Arquivo da tag: Brasil

[Caixa de Som] Natália Matos: A nova faceta da música paraense

Foto por: José de Holanda
Foto por: José de Holanda

Ela nasceu em Belém, e foi lá que descobriu que queria trabalhar e viver de música para sua vida toda. Natália Matos, é cantora e compositora, e veio de uma família musical, além de ser uma admiradora da música brasileira.

Foto por: Aluisio Almeida
Foto por: Aluisio Almeida

Estudou piano na Escola de Música da UFPA e mais tarde canto popular na ULM, em São Paulo, onde também se graduou em Arquitetura e Urbanismo, no Mackenzie.

Com uma voz doce e sutil, a artista canta o amor, o cotidiano, relacionamentos e a felicidade. Com muitas influências paraenses, Natália já mostrou que não está neste mundo para brincar.

A cantora já participou em diversos festivais e ao lado de grandes nomes da música brasileira. Entre eles o Festival Recbeat ao lado de Mestre Vieira; no projeto Música na estrada pelo interior do Pará; no espetáculo Terruá Pará 2013; a gravação do programa Cantoras do Brasil, do Canal Brasil, e a realização do seu primeiro CD através do Natura Musical, com produção de Guilherme Kastrup e participações de Zeca Baleiro, Felipe Cordeiro, Kiko Dinucci e outros.

Foto por: José de Holanda
Foto por: José de Holanda

No início de 2014 a cantora lançou seu primeiro álbum, gravado na capital paulista, o disco trás uma sonoridade nova, traçando caminhos diferentes das atuais produções da cena musical paraense, Natália aposta no reforço de uma brasilidade através da combinação de origens distintas.

O repertório Natália apresenta canções próprias, de uma leva de compositores do Pará – como Felipe Cordeiro, Dona Onete, Ronaldo Silva, Iva Rothe, Almirzinho Gabriel – e ainda dos paulistanos Kiko Dinucci e Rômulo Fróes.

1561106_808211269195596_102919615_n

Uma revelação à música brasileira, e uma nova roupagem a música paraense, afinal lá não existe só Calypso e o tecnobrega, há cultura e diversidade também.

Para conhecer mais sobre o trabalho desta revelação da música brasileira, acesse o site oficial dela ou então, a siga em suas redes sociais.

Twitter | Facebook | Instagram | SoundCloud | Youtube

Por: Patrícia Visconti

[Cyber Cult] O Amazon instala internet gratuita nos pontos de ônibus da cidade São Paulo

imagem (1)

A Amazon está completando o primeiro aniversário de sua loja de aplicativos no Brasil, e para comemorar a empresa irá oferecer internet gratuita em 30 pontos da cidade de São Paulo, além de um pacote de aplicativos em todo o país.

Os locais com Wi-Fi fornecido pela Amazon estará nas seguintes regiões, Consolação, Barra Funda, Alto de Pinheiros, Itaim Bibi, Liberdade e República, entre outros e a internet ficará disponível até o dia 1 de dezembro.

Entre os dias 20 e 22 deste mês de novembro, a empresa vai colocar nos pacotes para os clientes premium da Amazon, o Runtastic Pro, que deve custar R$ 11,31, o Jamie Oliver’s 20-minute Meal, será em torno de R$ 16,99, Worm 2: Armageddon por R$ 11,43 e o Calling All Mixels R$ 9,35, mas esses pacotes são apenas para os clientes da empresa Amazon.

Os aplicativos já estão disponível desde terça-feira (16), e essa promoção vai até a próxima semana, no dia 24/novembro, são R$ 200 em aplicativos e jogos que acompanha este presente da Amazon, mas é preciso baixar o App Grátis do dia para poder participar dessa promoção.

O Amazon faz o aniversário, mas quem ganha o presente é a população paulistana. Para mais informações para baixa o aplicativo do Amazon, clique aqui.

Isso ai até a próxima semana, com mais tecnologia aqui no OBC

Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] A emoção que vem de caminhão

1 (1)

Você acredita que em pleno século 21, ainda há pessoas que nunca entraram numa sala de cinema, ou se quer assistiram uma película em uma grande tela?

