[Cantinho Literário] As Recompensas do Pecado, que transformam vidas!

FB_IMG_1507152735080

Há anos atrás – bota anos –os pais arranjavam o casamento dos filhos, na época isso era uma coisa normal, não gerava revolta entre os filhos – em alguns casos ate deveria ocorrer conflitos, mas geralmente não – e todos seguiam a tradição. Hoje em dia nossos pais não opinam nem nas nossas escolhas de roupas, imagina só escolher nossos parceiros.

Agora imagina só esse ocorrido, você esta em sua casa tranquila, seus pais chegam e dizem: Você vai casar com fulano para honrar uma divida minha, senão seu pai aparece morto. Difícil imaginar, pois parece algo impossível de acontecer, mas foi isso que aconteceu com Fillippo e Dahllet  no livro As Recompensas do Pecado  da autora Rita Flôres.

Fillippo, um jovem lindo, de bom coração, responsável, trabalhava com marketing, e com seus vinte poucos anos já tinha feito uma pequena fortuna. Fillippo sempre conseguiu suas coisas por mérito próprio, sempre lutou e se dedicou pra chegar onde está, tinham um sonho de ter seu próprio negocio.

Dahllet  uma adolescente linda e recatada de 17 anos, teve seu coração partido pelas pessoas que mais amava, levando-a tomar uma atitude bem trágica. Para sua proteção, seus pais a colocaram numa clínica de repouso e depois num colégio interno, onde teria todas as atenções voltadas à ela.

Andrey – pai de Fillippo – é um homem Importante de negócios e bem respeitado, com várias qualidades, porém um pequeno grande defeito, gostava de jogar e apostar. Por conta desse vicio, acabou se endividando ate o ultimo fio de cabelo, e começou a ser ameaçado de morte por um agiota por não saldar suas dívidas, num ato desesperador sua esposa Giulia ligou para Max  – pai de Dahllett e sócio de Andrey – Para pedir ajuda.

Max aceitou de bom grado ajudar o amigo, porém colocou uma condição, que Fillippo se casasse com Dahllet. Andrey sabia que seria difícil convencer seu filho, pois além de maior de idade, o rapaz não dependia em absolutamente nada dele, porém aceitou as condições e foi ate Fillippo dar a noticia. Fillippo não aceitou a postura do pai, não gostou do que ouviu, além ter outros planos, não fazia ideia de quem era sua Prometida, ao mesmo tempo não queria a morte de seu pai, então decidiu que aceitaria, mas jurou que nunca encostaria na sua prometida que não teria nenhum sentimento por ela , e que depois de alguns meses pediria a anulação do casamento.

Dahllett voltou pra casa e numa ida ao shopping deu de cara com Fillippo – sem saber que estava prometida a alguém, – os dois tiveram uma forte atração, porém Fillippo estava comprando sua aliança, falou para menina que estava noivo, ela ficou bem triste, porém esse noivado não impediu de um pensar no outro.

Na festa de aniversário e boas vindas de Dahllett, ela teve duas surpresa, a primeira foi que casaria, e a segunda é que príncipe encantado do shopping seria o noivo. Mas nem tudo são contos de fadas, eles não estavam prontos pra se casar, e ao mesmo tempo não foram capazes de enfrentar seus pais – no caso de Fillippo, não teve escolha – eles se sentiam atraídos um pelo outro, mas sabiam que não passava de um “acordo”, e decidiram seguir o casamento como um contrato.

FB_IMG_1508111276880

Assim como combinado, Dahllett e Fillippo casaram, e entre muitas palavras não ditas, muitos ressentimentos e muito amor, foram se encontrando um no outro.

FB_IMG_1508111297820

A história é narrada pela autora, tem uma escrita gostosa e boa de ler. É o primeiro livro da autora que leio, e se todos tiverem esse mesmo feeling, então com certeza vou ler todos.

Adorei o livro, principalmente a forma que a autora levou a história, os personagens por mais que tivessem magoados com a família, revoltados por não terem tido a opção de escolha, souberam levar o relacionamento, entenderam que os dois não foram culpados, e sim seus pais, que não deveriam se atacar e sim tentar conviver o melhor possível, houve respeito o tempo todo um pelo outro, e o nascimento do amor entre eles foi lindo, começou com um respeito mútuo pela situação, depois criaram uma amizade e assim o amor foi nascendo.

Uma das melhores coisas do livro foi que nada é como imaginamos, quando comecei a ler tive um pouco de raiva de alguns personagens , mas no decorrer da história fui admirando, e tive muitas surpresas positivas. Adorei o amadurecimento de Dahllet, no inicio ela era um pouco mimada, a princesinha do papai, e de uma hora pra outra se viu obrigada a crescer, a tomar as rédeas da própria vida. Fillippo foi um grande homem, tinha todos os motivos para se revoltar e se tornar um ranzinza, mas soube amar, soube compreender, soube aceitar o presente que a vida lhe deu, ele ajudou muito no amadurecimento de Dahllet.

Se eu indico? Claro que sim .

FB_IMG_1508115025390

Instagram : @ritinha1864
Facebook: /AutoraRitaFlores
Amazon

Sinopse

Fillippo estava sem saída: ou se casa com a filha do sócio de seu pai ou permite que um agiota o mate por conta de dívidas de jogo. Ele se rende, mas promete nunca ser o marido ideal. Bem, ele pensa assim até conhecer a linda Dahllett, uma garota cheia de traumas, mas voluntariosa e decidida a tornar a vida de Fillippo um inferno. O que ambos não esperam é a atração entre eles, um desejo que os atormenta e os faz repensar toda aquela situação dolorosa.

Beijos Literários,
@betaliteraria

Anúncios

Uma consideração sobre “[Cantinho Literário] As Recompensas do Pecado, que transformam vidas!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s