“Até o Último Homem” – O drama de um homem para salvar um exército

2017_2_1_16_58_49_8859.jpg

O drama biográfico que iremos falar hoje, não é um filme novo, já que este longa de 2016, dirigido por Mel Gibson, que apesar de não ser um lançamento, ele ainda traz os valores de que nem sempre a luta em uma guerra necessita armas e explosivos, mas também com a fé e a coragem em ter compaixão com seu semelhante, ajudando-o a não ser apenas um número nas estatísticas do governo.

O filme Até o Último Homem é baseado nas experiências militares do soldado Desmond Doss, um médico de combate pacifista, que se recusou a pegar em armas e se tornou o primeiro objetor de consciência do exército estadunidense, salvando mais de 70 homens que estavam feridos no campo de batalha contra os japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.

88milhas_AteoUltimoHomem01.jpg

Todavia, até que Doss conquistasse tal honraria, ele passou por alguns obstáculos em sua vida militar, sendo chacota dos outros soldados e até superiores por escolher tal decisão, em nunca pegar numa arma, mas mesmo assim acreditar em sua missão em poder salvar vidas durante o combate.

ate-o-ultimo-homem-postagem.jpg

Essa decisão do soldado se deu após uma briga entre seus pais, em que seu pai estava alcoolizado e ameaçou sua mãe com uma pistola, e quando ele entrou no meio para salvá-la, e se viu frente-a-frente com uma arma na mão, Doss, um cristão da da Igreja Adventista do Sétimo Dia, fez uma promessa divina de que nunca mais pegaria em uma arma, e assim se fez sua promessa, apenas visando em salvar vidas e proliferar a paz e a benevolência entre a humanidade, o que lhe rendeu a Medalha de Honra pelo seu empenho durante a Batalha de Okinawa.

1_93jQg1Zg_syNXGxlUfHUEw.jpg

O elenco conta com os atores com Andrew Garfield estrela como Doss, Sam Worthington, Luke Bracey, Teresa Palmer, Hugo Weaving, Rachel Griffiths e Vince Vaughn. Baseado no documentário “The Conscientious Objector” (Objetivo Consciente), de Terry Benedict, lançado em 2004, que conta a história de Desmond Doss.

 

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s