Arquivo da tag: Brasil

[Cabine da Pipoca] Os Vingadores: Era de Ultron estreia na próxima semana no Brasil

vingadoresavengers

Hoje é dia de cinema aqui em nossa embarcação, e essa vai para os fãs da Marvel, em especial para quem gosta da liga mais poderosa e querida não só em Nova York, mas também em todo o mundo, Os Vingadores.

Como já sabemos que na próxima semana, dia 23 de abril, estreia o filme aqui no Brasil, apesar que lá nos Estados Unidos, só vai estrear no dia 1º maio, mas a ansiedade de esperar até maio era tanta, e graças a Comic Con Experience, do ano passado, conseguimos esse privilégio de ter essa estreia, antes mesmo dos países norte-americano.

Os Estúdios Marvel tem a honra de apresentar o segundo filme de Os Vingadores: Era de Ultron, a épica sequência de um dos maiores filmes de super-heróis de todos os tempos, com Tony Stark, tentando reiniciar um programa de manutenção de paz, as coisas não dão certo e os super-heróis mais poderosos da Terra, incluindo Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro, terão que passar no teste definitivo para salvar o planeta. Mas com o aparecimento do vilão Ultron, a equipe dos Vingadores tem a missão de neutralizar seus terríveis planos. Alianças complicadas e ação inesperada pavimentam o caminho
para uma aventura épica global.

Os Vingadores: Era de Ultron é estrelado por Robert Downey Jr., que retorna como Homem de Ferro, ao lado de Chris Evans como Capitão América, Chris Hemsworth como Thor e Mark Ruffalo como Hulk. Ao lado de Scarlett Johansson como Viúva Negra e Jeremy Renner como Gavião Arqueiro, e com o apoio de Samuel L. Jackson como Nick Fury e Cobie Smulders como agente Maria Hill, a equipe precisa se reunir para derrotar James Spader como Ultron, um vilão tecnológico terrível que busca a extinção da raça humana.

No caminho, eles terão que enfrentar dois misteriosos e poderosos novatos, Wanda Maximoff, interpretada por Elizabeth Olsen, e Pietro Maximoff, interpretado por Aaron Taylor-Johnson, e encontrar um velho amigo em uma nova forma quando Paul Bettany se torna o Visão.

O filme foi escrito e dirigido por Joss Whedon e produzido por Kevin Feige, Vingadores: Era de Ultron da Marvel é baseado na popular série de revistas em quadrinhos da Marvel “The Avengers”, publicada pela primeira vez em 1963 e prepare-se pois será uma aventura cheia de ação quando Os Vingadores retornarem em Vingadores: Era de Ultron da Marvel na próxima semana dia 23 de abril de 2015.

os-vingadores-2-a-era-ultron

Sinopse
Os super-heróis Capitão América (Chris Evans), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) retornam mais uma vez para proteger o planeta, quando Tony Stark (Robert Downey Jr.) tenta construir um programa de manuntenção da paz que não dá certo.

Com a ajuda de Nick Fury (Samuel L. Jackson) e a agente Maria Hill (Cobie Smulders), o grupo de super-heróis tem de derrotar Ultron (voz de James Spader), um terrível e perigoso vilão tecnológico, que quer destruir a raça humana. No embate, eles contam com a ajuda de Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Mercúrio (Aaron Taylor-Johnson) e Visão (Paul Bettany).

Informações
Gênero: Ação e aventura
Classificação indicativa: 12 anos
Data de lançamento no Brasil: 23 de abril de 2015
Duração: 150 min
Elenco: Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Mark Ruffalo, Chris Evans, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Aaron Taylor-Johnson, Elizabeth Olsen, Paul Bettany, Cobie Smulders com James Spader e Samuel L. Jackson como Nick Fury
Diretor: Joss Whedon
Produtor: Kevin Feige
Produtores executivos: Louis D’Esposito, Alan Fine, Victoria Alonso, Jeremy Latcham, Patricia Whitcher, Stan Lee, Jon Favreau
Escrito por: Joss Whedon

MARVEL STUDIOS
Site da internet e celular: marvel.com/avengers
Curta no Facebook: https://www.facebook.com/avengers
Siga-nos no Twitter: https://twitter.com/avengers

avengers

Trailer do Filme Os Vingadores: Era de Ultron

Por Priscila Visconti
(Só mais uma doida pela Marvel e ansiosa para assistir esse filme.)

