Jornal produzido por moradores de rua de Porto Alegre ganha documentário pela diretora Charlotte Dafol

Janeiro-2020-Cr-ditos-Luiz-Abreu

Um dos jornais mais tradicionais das ruas de Porto Alegre, celebra neste ano de 2022, 21 anos de estrada, um veículo feito por jornalista e moradores de rua para dar voz ao povo, denunciando cada injustiça e mostrando um pouco de cada sere humano que mesmo passando necessidade, ainda tem esperança de um dia ter uma vida melhor.

O jornal Boca de Rua foi formado por moradores de rua, que sofreram perseguições e preconceitos, que foram acusados de muita coisa, no inicio do projeto eles perderam diversos apoios e, além de muitos amigos que foram assassinados ou morreram por causa da péssima assistência oferecida para os moradores de rua. Mas eles se manteram fortes e unidos, para mostrar o outro lado que a grande mídia não mostra, fazendo que a população veja, leia e escute o que eles tem a passar, comunicando o lado cultural das ruas.

Capa-Jornal-Boca-de-Rua-cr-dito-ALICE-Reprodu-o-2

Por isso a Charlotte Dafol, organizou uma série de imagens falando sobre o Boca de Rua, no documentário “Olhos Aberto”, que será lançado no próximo mês, exclusivo na plataforma do Youtube e também estará disponível gratuitamente no Vimeo, Bombozilla e Sulflix. O documentário acompanha a luta cotidiana de pessoas em situação de rua na cidade de Porto Alegre.

O jornal Boca de Rua é único no mundo, por ser totalmente produzido por jornalistas-jornaleiros que habitam espaços públicos da cidade. O longa apresenta entrevistas de colaboradores do informativo trimestral e aborda questões como injustiças, violência, drogas, saúde pública e preconceito nas ruas da Capital gaúcha. As imagens foram captadas pela prórpia diretora, com ajuda no set de Annekatrin Fahlke, assistente de direção, e de alguns voluntários.

Making-of-De-olhos-abertos-com-diretora-Cr-dito-foto-Annekatrin-Fahlke

Por coincidência, as filmagens iniciadas em janeiro de 2019 terminaram exatamente em 5 de maio daquele ano. O longa participou de 25 festivais em dez países e recebeu dois prêmios: prêmio do júri popular do Festival de Cinema da Fronteira (Brasil) e melhor documentário do Festival Inffinito (EUA).

A pós-produção teve a intervenção de profissionais da área. A montagem é de Alfredo Barros, com desenho de som de Juan Quintáns e finalização de imagens Raoni Ceccim. Ponto forte da produção, a trilha musical conta com diversas colaborações e composições originais de Rafael Sarmento, Marcelo Cougo e Paulo Bettanzos. O trailer tem assinatura de Douglas Roehrs.

cart-o-de-olhos-abertos

O documentário estreia dia 5 de maio, mas no dia 4 a diretora participará de uma live a partir das 19 horas, no Instagram oficial do longa, para bater um papo com a jornalista e pesquisadora Carol Zatt e integrantes do Boca de Rua. O longa entra no Youtube à meia-noite de quarta para quinta-feira. O filme poderá ser assistido gratuitamente nesta plataforma.

Serviço
Documentário “De Olhos Abertos” para assistir online:
Disponível no Youtube a partir de 0h de 5 de maio de 2022 (qui)

Mais informações sobre o documentário, acesse os endereços abaixo:

Site | Instagram | Facebook

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s