Pois é, em algumas regiões mais interioranas do Brasil ainda existe muita gente assim, que nunca sentiu esse gostinho de comer pipoca no escurinho, assistindo um filminho.

internaVisando nisso, o projeto Cinemóvel percorre por diversas regiões do Brasil, passando por buracos, poeira e lama das estradas que levam municípios de dois ou cinco mil habitantes, passando por paisagens do agreste nordestino aos pampas gaúchos, uma viagem por todo interior brasileiro.

Organizado pelos produtores culturais Marcio Barcellos e Gabriel Borghi, da catarinense Magma Cultura, que coordena o projeto Gira Brasil – Cinemóvel.

Um projeto que já existe há dez anos, é aprovado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, é coordenado pela Magma Cultura, dirigida por Jefferson Bevilacqua. Em 2014, a empresa coordena sete projetos: Conexão Cultural Tigre/ICRH Cinemóvel e Palcomóvel; Mostra Itinerante de Filmes Nacionais da John Deere, Vitrine Cultural e Gastronômica Gomes da Costa, SC Gás de Cinema nas Comunidades, Cine Energia Enercan e Circuito FMC de Cinema.

10419459_779286882092982_8309837919791257591_n

Neste mês de novembro, o caminhão passa por Santa Catarina, que já passou por Joinville, está em Araquari e segue para Barra velha e Blumenau. Na Bahia e Maranhão, o Circuito FMC vai estacionar o caminhão cinema em comunidades rurais dois estados.

A viagem da sétima arte, propagando emoções em cada estação que ele passa, transbordando alegria e criando fantasia na mente de alguns que nunca entraram em uma sala de cinema, com direito a pipoca, que os próprios moradores distribuem para a garotada e todo público presente, que se diverte assistindo as películas dentro de um caminhão, com tela de 20 polegadas, ar condicionado, cadeiras confortáveis e até lanterninha.

Para mais informações sobre o projeto, sobre as sessões e as cidades que o caminhão passará, acesse a fanpage do Cinemóvel e fiquem ligados nas novidades.

Por: Patrícia Visconti

[Cyber Cult] O iPhone 6 está chegando ao Brasil

iphone-6-iphone-6-plus

Essa vai para os ‘Applemaníacos’ de plantão, que estão aguardando ansiosamente o novo iPhone 6, parece que daqui umas semanas o novo aparelho da marca da maçã está desembarcando em terras brasileiras. Pois segundo o site “Blog do iPhone”, o smartphone deve chegar próximo ao fim de semana que vem, dia 14 de novembro, mas o produto já tem pré-venda, como ocorreu em outros países.

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), já aprovou a bateria do aparelho e começou o processo de homologação, ou seja: autorizar a venda dos aparelhos. Os modelos aceitos são os: A1549 (iPhone 6) e A1522 (iPhone 6 Plus), os mesmos vendidos nos Estados Unidos.

Mas o valor do novo iPhone 6 será um tanto salgado, o preço deve ser em torno de R$ 3.199,00, mil reais a mais de quando chegou o iPhone 5S, em dezembro de 2014, que custava R$ 2.799,00 reais.

Ao que se sabe, apenas a Claro e Vivo, compraram os direitos do iPhone 6 e do iPhone 6 Plus, mas tem indícios de que a Tim, estava negociando a compra do smartphone, pois segundo o Twitter oficial da operadora, eles já haviam publicado fotos do aparelho e de que os telefones estariam chegando às lojas. Mas vamos aguardar até a próxima semana e esperar a chega do no smartphone Apple, os iPhone 6 e iPhone 6 Plus.

Veja abaixo o trailer sobre o iPhone 6 e Plus 6:

Para mais informações sobre os novos aparelhos da Apple,
clique aqui;

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] Projeto literário promove incentivar a leitura no Brasil

428257_122016441301519_616379474_n

Como essa semana já estou atrasada com o Cantinho da Literário e também bastante ‘zuada’ de gripe, pois estou espirrando tanto que daqui uns dias eu causo um terremoto no país. Mas vamos a literatura, porque aqui não é meu diário, para falar o que acontece comigo, e sim sobre o mundo cultural.

Vamos ao que interessa e falar sobre um projeto bastante interessante que estará participando da primeira edição da Comic Con, aqui no Brasil, a Comic Con Experience, que acontece na primeira semana de dezembro deste ano de 2014, no Centro de Exposição do Imigrantes.

