Arquivo da tag: periferia

A nerdice retorna com todo fervor com a nova edição da Perifacon


image host

A primeira comic-con das favelas está de volta em seu formato presencial. Como prometido em 2019, desde a primeira edição do Perifacon, o festival retorna à Fábrica de Cultura da Brasilândia, no dia 31 de julho, para realizar painéis, promover artistas e engajar o entretenimento e a cultura pop dentro aos nerds das comunidades de São Paulo. Continuar lendo A nerdice retorna com todo fervor com a nova edição da Perifacon

Ato Heroico 2 – Transforma fãs de quadrinhos em verdadeiros heróis e heroínas

OIF-2

Associação Cultural Prateleira de Quadrinhos é uma instituição criada por apaixonados e fãs de quadrinhos, que visa fomentar a leitura e a cultura pop através da leitura, disponibilizando um acervo de distintas publicações à comunidade desde 2015, buscando um meio ímpar para que eles introduza diante a este universo na nona arte, acreditando que a diversidade ajuda a entender o outro e questionar a sociedade em que vivemos. Continuar lendo Ato Heroico 2 – Transforma fãs de quadrinhos em verdadeiros heróis e heroínas

Perifacon brota nas redes, em uma edição inspiradora e excepcional da maior comicon das favelas

perifacon

A primeira e maior comicon das favelas, a Perifacon, neste ano não deixará os fãs da cultura pop sem seu anual evento, e por conta da pandemia que enfrentamos, esta edição será totalmente digital, intitulada como PerifaCon, Brotando nas Redes, a convenção contará com três dias de atrações, integralmente gratuita e aberta ao público nas redes sociais. Continuar lendo Perifacon brota nas redes, em uma edição inspiradora e excepcional da maior comicon das favelas

Arte na Quebrada – Pantera Negra é inspiração para painel em escola na periferia de São Paulo

painelenzo

A cor é a forma mais alegre e divertida, para quem vive em uma cidade cheia de cinza, tristeza e o ódio, que atualmente vem se impregnando a cada dia, mas graças aos artistas visuais, podemos colocar cores pela metrópole de São Paulo, como nas escolas, não só para entreter os alunos, mas também mostrar cultura, e onde muitos podem ver algo insignante, outros verão como peça fundamental para uma sociedade com amor, inteligência e muita sabedoria, pois só a cultura, junto com a educação, pode mudar uma nação, e é disso que estamos precisando agora.

Continuar lendo Arte na Quebrada – Pantera Negra é inspiração para painel em escola na periferia de São Paulo

A segunda edição da Butantã GibiCon trouxe uma mesa exclusiva com os maiores nomes dos quadrinhos alternativo de São Paulo

batman-capao

Aconteceu na última sexta-feira (18) até domingo dia 20 de dezembro, a segunda edição da Butantã GibiCon, que contou com artistas, roteiristas, editores e produtores culturais, em um evento totalmente online através das redes sociais e do Youtube do evento. Continuar lendo A segunda edição da Butantã GibiCon trouxe uma mesa exclusiva com os maiores nomes dos quadrinhos alternativo de São Paulo

“AmarElo” – Um documentário sobre origens, essências e realizações

Jef-Delgado-Emicida-16-H-Theatro-Municipal-39
Foto por Jef Delgado

O Emicida é músico que sempre difundiu e esteve presente junto com a comunidade e suas raízes, e agora, ele quer ampliar esse elo, e mostrar ao mundo que todo mundo é igual e merece ter direitos de chegar e ser quem quiser, independente da cor, da sexualidade ou da classe social. Continuar lendo “AmarElo” – Um documentário sobre origens, essências e realizações

Tinta Fresca – A série de quadrinhos traz temas atuais e relevantes, para inspirar e divertir o jovem da periferia

project-thumb-facebook-received-10154007573142435

A série da HQ que foi indicada a renomados prêmios nacionais, acaba de ganhar mais uma edição, Tinta Fresca, é um quadrinho direito, autêntico e original, criado pelo quadrinista e editor Digo Freitas, é uma obra inerente que faz o jovem brasileiro da periferia se identificar com o personagem, que não vive entre os arranha-céus, como Homem-Aranha, mas mostra ideais e realidades semelhantes a rotina comum e rotineira. Continuar lendo Tinta Fresca – A série de quadrinhos traz temas atuais e relevantes, para inspirar e divertir o jovem da periferia

“Assalto ao Útero” – Um drama costumeiro entre a sociedade marginalizada nas periferias das metrópoles

assalto-A

Em nossa sociedade a meritocracia já se dá àqueles que tem dinheiro ou costa de quente de gente muito poderosa, pois os demais vive a mercê, sobrevivendo como a vida permite, sem luxos, regalias e condições plausíveis em conquistar o que realmente almeja de verdade, tendo que engolir o que lhe jogam de migalhas, sem poder sonhar de verdade. E essa situação, muitas já encontram desde que ainda estão no ventre de suas mães, que tem de se submeter a qualquer emprego, arriscando a própria vida e de seu filho. Continuar lendo “Assalto ao Útero” – Um drama costumeiro entre a sociedade marginalizada nas periferias das metrópoles

Perifacon libera os ingressos para a segunda edição da maior comic con das favelas

49840146-362177024570488-2792134144363069440-n

A segunda edição da maior comic con da periferia acontece nos dias 11 e 12 de abril, o Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes, Zona Leste de São Paulo, com o intuito em difundir e democratizar o acesso das periferias à cultura pop, nerd e geek. Continuar lendo Perifacon libera os ingressos para a segunda edição da maior comic con das favelas

A representação da mãe solo, negra e periférica em “Minha Fortaleza, os Filhos de Fulano”

IMG-6345

Foi convidando mães e filhos da Vila Flávia para o palco que Tatiana Lohmann abriu a amostra da Seleção Rio com a exibição do seu longa “Minha Fortaleza, os Filhos de Fulano”. Na última quinta (6) ocorreu no CineSesc, em São Paulo, a abertura da Seleção Rio, uma parceria do Sesc com o Festival do Rio, que traz à capital paulista títulos exibidos no Festival Carioca.

O filme, lançado em 2016, documenta a história de três famílias que sofrem as consequências da ausência paterna. Dona Edith, dona Vera e dona Fatima: três mães negras protegendo sozinhas os filhos da labuta que é estar na minoria esquecida pelo Estado. Continuar lendo A representação da mãe solo, negra e periférica em “Minha Fortaleza, os Filhos de Fulano”