Arquivo da categoria: cultura

[Total Flex] Comic Con Experience trouxe cultura e ‘nerdice’ a capital paulista

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Dezembro mal começou e o primeiro fim de semana do último mês do ano já se mostrou épico, principalmente aos geeks e amantes da cultura pop, que se deleitou com a segunda edição da Comic Con Experience, que aconteceu dos dias 3 a 6, na Expo São Paulo, antigo Expo Imigrantes.

Foto por: Patrícia Visconti
Foto por: Patrícia Visconti

Havia super-heróis, vilões, escritores, quadrinistas, atores e produtores, todos de alto padrão cultural e simpatia, todos se divertindo e curtindo aquele fim de semana que ficará na memória dos aficionados pelo universo dos quadrinhos, games, séries, filmes, etc.

por: Frank Miller
por: Frank Miller

Principalmente da grande atração do evento, que também assinou o pôster oficial da CCXP, sem duvida a atração mais aguardada pelos fãs de HQs, o autor e desenhista de histórias em quadrinhos, Frank Miller, que levou quase dez mil pessoas frente ao telão próximo ao auditório principal para assistir a seu tributo, ofertado pelos organizadores da feira, além é claro, de vê-lo passar pelo tapete vermelho, onde passaram artistas como, Jim Lee, Anna Popplewell, Evangiline Lilly, Misha Collins, John Rhys-Davies, Gerard Way, o elenco das séries Sense 8, The Rediculous e Jessica Jones, entre outros como DanDio, David e Meredith Finch, Hiro Kiyohara, Mark Waid, Maurício de Sousa, Rafael Albuquerque, Ziraldo, etc.

Filas quilométricas, auditórios abarrotados de gente, esbarrões de ombros a cada caminhada pelos corredores, não eram um empecilho para que o público se estressasse na convecção, que podia encontrar cosplyers, dos personagens favoritos dos frequentadores do evento, fãs enlouquecidos para chegar pertinho de seus ídolos e claro, nerds de montão.

Foto por: Priscila Visconti
Foto por: Priscila Visconti

Um evento que reuniu cerca de 120 mil notórios da cultura pop geek em São Paulo, que nem parecia que essa era apenas a segunda edição, já que de 2014 para esse ano, a CCXP deu um UP da feira, em trazer ao Brasil tudo de mais novo e recente prestes a ser lançado, provocar ao público a uma experiência nova a cada acontecimento, levar os produtores, estúdios e artistas próximos a seus fãs, e sem duvida de que essa prática foi de grande valia a ambas as partes, pois a partilha de amor e dedicação daqueles que o inspira vale mais do que apenas aos que bajula.

Foto por: Patrícia Visconti
Foto por: Patrícia Visconti

E assim, foi a Comic Con Experience, um evento de compartilhamentos e gratidão, uma dedicação ímpar pela mesma obra, mas sem um querer ser mais que o outro e nem desmerecer o trabalho alheio, mostrando que com humildade, paciência e perseverança são as palavras chaves para um ser humano prosperar com dignidade e igualdade. E para o próximo ano, a equipe da CCXP espera crescer ainda mais, propagar a cultura geek ainda mais pelo país, trazendo os nerds como centro das atenções na sociedade.

Por: Patrícia Visconti

[Cabine Flex] Fábrica da Cultura realiza seminários para propagar o cinema alternativo na periferia de São Paulo

blog-woa17

Como todos sabemos ontem foi o dia de cinema em nossa embarcação, porém sempre é bom propagar o que a grande mídia não pauta, além do mais os cinéfilos adoram um plus sobre a sétima arte.

Não é de hoje que a periferia e os bairros mais longínquos dos centros das grandes metrópoles é “carente” de cultura além da apresentada nos circuito comercial, como shopping centers ou filmes transmitidos pela TV aberta no horário nobre, porém há sempre aqueles que buscam agregar cultura fora da caixa, e transportar àqueles que não possuem esse discernimento desta erudição.

10418514_1455266901425157_8710547009901655769_nFoi o que a jornalista e moradora do bairro de Taipas, região norte de São Paulo, Jéssica Costa, 23, tentou trazer em um artigo (veja aqui) sobre a estreia do Cine Belas Artes para o Blog Mural, – afiliado ao site do jornal Folha de São Paulo – onde ela mesmo dita sobre as dificuldades que os amantes do cinema na periferia têm para acompanhar o que surgia de novo, fora do circuito comercial. Todavia a repercussão foi tão extrema que ela foi convidada pela Fábrica da Cultura para ministrar um seminário sobre “A aproximação do cinema à periferia“, que percorrerá por todo o mês de setembro por diversos bairros periféricos, como Belém, Sapopemba, Tiradentes, Itaim Paulista e Curuçá, despertando a reflexão e o estímulo do cinema como incentivo cultural, fazendo com que os participantes compreendam os elementos audiovisuais, interprete um roteiro, propague a discussão do conteúdo apresentado nos seminários, tornando os cinéfilos da periferia críticos convictos da sétima arte.

Nestes encontros serão mostrados um longa-metragem fora do circuito comercial, e após disso haverá debates e bate-papos sobre o mesmo, relatando a história do cinema, além do contexto histórico, dando novas diretrizes perceptivas ao espectador.

Essa ideia não surgiu apenas por este artigo, já que Jéssica sempre foi uma apaixonada por cinema e moradora de bairros longínquos do centro sempre buscou alternativa para conhecer filmes diferentes e fora daqueles exibidos nos cinemas dos shopping centers e também, daqueles apresentados na televisão, buscando e conhecendo mais sobre o assunto em sites especializados e em mostras na região central de São Paulo, e hoje visa essa oportunidade para compartilhar com outros adoradores desta arte, mas que não possuem as mesmas ferramentas que ela, mas contemplam a mesma ânsia em buscar o diferenciado e não convencional.