O projeto, Leitura Alimenta foi desenvolvido com a intenção de criar o hábito da leitura em pessoas que têm acesso restrito aos livros.

O intuito do projeto é doar livros que já foram lidos, para incentivar a leitura no país, já que o Brasil é um dos países que menos lê em todo o mundo, por isso idealizadores se uniram com livrarias e ONGs literárias, para arrecadar o maior número possível de livros.

Mas como e onde doar, muitas pessoas devem estar pensando?

Basta levar seus livros a uma das unidades da Livraria da Vila e entregar seu livro, que pode ser novo ou usado, o que importa é incetivo à leitura. Mas se você não quiser se desfazer de sua coleção, também pode colaborar comprando um livro virtual, cuja renda será revertida inteiramente para a compra de livros reais.

O Projeto Leitura Alimenta tem a preocupação de que o conteúdo selecionado seja relevante para as famílias que receberão o material, por isso, ao escolher seu livro para doação, deixe de fora assuntos como: didático ou técnico, religioso ou político, erótico ou pornográfico, fotográfico, de língua estrangeira ou com conteúdo ofensivo.

O projeto Leitura Alimenta estará recebendo doações na CCXP 2014, por isso que foi ao evento, pode levar seus livros para doação. Lembrando a CCXP acontece nos dias 04 a 07 de dezembro de 2014, no Centro de Exposição do Imigrante, que fica as margens a Rodovia do Imigrantes, em São Paulo.

Para mais informações sobre o projeto Leitura Alimenta, acesse as redes abaixo:

http://www.leituraalimenta.com.br/
https://www.facebook.com/LeituraAlimenta/
https://twitter.com/LeituraAlimenta

Mais informações sobre a CCXP 2014:

http://www.ccxp.com.br/
https://www.facebook.com/comicconexperience
https://twitter.com/ComicConXP
http://instagram.com/comicconxp
https://plus.google.com/109526500879887076954

Boa semana a todos e até semana que vem
Por Priscila Visconti

[Cabine da Pipoca] “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” deve representar o Brasil no Oscar

imagem-do-filme-hoje-eu-quero-voltar-sozinho-do-diretor-daniel-ribeiro-1397075259408_956x500

O premiado “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” foi indicado nesta semana pelo Ministra da Cultura, Marta Suplicy na Cinemateca de São Paulo, de que o longa-metragem representará o Brasil no Oscar 2015. A película tem direção de Daniel Ribeiro, e foi escolhida para tentar uma vaga na categoria de”Melhor Filme Estrangeiro.

A trama foi baseado no curta-metragem “Eu Não Quero Voltar Sozinho”, como já foi dito aqui em nossa embarcação – veja aqui. Uma história que mostra o amor adolescente e a descoberta de uma nova vida independente, além de discutir a sexualidade, algo que que é debatido em todo o mundo. Um filme que pode agradar a Academia.

O longa tem no elenco os jovens atores, Guilherme Lobo, Fabio Audi, Tess Amorim, Lúcia Romano, Eucir de Souza, Isabela Guasco, Selma Egrei e Naruna Costa.

Todavia ainda não é a indicação final, já que essa será divulgada apenas em janeiro/ 2015, e a cerimônia do Oscar acontece no dia 22 de fevereiro.

Se o Brasil emplacar nesta indicação será o primeiro depois de 15 anos desde o último longa-metragem a ser indicado. O último filme a entrar na disputa de Melhor Filme Estrangeiro foi “Central do Brasil”, de Walter Salles.

“Hoje eu quero Voltar Sozinho” foi escolhido entre uma lista de 18 filmes nacionais, qual um comissão formada pelo diretor, produtor e roteirista Jeferson De; o jornalista Luis Erlanger, a coordenadora-geral de Desenvolvimento Sustentável do Audiovisual da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, Sylvia Regina Bahiense Naves; o presidente do conselho da Televisão América Latina (TAL), Orlando de Salles Senna e o ministro do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, George Torquato Firmeza.


Por: Patrícia Visconti

[Total Flex] A Bienal do Livro compartilha o conhecimento em São Paulo

10603804_832104560155281_4988316740064391387_n

Há uma semana atrás – dia 22 de agosto – começou a maior feira de livros do Brasil, a 23ª Bienal do Livro de São Paulo, que acontece até domingo (31), no Pavilhão de Exposição do Anhembi, sediado no Parque Anhembi, na zona norte da capital paulista.

