Arquivo da tag: Oscar 2016

[Cabine da Pipoca] Mad Max: Estrada da fúria – Buscando a liberdade

mad-max-estrada-da-furia-fury-road-imperdível-resenha-crítica-zoom-news

A Cabine da Pipoca dessa semana convida você a embarcar na Máquina de guerra da Imperatriz Furiosa e cair na estrada da fúria.
Mad Max:Estrada da fúria é o quarto filme da franquia Mad Max e mantém seu diretor, George Miller desde o primeiro filme da série, que estreou em 1979, entretanto 36 anos separam este e o filme atual, que foi premiado com 6 estatuetas no Oscar desse ano.

O elenco do novo filme de Miller conta com nomes já consagrados do cinema como, Charlize Theron (Imperatriz Furiosa) e Tom Hardy (Max) e atores que estão trilhando suas carreiras como, Nicholas Hoult (Nux) e Rosie Huntington-Whiteley (Splendid).

(Foto: Frazer Harrison / Getty Images)

No filme que estreou em 14 de maio de 2015 é possível acompanhar a volta de Max, mas dessa vez em uma estrada no deserto na companhia da Imperatriz Furiosa, Nux e as mulheres escravas de Immortan Joe, todos a bordo da Máquina de guerra, um caminhão tanque e partem para a estrada para fugir de Immortan Joe e buscar condições de vida melhores.

Sinopses

Mad Max
Num futuro próximo, o combustível que alimenta os motores dos carros é também motivo para crimes perpretados por violentas gangues. Max é um jovem policial e junto com seus companheiros patrulha as estradas a fim de impedir a ação daqueles que insistem em perturbar a paz.

A morte de um membro pelas mãos de Max dá início a uma série de crimes cruéis cometidos contra sua família e o melhor amigo. Assim, Max só tem uma escolha: vingança.

Mad Max- A caçada continua
No futuro o bem mais precioso é a gasolina, em virtude de uma guerra que acabou com os campos petrolíferos do Oriente Médio. Tendo combustível pode-se fugir da morte ou se dirigir a algum lugar para matar alguém. Neste contexto, Max (Mel Gibson) resolve ajudar uma comunidade a defender sua refinaria contra uma gangue de motoqueiros.

Mad Max: Além da cúpula do trovão
Após a destruição da civilização surge Bartertown, uma cidade no deserto com regras primitivas e mortais que tem uma governante (Tina Turner) que deseja consolidar seu poder a qualquer preço.

Até que lá chega Max (Mel Gibson), que é forçado a participar de uma luta e, por ter se recusado a matar seu oponente, acaba sendo banido no deserto. Até que um grupo de jovens selvagens o salvam e passam a considerá-lo um messias que os levará até uma nova terra.

Mad Max: Estrada da Fúria
O filme de ação pós-apocalíptico se passa nos confins de nosso planeta, em uma paisagem desértica onde a humanidade está em colapso, e quase todos lutam loucamente pelas necessidades da vida. Neste mundo de fogo e sangue, existem dois rebeldes em alta velocidade, que talvez possam restaurar a ordem.

Há Max, um homem de ação e de poucas palavras, que busca paz de espírito depois da perda de sua mulher e seu filho após o caos. E há Furiosa, uma mulher de atitude que acredita que seu caminho para sobreviver pode ser alcançado se ela cruzar o deserto de volta para sua terra natal.

Mad Max antigos x atual
Apesar de Mad max: Estrada da Fúria ser uma continuação da saga, o espectador que não assistiu aos outros filmes consegue entender a história do novo filme sem nenhum problema.

O único personagem que faz parte das quatro histórias é o ex-policial Max, que nos primeiros 3 filmes foi interpretado por Mel Gibson e no último por Tom Hardy.

O ator que interpreta Immortan Joe, Hugh Keays-Byrne, já participou do primeiro filme da franquia que estreou em 1979, dando vida ao vilão Toecutter.

Mad-Max-–-Estrada-da-Fúria-ReviewMad Max: Estrada da Fúria ganhou 6 Oscars na cerimônia deste ano, que foram Melhor mixagem de som, melhor edição de som, melhor montagem, melhor cabelo e maquiagem, melhor design de produção e melhor figurino, enquanto os outros 3 filmes das franquia nunca ganharam nenhuma estatueta.

Além da cenas bem feitas e dos efeitos que prenderam a atenção do público, o poder e coragem das mulheres no filme também chama muito a atenção, pois apesar de Max ser o personagem mais conhecido, a Imperatriz Furiosa, as escravas fugitivas e outras mulheres da família de Furiosa são os personagens com maior destaque.

