[Cyber Cult] O Paint vive, o Flash não!

Ele já foi considerado o “Futuro da Internet”, onde muitos designers utilizavam em seus websites para dar para interatividade e criatividade à elas, porém hoje, com o avanço da web 3.0, ele se tornou um peso aos usuários de tablets e smartphones, vinga-se até mesmo em alguns PCs. Estamos falando do Adobe Flash, anunciado na última sexta-feira (25) a sua permanência em nossas máquinas até 2020.

O Adobe Flash Player, ou então, Flash Player é um reprodutor multimídia, criando-se e ampliando a distribuição de imagens à pagina, capacitando a manipulação de vetores e gráficos para a criação de textos animados, desenhos, imagens e até streaming de áudio e vídeo pela internet. Ele foi disponibilizado pela Macromedia, mas que agora pertence à Adobe System.

Seu êxito maior entre os programadores e desenvolvedores web era por permitir uma interação rápida e aplicações de alta qualidade aos demais conteúdo, por isso ele está presente em grande parte dos websites, mas que ultimamente tem perdendo espaço por causa da quinta versão da linguagem HTLM, o HTML 5, mais rápido e eficaz, atendendo também aos usuários d dispositivos de baixa potência, como smartphones e tablets.

Mas, por outro lado, um programa mais querido e ainda bastante usado, que havia sido anunciado sua morte, do eterno PaintBrush (como ele era conhecido em suas primeiras versões), não irá sumir tão cedo, como notificou a própria Microsoft.

O programa já tem mais de três décadas e não fará mais parte integrante do Windows 10, todavia ele poderá ser baixado normalmente e de graça, a partir da loja de aplicativos do sistema operacional.

Tudo começou quando a Microsoft incluiu o aplicativo na lista dos descontinuados, um relação que apresenta os softwares que não deverão mais receber tanta atenção da companhia e poderão deixar de existir em breve, mas a notícia não foi tão recebida pelo público, que no dia anterior a Microsoft voltou atrás e disse que ele continuaria disponível na Windows Store.

Além do mais, a empresa ainda aproveitou para compartilhar uma nova fase do software, o Paint 3D, com funções e recursos superiores, com um foco para uso profissional, com o auxílio de canetas stylus, podendo ser uma ferramenta muito mais completa, mas que também terá suas funcionalidades básicas já existentes na versão tradicional.

Por Patrícia Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s