“Inezita” – A força e a determinação da primeira mulher violeira do país

cantora-inezita-barroso-1414927970891-1920x1280

Ela foi um ícone da cena sertaneja no Brasil por anos. Começou a carreira como cantora na década de 1940, desafiando a família, os preconceitos e a sociedade da época a jovem artista, Ignez Magdalena Aranha de Lima, que depois virou Inezita Barroso, adentrou ao mundo musical.

img-1004361-o-brasil-de-inezita-barroso-mdInezita que sempre levantou a bandeira caipira em sua trajetória, apesar de ter nascida na capital paulista, mas suas raízes eram caipiras, e essa gana em difundir essa cultura fez com que abrisse portas para outras mulheres que vieram depois pudessem cantar e tocar viola. Além do mais, ela sempre foi uma mulher de princípios, se empoderava e mostra ser valor, não deixando a se submeter a nada e nem ninguém.

Todavia, apesar de profissionalmente ela ter entrada no ramo artístico aos 20 e poucos anos, Inezita começou a cantar e tocar viola e violão aos sete anos. Época em que ela se matriculou no conservatório e aprendeu piano. Formada na primeira turma de Biblioteconomia da Universidade de São Paulo (USP).

image-large
Foto por Jailton Garcia

E essa artista gravou 80 discos gravados, entre 78 rpm, vinil e CDs, e mais de 60 anos de carreira como cantora e outras 35 anos, como apresentadora do programa Viola Minha Viola, que se tornou um espaço particular para propagar e difundir a música de raiz, aonde Inezita batia o pé e comprava diversas brigas por admitir apenas a presença de artistas que procuravam manter a tradição do gênero que abraçou.

Além de cantora, a artista também foi atriz de cinema, em um dos papéis ela chegou a a ganhar o Prêmio Saci de melhor atriz de 1955, dirigida por Alberto Cavalcanti. Também foi pesquisadora, folclorista, radialista, professora universitária e, claro, cantora. Mas não só de música caipira, tanto que Paulo Vanzolini dizia que ela era a melhor cantora de samba do Brasil.

E toda essa obra desta artista excepcional, foi apresentada no documentário “Inezita”, realizado pela equipe da TV Cultural, com direção de Hélio Goldsztejn e roteiro de Fabio Brandi, lançada em primeira mão no dia 18 de Outubro, durante a 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e com estreia nacional, nesta quinta-feira, dia 25.

Inezita-Barroso-Sou-Mais-Brasil2

Com participações de grandes nomes da cultura brasileira, seja das dramaturgia ou da música, familiares e amigos da cantora, como Ruth de Souza (atriz), Mary e Marilene Galvão (cantoras), Renato Teixeira (cantor e compositor), Ary Toledo (humorista), Daniel (cantor), Nicete Bruno (atriz), Eva Wilma (atriz), José Hamilton Ribeiro (jornalista e pesquisador), Paulo Freire (violeiro), Zuza Homem de Mello (crítico musical), Rodrigo Faour (pesquisador musical), Wandi Doratiotto (músico), Marta Barroso (filha de Inezita), Paula, Cristina e Fernanda (netas de Inezita), Juliana Andrade (cantora e violeira), Bruna Viola (violeira), Pelão (produtor musical), Joãozinho (músico), Roberta Miranda (cantora), Adriana Sanchez (sanfoneira) e Bosco Fonseca (músico).

Confira abaixo uma prévia resolução de Helio Goldsztejn, na 42ª Mostra Internacional de Cinema:

Sinopse:

Ignez Magdalena Aranha de Lima, a Inezita Barroso (1925-2015), revolucionou a música brasileira. Mas o caminho não foi fácil: ao começar a carreira, ela precisou desafiar a família e lutar por espaço no samba, dominado por homens. Além de cantora, Inezita foi instrumentista, atriz, bibliotecária e apresentadora de televisão, tendo comandado o programa Viola, Minha Viola por 35 anos.

Ficha Técnica:

Realização: TV CULTURA
Direção: Helio Goldsztejn
Roteiro: Fabio Brandi Torres
Produção Executiva: Eneida Barbosa
Edição e Finalização: Solano Marreiros
Sonoplastia: José Antonio Lippo
Imagens: José Elias da Silva
Duração: 85 minutos
Classificação indicativa: 10 anos

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s