[Cyber Cult] Brasil, a tarifa mais cara da América do Sul

tarifas_celular_abuso

O Brasil é o país das taxas, juros e impostos altos, e isso não seria diferente nas tarifas de celular, pois segundo uma pesquisa realizada pelo aplicativo Weplan, em oito países da América do Sul, os brasileiros gastam até R$ 1 mil por mês com conta de celular, liderando o ranking de tarifa mais cara dos países sul-americano, a Argentina, gasta em torno de R$ 123 reais.

As oito operadoras em atividade no Brasil, a Vivo detém 28,6% dos clientes seguida por Tim com 26,8%, Claro com 25% e Oi com 18,4% e o restante é representado por 0,97% dos consumidores.

A pesquisa foi realizado com 118 planos de telefonia móvel e apontou 79% dos consumidores contratam planos pré-pagos e apenas 21% escolhem os pós-pagos e nessa pesquisa indica ainda que os brasileiros poderiam economizar até R$ 49 por mês na tarifa mensal ao trocar de plano.

Tarifa-mais-cara-brasil-celular-arte

Além das altas tarifas de celular no Brasil, há também o péssimo sinal e a duração dos créditos, dos telefones pré-pagos são rápidas, pois uma ligação, ou então entrar na internet, as operadoras já cobram o valor do serviço utilizado, fazendo com que no fim do mês, a pessoa tenha que recargar novamente seu celular.

Esse é o nosso Brasil, o país das altas taxas e dos grandes juros, em que a população ao menos pode usufruir do que paga.

Por Priscila Visconti

[8 Bits] Nintendo Fora do Brasil – Entenda o porque!

mario-fail-01-1200x440

Acredito que esse assunto circulou bastante esses tempos, mas ainda restam duvidas aos quais do porque a grande Nintendo saiu da nossa terrinha. Muitos culpam os impostos, outros o desenvolvimento do país, entre outras coisas Enfim, existem inúmeros motivos, e tanto do lado brasileiro quanto do lado da Nintendo, e vamos esclarecer.

Para aqueles que vivem em uma bolha (sempre existe), foi anunciado à um tempo atrás que a Nintendo saíria do Brasil. Mas, o que isso representa?

Muito simples: preços dos consoles, games e acessórios oficiais da marca vão disparar, pois teremos de importar esses produtos, que não serão mais armazenados aqui no país, o que resulta maior gasto, mais burocracia e menor procura. Como conseqüência, games estarão mais difíceis de encontrar, consoles mais caros e se caso o consumidor deseja um acessório (controle novo, etc), terá de pagar mais caro. O que já não era tão caro, ficou pior… E de quem é a culpa? Muitos aqui já apontariam o dedo para o Brasil e diria que a culpa dos altos impostos, burocracia extremamente desconfortável e má administração. E não estão errados! Mas esqueceram de uma coisa: Toda sua moeda possui sua outra face, e no caso, a Nintendo tem sua parcela de culpa.

Mas e que parcela de culpa? Vejamos, a Nintendo é a única que não disponibilizou sua E-Shop no Brasil, sendo obrigado os consumidores à usar cartões internacionais e pagar em dólar os conteúdos digitais. Além do mais, a Nintendo é conhecida por seus eventos online (principalmente nas franquias de Pokemon), sendo o Brasil, país que possui uma grande parcela de consumidores da franquia e empresa, ser o mais esquecido.

Colocando em palavras simples: A empresa é negligente em questão de servir e garantir a satisfação do cliente brasileiro. Isso logo tornou a opção de adquirir os produtos da mesma um pouco difíceis, uma vez em que seria raro o retorno da empresa para o consumidor, no caso, feedback.

Entre outras questões menores, as principais são essas. Agora teremos de lidar com importações, preços altos e outras coisas em relação a Nintendo. Aos fãs dessa grande e nostálgica franquia: Meus sinceros sentimentos.

Por: Daniel Bárris

[Caixa de Som] Kesha – A ‘bagaceira’ das popstars

Kesha-china-e1411951481453

Neste domingo dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, a cantora norte-americana Kesha se apresentou no Citibank Hall, em uma única apresentação. Já que a cantora veio ao Brasil para participar nos festivais de verão, o Planeta Atlântica, no litoral gaúcho e em Salvador, no Festival de Verão, então ela deu uma extensão de sua turnê Warrior,  aqui na capital paulista.