Pois são elas que arquitetam planos, dirigem carros pesados e enfrentam vilões sem medo algum, mesmo estando feridas e algumas até estão grávidas, mas mesmo assim não esboçam fraqueza ou pavor.

Nesse filme, Max é só um coadjuvante, pois as mulheres, em especial a Imperatriz Furiosa mostram que as mulheres podem sim enfrentar acompanhas ou sozinhas os problemas, podem montar boas estratégias e ter sucesso em todas as áreas, enfim esse filme lembra a sociedade que as mulheres podem ir muito mais além dos limites impostos a elas.

Trecho-de-MAD-MAX-ESTRADA-DA-FÚRIA-Mad-Max-Fury-Road-2015-de-George-Miller

Assista abaixo o trailer de Mad Max: Estrada da Fúria, o último filme da saga

Por Ana Carolina

[Cabine da Pipoca] O Oscar 2016 foi marcado por emoções, expectativas e protestos

oscar-759

A 88ª edição da entrega da Academy Awards, aconteceu no último domingo, 28, em Hollywood, Los Angeles, Califórnia.
Um evento repleto de expectativa, protesto e superação, além de performances exclusivas de grande nomes da música pop da atualidade.

rs_1024x819-160112073250-1024.88th-academy-awards-ChrisRockPR2_rgbNa apresentação o ator e comediante Chris Rock levou seu humor negro para milhões de pessoas que o assistia, e as apostas para melhor ator e atriz, não deixava dúvida a ninguém, assim como de melhor diretor, canção e roteiro original.

Sam Smith mostrou ao público com a canção “Writing’s on the Wall”, tema mais recente de James Bond, “007 contra Spectre”, mas Lady Gaga que emocionou com “It Happens Too You”, levando ao palco vítimas de violência sexual e dando um tapa na cara da sociedade machista, foi escrita pela própria cantora em parceria com Diane Ground para o documentário “The Hunting Ground”.

Já nas categorias técnicas Mad Max dominou as categorias, levando seis prêmios para casa, entre esses estão esdição, mixagem de som, edição de som, direção de arte, figurino e maquiagem, e Divertida Mente, deixando o brasileiro O Menino e o Mundo, sem a almejada estatueta. E por falar em filmes estrangeiros, O Filme de Saul, Lazlo Nemes, arrebatou o Oscar na categoria.

oscars2016_bestpicture

Alicia Vikander, A Garota Dinamarquesa e Mark Rylance, Ponte dos Espiões, conquistaram o prêmio de melhor atriz e ator coadjuvante. Já láurea para melhor atriz ficou com Brie Larson, de O Quarto e Jack, e o ator, as expectivas da noite foram alcançadas com 7208740-3x2-700x467Leonardo DiCaprio rematando o Oscar de melhor ator em O Regresso, filme que também condicionou o diretor e produtor Alejandro González Iñárritu como melhor diretor e melhor fotografia.

O prêmio mais esperado da noite, não ficou nem com O Regresso e tampouco com Mad Max, mas sim com a história verídica do jornalismo investigativo de Spotlight – Segredos Revelados, levou o prêmio de melhor filme e o melhor filme com o roteiro adaptado ficou com A Grande Aposta.

2016_Oscar_Watch_Header_750X450_2-750x450

Uma premiação onde o glamour esteve presente, mas repulsa contra os preconceitos e divergencias sociais, sexuais e raciais, mostrando que a influência de cada individuo pode ser crucial para transformar e aniquilar a atrocidades mundanas que está acabando com o mundo atual.

Por Patrícia Visconti

[Cabine da Pipoca] A Grande Aposta – Quem vai arriscar?

The-Big-Short-Movie

Dirigido por Adam McKay e com um elenco de atores renomados como, Christian Bale, Brad Pitt, Steve Carell, Marisa Tomei e Ryan Gosling, o longa ganhou nesse ano o Oscar de melhor roteiro adaptado.

Dos mesmos autores de “O homem que mudou o jogo “ e “Um sonho possível” a Cabine da downloadPipoca dessa semana apresenta à vocês amantes do cinema e interessados na economia americana o filme “A grande aposta”, que estreou em janeiro deste ano nos cinemas de todo o mundo.

brad-pitt-a-grande-apostaO longa baseia-se no livro de Michael Lewis “The Big Short: Inside the Doomsday Machine”, lançado no Brasil como “A Jogada do Século”, e apresenta histórias paralelas de investidores e especuladores financeiros que previram a grande crise de investimentos que os Estados Unidos iria passar ainda na primeira década do século 21.