Cada encontro a jornalista apresentará um filme diferente, qual irá gerar um debate sobre o mesmo, e uma discussão sobre a produção, a arte e propagação destas obras junta à periferia.

Segue abaixo o dias e horários de quando acontecerá os seminários:

SERVIÇO

Fábrica da Cultura apresenta:
“Aproximação do Cinema à Periferia”

06/09/2014 – Parque Belém
Horário: 16h às 18h
Exibição do filme: “A Onda”
End: Av. Celso Garcia, nº 2.231 – Portaria 1 ou Rua Nelson Cruz – Portaria 2, na altura do nº 2.200 da Av. Celso Garcia, São Paulo/ SP.

06/09/2014 – Sapopemba
Horário: a partir das 19h30
Exibição do filme: “O Fabuloso destino de Amélie Poulain”
End: R. Augustin Luberti, 300 – Fazenda da Juta, São Paulo/ SP.

13/08/2014 – Tiradentes
Horário: a partir das 19h30
Exibição do filme: “A Viagem de Chihiro”
End: Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281 – São Paulo/ SP.

20/09/2014 – Itaim Paulista
Horário: a partir das 19h30
Exibição do filme: “Clube dos Cinco”
End: R. Estudantes da China, 500 – Itaim Paulista, São Paulo/ SP.

23/09/2014 – Curuçá
Horário: a partir das 19h30
Exibição do filme: “Clube da Luta”
End: Rua Pedra Dourada, 65. Próximo a Avenida Nordestina (altura do nº 5800), São Paulo/ SP.

Os ingressos são gratuitos, porém limitados e devem ser retiradas uma horas antes do evento na recepção;

Por: Patrícia Visconti

[Total Flex] Projeto Via Brasil fomenta o intercâmbio da cultura brasileira

2014 será o ano do Brasil, além dos eventos que acontecerão aqui em nosso país, que somará visibilidade por todo o Planeta, o país ainda será homenageado em outros países no mundo, como por exemplo, o intercâmbio da cultura brasileira, que acontecerá ao longo deste ano no Wexner Center, galeria de arte contemporânea da Universidade de Ohio (Estados Unidos), que está realizando uma iniciativa interdisciplinar intitulada Via Brasil.

O projeto visa apresentar a diversidade cultural da nação brasileira, promovendo uma troca internacional da universidade com a arte e cultura do Brasil. Além do mais, o Wexner Center há uma gama integrada que abrange diversos nichos da nossa cultural, como exposições, filmes, vídeos, educação, juntamente com programações complementares do departamento de artes cênicas, tendo por fim, promover a compreensão e apreciação da arte contemporânea brasileira.
A mostra exposta ao projeto é um resultado de quase três anos de pesquisa e viagens de curadores da universidade, passando pelas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte, entre outros lugares, conhecendo o trabalho de artistas, curadores e críticos brasileiros. Uma investigação da cultura brasileira atual, através de uma perspectiva de costumes, mostrando uma ampla e vasta programação cultural no Brasil.
Para mais informações acesse o site do Ministério da Cultura, e confira os editais a serem apresentados durante o projeto.

OBC Awards 2013

O ano de 2013 começou devagar, mas com o passar dos dias muitas novidades foram surgindo, assim como as parcerias, os talentos, as revelações, etc. E este ano que chega ao fim, mais um OBC AWARDS será apresentado os TOPs da nossa embarcação.

Teve música de montão, cinema de qualidade, literatura e poesia, bastante novidades musical e também na interpretação.
Arte que provavelmente vocês iriam ver em outro lugar, já que são talentos brutos e puros, sem intervenções da grande indústria fonográfica, artistas que respiram arte 24 horas por dia, e não se importam apenas em lucrar, mas sim propagar a sua obra.

Então se prepara, pois chegou a hora de conhecer os melhores de 2013 no OBC:

Livro: “Europa na Mochila” – Nil Marques
Autor: Thiago Bechara

Novidades Tecnológicas: Microsoft compra Nokia

Atriz: Kaminsky Ribeiro
Ator: Renato Marckos
Peça teatral ou Musical: “Cabaré – Um espetáculo de dança”
Filme: Hobbit – A Desolação de Smaug

Cantora: Camila Garófalo
Cantor: Uirá França
Rapper e MC: Yan Nick
Banda: PrásKbças Music

Integração de música e arte na obra: Gabriel Gariba

Álbum do Ano: “Hoje” – Godasadog
Música do Ano: “Sobras” – Camila Garófalo
Turnê do Ano: “La Buena Onda” – Rapha Moraes

Revelação no Cinema: Marco Dutra
Revelação musical: Rapha Moraes

Essas foram as nossas apostas para relembrar 2013, e com certeza serão bastante lembrados em 2014, pois talento é algo que nasce consigo, ninguém compra.

Boa festas à todos amigos, colegas, tribulantes e navegantes do nosso barco, e no próximo ano estaremos aqui novamente, compartilhando e propagando o mundo das artes, da música, da literatura e da cultura em geral.

Até mais, pessoal!

[Caixa de Som] Música é o que não vai faltar nessa Virada Cultural

Já que hoje é dia de música, e nessa semana nossa embarcação está ancorada na programação da Virada Cultural, que acontece neste fim de semana (sábado [18] e domingo [19]) em vários pontos da cidade de São Paulo, com diversas atrações culturais e claro, musicais também, que mobilizarão a megalópole inteira.

