Arquivo da tag: Junho/2013

Julieta Brandão relembra um momento histórico nacional em seu novo projeto autoral

Julieta_Brand_o_por_Gus_Bomfim_2
Foto por Gus Bomfim

Aquele Junho de 2013 não será apenas um mês passado e esquecido na memória, mas sim lembrado para sempre como o ano que o povo brasileiro acordou em suma e foi às ruas, de início era pelo aumento da passagem, mas depois os problemas acumulados, a inércia, ociosidade e descaso contra o povo brasileiro tomou conta da nação, e muitos jovens foram às ruas mostra sua cara, sua voz e seus instintos. Mostrando não apenas aqui, mas ao mundo que nada irá abalar ou afrontar essa nação, e a luta pelas nossas conquistas será para sempre a nossa própria decisão.

A cantora e compositora Julieta Brandão também estava em uma dessas manifestações que movimentaram todo o país, pedindo pela tão almejada ordem e progresso que descreve em nossa bandeira. E sabemos que de cinco anos para cá, muita coisa já mudou e continua mudando, seus efeitos se mantêm vivos e fortes em cada um de nós, tanto na política, na arte, na música e no cotidade de cada cidadão. E visando este momento, a cantora lança um single que reflete muito bem aquele Junho de 2013. Continuar lendo Julieta Brandão relembra um momento histórico nacional em seu novo projeto autoral

[Cabine da Pipoca] Suspense, horror e comoção traz o primeiro longa de terror venezuelano às telonas

969609_643436725675083_1642029098_n

Ok, sei que estamos mega atrasados com o post de cinema, mas quer pedir desculpa pela nossa ausência e falta de pauta para ofertar à vocês. Todavia, neste fim de semana caçamos uma ideia que os amantes do suspense e horror irão curtir.

10258093_779149075437180_8120107343193007840_oO filme de hoje é a primeira produção venezuelana de terror, e trata-se do longa “La Casa del Fin de los Tiempos” (“A casa do fim dos Tempos” – traduzido para o português), do diretor Alejandro Hidalgo, que foi o ganhador de um concurso organizado pelo Centro Nacional Autônomo de Cinematografia (CNAC), qual ganhou o primeiro prêmio, qual teve sua película financiada pela competição.

A história da trama traz Dulce (Ruddy Rodríguez), uma mãe de família que tem encontros com aparições dentro de sua velha casa, lugar onde acredita-se haver uma grande profecia. Trinta anos depois, Dulce alguns anos mais velha, regressa à casa, onde decifra o mistério e a tragédia daquilo que há atormentado por todos esses anos.

1378610_678971505454938_1177671379_nEsse longa têm de surpreender como o primeiro filme de terror venezuelano, mas o curioso do caso é que os cineastas na Venezuela, parecem tomarem gosto pelo gênero, e junto à película de Hidalgo, foram anunciadas outras novas produções de horror que estrearam durante a metade de 2013, como o longa-metragem de Gaspar Mendoz, dirigida por Julián Balam e o segundo de Diego Velasco, autor de “De La Hora Cero”, sobre a legenda colombo-venezuela de “EL Silbón”, alé, do mais, Alejandro Hidalgo também anunciou que está preparando uma sequência do gênero do terror, um projeto que resultará em bons e horripilantes frutos.

E por falar em Hidalgo, ele desde sua juventude e inexperiência, sempre mostrou muita responsabilidade em apresentar seu trailer sobrenatural, trazendo tensão, suspense e fadados de uma eficaz atmosférica, ou nas palavras do próprio Alejandro, se trata de uma obra que está repleta de suspense do principio ao fim, também vem cheia de grandes surpresas e revelações em meio de um drama humano e comoção.

223810_443289615689796_640149566_n

O longa estreou na Venezuela em Junho/2013, todavia não sabe ao certo quando o filme estreia no Brasil, mas enquanto isso, segue abaixo o trailer oficial de “La Casa del Fim de los Tiempos”:

FICHA TÉCNICA

Direção: Alejandro Hidalgo
Produção: Alejandro Hidalgo
Escrito por: Alejandro Hidalgo
Produção executiva: José Ernesto Martínez, César Rivas y Alejandro Hidalgo
Direção de fotografia: Cezary Jaworski
Direção de arte: Evadne Mullings y Daniela Hinestroza
Direção de áudio: Josué Saavedra
Edição e montagem: Judilam Goncalves, Miguel Ángel García y Alejandro Hidalgo
Projeto de som: Jacinto González y Oscar Bentolila
Música original: Yoncarlos Medina
Efeitos visuais: Evans Briceño
Produção:
Epica Producción, JEMD Films, X Rojo Producciones con el apoyo del CNAC, Coproducción con La Fundación Villa del Cine, Xenón Films e Rodando Films. Com a colaboração de Blue post, Tres, IdearAudio, Espiral Creativo, Chirimoya Films e Navaja Producciones.

Mais info: Site | Twitter | Facebook

Por: Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] “Uma História de Amor e Fúria”: A história do Brasil em HQ

578379_505716326123337_505890091_n

Quando pensamos em animações, já imaginamos aqueles filmes baseados em HQs japoneses, ou então nas mega produções hollywoodianas e seus super heróis.

Mas, essa história de que animações só é melhor vinda de fora, é coisa do passado, pois filmes alá novela das nove não é mais padrão do cinema nacional, e “Uma história de Amor e Fúria”, lançado em junho de 2013, é prova disso.

Uma narrativa que mescla as evoluções mundanas, mas com uma pano de fundo de um romance de seis séculos, passando por guerras, conflitos e mudanças do cotidiano, o protagonista da história vive neste mundo, onde ele quer se encontrar e viver com sua amada, Janaína.

189810_634237066604595_1361218567_nUm filme para o público jovem e adulto, com uma linguagem em HQ, o longa traz Selton Mello e Camila Pitanga dublando os protagonistas, além da participação de Rodrigo Santoro, fazendo a voz do chefe indígena e de um guerrilheiro. Dirigido, produzido e roteirizado por Luiz Bolognesi. Filme que ganhou o maior festival de animação do mundo, em Annecy.
533269_539279726100330_409528157_n

A HQ que mostra a história do Brasil como você nunca viu, apresentando uma trama dos guerreiros que estão sempre lutando para conquistar o que almejam.

Sinopse:

Um homem com quase 600 anos de idade acompanha a história do Brasil, enquanto procura a ressurreição de sua amada Janaína. Com traço e linguagem de HQ, mostra a história do Brasil como você nunca viu. A versão dos que nunca desistiram de lutar.

228190_568989726462663_1583364631_n

Mais info: Site | Facebook | Twitter | Youtube

Por: Patrícia Visconti