Então, os investidores envolvidos com o intuito em derrubar o sistema, visou algo distinto o que pregava o mercado, e a-grande-aposta-2resolveram apostar todo seus patrimônios contra o mercado financeiro, e consequentemente o filme mostrou um pouco sobre a falência do mercado imobiliário estadunidense nos anos de 2007 e 2008.

Desde então, a vida destes quatro empresários passou a estar no lugar mais alto do poder financeiro, onde irão questionar tudo e todos, pela ousadia e coragem em encarar a crise de uma maneira distinta ao que o sistema demandava.

Enquantoalx_filme_the_big_short_05_original os bancos lucravam a cada dia com hipotecas e contas correntes, os quatros investidores foram na contra-mão deste sistema, e encararam de frente, mudando a cena de suas empresas e a maneiras de qual administravam-as, pois o mundo estava prestes a colapso financeiro,  e a população seria a maior vítima desta catástrofe.

Sinopse:

O filme adapta o livro “The Big Short: Inside the Doomsday Machine” e conta a história de quatro homens que anteciparam a crise imobiliária e The-Big-Short-A-Grande-Aposta-bastidoreseconômica dos Estados Unidos em 2008. Eles resolvem fazer um investimento, mas acabam no “mercado negro” bancário onde precisam questionar a tudo e a todos. Brad Pitt, Christian Bale, Ryan Gosling e Steve Carell interpretam os protagonistas e o elenco tem ainda Karen Gillan, Selena Gomez, Marisa Tomei e Melissa Leo.

Assista abaixo ao trailer abaixo:

Por: Carla Cunha

[CABINE DA PIPOCA] Oscar 2016: Façam suas apostas!

A Cabine da Pipoca dessa semana convida você a escolher seu melhor traje de gala e preparar a torcida, pois a cerimônia mais importante do cinema mundial, a entrega do Oscar 2016, vai acontecer no próximo domingo, dia 28.

O evento mais famoso do cinema já está na sua 88ª edição e acontece na cidade de Los Angeles no próximo fim de semana e terá como apresentador, o comediante Chris Rock.

A cerimônia irá premiar os melhores entre 24 categorias, como melhor ator/atriz coadjuvante, premiações técnicas e os mais esperados da noite, melhor ator/atriz e melhor filme.

É claro que só iremos saber os nomes dos vencedores no próximo domingo, mas todo mundo já sabe que além de vir cheio de glamour, o Oscar vem acompanhado também pelas famosas apostas sobre os vencedores dos prêmios, até bolão está acontecendo em diversos lugares!

As apostas:

O filme “O Regresso” de Alejandro Iñárritu está concorrendo em 12 categorias, entre elas melhor diretor, melhor filme e melhor ator (pela atuação de Leonardo DiCaprio) e é um grande favorito, mas não está sozinho, já que o filme “Mad Max- Estrada da fúria” de George Miller, “A grande aposta” de Adam McKay e “Spotlight: Segredos Revelados” de Tom McCarthy também são favoritos na disputa pelo prêmio de melhor filme. O Oscar de Melhor diretor pode ser de Alejandro Iñárritu, os favoritos a Melhor roteiro são os roteiristas de “Spotlight: Segredos revelados” e os de “A grande aposta”.

Brie Larson, de “O quarto de Jack”, Saoirse Ronan, de “Brooklin” e Cate Blanchett, de “Carol” são as favoritas para levar o Oscar de melhor atriz. Já a grande aposta para levar o Oscar de melhor ator é Leonardo DiCaprio, que já é veterano em indicações, mas pode ser que desta vez o ator receba seu primeiro Oscar.

g1.globo.com
Créditos: – STAFF / REUTERS

Brie Larson, Saoirse Ronan, Charlotte Rampling, Jennifer Lawrence, Cate Blanchett concorrem a categoria melhor atriz.

g1.globo.com
Leonardo DiCaprio em “O regresso”

O Brasil também estará presente! “O menino e o mundo” , animação de Alê Abreu é um dos indicados na categoria Melhor animação.

null

E para terminar, festa sem música não é festa, certo? Lady Gaga, Sam Smith, The Weeknd e Pharrell Williams vão cantar no evento e com exceção de Pharrel Williams todos estão concorrendo na categoria Melhor canção original.

