Arquivo da tag: alma

Teco Martins faz uma mescla de gêneros e traz uma essência harmônica e espiritualizada em seu novo álbum

Teco-Martins-Tour-Arte-de-Rua-4

O músico Teco Martins lança seu novo projeto, intitulado “Logos Solar”, o artista assina esse álbum como π Teco Martins, marcando um novo ciclo em sua carreira e o anúncio de grandes novidades em sua carreira. Continuar lendo Teco Martins faz uma mescla de gêneros e traz uma essência harmônica e espiritualizada em seu novo álbum

[Caixa de Som] Manu Pozzi: Músicas que movem corpo e a mente

Foto por: Divulgação
Foto por: Divulgação

Ele queria ser o Superman quando criança, mas como não era Jupteriano e tampouco tinha super-poderes, Manu Pozzi se dedicou a estudar e entregar de corpo e alma na música, desde então, esse nativo de Pergamino, Buenos Aires, mergulhou de cabeça nesta carreira, qual segue com êxito, ternura e sutileza. Continuar lendo [Caixa de Som] Manu Pozzi: Músicas que movem corpo e a mente

[Fotografia] Tina Gomes: Transforma emoções em cliques!

1233609_214092992085055_1911853187_n

Todos nós temos sonhos e anseios em fazer o que amamos, e se estivermos ganhando dinheiro com isso, é melhor ainda, afinal, como já dizia o dito popular, “trabalhe com o que gosta e nunca precisará trabalhar”.

E é isso que a moradora da Cidade Tiradentes, zona leste paulistana, Tina Gomes, ou melhor, a Tininha, que tem 39 anos pretende para sua vida.

Ela, que está desempregada atualmente, sempre sonhou em ter a fotografia como profissão, porém infelizmente nunca teve condições para poder manter e se sustentar apenas disso. Mas, quem persevera sempre alcança, Tininha continua clicando e compartilhando suas imagens pela web, e em galerias virtuais.

Uma artista que transborda sua essência e realidade, em seus cliques, transmitindo seus sentimentos às lentes da câmera. Um extraordinário talento invisível da fotografia que mostra de forma incrivelmente original e impactante as profundezas da alma.

Imagens extremamente únicas, capturadas em momentos oportunos que conduz o observador a uma reflexão direta e objetiva, sobre mundos distintos e infavoráveis à um mundo que apenas mostra o belo e o fake da sociedade, um olhar empírico do qual emiti a essência da artista da obra.

Para divulgar e demostrar apreço a astúcia desta artista que só quer apresentar sua obra, seu olhar e natureza ao mundo, basta apoiar este projeto de Tina em apoio do Catraca Livre, visando tirar a invisibilidade dos grandes obreiros da arte.

Conheça mais sobre o projeto [veja aqui] e contribua com uma renovação artística nacional, afinal há muita gente boa nas margens da sociedade, enquanto os medíocres bajulam, para roubar o espaço dos autênticos.

Confira abaixo algumas imagens de Tina Gomes:

1377200_218309254996762_1782909868_n

10259855_293897887437898_4394707923588835566_n

10639633_348231018671251_4893826159759890893_n

12429_163289553832066_81960722_n

426602_178084442352577_1084681511_nPor: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Filipe Catto: O último romântico

10308237_841508129196250_9075460098919233492_n

Com um timbre bastante peculiar dos cantores populares da atualidade, esse gaúcho de 25 anos, mostra um novo lado de fazer música pop e erudita no Brasil.

1009996_847587721921624_8222134068038533385_n
Foto de: Ricky Scaff

Filipe Catto começou a cantar quase junto quando aprendeu a falar, e desde então sua paixão pela música só aumentou e contagiou todo seu ser.

Iniciou sua carreira cantando em bandas de baile e festas com seu pai, e uma dessas apresentações o garoto já teve que enfrentar uma plateia de três mil espectadores, sem nenhuma timidez e toda espontaneidade o pequeno Filipe pode perceber o que queria fazer de sua vida, cantar e compôr.

Carismático e dramático ao mesmo tempo, Catto mostra muita atitude e maturidade em cima do palco. Suas letras mesclam crônicas de um cotidiano romântico, com um repertório sutil, delicada e autentico. Um romântico assumido, que fala de amor e gosta de ditar de paixões desregradas e passionais.