Serão diversos palcos espalhados pelo centro de São Paulo, além de atrações que ocorrerão em centros cultural e nas unidades do Sesc.

Do rock ao MPB, passando pelo rap, reggae, samba,funk, brega e clássica, e claro, não se esquecendo dos DJs que farão o público dançar nas pistas de eletrônico até o anoitecer do domingo (19).

Música para todos os gostos e estilo, que não deixará ninguém parado ou sentado no sofá. É só se localizar seu estilo de música favorito, e embarcar nessa cultural.

Confira a programação musical da Virada:

PALCO COPAN – IPIRANGA

Dia 18
18h00 Abertura – Carreata Burlesca
19h00 Thiago Pethit
20h35 Fernando Zauben – Ópera Monster
21h15 DJ Luiza K
22h00 Agnaldo Timóteo
23h00 DJ Luiza K
23h30 Frenéticos Molhados e Croquetes

Dia 19
00h15 DJ Luiza K
01h00 Dimmy Kier
01h45 DJ Xerxes
02h45 Giselle Kenj
03h15 DJ Xerxes
04h30 DJ Lucas Perereco e apresentações circenses
05h30 DJ Xerxes
06h00 Revaueville
07h00 Cabaret Gay – Por Silvety Montilla
07h45 DJ Luiza K
08h00 Tonani Live Singer
08h50 DJ Luiza K
09h00 Mustache e os Apaches
10h00 Anna Gelinskas
10h45 DJ Xerxes
11h00 Yara Marques | Gafieira
11h50 DJ Xerxes
12h00 Eloy Nunes | Duda Ribeiro | Renato Siqueira
12h45 DJ Luiza K
13h30 Monique Maion
14h15 DJ Xerxes
15h00 Marisa Orth
16h00 Cida Moreira cantando Iggy Pop e Tom Waits
16h45 DJ Xerxes
17h00 Elke Maravilha
17h45 DJ Xerxes
18h00 Rita Cadillac

PALCO PRAÇA PEDRO LESSA

Dia 18
22h00 Cido Garoto e Cururu de Sorocaba
23h00 Batuque de Umbigada

Dia 19
00h00 Nega Duda e o Samba do Recomcavo Bahiano
01h00 Batuntã
02h00 Instituto África Viva
03h00 Sambaqui
04h00 Teatro Popular Solano Trindade
10h00 Orquestra de Berimbaus
11h00 Os Favoritos da Catira
12h00 Fandango de Chilenas dos Irmãos Lara
13h00 Fandango de Tamanco de Cuitelo
14h00 Urucungos, Puítas e Quinjengues

PALCO LARGO DO AROUCHE

Dia 18
19h00 Luê
21h00 Sarajane
23h00 Sidney Magal

Dia 19
01h00 Kaoma
03h00 Luiz Caldas
05h00 Banda Uó
07h00Movimento Roda de Curimbó – Chico Malta
09h00Lia Sophia
11h00 Bloco Carnavalesco Ilê Aiyê (show e saída do cortejo)
13h00 Gerônimo
15h00 Felipe Cordeiro + Manoel
17h00 Fafá de Belém

MERCADO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

Dia 18
18h00 Conjunto Retratos
20h00 Ana Bernardo & Choro Expresso
22h00 Regional do Véio

Dia 19
00h00 Barão e Sua Gente – As últimas do lado B
02h00 Choro, Seresta & Cia. – participação: Bruna Rodrigues
04h00 Roberto Seresteiro & Regional Imperial
06h00 Nosso Clube
08h00 Conjunto PBC – Praça Benedito Calixto
10h00 Choro do Alemão
12h00 Choro da Contemporânea
14h00 Trio que Chora
16h00 Izaías e Seus Chorões

PALCO 25 DE MARÇO

Dia 18
18h00 Ritmistas, Jorge Mautner e Kassin
20h00 Lucas Santtana
22h00 Meta Metá

Dia 19
00h00 Hurtmold
02h00 Cabruêra
04h00 Lirinha
06h00 Vanguart
08h00 Mombojó
10h00 Passo Torto
12h00 Jesuton
14h00 Tatá Aeroplano
16h00 Céu
18h00 Otto

PRAÇA DA REPÚBLICA

Dia 18
18h00 Raça Negra
20h00 Leandro Lehart
22h00 Rappin Hood f.c

Dia 19
00h00 Lonnie Liston Smith (EUA)
02h00 Marcos Valle
04h00 Hyldon e Azymuth
06h00 Sinfonia Urbana
08h00 Fábio Silva e Kleber Augusto
10h00 Mario Sérgio
12h00 Sombrinha
14h00 Almir Guineto
16h00 Jorge Aragão
18h00 Bira Presidente e Fundo de Quintal

PALCO SÃO JOÃO

Dia 18
18h00 Lobão
20h00 Billy Cox com participações especiais de Edgard Scandurra e Taciana Barros
22h00 The Central Scrutinizer + Bobby Martin (EUA)

Dia 19
00h00 Mondo Generator (EUA)
02h00 Chorão Eterno – A Banca
04h00 Mão Morta (Portugal)
06h00 Soft Moon (EUA)
08h00 Anjo Gabriel
10h00 Rebeca Matta
12h00 Madame Saatan
14h00 James Chance & Les Contortions (EUA)
16h00 Nektar (UK)
18h00 David Jackson (UK) + ACB (Itália) – Van der Graaf Generator

