[Cabine da Pipoca] Mad Max: Estrada da fúria – Buscando a liberdade

mad-max-estrada-da-furia-fury-road-imperdível-resenha-crítica-zoom-news

A Cabine da Pipoca dessa semana convida você a embarcar na Máquina de guerra da Imperatriz Furiosa e cair na estrada da fúria.
Mad Max:Estrada da fúria é o quarto filme da franquia Mad Max e mantém seu diretor, George Miller desde o primeiro filme da série, que estreou em 1979, entretanto 36 anos separam este e o filme atual, que foi premiado com 6 estatuetas no Oscar desse ano.

O elenco do novo filme de Miller conta com nomes já consagrados do cinema como, Charlize Theron (Imperatriz Furiosa) e Tom Hardy (Max) e atores que estão trilhando suas carreiras como, Nicholas Hoult (Nux) e Rosie Huntington-Whiteley (Splendid).

(Foto: Frazer Harrison / Getty Images)

No filme que estreou em 14 de maio de 2015 é possível acompanhar a volta de Max, mas dessa vez em uma estrada no deserto na companhia da Imperatriz Furiosa, Nux e as mulheres escravas de Immortan Joe, todos a bordo da Máquina de guerra, um caminhão tanque e partem para a estrada para fugir de Immortan Joe e buscar condições de vida melhores.

Sinopses

Mad Max
Num futuro próximo, o combustível que alimenta os motores dos carros é também motivo para crimes perpretados por violentas gangues. Max é um jovem policial e junto com seus companheiros patrulha as estradas a fim de impedir a ação daqueles que insistem em perturbar a paz.

A morte de um membro pelas mãos de Max dá início a uma série de crimes cruéis cometidos contra sua família e o melhor amigo. Assim, Max só tem uma escolha: vingança.

Mad Max- A caçada continua
No futuro o bem mais precioso é a gasolina, em virtude de uma guerra que acabou com os campos petrolíferos do Oriente Médio. Tendo combustível pode-se fugir da morte ou se dirigir a algum lugar para matar alguém. Neste contexto, Max (Mel Gibson) resolve ajudar uma comunidade a defender sua refinaria contra uma gangue de motoqueiros.

Mad Max: Além da cúpula do trovão
Após a destruição da civilização surge Bartertown, uma cidade no deserto com regras primitivas e mortais que tem uma governante (Tina Turner) que deseja consolidar seu poder a qualquer preço.

Até que lá chega Max (Mel Gibson), que é forçado a participar de uma luta e, por ter se recusado a matar seu oponente, acaba sendo banido no deserto. Até que um grupo de jovens selvagens o salvam e passam a considerá-lo um messias que os levará até uma nova terra.

Mad Max: Estrada da Fúria
O filme de ação pós-apocalíptico se passa nos confins de nosso planeta, em uma paisagem desértica onde a humanidade está em colapso, e quase todos lutam loucamente pelas necessidades da vida. Neste mundo de fogo e sangue, existem dois rebeldes em alta velocidade, que talvez possam restaurar a ordem.

Há Max, um homem de ação e de poucas palavras, que busca paz de espírito depois da perda de sua mulher e seu filho após o caos. E há Furiosa, uma mulher de atitude que acredita que seu caminho para sobreviver pode ser alcançado se ela cruzar o deserto de volta para sua terra natal.

Mad Max antigos x atual
Apesar de Mad max: Estrada da Fúria ser uma continuação da saga, o espectador que não assistiu aos outros filmes consegue entender a história do novo filme sem nenhum problema.

O único personagem que faz parte das quatro histórias é o ex-policial Max, que nos primeiros 3 filmes foi interpretado por Mel Gibson e no último por Tom Hardy.

O ator que interpreta Immortan Joe, Hugh Keays-Byrne, já participou do primeiro filme da franquia que estreou em 1979, dando vida ao vilão Toecutter.

Mad-Max-–-Estrada-da-Fúria-ReviewMad Max: Estrada da Fúria ganhou 6 Oscars na cerimônia deste ano, que foram Melhor mixagem de som, melhor edição de som, melhor montagem, melhor cabelo e maquiagem, melhor design de produção e melhor figurino, enquanto os outros 3 filmes das franquia nunca ganharam nenhuma estatueta.

Além da cenas bem feitas e dos efeitos que prenderam a atenção do público, o poder e coragem das mulheres no filme também chama muito a atenção, pois apesar de Max ser o personagem mais conhecido, a Imperatriz Furiosa, as escravas fugitivas e outras mulheres da família de Furiosa são os personagens com maior destaque.

Pois são elas que arquitetam planos, dirigem carros pesados e enfrentam vilões sem medo algum, mesmo estando feridas e algumas até estão grávidas, mas mesmo assim não esboçam fraqueza ou pavor.

Nesse filme, Max é só um coadjuvante, pois as mulheres, em especial a Imperatriz Furiosa mostram que as mulheres podem sim enfrentar acompanhas ou sozinhas os problemas, podem montar boas estratégias e ter sucesso em todas as áreas, enfim esse filme lembra a sociedade que as mulheres podem ir muito mais além dos limites impostos a elas.

Trecho-de-MAD-MAX-ESTRADA-DA-FÚRIA-Mad-Max-Fury-Road-2015-de-George-Miller

Assista abaixo o trailer de Mad Max: Estrada da Fúria, o último filme da saga

Por Ana Carolina

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s