Jogos Vorazes ganha sequência nos cinemas, em um spin off da aclamada franquia

image host

Dez anos depois do lançamento do primeiro filme do universo harmônico de Jogos Vorazes no cinema, a Paris Filmes fez o anúncio nesta sexta-feira (29) na CinemaCon, em Angeles nos Estados Unidos, divulgando a data de lançamento de Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes, sequência spin off da franquia para 16 de novembro de 2023 nos cinemas.

A saga de Jogos Vorazes é baseada no livro da escritora norte-americana Suzanne Collins, que ganhou adaptação em 2012 e conseguiu fazer sucesso de público garantindo outras três sequências diretas lançadas no cinema. Em 2020 a escritora em parceria com Michael Arndt, lançou o livro Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes.

image host

Contando sobre o famoso presidente Snow, governante de toda Panem e seus doze distritos, antes de se tornar o homem mais poderoso do país. O livro mostra o quanto família de Snow tem sofrido pela pobreza apesar do status de nobreza na alta sociedade, o jovem Snow vê a possibilidade de mudança quando surge a oportunidade tornar- se mentor de um dos doze tributos que disputaram os jogos daquele ano.

O novo longa baseado no universo harmônico já conhecido do grande público tem direção de Francis Lawrence, com produção de Nina Jacobson, Brad Simpson e Francis Lawrence, quem assina o roteiro é a própria autora do livro, Suaznne Collings em parceria com Michael Arndt.

image host

Em 2012 quando foi lançado Jogos Vorazes no cinema e a história distópica de Katniss Everdeen do distrito doze no país chamado Panem, antigo EUA, fez sucesso de público e crítica. Uma série de filmes do gênero ganhou força no cinema mundial, mas sem conseguir levantar o mesmo entusiasmo de jogos vorazes, é o caso de Maze Runner e as sequências de Divergente dentre outros da mesma época com histórias semelhantes.

Fato é, Jogos Vorazes apesar de dez anos do lançamento continua sendo relevante dentro do gênero por mostrar como acontece de levantar grandes tiranos em momentos de fragilidade da sociedade, e como esse cenário fomenta ideias radicais que a longo prazo é tomada como normalidade chegando a virar entretenimento de pessoas com poder e status pelo sofrimento dos mais necessitados em condições de luta por sobrevivência.

por Daniel Guimaraes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s