10341884_846425228704540_2533356449524111763_n
Foto de: Ricky Scaff

Um cantor que dá à suas criações as influências e referências às suas musas na música, entre elas, Cássia Eller, Elis Regina, Janis Joplin, Bethânia, P.J.Harvey, Maysa. Além de Dolores Duran e Amy Winehouse.

Filipe é um compositor que não tem medo das palavras, diz que seus sentimentos falam, e mostra que sua jovialidade não é uma barreira para apresentar sua verdadeira identidade. Um poeta dos séculos passados trajando jeans e All Star.

Faz música com amor e alma de poeta, e não apenas para atender as demandas do mercado, cantando a sua própria verdade e fazendo com que seus ouvintes ouçam e sintam essa transmissão, mostrando que a música está na alma de quem ouve, e não dos que vendem.

Confira abaixo o videoclipe do single “Quem é Você”:

Conheça mais sobre esse grande música em suas redes na web:

Site | Facebook | Twitter | Instagram

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Fabiana Cozza: A irreverência da MPB

1979567_636566979731777_7102407011682493238_n

A melhor cantora de samba em 2012, no Prêmio de Música Brasileira, e indicada para a premiação deste ano (2014), Fabiana Cozza, paulistana de 38 anos, traz a potencialidade e carisma em um samba único e irreverente.

Começou a cantar aos 21 anos, e hoje mostra solidez e veracidade a sua carreira, que já está em seu quarto álbum, com canções próprias e muita originalidade, não apenas ao samba, mas à música popular brasileira. Determinada e direta em suas objeções, Cozza já fez participações com diversos artistas renomados, entre eles estão Elza Soares, Leny Andrade, João Bosco, Zimbo Trio, Francis Hime, Ivan Lins, Leci Brandão, Dona Ivone Lara, Luiz Melodia e Orquestra Jazz Sinfônica. E também talentos jovens e de sua geração como Emicida, Rappin Hood, Aloisio Menezes, Sergio Pererê, Karynna Spinelli, Thiago Delegado, Antônio Loureiro, Yaniel Matos, Adriana Moreira, Luciana Alves, Renato Braz, Quinteto em Branco e Preto entre tantos outros.

168225_144733062248507_8278024_nAlém das participações internacionais, onde a cantora foi convidada a participar com grandes personalidades do jazz, como saxofonista Sadao Watanabe (Japão) e se apresentado em diferentes países e festivais do gênero em: Israel, Alemanha, França, Canadá, EUA, Bulgária, Chile.

Fabiana Cozza já possuí quatro discos lançados e dois DVDs. Sua estreia no mundo da música aconteceu em 2004, com o álbum “O samba é meu dom”, cujo título do CD é uma música de Wilson das Neves e Paulo César Pinheiro. Em 2007 lançou “Quando o céu clarear”, título de uma canção de Roque Ferreira para, no ano seguinte, fazer o DVD deste trabalho contando com as participações da cantora Maria Rita e do rapper Rappin Hood. O DVD é lançado em parceria com a TV Cultura e apresenta um documentário contando a trajetória da artista, sua relação com a música, suas influências, as pessoas que participam de sua estrada.

923560_635441633177645_7230458099657879902_nEm 2011 lança seu terceiro CD “Fabiana Cozza”, com o qual é agraciada com o Prêmio da Música Brasileira 2012, na categoria “Melhor Cantora de Samba”. E no ano passado, Fabi lançou o CD/ DVD “Canto Sagrado – Uma homenagem a Clara Nunes”, gravado ao vivo em São Paulo, que conta com um documentário realizado em Caetanópolis/MG, cidade natal da cantora.

Uma expoente da música brasileira, que destaca-se não só pela sua voz potente e fervorosa, mas pelo seu carisma que cativa seu som, constrói sua personalidade e destacando-se como uma artista fidedigna, que faz com amor e dedicação o seu ofício de coração.

Confira abaixo uma das performances de “Sandália Amarela”, presente no último disco de Cozza:

Mais informações:
Web: Site | Facebook | Youtube | Twitter
Telefone: (11) 3424-0997 | (11) 98181-9997
E-mail: ago@fabianacozza.com.br

1932440_635441729844302_2366770365550879380_n

Por: Patrícia Visconti