Al Stefano concretiza a profecia de Antonio Conselheiro, em sua nova obra “Piratas do Cangaço”

image host

No final do século 19, em meados dos anos 1890, o beato Antonio Conselheiro profetizou uma sentença “O Sertão vai virar mar”, durante a Guerra de Canudos, o que acabou indo parar na obra de Euclides da Cunha, Os Sertões (1902). Porém, a profecia acabou não se concretizando naqueles tempos árduos de guerra civil pelo nordeste brasileiro.

Anos se passaram, o autor de Salseirada (2020), Al Stefano, chega com uma nova obra para mobilizar e trazer muita aventura ambientada em território Nordestino, somando tradições e histórias significativas e peculiares, a HQ Piratas do Cangaço, apresenta um universo distinto e paralelo onde o Sertão realmente virou um mar, e o cangaço tomou a forma de caravelas em disputas e pilhagens nas ilhas do Nordeste.

image host

Nesta peripécia aventuresca, três cangaceiros, Carcará, Vela Seca e Fogueteira, têm a principal função de resgatar Labareda, um antigo Capitão, das mãos implacáveis da República, em uma audaciosa e emocionante narrativa, Stefano, envolverá o leitor neste mundo colateral profetizando por Antonio Conselheiro e interpretado de forma única e característica pelo artista.

image host

A obra encontra-se em pré-venda através do financiamento coletivo, e deve ser lançado em breve, sob o selo Zapata Edições. Piratas do Cangaço foi viabilizado pelo ProAC LAB Aldir Blanc, com apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s