PALCO JÚLIO PRESTES

Dia 18
18h00 Daniela Mercury e Zimbo Trio
21h00 Gal Costa

Dia 19
00h00 Black Star (EUA)
03h00 George Clinton e P. Funk (EUA)
06h00 Elza Soares e Gaby Amarantos
09h00 Renato Teixeira e Sérgio Reis
12h00 Criolo
15h00 Racionais MC’s
18h00 Jorge Drexler

PALCO ESTAÇÃO DA LUZ


Dia 18
15h00 Barbatuques apresenta Tum Pá
17h00 Banda Mirim apresenta Radio Show
19h00 Palavra Cantada
21h00 Lingua de Trapo – diga 33
23h00 Fernandez Fierro (Argentina)
Dia 19
01h00 Rascacielos (Argentina)
03h00 El arranque (Argentina)
05h00 Juana Fé (Chile)
07h00 34 puñaladas (Argentina)
09h30 Peixonauta
12h00 Kleiton e Kleidir e Grupo Tholl apresentam Par ou Ímpar
14h00 Pequeno Cidadão
16h00 André Abujamra apresenta Arca de noé
18h00 Bixiga 70 e convidados apresentam Saltimbancos
THEATRO MUNICIPAL

Dia 18
18h00 Orquestra Sinfônica Municipal
21h00 Fagner
Dia 19
00h00 Odair José
03h00 Ângela Rô Rô
06h00 Walter Franco
09h00 Wanderléa
12h00 Jorge Mautner
15h00 Eumir Deodato
18h00 Som Imaginário (Autorização Trem Mineiro)
PÁTIO DO COLÉGIO – PALCO VANZOLINI

Dia 18
18h00 Ligiana Costa e Letieris Leite
20h00 Surdomundo Imposible Orchestra
22h00 Iconili
Dia 19
00h00 The Fringe (EUA)
02h00 Wordsong (Portugal)
04h00 Osso Vaidoso (Portugal)
06h00 Trio Corrente
08h00 Sizão Machado – Homenagem a Moacir Santos
10h00 Grupo Dagadana (Polônia)
12h00 Pharoah Sanders & São Paulo Underground
14h00 O Samba do Rei do Baião – Socorro Lira, Oswaldinho da Cuíca e do Acordeon
16h00 Paulo Vanzollini – homenagem
19h00 Renato Braz + Proveta e Edson Alves
PALCO RIO BRANCO – A RUA É SHOW

Dia 18
18h00 Dj Ninja e Mc Jack
18h40 Pepeu
19h10 1° Rodada de Batalha dos Beats.
20h10 A Turma da São Bento (B. Boys, Dj’s e Mc’s)
21h20 Nelson Triunfo e o Grupo Funk & Cia
22h30 Emicida
23h50 KL. Jay
Dia 19
01h00 Dj. Hum e Convidados
02h10 Edy Rock
03h40 kaion
05h00 Dj Gringo
06h20 Dom Billy e o grupo de Repente + Dj. Jack
07h20 Thiago Predador
08h00 Sombra
09h10 Prodígio
10h10 João Paraíba
11h10 2° Rodada de Batalha dos Beats
11h50 Banda Zuluz
13h20 Região Abissal
14h20 MC e DJ Rizada e convidados
15h00 Causa P.
16h00 Oliveiras de Panelas
17h00 Grupo Inquérito
18h00 Carlos Dafé e Banda
PISTA LARGO SÃO FRANCISCO – NOITE VIVA

Dia 18
18h00 Paulinho Boghosian
20h00 Anderson Noise
21h00 Eli Iwasa
22h00 Dre Guazelli
23h00 Du Serena
Dia 19
00h00 Paula Chalup
01h00 Victor Ruiz
02h00 Mau Mau
04h00 Renato Lopes
05h00 DJ Thomash | Thomas Voodo
06h00 Boss in Drama
07h00 Database
08h00 Killer On The Dancefloor
09h00 E-cologyk
10h00 DISCO BABY
13h00 Nuts
14h00 Zegon
15h00 Michel Saad
16h00 Junior C
17h00 Renato Cohen
PISTA RUA MAUÁ

Dia 18
18h00 MC Diamante
18h10 DJ João Gil
19h00 DJ Viviam Marques
19h30 DJ Typa
20h30 DJ Cinara
21h30 DJ R-Jay
22h30 DJ Xis
23h30 Angel Keys
Dia 19
00h00 Gaby e Grupo
00h30 Thaide & Ana P. MC
01h00 Magi Five
01h30 DJ katatau
02h30 DJ Silvinho
03h30 DJ Marks Antonine
04h00 DG
04h40 DJ Lobato
05h20 DJ Child
06h00 DJ Tom Black
07h00 DJ Black
08h00 Ubang
09h00 DJ Murilo e Marcel
10h00 DJ Thiago Lock 89
11h00 Klebão Captania 33
12h00 DJ RM Campeão Mundial DMC
13h00 DJ Fabiho BW
14h00 DJ Sylvio Muller
15h00 DJ Jay
16h00 DJ Betão Grooves
17h00 DJ Granma Sterney
18h00 Encerramento com Jam Session
PISTA RUA DOS GUSMÕES

Dia 18
18h00 Kultur Tour
20h00 Sessão Filmes (Alemanha)
Dia 19
14h30 DJ Abud
15h30 DJ Tahira (Green Sunset MIS)
16h30 DJ Thomash (Voodoohop)
PISTA MAJOR SERTÓRIO

Dia 18
18h00 Danilo Moraes
20h00 Layne Salles
22h00 Julião
Dia 19
00h00 Welldex
02h00 Mandraks
04h00 Bunnys
06h00 Kadosh
08h00 Basset
10h00 Yes America
12h00 Rocky Live (Israel)
14h00 Snoop
16h00 Dai Ferreira
CORETO RUA ANTONIO PRADO – BOLSA

