Mobs Psycho 100 termina sua 3° temporada fechado a história do jovem Shigeo Kageyama

310233043-5278304742218498-3094057136159965837-n

Inspirada em um quadrinho online criado por One, em abril de 2012, o anime Mobs Psycho 100, acompanha o jovem Kageyama, tendo que lidar com suas emoções para controlar seus poderes que saem do controle sempre que perde a estabilidade emocional. O 12° episódio da 3° temporada foi ao ar na última terça-feira dia 20, e mostrou o desfecho do personagem, assim como, o final fechado do anime adaptado do quadrinho.

Do gênero sobrenatural puxando um pouco da comédia, Mobs sempre teve aquele fandom bem peculiar por apresentar traços bem diferentes do costumeira na indústria dos animes da atualidade. Isso de certa forma, foi primordial para alavancar a cada temporada o alcance do público que começou a gostar da obra.

168236211-3648271108555211-4421397811510980765-n

O anime é produzido pela Warner Bros Japão, com direção de Yuzuru Tachikawa e roteiro de Hiroshi Seko, com distribuição mundial da plataforma de streaming da Crunchyroll, a primeira temporada terminou com 12 episódios em 2016, a segunda foi ao ar em abril de 2019, e terminou com cerca de 13 episódios, a terceira e última temporada foi ao ar este ano e terminou com 12 episódios, fechando o arco do pequeno paranormal Mobs.

Na história o pequeno Shigeo tem que combater outros paranormais assim como criaturas extremamente poderosas, tudo sempre sob o máximo de controle das emoções para não chegar a porcentagem de 100% do poder, porque caso ele alcance o máximo da sua força paranormal, seu controle emocional é aflorado o fazendo perder o domínio do próprio corpo.

280944323-4872847162764260-1144874182644502670-n

Todo o universo do anime tem um traço que pode incomodar algumas pessoas por parecer mal feitos ou inacabados, na questão de lutas o anime é bem primoroso por entregar batalhas bastante frenéticas e bem coreografadas. Os personagens são bem carismáticos, a prova disso é o Covinhas, que apesar de entrar na história como vilão, se converteu a amigo do protagonista, conseguindo se tornar um grande parceiro do garoto.

A última temporada focou em aflorar temas bastante interessantes ao traçar duas linhas centrais, a primeira é o quanto há de consequências em tomar algumas decisões em relação às outras pessoas, a segunda é como uma rejeição pode desencadear um descontrole emocional bastante problemático.

263800738-4371606676221647-2369884361358953332-n

O 12° episódio da temporada, mostra Mobs caminhando pela cidade sem controle do próprio corpo, porque dentro de si há uma outra versão que o controla e faz uso do seu poder máximo, e apesar de enfrentar os maiores vilões da obra durante o trajeto nos episódios anteriores, nenhum tem a força necessária para o fazer parar.

Dessa forma, o Sr. Reiger vai ao encontro do pequeno para conversar com ele, e até consegue ultrapassar seus limites como humano e tocar no garoto, porém em vão, Mobs o ataca de forma violenta e o lança para longe. No entanto, de última hora, o Sr. Reiger aparece novamente, dessa vez, de frente ao garoto e o segura, dentro dele está covinhas emprestando sua força para que Reiger possa contar seu maior segredo.

320670312-559624708896496-7663368801781949230-n

De frente e bastante emocionado, Reiner pede para Covinhas deixá-los a sós, Reigen chorando revela que nunca teve poder algum, que sempre fez uso dos poderes do garoto para usar no trabalho de exorcismo na agência. Uma revelação capaz de trazer o doce menino de volta à sanidade normal e continuar sua jornada pela busca do desejado sim da garota que ama.

O anime poderia fechar o arco de formas diferentes mas preferiu trazer um tema simples e explorar ao máximo, o jovem apaixonado em busca de ser aceito pela garota amada recebendo um veredito indesejável, na outra ponta, um amigo revela seu maior segredo.

122409070-3213378758711117-914969448801281133-n

Dessa forma, Mobs Psycho 100, termina construindo uma simples mensagem direta sobre superação e valorização das amizades. Uma obra que vai deixar saudades!

por Daniel Guimarães

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s