São milhares de estandes, com diferentes gêneros da escrita nacional e mundial, além de autores revelações e outros já consagrados, muitas pessoas já passaram pela Bienal e tantas outras ainda passarão neste fim de semana. Uma festa da literatura na maior cidade do país.

Estudantes, professores, profissionais da mídia, escritores, nerds, músicos, atores, etc. Haverá muita gente reunida para debater, compartilhar e agregar cada dia mais, um conhecimento único e oportuno para suas vidas, trocando experiências profissionais e até mesmo, pessoais, dando nuances distintas em um mundo onde todos apenas visam para a ganância, soberba e arrogância.

O evento traz aos seus frequentadores essa maneira de entreter e aflorar seus conhecimentos mais íntimos, ou seja, aqueles que apenas demonstramos em nosso quarto, com nosso próprio pensamento. Um acontecimento que apresenta algo novo e compartilha permeando com o clássico, não discriminando nenhuma forma culta de aquinhoar a literatura brasileira, que é tão jovem e ainda, há muito para ser desbravada.

Para aqueles que ainda não foram à Bienal poderão conferir neste sábado e domingo, respectivamente dias 30 e 31 de Agosto – últimos dias do evento -, qual terá encontros com os autores, palestras, conversas, workshops, lançamentos, musicais, entre outros acontecimentos exclusivos para este fim de semana, que das 10h às 22h, com exceção no domingo que a bilheteria fechará às 19h e o evento encerra com sua super festa literária às 21h. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente através o site bienaldolivrosp.com.br.

10646991_10204756019606921_7849377223675991866_n

Por: Patrícia Visconti

[Fotografia] A arte de clicar e sua história a desbravar

image (1)

Na próxima terça-feira (19), será celebrado o Dia Mundial da Fotografia e como estávamos sem fotos para subir hoje, nada mais justo do que resenhar um pouco sobre este dia.

Não é de hoje que o ser humano adora registrar e guardar suas belas memórias em imagens, uma arte criada no século 17, quando o francês Louis Daguerre criou o “daguerreótipo”, em 1937, produzida em uma câmera escura, onde apenas havia um pequeno orifício para captar a luz, qual toda a amostragem era chamada de “Diorama”, todavia alguns anos antes o também francês, Joseph Nicéphore Niépce já fazia suas “experiencias”, em uma placa de estanho coberta com um derivado de petróleo fotossensível chamado Betume da Judeia, todavia a imagem produzida demorou cerca de oito horas de exposição ao Sol para ficar pronta, este processo foi chamado pelo próprio de “heliografia”. E por ambas as descobertas serem parecidas, Daguerre e Niépce trocavam análise e experimentos, para que no futuro firmassem sociedade.

Mas, antes disse Leonardo da Vinci descreve em 1515 as propriedades da “Câmera Escura” em seus cadernos de notas, que escritos ao contrário, só podiam ser lidos com o auxílio de um espelho.

Quando as imagens dos objectos iluminados penetram num compartimento escuro, através de um pequeno orifício e se recebem sobre um papel branco situado a certa distância desse orifício, vêem-se, no papel os objectos invertidos com as suas formas e cores próprias“.

Desde então, este conceito desenvolvido por da Vinci foi bastante utilizado pelos artistas da época, como um auxílio ao seu desenho.

Após o invento do “Daguerreótipo”, já a afiliação de Daguerre e Niépce, outros inovadores criaram inventos baseados deste novo projeto surgia, e já que até então a obra era única e exclusiva, sem qualquer tipo de reprodução, 1840, Fo Talbot apresenta em primeira mão, o negativo, criando assim a possibilidade de reproduzir cópias.

Mas, ainda não era algo popular, já que a fotografia apenas se popularizou no final do século 19, quase início do século 20 em Londres foi quando George Eastman mostrou ao mundo o lançamento da “Kodak 100 Vistas”, que levou a substituição das placas de cristal, utilizadas até os dias atuais. Este lançamento utilizava-se 100 fotos circulares e para popularização, usando um slogan que tornou de práxis para ascensão da marca no mercado, “Você aperta o botão, nós fazemos o resto”. Criando posteriormente o rolo de filme, tendo por finalidade usar com uma proteção que permitia sua extração e colocação embaixo da luz solar.

