[Cabine da Pipoca] “Paixão Obsessiva” – O fim do amor e o inicio da loucura

Quando um relacionamento chega ao fim, mas uma das partes ainda não entende o seu termino, e a outra já adentra num outro relacionamento, a situação real pode não ser um conto de fadas, principalmente para aqueles que já estão vivendo e tentando seguir suas vidas normalmente.

Em “Paixão Obsessiva”, que estreou na última quinta-feira, 20, traz o ciúmes de uma mulher, Tessa Connover, após o termino de seu casamento e sua obsessão em tentar reatar e ter sua vida de volta, porém seu ex-marido, David, já está em outro, e pronto para casar com uma nova mulher, Julia Banks, que pensa ter encontrado o homem dos seus sonhos, capaz de ajudá-la a deixar para trás seu passado conturbado. Todavia, o ciúmes da ex-mulher, pode tornar uma convivência amarga e doentia, transformando os sonhos de Julia em seu maior pesadelo.

Um filme que mostra o quão amar demais e não ser compreendido pode gerar uma catástrofe na vida daqueles que estão ao redor, trazendo mágoas e ressentimentos mútuos que estão guardados em seu elo mais íntimo, por vingança de não aceitar o fim do relacionamento, mesmo que ele tenha gerado uma outra vida, mas tornando algo constrangedor e doentio, sem artifícios para que o outro viva feliz com outra pessoa, que não seja ela própria.

Sinopse

Quando o casamento entre David (Geoff Stults) e Tessa (Katherine Heigl) termina, ele fica com a casa e com a guarda da filha pequena. Tessa, furiosa com a situação, descobre que ele já está envolvido com uma nova mulher, Julia (Rosario Dawson), uma vítima de abuso por parte do ex-marido. Enquanto Julia se adapta à vida de madrasta, Tessa bola um plano para sabotar a nova namorada de David e retomar o relacionamento.

Trailer

Ficha técnica

Paixão Obsessiva
Data de lançamento: 20 de abril de 2017 (1h 40min)
Direção: Denise Di Novi
Elenco: Rosario Dawson, Katherine Heigl, Geoff Stults, Sarah Burns (III), Whitney Cummings, Cheryl Ladd, Robert Wisdom, Jayson Blair, entre outros.
Gênero: Suspense

Por: Patrícia Visconti

Anúncios

Uma consideração sobre “[Cabine da Pipoca] “Paixão Obsessiva” – O fim do amor e o inicio da loucura”

  1. Estes tipos de filmes são dos meus preferidos, por que me diverte por um tempo. Considero que todos os aspectos do filme estiveram muitos cuidados. Katherine Heigl se compromete muito com o personagem. Tem uma boa trama, leve bom ritmo ao inicio e as atuações seguem com o seu objetivo de transmitir drama. Gostei muito por que não é tão previsível como outras.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s