O Oscar 2016 será transmitido ao vivo a partir das 20h30 no canal TNT e a Rede Globo irá transmitir a cerimônia após o Big Brother Brasil. E claro, semana que vem temos o pós-Oscar aqui na Cabine da pipoca.

A Cabine da pipoca deseja boa sorte a todos os indicados e um pouquinho de sorte a mais para o Leonardo DiCaprio, talvez assim ele finalmente leve o seu Oscar para casa…

Por: Ana Carolina

[Cabine da Pipoca] Cinema Nacional no OBC – “Que Horas Ela Volta?”

11713697_745633735560086_6600645553536916065_o

Nesta semana no Cabine da Pipoca, vamos de filme nacional, grandes mídias já falaram sobre a indicação que ele teve ao Oscar 2016 e tal, e nós d’O Barquinho Cultural, não queremos pautar sobre isso, então vamos falar um pouco do filme em si e não de suas premiações, que foram muitas, apesar do longa ter estreado no final de Agosto, no dia 27.

Protagonizado pela atriz e apresentadora Regina Casé, dirigido, escrito e roterado por Anna Muylaert, o filme chama-se “Que Horas Ela Volta?”, começou com outro nome, que era “A Porta da Cozinha”, foi baseado na própria história da diretora.

A diretora  usou a experiência de vida da babá que cuidou seu filho, que após de deixar sua filha em outro estado, a moça veio para São Paulo em busca de trabalho para conseguir dar uma vida melhor à sua filha.

O roteiro foi reescrito diversas vezes, até sair a história original, pois segundo a Anna Muylaert, ela queria algo bom e perfeito.

A atriz Regina Casé também ajudou na roteirização do filme, pois ela teve um papel importante, já que ela sabe muito bem a realidade de diversas mulheres nordestinas que vão à São Paulo em busca de emprego.

Mas, Anna queria algo que ficasse real em seu filme e não tipo ‘novelinhas fake’ das 9, foi ai que as duas escreveram a história, pois segundo a diretora para cuidar da cuidar de crianças dos outros é um trabalho sagrado que é bastante subestimado.

imagens

“Que Horas Ela Volta”, foi filmado em fevereiro de 2014 em uma mansão no Morumbi, zona sul de São Paulo, bairro de classe alta e demorou quase um ano para ser produzido e o longa foi lançado em todo o Brasil no dia 27 de agosto de 2015.

Apesar de mostrar a realidade de muitas mulheres do brasileiras, o filme não é tão dramático, mas tem um pouco de comédia, pois os produtores, atores e até a mesmo a diretora do longa o caracteriza como uma comédia dramática.

Sinopse
470745Val, uma mulher de Pernambuco, vai para São Paulo, deixando para trás sua filha, Jéssica, com o avô. Em São Paulo, Val encontra um emprego como babá e depois de empregada doméstica em uma casa de família de classe alta onde ela cuida do filho de seus patrões, Fabinho.

Treze anos depois, Val é economicamente estável, mas sente culpa por ter deixado para trás Jéssica. De repente, sua filha decide ir a São Paulo para fazer um vestibular, na mesma época que o filho do casal, e pede apoio a mãe, esta acreditando em uma segunda chance para um melhor relacionamento entre as duas.

Mesmo assim, a convivência é complicada, ainda mais pela personalidade da garota e forma como ela se porta na casa e perante os patrões de sua mãe, se sentindo mais a vontade e não aceitando a separação de classes e posições impostas no lugar.

Elenco
Regina Casé como Val
Michel Joelsas como Fabinho
Camila Márdila como Jéssica
Karine Teles como Barbara
Lourenço Mutarelli como Carlos
Helena Albergaria como Edna

Produção
Fabiano Gullane
Caio Gullane
Debora Ivanovr
Anna Muylaert

Roteiro
Anna Muylaert

Cinematografia
Bárbara Alvarez

Edição
Karen Harley

Distribuição
Gullane Filmes
Africa Filmes
Globo Filmes (co-produção)
Anna Muylaert

Prêmios
sundance film festival 2015
acting REGINA CASE E CAMILA MARDILA

Mais informações
Website: http://www.filmisnow.com
Facebook: http://on.fb.me/UFZaEu
Twitter: http://twitter.com/#!/filmisnow
G+ Page: http://goo.gl/s8s3Pz
Download App (Android): http://goo.gl/TFSFPz
Download App (iOS): http://goo.gl/wEWrKg

Confira abaixo o trailer do filme “Que Horas Ela Volta?”

 

Por Priscila Visconti