Açaí Pesado III – Uma obra distópica no meio da Amazônia Paraense

ll

Os quadrinhos do norte do país vêm ganhando cada vez mais seu espaço na arte literária, e o Coletivo Açaí Pesado é um dos responsáveis por fomentar a cultura amazonense pelo Brasil, eles são têm diversos produtores de quadrinhos, em diversas categorias criativas, como roteiristas, desenhistas, arte-finalistas, coloristas, diagramadores e consultores de conteúdo.

O coletivo começou em 2017, após uma dinâmica de publicações, organizadas pelo Conselho Editorial, que se altera a cada dois anos, o grupo tem como objetivo oferecer ao público seus lançamentos anuais – uma revista em quadrinhos e um fanzine. Além dos eventos e palestras e oficinas ministradas por eles para aprimorar tecnicamente na área sequencial.

capa-hq3

No ano de 2020, o coletivo lançou o projeto da HQ Açaí Pesado III – Distopia Neocabana, produzida de forma independente por artistas do Norte, com colaboração de uma produção crescente e vem se consolidando à este projeto, apresentando diversos nomes nos quadrinhos nacionais.

Design-sem-nome-15-5b000587e3

Açaí Pesado III – Distopia Neocabana é uma HQ que produzida de forma independente, com conteúdo impecável e narrativas repletas de imaginação, cultura, ação e atritos políticos, sendo uma verdadeira arte sequencial paraense. Neste terceira edição a obra traz uma leitura deliciosa, sendo uma tão patrimonial como o açaí é para os paraense.

Ao todo, são 24 quadrinistas da região Norte do Brasil para produzir um quadrinho de maravilhosas 80 páginas coloridas, dimensão de 17 x 26 cm, em papel couchê brilhoso 115g, lombada quadrada e 10 narrativas distópica sobre a Amazônia. Apresentando histórias que nos fazem refletir sobre o passado, o presente e o futuro.

Capturar

Na terceira edição ainda há bastante potencialidade e produtividade dos autores do Norte, em uma narrativa forte e com estética que permeia ancestralidade latente da cultura amazônica, mesmo sendo para épocas situadas em futuros que somente nossa imaginação permite antever.

O projeto é uma oportunidades para artistas independentes mostrarem suas artes e produções, abrindo caminho para produções inovadoras, fortalecendo o mercado cultural paraense e expandindo os horizontes gradualmente para firmar uma nova proposta para a arte sequencial brasileira.

Mockup

Mais informações acesse os endereços abaixo:

Facebook | Instagram

Por Priscila Visconti

Uma consideração sobre “Açaí Pesado III – Uma obra distópica no meio da Amazônia Paraense”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s