aqui em nossa embarcação. Mas, enquanto não acontece isso, conheça mais sobre os meninos na página oficial [AQUI], atualizando diariamente pelos próprio integrantes da banda.

Por: Patrícia Visconti