Dia 18
18h00 Dona Inah e Cadeira de Balanço
19h30 Giana Viscardi e Quinteto
21h00 Juliana Amaral
22h30 Kolombolo e Toinho Melodia
Dia 19
00h00 Adriana Moreira
01h30 Ione Papas – sambas e ijexás
03h00 Railidia – Batuques e Cantorias
10h30 João Borba
12h00 Carmem Queiroz
13h30 Anaí Rosa e Cochichando
15h00 Bula na Cumbuca
16h30 Inimigos do Batente
PALCO BARÃO DE LIMEIRA
Dia 18
19h00 Paulo Diniz
21h00 Homenagem a Marku Ribas
23h00 Abayomy Afrobeat Orquestra
Dia 19
01h00 Rita Benneditto
03h00 Dionorina e Banda Cativeiro
05h00 Carlton Coffee (UK)
07h00 Satelite Kingston (Argentina)
09h00 Nyabingh chants + Priest Tiger – (BR-Jamaica)
11h00 Dub Tropical + Alexandre Natiruts
13h00 The Bob’s
15h00 Sine Calmon e Morrão Fumegante
17h00 Baiana Sound System
PRAÇA DO PATRIARCA

Dia 18
18h00 Trio Juazeiro
19h45 Trio Alvorada com Rouxinol Paraibano
21h30 Tiziu do Araripe com Fuba de Taperoá
23h15 Diego Oliveira
Dia 19
01h00 Trio Sabiá
02h45 Ó do Forró
04h30 Dona Zaíra
06h15 Os 4 Mensageiros
08h00 Trio Xamego
09h45 Sinha Flor
11h30 Lino de França
13h15 Pé de Mulambo
15h00 Trio Virgulino
16h45 Trio Dona Zefa
PRAÇA DOM JOSÉ GASPAR

Dia 18
19h00 Beto Betrami
21h00 Guilherme Ribeiro
23h00 Juliano Beccari
Dia 19
01h00 Pedro Henrique Calão
03h00 Pepe Cisneros
05h00 Leo Mitrurlis
07h00 Christiane Neves | Mercado Mundo Mix
09h00 Débora Gurgel
11h00 Newton Zago
13h00 Mario Moita
15h00 João Carlos Assis Brasil
17h00 Laércio de Freitas
PALCO CÁSPER LÍBERO – BRASIL

Dia 18
18h00 Negro Leo
19h20 Chinese Cookie Poets
20h40 ruído/mm
22h00 Graveola e o Lixo Polifônico
23h20 Criolina
Dia 19
00h40 Dingo Bells
02h00 Vaudeville
03h20 Godzilla
04h40 Ex Exus
06h00 Jonnata Doll & Garotos Solventes
07h20 A Banda de Joseph Tourton
08h40 Sol na Garganta do Futuro
10h00 Apanhador Só
11h20 Burro Morto
12h40 The Baggios
14h00 Strobo
15h20 Porcas Borboletas
16h40 Vitoriano
PALCO CÁSPER LÍBERO – SÃO PAULO

Dia 18
18h40 Elma
20h00 Tigre Dente de Sabre
21h20 Aeromoças e Tenistas Russas
22h40 Jenni Sex
Dia 19
00h00 Vespas Mandarinas
01h20 Bits do Além
02h40 Mickey Junkies
04h00 Fábrica de Animais
05h20 As Radioativas
06h40 Harry
08h00 Astronauta Pinguim
09h15 Chimpanzé Clube Trio
10h40 NLO
12h00 Laya Lopes
13h20 Fabio Góes
14h40 Bárbara Eugênia
16h00 Andrea Dias
17h20 Juliana R
BIBLIOTECA MARIO DE ANDRADE – AUDITÓRIO

Dia 18
18h00 Apresentação musical – Elfateh Hussain
Contação de histórias – Narrativas árabes, africanas e sul-americanas
Hafiz Abdel Rahman (Sudão)
19h00 Apresentação musical com Dr. Elfateh Hussain
CATAVENTO ESPAÇO CULTURAL DA CIÊNCIA

Dia 19
15h00 Banda Paralela
CTN – CENTRO DE TRADIÇÕES NORDESTINAS

Dia 18
12h00 Shows de Música e Eventos Culturais da Tradição Nordestina
Dia 19
12h00 Shows de Música e Eventos Culturais da Tradição Nordestina
MASP

Dia 19
15h00 Coral Jovem do Estado de São Paulo
PRAÇA VICTOR CIVITA

Dia 18
15h00 Ponto pro Rock na Praça
SHOPPING LIGHT

Dia 18
19h00 Musical inspirado no filme Grease
21h30 Musical inspirado no filme Grease
22h30 Elvis Cover- Elvinho
Dia 19
00h00 Banda Elcio Julio Musical Bands tocando especiais dos anos 60
14h00 Teatro Infantil
15h00 Aulas de dança com tema Anos 60
16h00 Música ao vivo seguindo a temática dos anos 60
20h00 Banda Elcio Julio Musical Bands tocando especiais dos anos 60
LADEIRA DA MEMÓRIA

Dia 18
18h00 Ilú Egba
20h00 Umoja
22h00 Batucada Tamarindo
Dia 19
00h00 Flor de Aroeira
02h00 Jongo Dito Ribeiro
04h00 Votubumba
06h00 Samba de Roda Irmãos
08h00 É di Santo
09h00 Folikan
10h00 Congada Mestre Ditinho
12h00 Estrela do Terceiro
13h00 Taiko Kodaiko
15h00 Arrastão do Beco
17h00 Bongar (PE)
PALCO CORONEL FERNANDO PRESTES