A cantora foi bastante irreverente, como ela passa em seus vídeos, fazendo graça com seus bailarinos e banda, mas também se interagindo com a platéia, cantando parabéns a um fã que estava no show, cantando, dançando e rebolando para ele, isso fez a platéia enlouquecer, principalmente o homenageado da Kesha.

Kesha não deixou de cantar seus grandes sucessos como “TiK ToK”, “We R Who We R” e “Die Young”, mas também cantou capelas e singles de canções mais novas, já que sua última visita ao país foi no último Rock in Rio, em 2011, em que também teve passagem por terras paulistanas, mas que na época aconteceu no antigo Via Funchal.

A casa não estava lotada, como em alguns shows internacionais que aconteceram recentemente, pois havia bastante espaço para os fãs, admiradores e os que apenas curtem seu som, puderam pular, dançar, cantar e se divertir ao som ao vivo da cantora, pois isso não podemos negar de que Kesha Rose, realmente não faz playback, ela canta e toca ao vivo, pois se podia escutar nitidamente sua voz, sem interrupção de aparelhos sonoros, a não ser o microfone.

A californiana continua tão divertida e doida, quanto antes, ela só estava um pouco mudada na aparência, com os cabelos totalmente loiros e bem compridos, mas suas roupas e suas atitudes no palco, continuam as mesma, sempre sendo a ‘bagaceira do pop’, que ela começou no mundo dos popstar, a loucura da Kesha continua tão forte,
quanto em sua primeira vinda ao Brasil, com a turnê do disco Animal, mas com algumas moderações, já que nesse ano não teve sangue falso, como aconteceu no Rock in Rio, em 2011.

Veja algumas fotos do show da Kesha, no Citbank Hall:

IMG_0737

IMG_0736

IMG_0733

IMG_0732

IMG_0731

IMG_0731

IMG_0730

IMG_0729

IMG_0728

IMG_0726

IMG_0719

IMG_0727

Por Priscila Visconti

[8 Bits] Festival reúne os maiores games independentes do mundo inteiro

000002

Quando pensamos em games, suas criações e eventos relacionados, automaticamente direcionamos nossos pensamentos para o Japão ou Estados Unidos, que hoje em dia são os maiores exportadores de jogos digitais no mundo, porém a América Latina não quer ficar de fora desta empreitada.

Com o maior número de usuários de jogos eletrônicos, a América Latina está engatinhando para chegar próximo ou pelo menos, tentar aparecer neste mercado, competitivo e bastante árduo para se adentrar.

Por isso, o governo brasileiro criou o BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival), um evento que visa reunir os amantes e criadores dos jogos eletrônicos no Brasil e no Brasil, sendo o único festival de Jogos Independentes da América Latina.

Neste ano, o BIG já vai para sua 3ª edição, e em cada uma expõe os melhores jogos independentes do ano em todo o mundo, somando diversos artifícios para priorizar os jogos, como aspectos visuais, sonoros, narrativos, jogabilidade e Inovação.

Na 3ª edição, que acontece entre os dias 1ª a 10 de maio de 2015, o evento deve focar em uma seção para Jogos Educacionais e de Aprendizado. Além dos prêmios dados aos melhores jogos, todos os jogos finalistas estarão disponíveis para serem jogados durante o festival. Alguns deles também estarão disponíveis online. Não perca a oportunidade de participar do BIG Festival.

Para conhecer mais sobre o festival ou se inscrever para participar, acesse o site oficial do BIG Festival.

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] “Estação Liberdade” mostra os dilemas de um sansei no Brasil

estacao-liberdade-filme

Já que estamos próximos do aniversário de São Paulo, então nada mais justo do que falar de filmes nacionais, de preferência que trazem a capital paulista como plano de fundo aos tramas cinematográficos.

Baseado nisso, traremos uma resenha produzida pelo fotógrafo e colunista do Tela Larga, Pierre Cortes. Assista abaixo a crítica do Pierre:

Sinopse:

Mario Kubo, 35 anos, brasileiro e terceira geração de descendentes de japoneses (sansei), não tem nenhum contato com a cultura de seus avós. Não fala japonês, não segue filosofias orientais e quase não come sushi. Em crise no trabalho e no casamento com Elvira, neta de italianos, Mario não tem filhos nem planos. Totalmente ocidentalizado, o protagonista se depara com um dilema: não se sente brasileiro, muito menos japonês. No entanto, logo após o terremoto de 2011 que assolou o Japão com uma tsunami, Mario recebe uma carta. Toda escrita em ideogramas japoneses, o que o impede de saber seu conteúdo, ele a carrega a todo canto sem saber o motivo. Nesse momento, Mario parece despertar de um longo sono… Pensativo, ele encontra um universo fértil para sua busca de identidade que o levará até Tóquio, no Japão.

