Radioativa traz de maneira visceral e autêntica os sentimentos vorazes e mundamos dos tempos atuais

122052426-3356675004410054-1777947462853899732-n

Os cariocas da banda de rock alternativo Radioativa acaba de lançar o novo single, “Am” (‘Lá menor’), uma canção visceral, inrente e intensa, que reflete um pouco a realidade deste ano que passamos, sobre sentimentos confusos, solidão, recomeços e novos padrões de comportamento e desgaste demasiado em rotinas comuns.

Todavia, a faixa não fala exclusivamente sobre os últimos meses enfrentando a pandemia de Covid-19, mas também permeia entre as relações humanas no decorrer dos anos, na vida dissimulada que passa diante de nossos olhos, e muitas vezes temos que fingir aceitar com um sorrido no rosto e um aperto no peito, quase um desabafo escancarado das angústias e inquietações diante a mundo voraz que nos consome dia após dia.

Ao escrever a letra de ‘Am’, em um sábado de agosto, eu só queria desabafar sobre tudo o que estava sentindo em isolamento. A música é como um amigo – não daqueles que te oferecem mil soluções para os seus problemas, mas aquele em especial que ouve tudo o que você tem a dizer com atenção e te conforta com um ‘eu entendo”, explica a vocalista e compositora, Ana Marques.

120555775-3300278206716401-9134042218653652669-o

A música conta com apenas duas estrofes, mas com uma potência de sentimentos e singularidades, que cada ouvinte irá refletir e se indetinficar com cada frase da canção, em uma harmonia significativa que compõe de forma simples e direta, traduzindo veemente a sensanção de debilidade e exílio dos tempos atuais.

“Am” (Lá menor)

De repente, o mundo fica em Am
Descontente, como tudo ao meu redor
Fecho as portas e janelas,
Que é pro Sol
Não entrar

De repente, minha cabeça dá um nó
Eu me mexo cada vez mais devagar
Talvez, dessa vez,
Não queria levantar
E recomeçar

Essa simplicidade da canção, também refletiu no videoclipe, que foi usado elementos acessiveis, mas de total impacto, com imagens capturadas através de um smartphone, num cenário improvisado, na sala vazia da casa de um dos integrantes.

Por conta da pandemia e limite de locomoção, resolvemos juntar o que tínhamos em mãos para a produção do clipe. Para isso, utilizamos apenas um smartphone e um projetor. Como já trabalho com audiovisual há um certo tempo, fui responsável por toda e edição e efeitos visuais do clipe, utilizando o computador de casa. O clipe também tem como propósito desconstruir o dogma de que, para ter um clipe de qualidade, é necessário uma equipe cinematográfica e equipamentos de última geração. Dependendo da proposta, é possível sim, produzir um clipe sem sair de casa. O resultado final superou as nossas expectativas”, explica Felipe Pessanha, guitarrista da banda.

 

O single encontra-se disponível nas principais plataformas digitais de música – Youtube | Spotify | Apple Music | Deezer;

A Radioativa foi formada em 2009 pelos músicos, Ana Marques (voz), Felipe Pessanha (guitarra, sintetizadores), Rodrigo Aranha (bateria), Fabrício Oliveira (guitarra solo), Bruno Lima (baixo), e traz em uma bagagem bastante relevante em seu currículo, com três EPs de estúdio e três singles avulsos, a banda ganhou destaque na cena independente do Rio de Janeiro ao abrir shows de bandas como Supercombo, Far From Alaska, Fresno e Scalene.

Alguns anos mais tarde, eles foram escolhidos através de uma promoção organizada pela Rádio Rock 89 FM (SP), e escolhida pela Amy Lee (vocalista do Evanescence) para abrir o show do Evanescence em São Paulo, no Espaço das Américas.

tripa-6fotos

O grupo ainda participou e foi finalista do concurso de bandas universitárias, promovido pela FMU, na qual o prêmio era se apresentar no Rock in Rio, contando com júri composto nomes de peso da indústria musical, como Liminha (ex-Mutantes) e Marisa Menezes (Rock in Rio).

Para conhecer mais sobre a Radioativa acesse:
Facebook | Twitter | Instagram

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s