Arquivo da tag: videogames

Sony divulga a lista dos jogos que estarão inseridos no PlayStation Classic

playstation-classic-cultura-nerdica-cn-line-up-810x439

A Sony anunciou nesta segunda-feira (29), os 20 jogos que estarão inclusos na memória do PlayStation Classic, versão miniatura do PS1, anunciada em Setembro de 2018. Continuar lendo Sony divulga a lista dos jogos que estarão inseridos no PlayStation Classic

[Total Flex] Os Retrogamers não estão sozinhos!

Muitos gamers de hoje não começaram com os consoles ou até mesmo com os jogos online, que estão disponíveis pela web, em diversos gêneros e estilos, mas sim jogando em máquinas de Arcades, nos fliperamas e alugando fitas de videogames aos fins de semana, para “maratonar” em casa com seus amigos. Continuar lendo [Total Flex] Os Retrogamers não estão sozinhos!

[Cyber Cult] Exposição apresenta seis décadas de história dos games à Bienal São Paulo

Ele já é considerado a décima arte do mundo, interage e entretém diversos público a décadas, além de educar em algumas circunstâncias, estamos falando dos GAMES.

Começou na última quarta-feira (16), a exposição A Era dos Games, na Bienal, no Parque do Ibirapuera em São Paulo, e lá os aficionados pelos jogos eletrônicos poderão jogar e conhecer um pouco desde os primeiros games até os de realidade virtual, em uma mostra interativa e inovadora, fazendo com que o público viaje por seis décadas na histórias dos games. Continuar lendo [Cyber Cult] Exposição apresenta seis décadas de história dos games à Bienal São Paulo

[8 Bits] 5 Motivos para jogar vídeo-game!

8772.16477-Jogando-video-game

Dessa vez com um texto diferente e até, bem chamativo para quem não lê algo sobre games, e quem sabe, uma curiosidade à parte. Vejamos cinco motivos para você jogar videogame sem medo:

1) É interessante: E como não?
Assim como tem várias pessoas que tem como hobbies ler e escrever, jogar é um hobby deveras interessante. Lhe permite acesso a um mundo novo, como nos livros, onde ao invés de você interagir com o protagonista pela leitura, dessa vez é pelo comando. E ah, vale lembrar que estimula o raciocínio rápido e diversas áreas do cérebro, então, bota interessante nisso.

games2) Elimina o Stress: Afinal,quem nunca chegou em casa cansado, irritado, furioso pela rotina do dia?
É trânsito, chefe marrento, trabalhos e mais trabalhos, e ainda o trânsito da volta para casa. Cansa não é verdade? E dá aquela vontade de jogar tudo pro alto e liberar a fúria. É mais fácil nos games. Apenas escolha um jogo tranqüilo (Nada de jogos que façam passar nervoso!, e desfrute de meia hora na frente da tela. Verá que o corpo relaxa, a mente entra em outro foco e a atenção se torna forte, mas de uma forma suave, mais tranqüila, e o stress, vai embora.

3) Tem para todos os gostos: Você certamente já ouviu alguém dizer que não joga videogame por não se interessar. De certa forma, há sim pessoas que não gostam por não apreciarem, mas tem as que desconhecem que existe game para todo tipo de gosto.
É como livros, tem pessoas que preferem romance do que ficção, os que preferem livros didáticos do que de suspense. Para os games, funciona da mesma maneira: Há quem goste mais dos de esporte do que de ação, os que preferem um bom jogo de tiro do que de corrida, por exemplo.
A lista de jogos é infinita, e seus gêneros, bem diversificados para agradar qualquer público.

34-818x400

4) É para todos: E realmente para todos! No caso, para todas as idades.
Sim, desde crianças que adoram jogos com muitas cores vibrantes e quebra cabeças divertidos, até seus queridos avós que vêem seus netos se divertindo e dançando na frente da TV.
Não só pela lista, novamente, infinita de jogos, mas pela interatividade com pessoas de diferentes idades. É possível sim jogar sozinho, mas fica muito melhor quando a família inteira vem pra se divertir.

5) É algo que evolui: Sim, games, videogames, o universo em geral sobre isso evolui constantemente para poder interagir melhor com cada gamer, e claro, trazer novas pessoas a conhecer este mundo tão fascinante.
Com o tempo, esse mundo fora se diversificando, aumentando seus horizontes e hoje, vemos o vasto mundo que temos dentro de nossas casas, mostrando que ele pode, cada vez mais, evoluir para melhor.

Por: Daniel Barris

[8 Bits] Época de Natal – O que escolher?

papai-noel-jogando-video-game

Natal chegando, e listas de presentes para o bom velhinho já estão repletas de presentes para serem distribuídos na noite de Natal.

Esse ano foi repleto de novidades, sejam eles de novos consoles para nos alegrar, até mesmo games novinhos para serem adicionados à nossa biblioteca. Opções de boa escolha é o que não faltam, mas cabe a você decidir o que será de melhor.

Mas, o que mais importante é a diversão. Portanto, garanta ela para si, e o objetivo está concluído! Seja você feliz com o novo Xbox One, ou o poderoso Playsation 4 ou até mesmo o inovador Nintendo Wii U, cada qual com seus games próprios e característicos!

