XX Bienal do Livro Rio bate recorde de público pela primeira vez em formato híbrido

FGg-BXVc-WYAUez9r

No último domingo (12), aconteceu o encerramento da XX Bienal do Livro Rio, que marcou a retomada ao mercado de eventos na capital carioca. O festival contou com cerca de um milhão de visitantes e dois milhões de livros vendidos ao longo dos 10 dias da Bienal do Livro, que começou no dia 4 de dezembro, em formato híbrido, que a curadoria reuniu debates repletos de aprendizados plurais e os conteúdos abraçaram as milhares de pessoas de todas as idades – dos leitores pequenos aos mais experientes. Tudo com muita segurança, conforto e diversão, marcando o sucesso da retomada de eventos culturais na capital carioca.

FGa5-Kq-Xo-A4xr-b

Neste ano a Bienal teve pela primeira vez, mesas de debates da Estação Plural, que também foram transmitidas em tempo real pela plataforma digital, contabilizando 750 mil acessos. Do público presente no Riocentro, 34,5% estiveram no evento pela primeira vez e 50,8% tinham entre 18 e 25 anos. Das 250 mil pessoas que passaram pelos três pavilhões, na Barra da Tijuca, 99% compraram pelo menos um livro.

FGWLPk-SXw-AQGGGV

A Bienal do Livro Rio recebeu mais de 180 convidados, grandes nomes nacionais e internacionais como Lázaro Ramos, Conceição Evaristo, Fabio Porchat, Thalita Rebouças, Ailton Krenak, Julia Quinn, Matt Ruff, Casey McQuinston, Míriam Leitão, Itamar Vieira Junior, Junji Ito, Mariana Enriquez, Gabriela Prioli, Muniz Sodré, Priscilla Alcantara, Bráulio Bessa e muitos outros estiveram presentes nas mesas de debate da Estação Plural. O Espaço Metamorfoses, patrocinado pela Petrobras Cultural, atraiu milhares de crianças, adolescentes e adultos que se encantaram pelo ambiente imersivo, interativo, lúdico e hi-tech, em uma reflexão sobre as mudanças do mundo.

FGb-RAv-GXs-Ao-HFr

Além das mesas mais badaladas da edição, que trouxe a provocação sobre histórias que queremos contar a partir de agora, estão: “Lulu Traço & Verso: 40 anos de carreira”, em que o cantor lançou o songbook com suas músicas ilustradas por Daniel Kondo, para comemorar as quatro décadas de carreira, e criou um karaokê que animou a noite do sábado (04); “Os Novos Rumos da Literatura LGBTQIAP+”, com autores da cena jovem debatendo a literatura queer, esgotando todas as pulseiras de autógrafos; e “Ficção e Realidade no crime”, com debate super atual em torno das narrativas de true crime com Raphael Montes, Ivan Mizanzuki, com a mediação de Mabê Bonafé e Carol Moreira, as apresentadoras do podcast “Modus Operandi”.

FGROc-Ao-Xw-AIz-Uj-W

Claro que a segurança foi o ponto chave durante os 10 dias do evento, que contou com um posto de vacinação em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e vacinou mais de 300 pessoas que ainda não tinham tomado a segunda dose, para que pudessem visitar o festival. Por dia, uma média de 50 pessoas voltaram para casa por não terem apresentado o comprovante de vacinação – exigência do evento.

FGhfdzu-Xw-AQs-Uzn

Em relação à edição de 2019, a Bienal de 2021 teve um aumento de vendas que variou de 20% e 120%, com mais de 85 editoras participantes, sendo a melhor bienal da história do grupo em termos de faturamento, superando a edição de 2015, que contou com a presença de autoras de best-sellers internacionais. O próximo encontro literário do Rio de Janeiro, já está marcado para 2023, no espaço do Riocentro, o centro de conveniência está localizado na Barra da Tijuca, mas antes que acontecer a 21ª edição da Bienal do Livro Rio, e no próximo ano, acontece a Bienal Internacional do Livro, em São Paulo, que acontecerá entre os dias 2 a 10 Julho de 2022, no Expo Center Norte.

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s