Dia 18
00h00 Umoja – Noite dos Tambores
PALCO IPIRANGA X SÃO JOÃO

Dia 18
22h00 Jongo do Tamandaré
23h00 Grito da Noite
Dia 19
00h00 Samba Caipira
01h00 Samba de Roda de Pirapora do Bom Jesus
02h00 Samba Lenço de Piracicaba
PISTA ALFREDO ISSA

Dia 18
18h00 DJ Wesley
19h00 DJ Pica Pau
20h00 DJ Pedrinho
20h40 DJ Grazy (Rio)
21h20 DJ Kiko (Rio)
22h10 DJ Ahlemonstro
23h00 MC Boy do Charme
Dia 19
00h00 DJ Zé Colméia
01h00 MC Back Dbill F3
01h40 MC Nego Blue
02h20 Pulse 011
03h00 Kondzilla
04h00 DJ QAP
05h00 MC Sexy
05h30 Henrico
06h00 Xapa DJ Puff e Dj Tonelada
06h30 Negão da ZL
07h00 DJ Formiga | DJ Jota Effe (Rio)
08h00 DJ Fernandinho
09h00 DJ Xenon
10h00 DJ Bola (Rio) | DJ Gordinho Lazer Digital
11h30 MC Xara
12h00 Mulher Pera
13h00 Menor do Chapa
13h40 MC DPJ
14h10 Tio Fresh & Convidados
15h10 MC Dede
15h50 MC Guimé
16h40 DJ Marlboro
PISTA MARECHAL RONDON

Dia 18
18h00 Dubversão
PISTA PRINCESA ISABEL

Dia 18
18h00 Jonas Rosio
19h30 Daniel Moraes
21h00 Edu Lima
22h00 Fabio Leal
23h30 Element
Dia 19
00h30 Easy Riders Live! (Israel)
01h30 Gui Milani
03h00 Flegma Live! (Sérvia)
04h00 Zyce Live! (Sérvia)
05h00 Ectima Live! (Sérvia)
06h00 2012 Live!
07h00 Thaty vs Livia
08h30 Pragmatix Live! (Argentina)
09h30 Men 2 Deep Live!
10h30 Rica Amaral
12h00 Musatti
13h00 S-Range Live! (Suécia)
14h00 Time In Motion Live! (Dinamarca)
15h00 Rocky Live! (Israel)
16h00 Vidigal
PISTA RUA DOS PROTESTANTES

Dia 18
18h00 Voodoohop
Confira a programação completa das atrações das unidades do Sesc no site oficial.
E para conferir as demais atrações da Virada Cultural 2013, confira nas outras editorias de nossa embarcação – Cantinho Literário | Cyber Cult | Total Flex.
Agora é só programar e curtir São Paulo de um jeito bem cultural!

[Total Flex] As palavras Constroem

Total Flex de hoje fala da importância da leitura para o crescimento cultural da população.
Os novos aparelhos eletrônicos dominaram o mercado nos últimos tempos, com isso se pensou que ocorresse uma tendência do estimulo a leitura, mero engano. 

De acordo com o Instituto Pró-Livro/Ibope Inteligência, 2011, que realizou uma pesquisa nomeada “Retratos da Leitura no Brasil” revelou que ler era a quarta atividade mais apreciada pelos brasileiros no seu tempo livre, média de livros lidos por brasileiros nos últimos anos é a baixo da média mundial, cerca de 1,8 livros por ano, enquanto na Colômbia a media atinge o índice de 2,4 e nos Estados Unidos encontramos uma média de 5,1 ou seja os brasileiros não se atraem tanto pelo mundo dos livros, embora o Brasil seja um país com vários autores reconhecidos como Machado de Assis e José Alencar que são nomes clássicos da literatura no país.
Ler faz com que pessoas aprendam a formular suas próprias opiniões, estimula a crítica construtiva e contribuem para que novas ideias sejam formadas e lançadas rumo às melhorias da sociedade. Quando uma população ler ela não se submete a seguir por um sistema imposto pelos seus governantes, ela quebra qualquer tipo de tabu e luta por aquilo em que acredita. Cidades do interior do país são amostras grátis do que a falta da leitura pode levar, muitas vezes discursos com alto teor de politicagem hostil e decadente encanta a metade da população, que por sua vez elege candidatos sem o menor preparo para conduzir as cidades.
Hoje a leitura de sites, blogs, jornais impressos ou eletrônicos devem ser feitos com frequência, a seleção de livros clássicos ou até mesmo com abordagens poucos mais despojadas mas que leva o leitor a refletir precisam se tornar hábito, uma dica para uma leitura leve e que aborda conteúdo atual e contribuí com a opinião bem fundamentada é o livro da autora Valéria Piassa Polizzi “Depois daquela Viagem”, o livro possuí uma abordagem leve e descontraída que conta a história da própria autora, uma jovem que precisou aprender a conviver com a AIDS.
A história se passa em um cenário que pode fazer com que várias pessoas se identifiquem e ajude na convivência com vários tipos de obstáculos que encontramos em nosso dia a dia, seja de alguma doença ou realmente de algum problema de difícil solução. Com o livro se pode fazer uma nova análise das crendices, repensar valores e mudar velhos conceitos, a contribuição para a formação enquanto pessoa e profissional é evidente, ler ainda pode sim ser considerado um santo remédio.
Vai fazer o que hoje? Então aproveite tire um tempinho e faça uma boa leitura e seja feliz.