Aproveito para desejar a todos os games, boa diversão! E um feliz natal à todos!

Por: Daniel Barris

[8 Bit] O que esperar da nova geração?

 photo 10703431_10202468492226248_130199913_o_zps839c642f.jpg

Nossos tão aguardados videogames foram revelados com capacidades acima do esperado, e ainda mais, superaram e muito a expectativa de seus fãs, mas nem todos foram assim, e não vamos citar exemplos. Mas, o mais importante foi que nossas ansiedades foram sanadas, porém mais delas foram criadas.

Pudera! Jogos com temáticas já antigas, mas com novas mecânicas de jogo, tendo um excelente exemplo Assassin’s Creed Unity, onde agora não só teremos a saudosa campanha solo, mas uma nova e bela campanha em grupo, onde é possível concluir o jogo com quatro amigos. Algo que já foi visto em tantos outros jogos, e agora marcando presença nesta franquia de peso da Ubisoft.

Não vamos esquecer da nova sequência de Far Cry, onde agora novos campos serão explorados, mais precisamente no Himalaia, além de uma leve mudança na mecânica do jogo, o que faz o antigo parecer novo. E não para por ai!

Para os fãs da lendária série da Rocksteady, chegará em julho de 2015 (com um delay já dito pela empresa) a conclusão épica desta sequencia: Batman Arkham Knight. Que deve chegar contudo às lojas, e além do mais importante: trará aos fãs do jogo as respostas que tanto aguardavam. Quem será o misterioso Arkham Knight? O que enfim houve com Batman após a morte de seu famoso inimigo? Que planos e alianças nosso Cavaleiro das Trevas encontrará ao longo da trama? Mais e mais perguntas, e a ansiedade crescendo cada vez mais.

E não só os jogos que prometem nesse ano, mas os consoles ficaram cada vez mais poderosos e a maioria aqui já possui uma clara noção das qualidades que cada um traz.

Wii U trazendo clássicos para um mundo HD, Ps4 entregando aos fãs um console inovador,e o Xbox One com seu logo “All In One”, com várias funções em um único aparelho.
Com tudo isso, temos uma ideia de que esta será uma das gerações mais marcantes, mas também nos faz sonhar com as próximas que vivenciaremos.

Por: Daniel Barris

[Cyber Cult – 8 Bits] Videogames – A oitava arte?

Video-Games

Acredito que a maioria (senão todos) os que estão lendo este texto devem ser da minha época. A boa e velha época onde algumas moedas valiam fichas e mais fichas para incansáveis horas de jogatinas em Fliperamas espalhados pela cidade. Seja no velho centro de São Paulo, perto do Minhocão, ou na saudosa região da Lapa. De qualquer forma, não só vocês viveram esta deliciosa época, como também já ouviram de seus pais algo como:

– “Isso não dá futuro!”
– “Videogame influencia as pessoas.”
– “Isto não serve para nada!”

Convenhamos, estas frases deixavam qualquer criança ou amante de um bom videogame triste, e até irritado. Pudera. Naqueles tempos, os tão famosos videogames invadiram a casa de famílias, alegrando a garotada e alguns adolescentes, mas que não apresentavam qualquer outro valor, além de uma “distração”. Podíamos ter lido um livro, andado no parque, mas preferimos adicionar este hobby em nossa lista de afazeres.

Cortando fora a nostalgia e voltando aos agitados dias atuais, vemos que uma das coisas em que com certeza evoluiu nestes últimos tempos, e não só o telefone móvel, o computador, e a informação, vemos que os tão famosos videogames evoluíram de forma rápida, impactante, e para os mais extremos, chocantes. Quer dizer, não só podemos jogar, agora temos em nossas mãos, controles em formas de Tablets, acesso à internet, integração com redes sociais, vídeos, música, mas jamais deixe de esquecer o jogo que podemos nos entreter. Sim, isso é o mais importante, e é isso que mais evoluiu.

Não só o console, com seu design mais simples e suave, mas os jogos aos quais temos extrema familiaridade. Antigamente, eram simples, com comandos e missões simples, que exigiam algum uso de estratégia e pensamento rápido do jogador na hora da tomar a decisão certa, mas temos agora um conjunto completo! Em minha opinião, penso que um jogo, é como um livro: você possui a história, entra nela junto com protagonista (além de vivenciar os fatos como se fosse ele), podemos notar um enredo muito mais elaborado do que antes, com uma história linear incrível, incluindo excelentes músicas, texturas dos cenários de cair o queixo, e o mais importante: a jogabilidade.

Esta sim, é a parte mais importante, pois é esta a diferença que um gamer sentiu durante todos estes anos, sendo o que mais vale a pena em um jogo adquirido pelo mesmo.

Hoje em dia, podemos jogar algo que lide com fatos reais, sendo eventos históricos, ou até algo próximo do nosso cotidiano. E quanto mais algo for próximo de nossa realidade, mais temos a tendência de descobrir algo sobre ele, tendo um desejo de curiosidade sobre isto. Mas claro que não desconsidero os famosos games de fantasias ou de pura ficção, sendo estes mais aclamados e admirados por todos.

Videogame, jogo, game, já são palavras que estão em nossos dicionários pessoais, pelo andar da carruagem, serão coisas que evoluirão cada vez mais.

Por: Daniel Bárris