[Total Flex] Festas Junina – A tradicional festa caipira do Brasil

1402571741

Salve pessoal, essa semana iríamos falar sobre a Virada Cultural, mas como tem diversos sites e publicações falando do evento e nosso boletim não visa pautar o mesmo que outros veículos estão pautando, veio um ‘inside’ aqui e pensamos em porque não falar um pouco de festa junina, uma festa tradicional, que acontece todo
o ano e atualmente é pouco dita na grande imprensa, pois se não tiver o ‘artistinha X ou Y’, a festa ‘mia’.

Por isso, falaremos um pouco das tradicionais festas junina, de como começou essa festa caipira que é dançado em toda a parte do Brasil, principalmente no nordeste, onde a tradição se mantem forte e com os principais ícones do evento, como a quadrilha, as roupas caipiras e claro a enorme fogueira.

A festa junina acontece no mês de junho, e é popularmente a celebração dos santos, Santo Antônio, São João e São Pedro, e a festa que comemoração aqui no Brasil, tem origem de Portugal, já que é um estado bastante cristão e com que segue fervorosamente as tradições da igreja católica.

Essa celebração é importante no Norte da Europa como Dinamarca, Estônia, Finlândia, Letônia, Lituânia, Noruega e Suécia, mas também ocorrem em grande escala na Irlanda, na Galiza, em partes do Reino Unido (especialmente na Cornualha), França, Itália, Malta, Portugal, Espanha, Ucrânia, outras partes da Europa, e em outros países como Canadá, Estados Unidos, Porto Rico, Brasil e Austrália.

A música e os instrumentos usados (cavaquinho, sanfona, triângulo ou ferrinhos, reco-reco etc.) estão na base da música popular e folclórica portuguesa e foram trazidos para o Brasil pelos povoadores e imigrantes do país irmão e as roupas caipiras são uma clara referência ao povo campestre, que povoou principalmente o nordeste do Brasil e muitíssimas semelhanças se podem encontrar no modo de vestir caipira tanto no Brasil como em Portugal.

A decoração das festas junina caipira, são extramamente simples, tem enfeites de papel, bexigas e pólvora. Na cidade de Porto, em Portugal há uma abundância de cores e explosões no céu, o enchendo a noite toda, já as fitas, são típicas do Brasil, mas tem origem da Península Ibérica.

Agora é só pegar o vestido de xita, amarrar as duas trancinhas e partir para a quadrilha, para dançar, cantar e pular fogueira, pois nessa época do ano, uma fogueira é sempre bem vinda, além das comidas gostosas que só fica deliciosa nessa época do ano, como a pipoca, pé de moleque, o quentão para aquecer nas noites de arraial
e tantas outras.



Por Priscila Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s