Por: Pierre Cortes

[Cyber Cult] O 4G no Brasil

internet-en-todo-lugar2

Hoje em dia se fala bastante no tal do 4G, mas infelizmente no Brasil muitos mal consegue achar o 3G em seus celulares e tablets, mas estamos para explicar o que será essa nova tecnologia, que em outros países, faz juz a sua velocidade, em que pessoa paga e vê de imediato a internet acelerar, bem diferente aqui, que você paga, e não é barato e vê menos velocidade que uma lesma.

Mas, nós do OBC estamos aqui para explicar o que é esse tal do 4G e porque aqui se paga tão caro para ter internet rápida no celular.

O 4G é a sigla para a Quarta Geração (em inglês: Fourth Generation) de telefonia móvel e está baseada totalmente em IP, sendo um sistema e uma rede, alcançando a convergência entre as redes de cabo, sem fio e computadores, dispositivos eletrônicos e tecnologias da informação para prover velocidades de acesso entre 100 Mbit/s em movimento e 1 Gbit/s em repouso, mantendo uma qualidade de serviço (QoS) de ponta a ponta (ponto-a-ponto) de alta segurança para permitir oferecer serviços de qualquer tipo, a qualquer momento e em qualquer lugar.taxas-produtos-4g

Como já sabemos, tudo no Brasil é mais caro sempre que cobrar impostos em tudo que se implanta por aqui.

O governo brasileiro fez um leilão da faixa 2,5 giga-hertz (GHz), onde a cobertura será muito menor e mais cara porque precisará de muito mais antenas, e os celulares e tablets oriundos dos Estados Unidos e Europa não funcionarão aqui, a exemplo do Apple iPad 3, Apple iPad 4, Apple iPad mini e iPhone 5 que só funcionam em 700MHz.

Mas, a empresa norte-americana Apple, separou alguns modelos do iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 5S (modelo A1457) e 5C (A1507) são compatíveis com o 4G brasileiro (banda 7). Porém, os fabricantes da Qualcomm, que é líder em tecnologia em 4G, recomendam o uso do espectro de 700MHz na América Latina. Já os modelos do Samsung Galaxy S5, que foi lançado em abril/2014, apenas o SM-900F funciona aqui no Brasil, em 2.5GHz.

A primeira capital brasileira a utilizar comercialmente a tecnologia 4G foi a cidade de Recife, no final do ano de 2012 e logo a seguir, em fevereiro de 2013, Curitiba foi a primeira cidade do sul do Brasil a receber esta tecnologia de internet móvel, segundo o governo brasileiro, que até a Copa do Mundo de 2014, pelo menos as capitais brasileiras já teriam cobertura 4G.

Enquanto isso, ficamos no aguardo esperando o 4G se espalhar pelo país, com nosso 3G, que parece mais uma internet discada da época do IG, do que um plano de banda larga.

Os municípios brasileiros com cobertura 4G:
Aracaju
Barueri
Belém
Belo Horizonte(desde abril de 2013)
Brasília (desde abril de 2013)
Búzios
Campo Grande (dezembro de 2013)
Campos do Jordão
Cariacica (desde agosto de 2013)
Cascavel
Contagem (bairros próximos da capital – Água Branca, Cidade Industrial, Eldorado, etc.)
Cuiabá (desde Julho de 2013)
Curitiba (desde fevereiro de 2013)
Domingos Martins (desde agosto de 2013)
Estrela (desde Dezembro de 2013)
Feira de Santana (desde abril de 2014)
Florianópolis (desde agosto de 2013)
Fortaleza (desde abril de 2013)
Gramado (desde junho 2014)
Goiânia (desde janeiro de 2014)
Jandira
João Pessoa
Joinville (desde agosto de 2013)
Lajeado (desde Fevereiro de 2014)
Londrina (desde março de 2014)16
Macapá (desde janeiro de 2014)
Maceió (desde novembro de 2013)
Manaus
Maringá (desde agosto de 2013)
Natal
Paraty
Porto Alegre
Recife (desde 2012)
Ribeirão Preto
Rio de Janeiro (desde abril de 2013)
Salvador (desde abril de 2013)
Santos (operadoras Vivo e Claro – 1°/Jun/2014)
São Paulo
Serra (desde agosto de 2013)
Teresina (desde janeiro de 2014)
Uberlândia (desde setembro de 2013)
Vitória (desde agosto de 2013)