[TOTAL FLEX] Veja Cultura: Teatro na Bahia

por Estela Marques

Da esquerda para direita: Ciro Sales, Aninha Franco e Lelo Filho
Foto: Produtora Júnior

Nesta quarta-feira (13), ocorreu no auditório da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom/UFBA) o Veja Cultura, encontro entre produtores culturais que aborda diversas temáticas a cada ano. Promovido pelo Núcleo de Produção Cultural da Produtora Júnior, empresa júnior de Comunicação da UFBA, a edição 2013 recebeu Aninha Franco, autora da peça teatral “Éramos Gays”; Ciro Sales, gestor cultural e ator e Lelo Filho, um dos fundadores da Cia Baiana de Patifaria.Estudantes de Jornalismo e Produção Cultural da Facom ouviram relatos destes profissionais a respeito da dificuldade em sustentar a arte e a cultura como ofícios na Bahia.

Aninha Franco, dramaturga, escritora, diretora e agente cultural, contou aos estudantes um pouco da sua história e criticou também a gestão do Secretário de Cultura Marcio Meirelles, afirmando que o teatro baiano poderia viver um momento diferente hoje, caso os investimentos não tivessem sido reduzidos drasticamente. “Estamos mais uma vez tentando trazer o sucesso de volta pra Bahia. Se tivesse acontecido continuidade no momento em que Marcio entrou, nós estaríamos extremamente fortes. Mas não estamos, infelizmente”, analisa a autora após relembrar a ascensão do teatro baiano nos anos 1990. O atual trabalho da escritora é a peça “Éramos Gays”, musical baiano com toques de humor e irreverência que conta com equipe local e da Broadway.

O segundo convidado da manhã foi Ciro Sales, formado em Produção Cultural pela Facom. Ciro compartilhou sua experiência enquanto gestor cultural e ator, sendo perceptível sua paixão pelas artes cênicas que, segundo ele, é notada desde a infância: “Eu tinha certeza que queria ser artista. Isso é uma coisa que me acompanha desde criança”. Enquanto falava a respeito das suas duas profissões, que de certa forma conversam entre si, o ator afirmou que ambas as formações prioritariamente se formam na prática, com o interesse e desejo em se desafiar o tempo todo com coisas novas, bem como na área de gestão. “São as práticas que te formam. Experiências que deram certo, especialmente as que deram errado, vão te formando em qualquer uma dessas áreas”, acredita.

Comemorando os 25 anos da Cia Baiana de Patifaria, grupo de teatro que fundou junto com alguns amigos, Lelo Filho terminou o encontro contando os percalços pelos quais passou e passa até hoje. Uma das principais críticas do ator foi a respeito dos obstáculos e mudanças constantes da gestão cultural no estado, que dificultam o desenvolvimento teatral, como também está em sua lista de insatisfações o baixo número de patrocínios. Para ele, faltam patrocinadores que arquem com as despesas mensais do grupo durante o período do contrato e exemplifica com a realidade da sua companhia que em 25 anos só recebeu seis patrocínios. A peça mais famosa do grupo, que esteve em cartaz em cerca de cinquenta cidades brasileiras, contou com apenas um patrocínio: “A Bofetada só teve um patrocínio em 25 anos de peça, que foi uma operadora de telefonia celular que nos deu R$60mil na época, que durou exatamente dois meses”, expõe.

Por conta do baixo investimento governamental e da baixa iniciativa privada, as despesas acabam sendo custeadas com o que é ganho na bilheteria do teatro no período das apresentações. Em meio a essa realidade de mercado, Lelo critica a disponibilidade do público em gastar R$80 numa festa e não querer pagar R$50 pra ir ao teatro, mas explica que esse mesmo público “não paga R$50, na verdade. Ele paga R$25, porque 80% do público paga meia: meia dos estudantes e meia de um monte de gente que aparece com a carteira falsificada”. O ator finaliza afirmando que falta o diálogo entre quem está na gestão e quem está fazendo cultura, e aconselha futuros produtores e gestores culturais que falar com os artistas e ouvi-los é fundamental.

[Cantinho Literário] Bem me quer, mal me quer




Peguei uma rosa no jardim;

“Bem me quer, mal me quer”;
Descobri a inocência do amor;
Prolixas e indefinidas sensações,
No intimo de uma alma carente.

“Bem me quer, mal me quer”;
Despi-me à perigosa sedução,
Em anseios de seus beijos,
No arder de seu olhar.

“Bem me quer, mal me quer”;
Eu quero e você quer?


Adriana Ishikawa é adoradora de poemas, jornalista por amor, gosta das coisas simples da vida e  gerencia os blogs Memórias Fragmentadas , onde posta poemas de sua autoria e o blog Bazar da Informação, que divulga matérias frias, abrangendo conteúdos relacionados a cultura e lazer. 

Feliz Natal no estilo Rock n’ Roll de Ser!


Feliz Natal com muito Rock and Roll baby!!!


E que espírito de Natal mantenha sempre vivo, pois é nesta época podemos reconhecer as pessoas boas de verdade, pois as que tem bom coração, não precisa dar presentes, fazer média lavando louça depois da ceia e muito menos ficar blasfemando em vão, porque no resto do ano não faz nem metade do fala.

As pessoas boas são aquelas que sabem reconhecer o bem do mal, sem precisar fazer uma vingança ou maldade com ninguém, pois essas pessoas não precisam dar presentinhos para ter um respeito e serem faladas, apenas a presença delas já fazem o lugar harmonioso, cheio de alegrias e paz.
E nós d’O Barquinho Cultural, queremos desejar um Feliz Natal para toda a tripulação e que 2013 que está chegando, venha com muita paz, amor, diversão e muita, mais muita música para todos vocês.

