Fresno lança “INVentário”, um projeto independente e visceral

fresno-camila-cornelsen-1280x720

Os gaúchos da Fresno – atualmente formada pelos músicos Lucas Silveira (vocal e guitarra), Gustavo Mantovani (guitarra) e Thiago Guerra (bateria) – acabam de lançar seu novo projeto autoral, o álbum INVentário, repleto de referências hiperpop, pop, rock, e-music e temperos pessoais que mostram uma nova marca dos garotos, misturando sons e ideias em plena liberdade musical em expressar seus anseios e realizações.

O disco foi lançado no último dia 30 de agosto, mas de uma maneira distinta do convencional, pois a banda lançou as músicas em dias alternados, sem aviso e nem periodicidade, apenas deixando o single rolar e conquistar seus fãs e seguidores, com sua mistura singular de sons e na autenticidade das suas produções.

Chegamos a um ponto do INVentário em que já deu pro pessoal começar a ter uma noção de qual era o nosso objetivo“, comenta Lucas. “Nada nesse mundo é aleatório e a nossa intenção era justamente ter a maior amplitude possível numa sonoridade, fazer com que as pessoas ficassem cada vez mais acostumadas com o quão diferente a gente consegue ser e o quão livre a gente consegue ser musicalmente“, adiciona o vocalista.

E-pm2-J7-XEAEKf-Yg

As faixas prescritas do álbum foram compostas muito antes da pandemia começar, algumas delas, há uns 10 anos, e estavam guardadas, sendo concluídas apenas agora, em que cada música tem sua própria identidade e influência, resgatando até o momento 19 faixas resgatadas dos HDs da Fresno.

O INVentário pode ser uma pasta nossa que podemos ficar lançando música pra sempre. Músicas que não fazem parte de álbuns, e não são exatamente singles. Acho que ele pode ser eterno”, comenta Lucas Silveira.

O disco traz uma mistura inerente de influências dos integrantes da Fresno seja musical ou da cultura pop em geral, como por exemplo a paixão de Lucas por animes, que o encaminhou a conhecer a banda japonesa MAGIC OF LiFE e produzir a faixa “INV018: BAKA”, e posteriormente descobrir que eles cantavam a abertura do desenho “Yowamushi Pedal”, um de seus preferidos.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Um dos integrantes me respondeu e misteriosamente me colocou em contato com o produtor deles. Duas semanas depois, já tínhamos algo criado em conjunto. Precisou de um tempo pra cair a ficha que tínhamos um feat com eles”, recorda o músico.

d7a467b5591143fd4a53b7d1c6ff9bc4-1000x1000x1

Um projeto amplo e diversificado, que trará de volta a base inerente da Fresno, em um álbum de canções que chegam no momento oportuno ao público, revelando uma nova faceta de uma série discernida e apartada em proferir suas produções, em total liberdade e convicção.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s