[Cabine da Pipoca] Scarlett Johansson é a polícia cibernética Major, em A Vigilante do Amanhã

Nesta quinta-feira (30), estreou ‘A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell’, dirigido por Rupert Sanders, é uma nova fase dos cinemas que está tentando abrir as portas para adaptações de animes, que conta com bons efeitos visuais e com boas sequências de ação. A trama deve seguir a linha do anime, em que a Major Kusanaki, uma policial cibernética, que luta para levar justiça às ruas de sua megacidade japonesa em um futuro distópico.

A Vigilante do Amanhã é um um ótimo sci-fi de ação que irá agradar muitos fãs da história já conhecida no mundo geek e também vai agradar para o público que não curte mangá, pois tem muita ação na história.

O filme mostra a cidade de New Port City, em um Japão do futuro, num mundo pós 2029, em que humanos podem substituir membros do corpo por partes cibernéticas, os robôs são uma grande arma militar evoluída, em que a policial Major, protagonizada pela estrela Scarlett Johansson, que acorda sendo a primeira pessoa a ter um corpo totalmente robótico, mas com o cérebro humano.

A Vigilante do Amanhã não é um live-action do anime, é um filme sobre a origem da Major, por conta disso, o longa faz uso de alguns pontos abertos da história original e cria um plano de fundo novo para todos os personagens, como o vilão Kuze, um hacker terrorista que tem um passado com Major e quer destruir a Hanka, empresa responsável pelo avanço cibernético do mundo. Ele vem da série “Ghost in the Shell: Stand Alone Complex”, outra manobra para uma nova história no mesmo universo.

Este filme já ganha uma vantagem, pois cria uma nova história de uma personagem feminina, a Major, já que a maioria dos personagens de mangá são homens, mas neste filme o poder das mulheres é em peso, pois tem a Doutora Oulet, interpretada pela Juliette Bionoche e Ladriya, mas o filme melhora cada vez mais a personagem, se descobrindo e se relacionando com o vilão, tendo muita coisa legal que dá vontade de conhecer mais sobre a história, afinal de algum jeito você tem que começar, que gosta de mangás, começou pelos quadrinhos japoneses e quem não curte muito, começa a gostar pelo cinema.

Afinal a cultura japonesa, especialmente animes e mangás, sempre teve papel importante no universo pop, com uma legião de fãs, tendo diversos produtos e produções geralmente possuem uma aura cult, mas raramente funcionam quando adaptadas. Pois algo comum em animes japoneses são elementos filosóficos e reflexivos, com raríssima exceções, até lembra um pouco Matrix, afinal Hollywood sempre segue esse caminho, pois é mais fácil pegar o público, mas as cenas de ação, principalmente em ficções científicas futuristas e com muita violência, é bem forte e presente em A Vigilante do Amanhã.

Sinopse
Num mundo pós 2029, cérebros se fundem facilmente a computadores e a tecnologia está em todos os lugares. Motoko Kusanagi, conhecida como Major, é uma ciborgue com experiência militar que comanda um esquadrão de elite especializado em combater crimes cibernéticos.

A VIGILANTE DO AMANHÃ: GHOST IN THE SHELL
Data de lançamento 30 de março de 2017 – (1h 47min)
Direção: Rupert Sanders
Elenco: Scarlett Johansson, Pilou Asbæk, Takeshi Kitano …
Gêneros Ação, Ficção científica

 

Por Priscila Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s