Rike Roncoletta soma e amplia suas ideias e desígnio na cena musical brasileira

41868289-1915548491846403-1218315040273203200-o

O músico e empresário Rike Roncoletta, ou melhor o Rike, vocal e líder da banda paulista NDK, é uma pessoa ligada no 220 voltz, quando você pensa que está inciando um projeto, ele já está mergulhando em outra ideia, sempre com o propósito de difundir, promover e agregar cultura, arte e música na vida de todos.

Depois de lançar o projeto do novo álbum da banda “O Selenita“, em parceria com ilustrador e quadrinista Michel Ramalho e o rapper niLL, agora Rike entra para o mundo do marketing e entretenimento musical, com a Marã Música, uma empresa especializada em Marketing e Relações Públicas.

71786406-2356988117753065-1376084010987421696-o

Nestes 15 anos com a NDK, o músico sempre esteve a frente das estratégias e projetos da banda dentro do mercado musical, e no decorrer destes anos, ele acabou construindo pontes e conhecendo pessoas, o que lhe ajudou a abrir o caminho para compartilhar sua experiência com outras pessoas e conectando-as com arte e música, é claro.

O foco da empresa é promover a conexão de artistas e bandas com marcas e com empresas para alavancar resultados se sejam interessantes para todos. Mas temos um amplo grau de atuação dentro de algumas carreiras artísticas de profissionais de todo o país. Marketing e Ralações Públicas no mercado da música, é assim que nos definimos“, explica o artista.

encontro-mara

Com a pandemia do Covid-19 que assolou em todo o mundo, provocando danos nos planos de Rike e de outros artistas na cena musical, que tiveram que se adaptar e transformar seus shows ao vivo, em transmissões ao vivo via Internet, ou lançar singles e EPs nas plataformas digitais, fazendo com que o público passasse a consumir mais mais músicas gravadas, isso foi relatado segundo um relatório da Recording Industry Association of America (RIAA) mostram que a Indústria Fonográfica Global apresentou um expressivo crescimento em 2020, com forte apoio do streaming em alguns dos principais mercados musicais.

Visando nisso, Rike usou de suas experiências no mercado da música, para destacar a Marã, dando apoio e promovendo novas produções, enfatizando a cena musical nacional e mostrando que mesmo com as dificuldades, os artistas continuam a lançar e produzir seu som, tanto que “a empresa se tornou um selo de lançamentos digitais, se especializando também em assessoria musical e gestão de carreiras, oferecendo o serviço de Marketing 360° que engloba todo o trabalho de lançamento de artistas”, completa Rike.

E essa difusão no cenário da música nacional, levou Rike a somar suas ideias com as dos irmãos cariocas Diogo e Eduardo Berlim, integrantes da banda Lemak, levando a construir mais do que uma amizade, mas também uma sociedade entre eles, tornando-os parceiros, “acreditando nas formas inovadoras de se fazer marketing musical no país, criando um crossover entre o mundo real e o mundo digital, e chamando a atenção pela diferença“, comentou o músico.

festival-hacktown

Essa ampliação na cena da música, surgiu a primeira ação imersiva, reunindo diversos músicos do Rio de Janeiro, que se apresentarão suas canções em um festival diferente, ousado e inerente, em que apoia o distaciamento social, e leva arte e cultura, com produções novas, gravadas diretamente das casas dos artistas, no festival Rio Fest 40º, que começa no próximo sábado, dia 31 de outubro, a partir das 19h, diretamente no canal do Youtube da Marã Música.

O Rio Fest 40° é a primeira ação da Marã Música como sociedade, um marco para registramos a parceria. São 15 artistas do Rio de Janeiro que irão apresentar duas músicas cada. O festival apoia o distanciamento social, portanto todos gravaram em suas casas e o material está sendo previamente editado e estará perfeito para o público no próximo sábado. dia 30. Claro que todos os artistas e nós da organização estaremos ao vivo assistindo tudo junto com o público. Vai ser uma celebração incrível para a música brasileira“, explica Rike sobre o festival.

No line up encontra-se bandas de diferentes gêneros e estilo, que trará discrepância ampla e significativa ao festival, composto por Braza, Canto Cego, Lemak, FOLKS, Liza Lou, Drenna, Aquino e a Orquestra Invisível, Circus Rock, Funk Samba Club, Darvin, Cammie, Jonathan Ferr, Radioativa, Facção Caipira e Arretados.

122879851-3290780504373817-7434401890035786523-o

No entanto, esse projeto não irá parar por aí, este só está começando uma trajetória de encontros e música que a Marã está promovendo, entre a tantos outros que eles já realizaram em dois anos desde sua fundação, pois esse é ambiente singular e especial para os realizadores da agência, porém, neste momento, o distaciamento é mais apropriado e os artistas não podem ficar na mão, sem apoio e promoção aos seus projetos, e unindo e entendo as dificuldades de cada fica mais fácil de pôr em prática novas ideias e “fazer com que a cultura ganhe força e volume no Brasil, só assim seremos mais respeitados e teremos mais oportunidades para todos”, acrescenta Rike, que finaliza dizendo quão a música é sua vida, e ele não vê fazendo outra coisa; ” eu vivo diariamente por isso, respirando e trabalhando pela música. Vamos chegar lá, juntos!“.

Para conhecer mais a Marã Música acesse:
Instagram | Facebook | Youtube

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s