E como as editoras e moderadoras do site não consegue esconder o lado Backstreet fans, não podemos deixar de festejar com a nova EP dos dos Backstreet Boys, “Christmas Time Again”.

Feliz Natal com muita cultura para toda a tripulação d’O Barquinho
Staff O Barquinho Cultural

Cantinho Literário entrevista Jaime Matos

E aí tripulação, estão prontos para mais uma saga de entrevistas aqui n’O Barquinho Cultural, pois 
hoje é tem entrevista em nossa embarcação e o entrevistado da vez é do paulistano de Capão Redondo, que é poeta, músico e um com uma extensa carreira na área cultural, ele é Jaime Matos, filho de um baiano e uma paulista.
Teu perfume
Tem muito feromônio
Até meus anjos estão flertando
Seus demônios
Por: Jaime Matos
Vamos conhecer um pouco desse literário que tem muita cultura para repassar a todos os seres humanos…

1. O que significa arte literária pra você?

A literatura pra mim é uma grande fonte de informações. Sempre é mágica na sua essência quanto mais livros leio, aprendo todo dia.
O corpo precisa de um alimento, o celebro também precisa de informações pra melhorar o seu conhecimento. Quando dormimos também nos alimentamos, a literatura do sono é o sonho. A literatura pra minha é o alimento do conhecimento, o grande passaporte pro mundo.

2. Música e poesia para você é…

Na pizza da cultura e da arte, se eu fosse um pizzaiolo minha pizza seria meio a meio, metade Poesia e metade Musica. Ambas andam juntas. Sou compositor quando minhas musicas são cantadas, e são poesias minhas musicas quando são lidas.
3. Qual seu estilo literário favorito?

Não tenho definição, mas gosto de Fernando Pessoa, Zê da Luz, Carlos Drummond , Castro Alves , Jose de Alencar e muitos outros.
4. um músico favorito… João Bosco
6. um autor favorito… Jose Saramago
7. Sarau pra você é…

Pra mim o sarau é a maior rede social de poetas em comum. É o encontro de pessoas que comungam a palavra, mostrando as suas manifestações pela voz, pelo texto, no conteúdo das suas experiências pelas suas vivencias. Os poetas põem sempre a alma no papel. 
Todas as pessoas que vão a um sarau querem mostrar os seus trabalhos e ver obras de outros poetas ou artistas que participam do grupo.
As pessoas pensam que redes sociais são facebook, twitter e outras formas de comunicação.
Na realidade as redes sociais são “ferramentas de comunicação” Exemplo: Um tipo de rede social é um Sarau dentre muitas , a verdadeira rede de pessoas.
8. Jaime por Jaime…

A vida é um grande palco onde atuamos sempre, aprendendo, rindo, chorando, vivendo da melhor maneira, usando sempre o bom senso e boa vontade, procurar nunca prejudicar os outros e a si mesmo.
9. Jaime o mundo literário…

Talvez hoje o Sarau pela literatura seja uma moda, enquanto ela existe vamos aproveitar pra sugar toda sua melhor essência. Muitos aparecem poucos resistem e se mantêm.
10. Promova-se… Conte-nos um pouco de suas histórias, idéias, projetos, da sua
vida literária e onde podemos encontrá-las?
Nascido no capão redondo, criado na Bela Vista, meu pai um bom baiano, minha mãe uma linda paulista. Antigamente quando fazia uma letra de musica assinava com Jaime Borbagato, era uma maneira de ser lembrado usava um chapéu na cabeça e morava na região da zona sul. Hoje já não
assino como borbagato, assino como Jaime Matos.
Sou formado “em marketing, compositor, musico e Personal Dance – Fui bolsista da Academia Jaime Aroxa”, trabalho como representante comercial e divulgador cultural. 
Já Participe de uma coletânea com dois textos chamada “Poetas do Sarau Suburbano” Ritmo e Poesia, organizado por Alessandro Buzo. Participei também de áudio book chamado “Play na Poesia “.
11. Deixe seus contatos:
Twitter: @jaimeborbagato
Facebook: Jaime Matos
Jaime Matos é um grande exemplo em cultura, poesia e sarau e para quer gosta deste estilo livre de literatura, não pode deixar de frequentar pelo menos uma vez na vida a um sarau.
Esta arte literária, de estrutura simples, mas com conteúdo nobre, que mostra a cultura de país, estado, cidade, bairro ou rua, como ela é, sem interrupções de nada, pois o verdadeiro promotor cultural, é aquele que não se importa de organizar uma grande festa, com famosos e muitos holofotes ou então organizar uma roda literária para poucas pessoas em um cômodo de sua casa.
Pois ser um divulgador da cultura pop, pois a cultura pop não é só Lady Gaga, Beyonce e Britney Spears, cultura pop é a banda de rock que ensaia na garagem todos os dias, a menina ensaiando alguns passos de dança na pracinha do bairro e também os grupos de ‘rappers‘ que se encontram em lugares estratégico da cidade para mostrar seu ‘beat box‘ em uma competição com muito hip-hop e diversão.
Isso é promover a cultura pop, sem destrinchar uma parte dela e levá-lo para o público que não gosta só de efeitos, imensos lugares e preços altos.
Já que abrimos esta entrevista com uma sentença, nada mais digno de encerra o Cantinho Literário com uma frase do poeta, então fiquem com Jaime Matos abaixo.
Boa semana a todos e até a próxima, que aliás,  semana que vem não haverá entrevista, pois terá especial semana de Natal aqui no Cantinho Literário.
Até mais…
Por: Priscila Visconti (mostrando a cultura pop como um diamante não lapidado pelo homem)