Confira abaixo as operadoras e suas coberturas 4G:
TIM: Portas Abertas
VIVO (SP): Cobertura 4G
CLARO:  Claro 4G Max
OI: Oi Internet Móvel
NEXTEL: Nextel WebSite

Por Priscila Visconti

[Caixa de Som] Natália Matos: A nova faceta da música paraense

Foto por: José de Holanda
Foto por: José de Holanda

Ela nasceu em Belém, e foi lá que descobriu que queria trabalhar e viver de música para sua vida toda. Natália Matos, é cantora e compositora, e veio de uma família musical, além de ser uma admiradora da música brasileira.

Foto por: Aluisio Almeida
Foto por: Aluisio Almeida

Estudou piano na Escola de Música da UFPA e mais tarde canto popular na ULM, em São Paulo, onde também se graduou em Arquitetura e Urbanismo, no Mackenzie.

Com uma voz doce e sutil, a artista canta o amor, o cotidiano, relacionamentos e a felicidade. Com muitas influências paraenses, Natália já mostrou que não está neste mundo para brincar.

A cantora já participou em diversos festivais e ao lado de grandes nomes da música brasileira. Entre eles o Festival Recbeat ao lado de Mestre Vieira; no projeto Música na estrada pelo interior do Pará; no espetáculo Terruá Pará 2013; a gravação do programa Cantoras do Brasil, do Canal Brasil, e a realização do seu primeiro CD através do Natura Musical, com produção de Guilherme Kastrup e participações de Zeca Baleiro, Felipe Cordeiro, Kiko Dinucci e outros.

Foto por: José de Holanda
Foto por: José de Holanda

No início de 2014 a cantora lançou seu primeiro álbum, gravado na capital paulista, o disco trás uma sonoridade nova, traçando caminhos diferentes das atuais produções da cena musical paraense, Natália aposta no reforço de uma brasilidade através da combinação de origens distintas.

O repertório Natália apresenta canções próprias, de uma leva de compositores do Pará – como Felipe Cordeiro, Dona Onete, Ronaldo Silva, Iva Rothe, Almirzinho Gabriel – e ainda dos paulistanos Kiko Dinucci e Rômulo Fróes.

1561106_808211269195596_102919615_n

Uma revelação à música brasileira, e uma nova roupagem a música paraense, afinal lá não existe só Calypso e o tecnobrega, há cultura e diversidade também.

Para conhecer mais sobre o trabalho desta revelação da música brasileira, acesse o site oficial dela ou então, a siga em suas redes sociais.

Twitter | Facebook | Instagram | SoundCloud | Youtube

Por: Patrícia Visconti

[Cyber Cult] O Amazon instala internet gratuita nos pontos de ônibus da cidade São Paulo

imagem (1)

A Amazon está completando o primeiro aniversário de sua loja de aplicativos no Brasil, e para comemorar a empresa irá oferecer internet gratuita em 30 pontos da cidade de São Paulo, além de um pacote de aplicativos em todo o país.

Os locais com Wi-Fi fornecido pela Amazon estará nas seguintes regiões, Consolação, Barra Funda, Alto de Pinheiros, Itaim Bibi, Liberdade e República, entre outros e a internet ficará disponível até o dia 1 de dezembro.

Entre os dias 20 e 22 deste mês de novembro, a empresa vai colocar nos pacotes para os clientes premium da Amazon, o Runtastic Pro, que deve custar R$ 11,31, o Jamie Oliver’s 20-minute Meal, será em torno de R$ 16,99, Worm 2: Armageddon por R$ 11,43 e o Calling All Mixels R$ 9,35, mas esses pacotes são apenas para os clientes da empresa Amazon.

Os aplicativos já estão disponível desde terça-feira (16), e essa promoção vai até a próxima semana, no dia 24/novembro, são R$ 200 em aplicativos e jogos que acompanha este presente da Amazon, mas é preciso baixar o App Grátis do dia para poder participar dessa promoção.

O Amazon faz o aniversário, mas quem ganha o presente é a população paulistana. Para mais informações para baixa o aplicativo do Amazon, clique aqui.

Isso ai até a próxima semana, com mais tecnologia aqui no OBC

Por Priscila Visconti