Malévola: Dona do Mal chega mais sombrio aos cinemas

mal-vola-dona-do-mal-750x380

Estreou nesta quinta-feira (17), a sequência do sucesso de bilheteria global no ano de 2014, que chega aos cinemas com Malévola: Dona do Mal, uma aventura cheia de aventura e fantasia sombria, produzido pela Walt Disney Pictures e pela Roth Films, o longa é baseado na animação de A Bela Adormecida, de 1959, escrito por Charles Perrault, e A Bela Adormecida, dos Irmãos Grimm.

A trama começa após os eventos do primeiro filme de Malévola vivendo pacificamente nos mouros, porém as coisas tomam um rumo para o pior, pois quando o Príncipe Phillip propõe a Aurora em casamento e ela aceita, mas a mãe de Philip acaba se declarando mãe de Aurora e a fada-madrinha da princesa, a Malévola volta ao reino para derrubar a rainha.

Maleficent-2-Angelina-Jolie-Next-Movie

O filme é estrelado por Angelina Jolie, Elle Fanning, Sam Riley, Imelda Staunton, Juno Temple e Lesley Manville, que reprisam seus papéis do filme anterior, enquanto Michelle Pfeiffer e Chiwetel Ejiofor fazem suas estreias na continuação. Uma história repleta de fantasia, aventura e efeitos especiais, que conta como a bruxa Malévola e sua afilhada Aurora, começaram a questionar os complexos laços familiares que as prendem, em Malévola: Dona do Mal.

D6t-QAk5-X4-AEmo-Yu

Mas ao mesmo tempo elas precisaram lidar com situações que as levam para direções diferentes, como casamentos, aliados inesperados e novas forças sombrias. Um filme cheio de magia e emoção, que fará o telespectador viver as mesma aventuras dos personagens, além da trilha composta por Geoff Zanelli, que substituiu James newton Howard do filme anterior, em que marca a segunda colaboração de Zanelli e Rønning, depois de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar.

sjkdas-3f9ff362a453217c3bb0c2cc322ce62c-1200x600

O filme foi dirigido por Joachim Rønning, com o roteiro de Linda Woolverton, Jez Butterworth, Micah Fitzerman-Blue e Noah Harpster, neste novo filme de Malévola: A Dona do Mal, iremos ver a Princesa Aurora com os trajes originais azul e rosa como da animação da década de 50, isso já dá uma animo para uma possível live-action de A Bela Adormecida, que ainda não tem nem planos de ir para os cinemas, mas que podemos nos deleitar vendo a jovem Aurora no novo longa de sua fada-madrinha
Malévola.

 

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s