Todavia, a pesquisas apresentadas 150 anos depois do invento pelo prof. Boris Kossoy, de que o processo também da criação da fotografia se deu origem no Brasil, pelo Hércules Florence, na Vila de São Carlos – atual cidade de Campinas.

Florence pretendendo publicar seus estudos sobre a flora e fauna brasileira, deparou com a inexistência de oficinas impressoras na Província de São Paulo, criando então seu próprio método de impressão, intitulado de “Poligraphie” (1832), já encontrado em seus descritos e desenhos em uma loja de tecidos qual trabalhava, notando o descolorimento que os mesmo sofriam expostos à luz solar e informado pelo jovem boticário (e futuro botânico de nomeada) Joaquim Correia de Melo das propriedades do nitrato de prata, deu início às suas investigações sobre fotografia.

Data-se que as primeiras experiência com a câmera escura foi em janeiro de 1833, encontrando-se documentos registrados no manuscritos Livre d’Annotations et de Premier Matériaux, onde foi usado pela primeira vez a palavra “photographie”.

Mas, apenas no século 20 a fotografia se tornou oficialmente popular, dando-se a essência de demonstrar o real, registrando sua época, tornando um elemento de comunicação, tornando uma obra factual, começando a entrar na imprensa e sendo uma amostragem do fato.

Desde então este mercado vem inovando, criando filmes coloridos, impressões instantâneas, foco automático, minimizando os custos, reduzindo etapas e digitalizando o clique, facilitando o processo dos princípios básicos da fotografia. Criando uma amplitude desta arte e dando aos fotógrafos profissionais uma escalada a mais no conhecimento, já que com a popularização fotográfica digital, todos acabam se tornando um.

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] Transformers 4 estreia nos cinemas brasileiros

tranformers

Estreou nesta quinta-feira (17), o quarto filme da saga Transformers, o Transformers: Age of Extinction (Transformers: A Era da Extinção, que continua com muita ação,a ventura e claro a ficção científica, que tem nas outras películas.

O filme é baseado na linha brinquedos e série animada da Hasbro, Transformers, com direção de Michael Bay e produção executiva do grande Steven Spielberg.

O primeiro longa da série que não terá a participação de Shia LaBeouf, ator principal nos três primeiros, e conter um elenco totalmente renovado, com a exceção de três robôs: Autobots, Optimus Prime e Bumblebee. Mark Wahlberg, Nicola Peltz, Jack Reynor e Kelsey Grammer estrelam a continuação.

Confira a siinopse e o trailer do filme abaixo:

Sinopse:

Com os Estados Unidos se reorganizando quatro anos depois da conclusão de Transformers: Dark of the Moon, Autobots e Decepticons desaparecem da face da Terra.

Contudo, um poderoso grupo de cientistas e empresários, na busca por aprender com as invasões passadas dos Transformers, acaba ultrapassando as barreiras da tecnologia para além do seu controle. Ao mesmo tempo, uma nova ameaça Transformer coloca a Terra em sua mira.

Trailer de Transformers 4:

Direção
Michael Bay

Produção
Don Murphy
Tom DeSanto
Lorenzo di Bonaventura
Ian Bryce
Roteiro Ehren Kruger

Elenco
Mark Wahlberg
Nicola Peltz
Jack Reynor
Kelsey Grammer
T. J. Miller
Sophia Myles
Li Bingbing
Stanley Tucci
Han Geng
Titus Welliver

Gênero
Ação
Aventura
Ficção científica

Idioma
Inglês

Música
Steve Jablonsky

Cinematografia
Amir Mokri

Edição
William Goldenberg

Estúdio
Paramount Pictures
di Bonaventura Pictures
China Movie Channel
Jiaflix Enterprises

Distribuição
Paramount Pictures

Lançamento
Estados Unidos – 27 de junho de 2014
Brasil – 17 de julho de 2014

Mais informações:
Curta a página de Transformers no Facebook: http://www.facebook.com/Transformers.BR
Site: http://www.transformersofilme.com.br

Por Priscila Visconti