[Cyber Cult] Para vestir e investir!

destaque-entenda-de-moda-sustentavel

Moda é um assunto que sempre despertou o interesse do público e da mídia, seja pelo frisson causado nos “fashionistas” ou seja pela crítica para uma nova coleção. Ficar indiferente à ela, é quase impossível.

moda-sustentavel-1Um dos reflexos da sociedade traz consigo história e cultura, mas engana-se quem pensa que é referência apenas para o passado, o mercado fashion também pensa no futuro.

Devido a constante mudança na sociedade e no clima, os profissionais atuantes estão sempre buscando por inovações que valorizem suas peças. No entanto, a tecnologia é uma grande aliada na confecção das coleções práticas e úteis no dia a dia.

Desde tecidos confeccionados a partir de PET a casacos que se adequam a temperatura ambiente, a moda high tech passa por constantes atualizações, permitindo ir além de contribuir com a sociedade, mas também movimenta milhões na industria têxtil. Um exemplo disso trata da última edição da feira internacional TechTextil, que ocorreu em maio de 2015 em Frankfurt, Alemanha, acolheu 1389 empresas do setor.

Algumas peças confeccionadas com tecnologia já são encontradas para venda, como as produzidos a partir da PET. Isso mesmo, tecido confeccionado com garrafa PET.

020-etiquetaDuas garrafas de dois litros são suficientes para produzir fibras para uma camiseta. Marcas como Hering, Osklen, Mizuno e Brookfield são algumas das empresas que investem nesse setor, que absorve 50% do PET reciclado no Brasil.

Já em outro canto do mundo, uma empresa suíça investiu em uma luxuosa bolsa recarregável, equipada com células fotovoltaicas, que a torna capaz de recarregar um celular. Economia de energia agregada a sofisticação!
image

Solar Handbag, da Forster e Rohner

De acordo com a federação suíça, os têxteis high tech representam cerca de um quinto das exportações do pais, que tem o EMPA – Engenheiros especializados do Setor Têxtil dos Laboratórios Federais de Testes e de Pesquisa como um dos parceiros em pesquisa do setor que visa a fusão da moda a tecnologia.

eco-fashion1

Já Nelson Cardoso, um dos investigadores do CENTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, juntamente com sua equipe desenvolveu uma nova geração de fibras de poliéster termo reguladoras, que vai da confecção de roupas do dia a dia a edredons.

A ideia parece um tanto distante da realidade de muitos, mas não é difícil encontrar peças a venda, que de imediato não sugere tecnologia de ponta, como no caso das roupinhas para bebês com citronela, que começaram a ser produzidas há seis meses, em Londrina, Paraná.

A empresa investiu em nanotecnologia para a aplicação de microcápsulas de citronela no tecido, e com a epidemia de zika, dengue e chigunkunya, tem até fila de espera, e a linha de produção foi ajustada priorizando a produção com o repelente.

image
Foto: Reprodução Eduardo Anizelli

Tecnologia e moda caminham lado a lado na evolução da sociedade, e a fusão desses dois setores só impacta de maneira positiva a economia mundial, impulsiona a reciclagem favorecendo a ecologia e viabiliza conforto e praticidade aos seus consumidores.

Parece papo futurista, e é! O futuro como imaginamos há 30 anos está acontecendo, e enquando eu vos escrevo, alguma inovação no setor é vislumbrada por algum empreendedor em algum lugar no mundo. Talvez, bem perto de você!

Por: Beth Tavares

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s