The Alienist – Dramas e assassinatos em série na Nova Iorque sombria e horrenda do século 19

original

A mente humana sempre foi algo instigante e perturbador, em que muitos querem entender, mas poucos compreendem seu funcionamento, e aonde entra os pesquisadores e estudiosos especilistas neste assunto para decifrar esse mistério humano e mental. Hoje em dia os psicólogos e psiquiatras tentam entender os problemas psíquicos dos seres humanos, mas há séculos atrás isso era função dos alienistas, pois diziam que quem sofria de doenças mentais eram alienados.

Na série do canal TNT e também transmitido no streaming da Netflix, The Alienist, traz um drama permeado de muito suspense e investigação, baseado no romance de Caleb Carr, mostra uma Nova Iorque do final do século 19 e seus distintos assassinatos, sequestros e crimes hediondos, em que reúne um médico psicanalista Dr. Laszlo Kreizler (Daniel Brühl), o jornalista John Moore (Luke Evans) e a detetive Sara Howard (Dakota Fanning), e juntos adentram em cada caso de forma ímpar e inerente, indo a fundo na investigação e desvendando por completo as ações horríveis e doentias que tomam conta da cidade de Nova Iorque.

O-Alienista-3-temporada

Na primeira temporada, mostra uma série terrível de prostitutos assassinados com frieza e destraza, aonde um mistério ronda a trama, sobre quem é o assassino e quem serão as próximas vítimas, sob uma cidade sombria, desumana e indiferente, mas que soluciona e põe o dedo na ferida, fechando com um enredo completo e objetivo, com cenas belissímas ao melhor estilo gótico nova iorquino, concluindo o seriado com otimismo e designo a trama.

 

No entanto, a segunda temporada, baseada no segundo romance de Carr, “The Angel of Darkness“, entrega algo ainda mais impressionante, com um tema mais árduo e sinistro, traz ao enredo um sequestro e assassinatos de recém-nascidos, que acabaram perturbando não apenas as mães e as famílias envolvidas, mas também a equipe de investigação liderada pela Srta, Howard, permeando caminhos sinuosos e equívocos para um assassino perigoso e ardeloso. Além disso, nessa temporada, a série ganha novos temas e diretrizes, falando sobre questões de provocações para a época, mas que nos dias de hoje também podem ser relevantes, como corrupção de insituições, desigualdade de renda, sensacionalismo midíatico e sobre fundamento das mulheres na sociedade, sobre seus direitos e anseios pessoais e profissionais, que mesmo se passando nos anos de 1890, tais assuntos são tão significativos nos tempos atuais, em pleno século 21.

 

Todavia, nesta temporada apesar de ainda mostrar um tom sombrio e funéreo, traz à cena um romantismo e afeição mais humana dos protagonistas, desde os relacionamentos amorosos, amizade e lírico, mostrando que nem sempre a nossa escolha será nossa felicidade, mas há situações em que abster e focar na amizade vale mais do que viver em sofrimento.

image-asset

The Alienist traz episódios estimulantes e insinuantes, que faz com que o espectador se prenda no decorrer da trama, transposta de mistérios, suspense e segredos que transforma a Nova Iorque do final do século 19, em uma cidade de tensão, terror e emoção, mostrando o poder e a liderança da primeira mulher detetive, enfrentando com igualdade poderosos da cidade.

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s