Jenny Colgan lança livro baseado em seus sentimentos mútuo

Sem-t-tulo-1

A autora inglesa Jenny Colgan, que já escreveu para linha de histórias do Doctor Who, escrevendo com seu próprio nome e usando os pseudônimos Jane Beaton e JT Colgan, além de ganhar o prêmio Romance Romântico do Ano em 2013 por ‘Welcome to Rosie HopkinsSweetshop of Dreams e o prêmio Romantic Novelists’ Association de Romance de Comédia do Ano em 2018 por The Summer Seaside Kitchen e mais de 3 milhões de exemplares no mundo.

Agora, Jenny acaba de lançar seu novo romance A Pequena Ilha da Escócia, lançado pela Editora Arqueiro, e apresenta uma obra que faz o leitor viajar junto com a personagem principal, Flora MacKenzie, que só quer conhecer pessoas e o mundo a fora, saindo da pequena ilha Mure, onde todo mundo a conhece. Então a jovem vai para Londres, onde ela pode começar a sua vida do zero e ser uma pessoa anônima, ambiciosa e se entregar à paixão sem futuro pelo seu chefe bonitão, o advogado Joel.

000064851-1-000064851-1-foto-Jenny-Colgan-Kajsa-Goeransson-202003031008-202003031217-1-768x768

Tudo muda quando Flora é forçada a voltar à suas raízes, através de um novo cliente, na qual exige a conviver de novo com seus irmãos – todos fortes, rústicos e aparentemente incapazes de executar tarefas domésticas básicas, e seu pai.

Mas Flora vai descobrir que essa volta ao passado, mostrará seu amor pela culinária que dá um novo sentido à sua vida. Logo fica claro que, para escrever sua história do jeito que quer, ela terá que aprender a perdoar os erros que já cometeu.

content

Uma história baseado nas experiência reais de Jenny Colgan, que todas as férias ela viajava para diversos lugares diferentes, mas não conhecia seu próprio país, apenas quando ela voltou a morar na Escócia, que a autora começou rever sobre isso e aproveitou a oportunidade para visitar, se apaixonando pelas ilhas de sua terra natal.

Mure é um lugar fictício, mas a essência e a atmosfera daquelas ilhas incríveis bem ao norte, que são tão estranhas, lindas e maravilhosas. Com praias vastas, os monumentos antigos, os lugares planos e sem árvores, as noites de verão infinitas quando o céu nunca escurece, e todos esses lugares são encantadores em sua singularidade.

10df3557-f0c0-41e5-a291-fd21f777bcc6-CR0-0-970-300-PT0-SX970-V1

A Pequena Ilha da Escócia é um livro bastante especial para Jenny, pois faz voltar no tempo, assim como a protagonista, em que descobriu que esteve esperando por si mesmo o tempo todo.

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s